Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

O conselho de Maurício de Sousa que mudou a vida de uma leitora

10 de novembro de 2014 47

mauricio

 

A leitora Ana Paula Mesquita Scalabrin, 45 anos, escreveu para ZH para contar sua história envolvendo o cartunista Maurício de Sousa, que esteve autografando obras na Feira do Livro de Porto Alegre na última sexta-feira.

Ela conta que em sua primeira gravidez, em 1999, ela decorou o quarto da filha, Bruna, com bonecas da Mônica. No entanto, complicações no parto fizeram o bebê morrer logo após o nascimento. Ana entrou em depressão e passou a dormir com algumas bonecas e as tratá-las como suas filhas.

Sem esperança de receber algum consolo, Ana Paula escreveu para Maurício de Sousa relatando a história e teve uma grata surpresa. Em uma bela carta, ele sugeriu que as bonecas fossem doadas para crianças carentes.

– Ele disse que isso faria o meu anjo feliz – contou Ana.

Seguindo a sugestão do cartunista, a cada dia uma boneca foi doada. Recuperada da depressão e decidida a ser mãe novamente, Ana engravidou em 2001 de Giovana, que também teve seu quarto decorado com o tema Turma da Mônica.
Ao saber que o cartunista estaria na Capital, Ana Paula correu para a fila de autógrafos para realizar o sonho de abraçá-lo e agradecê-lo.
– Quando contei minha história para ele, ficamos emocionados, sentimento compartilhado por todos ao nosso redor. Choramos juntos – conta.

Tem uma história emocionante para contar? Divida com ZH. 

Comentários (47)

  • Beatriz Samá diz: 10 de novembro de 2014

    As vezes pensamos que algo ou alguem que não nos conheça, inclusive encontrando-se distante possa entender a dor alheia e que não possa ajudar, aconselhar, sugerir, como ninguem possa entender que seja um simples desconhecido que não mereça ou possa ouvir e sentir um aconselhamento. O universo é uma energia conectada aos mais diversos sentimentos positivos como troca de gentilezas, prosperidade e amor acima de tudo;.

  • Paulo Bocca Nunes diz: 10 de novembro de 2014

    Eu sou escritor e contador de histórias. Tenho 53 anos e sou Mestre em Literatura e Regionalidade. Hoje eu sou leitor compulsivo. Sempre tenho um livro por perto para ler. Uma das minhas leituras favoritas do tempo de criança, eram os gibis da Mônica e do Cebolinha. Foram uma referência para mim. Eu peço a Deus que abençoe muito o Maurício.

  • Patricia barbosa diz: 10 de novembro de 2014

    Maurício es um homem de coração muito bom , tem uma bondade enorme , esta mulher se recuperou com apenas algumas palavras sua,parabéns pelo seu ato de ser humano maravilhoso que tu és.Lembro de uma reportagem quando vc foi visitar um menino muito doente no interior só estado muito lindo me emocionei muito.Tenho um sobrinho que ama muito vc ,adora seus desenhos e sempre teve vontade de conhecer vc,ele tem problemas tbm de saúde toma várias medicações ,adora ler.abraço Mauricio que Deus continue sempre te abençoando.

  • rafael diz: 10 de novembro de 2014

    esse guri é um cara muito legal, q viva mais de 100 pq merece

  • Fatima diz: 10 de novembro de 2014

    Essa atitude de Mauricio de Souza demonstra a grandeza de sua alma, é tão simples, tão fácil ajudar alguém e muitas vezes achamos tantos empecilhos.
    Mauricio de Souza merece muitos parabéns mas este é com todas as láureas possíveis, pois, através um pouco de seu tempo dedicado a uma pessoa conseguiu atingir a várias outras., e isso sem conhecê-las. Fazer o bem sem olhar a quem. Parabéns

  • IVANILDE PASA _ diz: 11 de novembro de 2014

    Certo dia, durante o intervalo das aulas da Escola Municipal Professor Altayr Caldartt localizada no município de Campinas do Sul, uma professora, companheira de profissão, fez comentários irônicos a respeito de uma aluna que pintou seu animalzinho com lápis de cor azul. No mesmo instante, lembrei-me do coelhinho da Mônica, personagem da literatura infantil de Maurício de Sousa. E a fiz entender a relação entre os dois fatos, destacando a importância do nosso querido escritor acima referido, e o direito da aluna de manifestar suas próprias escolhas. Podendo até ser orientada sobre as cores mais adequadas para colorir seu animalzinho, mas sem a manifestação discriminatória, por utilizar uma cor de sua preferência em seus trabalhos artísticos.
    Quem sabe lá, em um futuro próximo, não seria mais uma “Mauricinha de Sousa” a nos orgulhar!!!

