Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts de agosto 2014

Fotos do leitor: céu, sol, sul

30 de agosto de 2014 1

1 menor

Fernando Dias fotografou o entardecer na barragem de Bom Retiro do Sul

2

Júnia de Vargas Bassan registrou o pôr do sol no Guaíba, em Porto Alegre

15

Caroline Araujo Ligabue enviou foto feita em um passeio à beira do Guaíba, na Capital

Foto legendada: amizade entre cão e gato

28 de agosto de 2014 0

Em São João da Urtiga, norte do Estado, o empresário Lureci Beltrame, 55 anos, registrou a harmonia entre os animais que vivem na residência de seu sogro, o aposentado Ortênio Biasi, na zona rural do município.

um cão e dois gatos

– Meu sogro possui diversos animais e estes momentos são rotineiros. Fiz o registro para mostrar que os animais são capazes de conviver sem tantos problemas como os seres humanos – relata o leitor..

 

Envie também seu registro e participe!

Leitor-repórter: rua de Santa Maria parece canteiro de obras

27 de agosto de 2014 1

Diego Bertoldo

Há seis meses, moradores de Santa Maria convivem com problemas na Rua Vereador Gilson de Souza, que mais parece um canteiro de obras. O mecânico Diego Bertoldo, que vive na região há um ano, reclama que falta o essencial: iluminação pública e escoamento de água.

– A prefeitura começou a abertura da rua, entretanto, parece que nos esqueceram. As dificuldades só aumentam, e as melhorias não chegam – afirma Diego.
Segundo o mecânico, já foi necessária a ajuda de moradores para resgatar uma pessoa que caiu em um dos buracos devido ao acúmulo de água.

Diego Bertoldo1

CONTRAPONTO

De acordo com a Secretaria de Comunicação e Relações Institucionais de Santa Maria, a região da Rua Vereador Gilson de Souza está em fase de urbanização. A abertura dessa rua e da transversal Engenheiro Adi João Forgiarini compreende um conjunto de iniciativas de expansão da urbanização na região oeste do município, iniciada em 2006. Como ainda não há previsão para o início das obras de infraestrutura no bairro, que depende de liberação do Estado, ocorre patrolamento periódico nas ruas, a fim de minimizar os transtornos.
A assessoria de comunicação da Secretaria de Administração e Recursos Humanos do Estado informa que o processo de doação da área ao município de Santa Maria ingressou no departamento de patrimônio no dia 18 de maio. Estão sendo feitos estudos técnicos para a construção do projeto de Lei que irá viabilizar a liberação da área.

Seja um leitor-repórter! Enviei seu relato. 

Comentários de leitores de 26/08/14

26 de agosto de 2014 0

Comentários de leitores publicados na edição de 26/08/14

 

VIADUTO OTÁVIO ROCHA
A respeito da restauração do Viaduto Otávio Rocha, em Porto Alegre: mais do que câmeras, há que se pensar em segurança ostensiva, para evitar pichações e depredação. Isto 24 horas por dia.
Tratando-se de uma obra que é patrimônio histórico, não haveria possibilidade de colocar guardas municipais? Ou colocar brigadianos que, de quebra, também reforçariam a segurança pública?
Restauro sem segurança é colocar dinheiro público no ralo.
Cintia Pestano
Assistente social – Porto Alegre

CASAMENTO GAY
Comentário sobre o artigo “Os gays e o tradicionalismo”, de Moisés Mendes, publicado domingo.
Eu sou contra a união homoafetiva, mas cada um faz o que quiser. Agora, imaginem um velório num restaurante em pleno meio-dia? Uma balada na igreja? Um discurso político numa apresentação da Ospa? Uma escola de samba num desfile militar? Cada situação tem a sua hora e o seu espaço.
A juíza Carine poderia simplesmente realizar o casamento no cartório e assim evitar uma situação polêmica.
Manfred Reitz
Aposentado – Caxias do Sul

SOBRE ZH

Comentário sobre a Carta da Editora “Um momento histórico dos jornais” publicada no domingo, assinada pela diretora de Redação de ZH, Marta Gleich.

