Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Cometários de leitores de sábado (22/11/2014)

22 de novembro de 2014 0

Comentários de leitores publicados na ZH de sábado: 

Justiça

Quando um cidadão comum comete um delito, mesmo que seja pela emoção de um caso fortuito, no momento de sua prisão será algemado e submetido a exposição pública.
Já o larápio de colarinho branco, este sim, embora com todas as provas contra si, tem o direito de não ser algemado e de ter seu rosto sempre escondido. Nas raras vezes em que é condenado, cumpre a punição em seu domicílio, o que é uma vergonha.
Gentil Pazzini
Representante comercial – Porto Alegre

Deputados
Vergonhosa, imoral e descabida a proposta para criação da previdência parlamentar para deputados estaduais gaúchos. Suas Excelências não estão sabendo que nosso Estado está falido, quebrado e sem recursos para qualquer obra a não ser mediante empréstimo?
Se desejam uma aposentadoria além da previdência social, contribuam para um plano de previdência privada, não tirando mais recursos do caixa público, pois o salário que recebem já é um abuso.
A proposta que devem apresentar e aprovar é para redução dos próprios salários,
para que o Estado tenha condições de cuidar de nossas precárias estradas, educação,
segurança etc.
Governador Tarso Genro, se essa proposta passar pela Assembleia, vete imediatamente.
Eliseu Marcelo Munaretti
Técnico em contabilidade – Veranópolis

Petrobras
Ficou evidente a displicência e omissão do Banco Central e da Receita Federal no acompanhamento das bilionárias transações bancárias ligadas ao escândalo da Petrobras e das empreiteiras. Mas justifica-se, pois ambos estão muitíssimo mais preocupados conosco, as pulgas, vasculhando nossos miseráveis bolsos.
Enquanto isso, imensas manadas de elefantes carregando bilhões passam pelas suas barbas sem serem importunadas.
Sonegue ou omita R$ 10 e irá parar na “malha fina”, mas se “esquecer” 10 ou mais milhões, siga em frente, tranquilamente.
Lauro Becker
Empresário – Porto Alegre

Fotos dos leitores: cenas do cotidiano

21 de novembro de 2014 0

passarinhos

Maria Luiza Baillo Targa registrou a paisagem em Barra do Ribeiro

foto

Julian Duarte fotografou o bairro Bom Fim, em Porto Alegre

unnamed

Lucas Mendes Ribeiro enviou foto de um cachorro em uma duna de Tramandaí

Comentários da página do leitor desta sexta-feira (21/11/2014)

20 de novembro de 2014 0

CORRUPÇÃO

Fico apavorado que os nossos diretores de estatais e empresários estejam na roubalheira escancarada descoberta pela Polícia Federal. Esta semana, lendo em uma reportagem que políticos do Senado e Câmara estão envolvidos nos desvios, pergunto: votar para quê? Esses são os nossos representantes? Em quem confiar? Não sou ladrão, como posso ser representado por um?
Orlando Taubner Guimarães
Aposentado – Torres

Será que ainda existe alguma estatal e empresa pública ligada ao governo que não foi contaminada por desvios e corrupção?
O próprio Palácio do Planalto, sede do governo, também mereceria uma investigação, já que de lá partem as diretrizes. Será que já não estamos em clima de cassação de mandato? O do Collor foi infinitamente menor em acusações.
Hélio Augusto Hettwer
Dentista – Santa Rosa

ECONOMIA

Já que a eleição de Dilma Rousseff é fato consumado, que, pelo menos, ela faça a escolha certa de quem irá conduzir a economia do nosso país neste momento em que todos os indicadores mostram o imenso atoleiro em que ela se encontra.
Se Dilma optar por uma mudança radical, colocando na Fazenda um ministro competente e com independência para tomar as medidas que se fazem necessárias, teremos anos difíceis, mas com luz no fim do túnel.
Se ela fizer uma mera troca de nome, escolhendo alguém afinado com as ideias de Mantega e com o que vigorou no mandato atual, estamos perdidos.
Ronaldo Gomes Ferraz
Engenheiro – Rio de Janeiro (RJ)

TRÂNSITO

Urge o retorno dos caetanos (radares fiscalizadores) aos semáforos de Porto Alegre. A desobediência ao sinal vermelho é quase uma regra entre os motoristas, tornando ainda mais perversa a já desigual relação com os pedestres.
Alberto de Oliveira Kelbert
Administrador – Porto Alegre
SOBRE ZH