  • Valmir Jonas da Silveira Muniz diz: 11 de novembro de 2014

    Maurício é um anjo, vem nos sonhos de infância, e muitas vezes ampara os adultos(caso da Ana Paula). Minhas filhas amam seus gibis. Coloca o céu em quadrinhos!

  • Maria Amelia Duarte Flores diz: 11 de novembro de 2014

    E se ele não tivesse respondido a carta, como muitas “estrelas” fazem?
    Isto é o poder da palavra na hora certa, a coisa simples, direta, óbvia, mas que foi dita pela pessoa certa para a outra que precisava ouvir. A simples palavra que resultou não apenas na recuperação de uma pessoa, mas no nascimento de outra e reestruturação de uma família. O mundo precisa de mais atitudes assim!

  • Monica Rodriguez diz: 11 de novembro de 2014

    Minha irma escolheu meu nome porque lia os gibis…que tambem fizeram parte da minha infancia e dos meus filhos!!!!

  • Fabiano Tizoni Filipi diz: 11 de novembro de 2014

    Grande Maurício de Souza… Fez e faz muitas crianças e adultos sorrirem.

  • Laura Matos diz: 11 de novembro de 2014

    Na minha infância, fui muito incentivada pela minha mãe a ler as revistinhas da Turma da Mônica e posso dizer que me ajudaram muito na fase da alfabetização. Acho muito lindo como a Mônica e toda turma tem um espacinho no coração de algumas gerações. Acredito que isso tudo só aconteça justamente porque o Maurício é muito sensível e essa história do conselho que ele deu pra Ana Paula, que era só mais uma leitora e podia ter ficado sem resposta, só comprova isso e aumenta ainda mais a minha admiração.

  • Tatiana Lithien diz: 11 de novembro de 2014

    Por isso a gentileza gera gentileza… mesmo com os distantes de nós. Quem poderia dizer que o que ele falou mudaria a vida dessa mulher?
    Eu acho o Maurício uma pessoa maravilhosa, podem dizer o que for, ele sempre fez para as crianças o seu melhor. Li e leio muito as histórias dele… lia até quando ainda não sabia ler. Amo!!!!

  • Gica diz: 11 de novembro de 2014

    Mauricio e seus personagens fizeram parte da minha infância, adolescência e maternidade, li muitos de seus quadrinhos para meus filhos e eles seguem lendo. Somente uma pessoa iluminada assim pode repassar a outros tantas alegrias e bons ensinamentos. Um grande abraço a esta linda pessoa!!

  • LUIZ CARLOS SEIXAS diz: 11 de novembro de 2014

    Conheci Maurício de Sousa em 1987, em São Paulo. Inventei uma Semana M.S. para homenageá-lo, que consistia na exibição de seus filmes para crianças pobres (ou não) de Ipaussu/SP. O evento foi um sucesso, porém só aconteceu porque Maurício de Sousa além de abrir mão dos direitos sobre os filmes, nos emprestou todos – ainda era a época do VHS – além de me presentear com posteres e fotos dos filmes. Quando fui buscar e quando fui devolver o material, lá estava ele no estúdio – em Santa Cecília, acho – sempre sorrindo e acessível. Além de gênio, tremendo ser humano. Ainda bem que ele não envelhece como nós. Assim, poderá continuar nos dando tanta alegria e conselhos, como deu à gaúcha Ana Paula. Obrigado Maurício de Sousa.

  • Dulcina Schievelbein diz: 11 de novembro de 2014

    O Maurício fez parte da vida dos meus filhos, seus personagens muito verdadeiros animaram as nossas vidas. Vida longa a esse criador de hitórias, que agradam aos grandes e pequenos!

  • Carolina Santiago diz: 11 de novembro de 2014

    Tenho 25 anos, e quando criança minha leitura favorita eram os gibis da Turma da Mônica. Cresci e minha admiração pelo trabalho do Maurício só cresceu também, sempre achei ele um cara gente boa, e é muito bom ter a certeza disso. Linda história.