Oito horas da manhã. Mesmo acordada há muito tempo, espero levantar da cama nessa hora porque sei que o porteiro já colocou minha ZH na porta do apê. Velho hábito esse de levantar, abrir as portas, fazer meu café e tomá-lo lendo as notícias no meu jornal de papel, na horizontal, em cima da mesa.
Sou usuária e aficionada do computador para escrever, para fazer pesquisas e para me conectar nas redes sociais. Mas jornal virtual não me seduz nem um pouco. Folhear as páginas do jornal de papel pela manhã é como se eu abrisse a porta do dia para o mundo. Ok, posso fazer isso na internet. Mas o gostinho de ir virando cada página é diferente de ler no computador. É como se o jornal de papel tivesse vida, suas páginas me fazendo viajar do meu jeito, eu estou no comando, eu escolho a rota, eu pouso onde quero. E o cheiro da tinta no papel faz parte do ritual!
Eu faço parte dos 2,5 bilhões de leitores do jornal de papel. Ele é meu interlocutor, do qual posso discordar com uma virada de página. O jornal de papel está ali, nas minhas mãos, e eu comando minha leitura, meu movimento de ir e vir sem botões, sem uma queda do sinal que tire o texto da minha frente e perturbe minha interação com ele. Ou que me faça ter que levantar correndo para ir ligá-lo na tomada e recarregar a maldita bateria que está acabando. O jornal de papel não “me deixa na mão”, cortando meu papo amigo com as letras impressas nas páginas que ganham vida “pelas minhas mãos”. Eu sou sua bateria, carregando e descarregando
suas páginas na medida do meu interesse e do meu prazer de ler. Meu amigo, o jornal de papel não pode morrer. Espero que ele continue mais forte, buscando sempre a melhor qualidade na apresentação e no conteúdo, para meu prazer de leitora.
Rosália Saraiva

DAVID COIMBRA
Comentário sobre a coluna de David Coimbra “Dilma, Miriam e Roger”, publicada sexta-feira.
Magnífica a coluna de David Coimbra. Ele consegue, como Luis Fernando Verissimo, em poucas linhas descrever aquilo que as pessoas comuns gastariam um livro para externar.
Texto muito lúcido e equilibrado.
João Carlos Stona Heberle
Médico – Cruz Alta

Leitores compartilham fotos de flores no Instagram

25 de agosto de 2014 0

Nossos leitores compartilham no Instagram fotos de flores usando a hashtag #doleitorZH. Participe também!

 

@querinohs

 @querinohs

@3piso

 @3piso

@grasi_couto

@grasi_couto

@manocampos

@manocampos

Pôr do sol no Rio Grande

24 de agosto de 2014 0

PORDOSOL1

Junia de Vargas Bassan fotografou o fim de tarde na Capital, próximo ao Museu Iberê Camargo.

PORDOSOL2

Marcelo Souza fez o seu registro no Guaíba.

PORDOSOL3

Márcia Müller enviou foto da localidade de Porto Alves, interior de Agudo.

PORDOSOL4

Fernando Mendonça fez esta foto na ERS–020.

PORDOSOL5

Douglas Moura de Souza fotografou o entardecer no limite entre Tramandaí e Imbé.

Festival Internacional de Folclore encanta moradores de Passo Fundo

24 de agosto de 2014 0

colombia2Apresentação de delegação da Colômbia

  As roupas coloridas, os diferentes sotaques e as animadas músicas e danças chamaram a atenção dos moradores de Passo Fundo durante o 12º Festival Internacional de Folclore, que começou no dia 15 de agosto e se encerrou no último sábado.

O leitor Paulo Ricardo dos Santos, 31 anos, fotografou a apresentação de um grupo da Colômbia, na tarde de sexta-feira, na Rua Morom, no Centro.

– Achei muito legal. Mostraram a cultura e o jeito de viver de cada um dos lugares que representavam – contou o leitor, que enviou as imagens deste post.

colombia1

 

O evento é promovido pela prefeitura de Passo Fundo e pelo Conselho Internacional das Organizações de Festivais de Folclore (Cioff).Entre os objetivos está a integração cultural, com a apresentação de grupos de diversos Estados brasileiros, como Minas Gerais (fotos abaixo) e Pará, e também de vários países.

Participaram da festividade delegações de Honduras, Cuba, Martinica, México, Moçambique, Rússia, África do Sul, Nepal, Argentina, Guatemala, Colômbia e Alemanha, entre outras.

minas1

 

Minas Gerais

 

minas2

Foto do leitor: o pôr do sol no Rio Grande

23 de agosto de 2014 0

neusa

Neusa Quadros da Luz Carvalho fotografou o pôr do sol no Morro do Farol, em Torres

peterson

Peterson Kujawinski enviou foto do entardecer à beira do Guaíba, na Capital, próximo ao Iberê Camargo

caroline

Caroline Pinto de Andrade registrou uma tarde de domingo em Porto Alegre

Comentários de leitores deste sábado 23/08/2014

23 de agosto de 2014 0

Comentários de leitores publicados na edição de ZH deste sábado. 