No meio de tantas notícias ruins, como violência e corrupção, os quadrinhos do Segundo Caderno são um belo bálsamo aos leitores.
Luis Sérgio Mirapalheta Lucas
Empresário – Porto Alegre

Comentário sobre o editorial “Golpe de decência”, publicado na quarta-feira.
Muito bom o editorial! Porém, convenhamos, depois dos anões do orçamento, pensávamos que a corrupção havia sido varrida do mapa político! Mas veio a república da Casa da Dinda e vimos como terminou. Agora vai!
Eis que fomos assaltados pelo mensalão. Desta feita, pensamos, “foram até condenados”. Mas dormia a nossa pátria mãe meio distraída e jorrava propina junto com óleo e gás nos dutos da Petrobras!
É preciso ter muita fé na decência!
Marco Antonio Esteves Balbi
Militar reformado – Rio de Janeiro

Leitor-repórter: Caçada à Aurora Boreal na Islândia

19 de novembro de 2014 1

O leitor Vinicios Henrique de Moura, 38 anos, registrou a aurora boreal durante uma expedição fotográfica à Islândia, em outubro. A imagem foi capturada próximo a uma fazenda onde ele estava hospedado, no interior do país.

– Eu estava sozinho, meus colegas haviam ido para uma outra direção e eu arrisquei tirar essa foto no meio da estrada. Estava completamente escuro, sem nenhuma luz por perto, a não ser a da lanterna que eu carregava no bolso. A listras na estrada estão sendo iluminadas pelos reflexos da aurora. Foi esse reflexo que me fez tirar a foto, dando a ideia de continuidade – conta.

Long Road

O equipamento utilizado foi uma Nikon D800, lente Nikon 16-35 f4, um tripé  e disparador. A aurora boreal é resultado da energia liberada por campos magnéticos solares. Na Terra, essa energia interage com oxigênio e nitrogênio para produzir um show de luzes vermelhas, verdes e roxas.

Comentários da página do leitor desta quinta-feira (20/11/2014)

19 de novembro de 2014 0

SOBRE ZH

Tenho a maior admiração pela lucidez, erudição e beleza dos escritos do historiador Sérgio da Costa Franco e leio todos os seus artigos. Entretanto, no artigo “Uma instituição venerável”, publicado na terça-feira, ocorre uma imprecisão que precisa ser corrigida.  Escreve o autor que o Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, fundado em 1838, “trata-se da mais antiga instituição cultural do Brasil”. A bem da verdade e da justiça, a mais antiga instituição cultural do Brasil é a Academia Nacional de Medicina, fundada em 1829, atualmente completando 185 anos de existência, com sessões semanais ininterruptas, todas as quinta-feiras, desde a sua fundação. Um de seus cinco fundadores foi o gaúcho José Martins da Cruz Jobim, patrono da Cadeira 41, que tenho a honra de ocupar.
Carlos Antonio Mascia Gottschall
Médico e professor universitário – Porto Alegre

Tulio Milman, em sua coluna de ontem, faz um comentário a respeito do silêncio do novo governador José Ivo Sartori.
Na minha opinião, o novo governo do Rio Grande do Sul na verdade está mantendo sigilo a respeito das negociações para a formação da futura administração. Claro que para muitos, como é o caso do jornalista Tulio Milman, o fato de não dar publicidade ao tema da sucessão parece estranho. Eu acho normal.
Todas as atitudes que o governador eleito venha a tomar, diferentemente do que os governadores anteriores fizeram, terá o nosso apoio e a esperança de que o Rio Grande saia desta triste situação herdada de governos que deram ampla publicidade a respeito das negociações e não resolveram – pelo contrário – agravaram a situação do nosso Estado.
João Vianna
Professor aposentado – Sananduva

Leitor-repórter: trabalho arriscado

18 de novembro de 2014 0

O trabalho arriscado de uma empregada doméstica ao limpar a janela de um apartamento em um prédio na Rua Anita Garibaldi, próximo à Carlos Gomes, na Capital, assustou a advogada Leilane Dihl, que fez esta foto e a enviou para ZH.

– Nunca vi alguém fazer limpeza dessa forma, ainda mais em dia chuvoso – justifica.

10992718-Leilane Dihl1 (1).jpg-18_11_2014-17.38.28

TODO CUIDADO É POUCO

De acordo com o chefe de segurança da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE), Guilherme Candemil, os trabalhadores regidos pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) que exercerem atividades de limpeza a uma altura superior a dois metros devem submeter-se a exames admissionais para comprovar sua aptidão à atividade.  Após o treinamento para o trabalho em altura e a análise do risco de queda, são indicados ao trabalhador os equipamentos necessários para sua segurança. Apesar de os trabalhadores autônomos não passarem por treinamentos nem exames de aptidão, é possível que eles se dirijam ao SRTE para receber orientações.