  • Leandro Perillo diz: 11 de novembro de 2014

    Esse tem o meu respeito… sempre conquistou tudo com dignidade e nunca passou por cima de ninguém.
    Mostra ser uma pessoa sensível e atenciosa, é de gente assim que o mundo precisa.

  • Jeferso Ilha diz: 11 de novembro de 2014

    A Turma da Mônica retratou e retrata muitos episódios de nossa vida, com muito humor e criatividade. Como não se emocionar com uma história real, quando nos emocionamos com as realidades vivenciadas com essa turma encantadora… Maurício se faz presente desde sempre, e sua criação toma proporções cada vez mais fantásticas. Obrigado pelos momentos eternos da rua do Limoeiro e dessa turminha sapeca e divertida!

  • Fernanda Schneider diz: 11 de novembro de 2014

    Quando eu era criança, os gibis da Turma da Mônica, foram o motivo de eu me apaixonar pela leitura, e hoje aos 23 anos é um dos meus hobbys favoritos, sempre estou lendo um livro novo (e gibis também, claro). Recentemente eu e meu esposo doamos nossa coleção de gibis à um orfanáto, é bom saber que outras crianças vão poder viajar com as histórias como eu. Agradeço ao Maurício, meu professor a distância! ;)

  • tamy diz: 11 de novembro de 2014

    Deus SMP usa as melhores pessoas nos momentos que mais precisamos de uma palavra de consolo’ ecomoo Maurício é um ser de Luz as palavras saíramcomo dádiva de sua boca’
    Linda a história –*
    Me emocionei junto!!

  • Edevar Vilela Martins Junior diz: 11 de novembro de 2014

    De tempos em tempos surgem pessoas especiais que iluminam por onde passam e Mauricio de Souza é uma destas pessoas , parabéns

  • Eduardo Sakata diz: 11 de novembro de 2014

    É bom saber que neste mundo ‘podre’ em que as pessoas prestam mais atenção a lixo como certos programas de TV ainda há pequenos bolsões de coisas boas. São atitudes como essa que nos fazem perceber que ainda há pessoas boas com atitudes boas, espalhando o bem. O Maurício de Souza provavelmente nunca saberá da minha existência, mas gostaria de deixar registrado que comecei a me interessar por histórias em quadrinhos e a desenhar após ler o primeiro número do Almanaque da Turma da Mônica, o qual guardo com muito carinho até hoje. Não me tornei desenhista, nem nada relacionado. Parabéns, Maurício, e muito obrigado por tudo de bom que me propiciou com material de tamanha qualidade!! que Deus o abençoe sempre!!

  • Juarez Córdova diz: 12 de novembro de 2014

    Maurício que nos auxiliou na construção de nossas infâncias, continua nos iluminando com suas palavras. Que linda história. Parabéns à Ana Paula Mesquita Scalabrin por compartilhar seu momento que serve de lição de vida para muitos. Obrigado.

  • Gustavo de Amorim diz: 12 de novembro de 2014

    Leio a turma da Mônica desde quando ainda nem sabia ler. Na Bienal do Rio em 2007, fiquei na fila de autógrafos do Maurício, e fiquei admirado com toda a atenção que ele me deu, simplesmente perdi a noção do tempo enquanto conversava com ele… Sabe o que é você ler a Turma da Mônica a vida inteira e de repente, estar cara a cara com o mestre? Falei para ele de uma história que me marcou muito, As Emoções Bárbaras, ele lembrou e disse que era de uma época em que ele fazia tudo, desenhava, criava o argumento…Foi um dos grandes momentos da minha vida, e atestou a grandeza do arista e principalmente do ser humano que é o Maurício de Souza. Como disse o Luis Carlos, ainda bem que ele não envelhece como nós…

  • Valéria Davanzo Rodrigues Ferraz diz: 12 de novembro de 2014

    Amo a Turma da Mônica, minha mãe comprava pra mim os gibis, eu nem sabia ler ainda, hoje tenho 33 anos, continuo amando a turminha, tenho toda a coleção da Turma da Mônica Jovem e do Chico Bento Moço, tenho uma filha de um ano e meio e assinei a Turminha pra ela, quero que ela também tenha esse gosto pela leitura, adoro o Maurício, esse gesto mostra o respeito que ele tem pelos seus fãs.