ORTOGRAFIA
Deixem a língua portuguesa em paz, com suas regras e suas exceções. Será que o Senado não tem nada mais importante para discutir? Temos inúmeros problemas para serem resolvidos.
Quem sabe, então, não passamos a falar e escrever em espanhol, já que quase toda a América Central e do Sul o faz?
A falta de educação do povo brasileiro não se resolverá com este tipo de atitude.
João Pedro Cunha Calçada
Médico – Cruz Alta

CAMPANHA ELEITORAL
Está insuportável a poluição visual em Porto Alegre e Viamão. Chega a dar uma tristeza ver a sujeira que os cavaletes eleitorais fazem em nossas ruas.
Será que os nobres candidatos não se dão conta de que isso joga contra a campanha deles?
Lamentável!
Emerson Carlos Siqueira Dorneles
Publicitário – Viamão

DESIGUALDADE
Como seria bom se os ricos percebessem que seriam mais ricos se os pobres fossem menos pobres. De que adianta ter um carro que vale uma fortuna se ele para no trânsito caótico ao lado de um ônibus cheio de trabalhadores, ou talvez na próxima sinaleira seja assaltado por um miserável?
De que vale viver em uma mansão linda e maravilhosa, mas cercada por um muro que mais parece o de um presídio?
Escolheram enriquecer sozinhos e esqueceram que os muitos que empobreceram também vivem aqui. Agora, a desigualdade torna até os ricos pobres, pobres de liberdade.
Emerson Rosa Viana
Cabeleireiro – Porto Alegre

TRÂNSITO
Pode-se dizer que o sistema de trânsito de Porto Alegre é diferente, único. As sinalizações nas ruas, indicando as devidas orientações para os motoristas, como proibições ou não, são colocadas pela EPTC após estudo realizado por técnicos.
Infelizmente, um grande número de motoristas ignora totalmente as sinalizações. Estou falando do bairro Menino Deus, Avenida José de Alencar e ruas transversais. As calçadas de alguns restaurantes se tornaram estacionamento de veículos, com direito a manobrista, com total impunidade. Basta darmos uma olhada mais atenta para constatarmos a veracidade dessas afirmações.
Pior que a situação não é só neste bairro, é em toda a cidade. Onde está a fiscalização?
Clovis Nunes Lahorgue
Empresário – Porto Alegre

Comentários de leitores de 21/08/2014

21 de agosto de 2014 0

Comentários de leitores publicados na edição de 21/08/2014

TRÂNSITO

Merecem aplausos as recentes operações realizadas pela Polícia Rodoviária Federal visando flagrar motoristas dirigindo em alta velocidade.
Não bastasse transitarem em excesso de velocidade, alguns condutores ainda procuram alertar os demais motoristas, com sinais de luz, da existência de fiscalização na rodovia.
Essas condutas, além do elevado risco de acidentes, apenas comprovam o quanto a maioria de nossos motoristas ainda carece de capacidade intelectual suficiente para dirigir um carro.
Mais pardais e mais rigor na fiscalização! Somente assim teremos um trânsito mais seguro.
Gilnei Hax
Servidor público federal – Chapecó (SC)

A Polícia Rodoviária Federal propaga o uso de radares nas estradas gaúchas. Ficam escondidos atrás de árvores, multando, quando todos sabem que multar não diminui os acidentes e as mortes.
Se esses policiais fossem para a beira das estradas, para que os motoristas os vissem, seriam mais respeitados.
Luiz Alberto Nöer
Militar – Tramandaí

 

HORÁRIO POLÍTICO
Não costumo assistir à propaganda política por achar que ela não decide voto. Porém, na terça-
feira me detive a trocar de hábito e assisti.
Impressionante a “cara de pau” dos candidatos! Querem nos convencer de que todos os problemas serão resolvidos se eles forem eleitos.
Os assuntos em pauta, como educação, saúde e segurança, sempre deixaram a desejar. Entra presidente, sai presidente e está sempre
uma calamidade. Ainda bem que existe o con-
trole remoto!
Alda Pegoraro Roeder
Dona de casa – Nova Prata

BANDEIRA NACIONAL
É impossível para qualquer cidadão brasileiro confeccionar ou desenhar a Bandeira Nacional corretamente, a não ser que possua o modelo fornecido por alguma autoridade competente.
Por isso, durante a Copa, o que mais se viu foram bandeirolas com as cores verde e amarelo.
E você, caro leitor, é capaz de desenhar corretamente a bandeira de nosso país?
Raul J.M. Machado
Professor – Porto Alegre