  • Márcia Domingos diz: 12 de novembro de 2014

    Os gibis da turma da Mônica fazem parte da minha vida. Tenho inclusive uma irmã chamada Mônica! Agora leio para minha filha, de apenas 4 anos, que já ‘escreveu’ seu primeiro Gibi. Ela teve a ideia e eu a ajudei a fazer. Mostrei a professora e todos gostaram. Ela pensa em fazer mais! Maurício de Souza continua inspirando gerações!

  • Leida Oliveira diz: 12 de novembro de 2014

    Minha filha desde a infância é apaixonada pela turma da Mônica, mesmo antes de aprender a ler fazia suas leituras imaginárias. Hoje com 18 anos tem todos os gibis Turma da Mônica Jovem, não perde uma edição. Parabéns Mauricio de Sousa pelo brilhante trabalho.

  • Danuza Mejia Antoniazzi diz: 12 de novembro de 2014

    Meu pai me fez gostar dele e dos gibis da Turma da Mônica ,tenho até hoje e meu filho lê.Meu pai tem 83 anos e coleciona os gibis até hoje.E eu e meus filhos herdamos o gosto da leitura e dos gibis da Mônica.Adoro o Maurício é uma pessoa linda por dentro e por fora!!!

  • Ramatis Camargo diz: 12 de novembro de 2014

    Tenho 59 anos e cresci lendo Disney, mas depois que o Maurício lançou a Turma da Mônica passei a ler, e incentivar meus filhos a lerem. Admiro muito homens como o Maurício porque em TODAS as suas estórias ele propõe lições de vida. Vida longa a um homem de bem como ele.

  • Rosana Pegoraro diz: 12 de novembro de 2014

    Impossível tantas gerações serem cativadas por historinhas da Turma da Mônica, se por trás dos personagens não houvesse um criador generoso, entendedor da alma das crianças e adultos. Tenho 49 anos e até hoje adoro ler seus gibis. Adoro história do Louco com o Cebolinha, entre outras. Continue sempre assim Mauricio: generoso, acessível, bom pai! O Brasil te ama!

  • Alessandra Ribeiro diz: 12 de novembro de 2014

    Esse Mauricio é muito humano. Um ser muito mais especial e merecedor do carinhos de adultos (que já foram crianças) e de nossas crianças, muito mais que Renato Aragão.

  • Nestor Albuquerque diz: 12 de novembro de 2014

    Gente assim como e’ esse Mauricio deveria viver uns 200 anos …

  • Maria Tereza Chamorro de Freitas diz: 12 de novembro de 2014

    Conheci o Mauricio de Sousa e sua equipe há muitos anos atrás, tive o privilégio de fazer o meu TCC nessa incrível empresa e me senti muito honrada! O meu filho que hoje tem 23 anos curtiu muito e eu também. Boas estórias e boas mensagens, alegria, sensibilidade e é disso que precisamos,simplicidade, sermos felizes.Vida longa Maurício, e obrigada!

  • wander diz: 13 de novembro de 2014

    Legal !

  • Silvana Foureaux diz: 13 de novembro de 2014

    Tenho 52 anos e os gibis da Turma da Mônica sempre fizeram parte da minha vida. Minha maior alegria era quando meu pai chegava semanalmente com as revistinhas. Lembranças ótimas.

  • jorge luis bogdanov kussarev diz: 13 de novembro de 2014

    Hoje eu sei ler porque queria muito “entender” o que estava ‘escrito’ nos balões de fala dos personagens da Turma da Mônica, que meu pai lia para mim nos finais de semana, quando comprava na banca de jornal… Este esforço dele fez de mim o Homem que sou hoje, e graças a Maurício de Sousa, que criou esta Turma maravilhosa !!! Longa vida a você, grande Maurício !!!

  • Rof diz: 13 de novembro de 2014

    Fiquei emocionada ao ler esta historia e aqui também quero registrar todo meu carinho a este maravilhoso escritor e ser humano Mauricio de Sousa! Foi graças aos Gibis da Turma da Monica, que pratiquei a leitura na minha infância. E ate hoje, costumo ler as historias divertidas desta turma. Nos dias de hoje estou passando este habito, para minha sobrinha (bebe)lendo algumas historias e colocando episódios para ela assistir da Monica Toy(ela adora!).E através de todos depoimentos que leio neste espaço, constato que a maioria dos leitores possuem um carinho e uma gratidão enorme pelo Mauricio de Sousa e sua Turma! Com certeza eles marcaram nossas infâncias de uma maneira DIVERTIDA E MAGICA!

  • Ronaldo diz: 13 de novembro de 2014

    Tive a oportunidade de conhece-lo pessoalmente quando era continuo do banco economico em meados de 1985, adorava levar as correspondencias na barao de limeira para poder ve-lo, e devorar seus gibis. Hoje faço um trabalho voluntario de contar historias para as crianças em hospitais. Com certeza aprendi muito com o Mauricio de Souza, e este contato fez toda a diferença no trabalho voluntario.

  • jefferson eduardo chaves diz: 13 de novembro de 2014

    Maurício de Souza provou ser uma pessoa maravilhosa, que DEUS continue a iluminar seus caminhos.

  • Daisy diz: 13 de novembro de 2014

    Lei o os gibus da Monica Da quando eu tinha 9 anos.agora sou ainda uma “garotinha “de 48 anos de idade e morando fora do Brasil- moro ha 22 anos na Italia- adoro ler ate hoje Monica,cebolinha e o meu predileto chico bento! E vou continuar a le por muitos e muitos anos! Adoro!

  • Thayeka diz: 13 de novembro de 2014

    Com as histórias do Mauricio qualquer adulto volta a ser criança!
    Sucesso e que ele ele permaneça assim!

  • Carlos diz: 14 de novembro de 2014

    Há 14 anos li o “Navegando nas Letras I” de Maurício de Sousa, e acabei escrevendo para o Maurício de Sousa, dizendo sobre tantas coincidências contidas no livro sobre a sua vida com relação à minha quando criança, e achei que a carta nem ia chegar em suas mãos.
    Passado algumas semanas recebo uma encomenda pela FedEx. Era o livro “Navegando nas Letras II”, autografado e também um convite para visitar o estúdio da Turma na Monica.
    Espero fazer essa visita esse ano, pois, moro no Japão, e por várias vezes Maurício de Sousa esteve por aqui, mas, consegui conhecê-lo pessoalmente. Espero que dessa consiga fazer essa visita a ele.
    Muito obrigado, Maurício de Sousa!

  • MONICA ABRANTES diz: 14 de novembro de 2014

    O conselho certo na hora certa! É preciso ser sábio o suficiente para entender a dor e transformá-la. Lembro de uma história da turma da Mônica, em uma edição especial em que um dos membros da equipe de produção havia falecido… certamente uma das homenagens mais lindas que já tive oportunidade de ler. Maurício de Sousa é uma alma tão boa quanto sua obra. E na minha opinião pessoal (e por favor, não preciso que ninguém concorde!) ele é muito superior ao Walt Disney.

  • Maria Mendes diz: 15 de novembro de 2014

    Ao ler esse relato de história de vida emocionei-me profundamente . Muitas vezes pensamos que os artistas, escritores estão somente no mundo deles estamos enganados. Que atitude linda, com apenas uma sugestão maravilhosa pode estabelecer a vida e felicidade dessa família.
    Parabéns Mauricio você mostrou que apesar dos tropeços há possibilidade de conseguir a felicidade. Deus te proteja sempre!

  • Charles Mello diz: 15 de novembro de 2014

    Maurício de Sousa e a magia de seus quadrinhos é algo quase que hereditário…..passei de pai para filhas !! Valeu Maurício !!

  • Laiza Rodrigues diz: 15 de novembro de 2014

    Maurício de Sousa fez e ainda faz parte da minha vida,da vida de meus irmãos, sobrinhos e com certeza fará parte da vida do meu filho.
    É imensurável a importância dele e de seus personagens em nossas vidas.
    Não existe ninguém melhor no mundo que transmita tantos valores de vida,que infelizmente estamos perdendo com a vida moderna.
    Eu o amo tanto e agradeço imensamente por todas as emoções que despertou na minha infância.
    Sou tão fã que ainda leio os gibis e tenho um monte guardados das histórias que mais gostei.

  • Tarciana Marques diz: 16 de novembro de 2014

    É lindo ler uma história como essa e ver que essa palavra amiga do Maurício surtiu efeito. Como na maioria dos comentários, eu também li a turma da Mônica na minha infância. Até hoje me divirto com elas. Vida longa ao Maurício e que ele alcance novos objetivos.

Envie seu Comentário