Segundo o diretor do Centro de Informação e Defesa dos Empregadores Domésticos (Cindebra), Ernesto Caldieraro, não é tarefa do trabalhador doméstico a limpeza externa das janelas a partir do segundo andar de residências ou prédios.
A partir de dois andares é necessária a contratação de empresas especializadas.

Comentários da página do leitor desta quarta-feira (19/11/2014)

18 de novembro de 2014 0

SOBRE ZH

Gostaria de expressar minha insatisfação pela não divulgação de um evento de tamanha relevância para a democracia do país.
De forma pacífica, o povo gaúcho lotou as ruas de Porto Alegre para protestar contra a corrupção. Nunca imaginei que o jornalismo de ZH, que sempre admirei e respeitei, fosse se omitir dessa forma. Vergonhoso! Esperamos uma resposta ao ocorrido!
Vanessa Tafas Guindani
Arquiteta – Canoas

Com respeito às críticas de leitores quanto à cobertura de ZH de protestos ou manifestações ocorridas em Porto Alegre no sábado, cabe-me lembrar-lhes que um veículo de informação isento e democrático como tem sido ZH publica fatos e eventos relevantes ao conjunto de seus leitores.
Porém, acima de tudo, é de se lamentar que essas pessoas ainda não tenham conseguido assimilar a derrota nas urnas e, sob o manto da liberdade de expressão, venham a manifestar seu rancor.
E dizer que os movimentos de rua do ano passado tenham sido de alguma inspiração ideológica é de um maniqueísmo juvenil.
Julio Alfredo Rossi Boehl
Médico – Porto Alegre

ZH e Você: Pai e filho campeões nas 'pistas' (de barro)

17 de novembro de 2014 0

O leitor Marcelo Almada Coelho Ritter, natural de Santana do Livramento e hoje morador de Porto Alegre, e o pai Charles Marcelo Ritter, natural de Estrela, venceram no final de semana o Mitsubishi Motorsports 2014 – Sudeste – 20 anos, na categoria Turismo. O evento aconteceu em Ribeirão Preto (SP).

foto

– É um sonho de adolescente que estou realizando. Primeiro, era correr. Agora, vencer.  E, com meu filho, é mais que especial. Isso nos une cada vez mais – conta Charles.

Em 2015, a dupla passa a competir na categoria Graduados.

Comentários da página do leitor desta terça-feira (18/11/2014)

17 de novembro de 2014 0

SOBRE ZH:

Participei dos protestos no sábado e, infelizmente, quando abri a Zero Hora de ontem, não vi nenhum destaque sobre os eventos realizados em todo o Brasil.
O protesto ocorrido em Porto Alegre foi de respeito, com famílias, crianças, jovens e idosos. Não houve pronunciamentos de palavras de baixo calão, apesar de ter havido uma série de provocações de petistas nas ruas, revidados com gritos de “vai para Cuba” e “fora CC”.
Não houve nenhum ato violento, nem lixo na rua e, ainda, o grupo inteiro fez silêncio ao cruzar por dois hospitais.
Infelizmente, a grande mídia só dará destaque se houver violência por grupos que a esquerda promove para denegrir os movimentos. Para evitar esses grupos infiltrados, o protesto começou às 14h, pois os vândalos gostam de agir à noite.
Gustavo Verlang Krämer
Engenheiro – Porto Alegre

É simplesmente inacreditável que mais de 5 mil pessoas saiam às ruas em Porto Alegre para defender a democracia e a liberdade, numa manifestação pacífica, ordeira e patriótica, e Zero Hora impressa não publique nem uma foto, nem uma linha registrando o que aconteceu no último sábado.
Rosane de Oliveira teve seu mérito em noticiar previamente a manifestação, mas o mínimo que eu esperava era uma reportagem posterior, com fotos em que se visse a caminhada e a quantidade de pessoas de verde e amarelo e portando bandeiras brasileiras, as quais se dispuseram a usar seu sábado para um dever patriótico.
Se fosse uma manifestação de vândalos e
black blocks de partidos da esquerda, aí vocês noticiariam?
Santiago Santos Gottschall
Administrador – Porto Alegre

Foto do leitor: No detalhe

14 de novembro de 2014 0

Guilherme Pio de Almeida registrou um lagarto em uma das ilhas do Guaíba, em Porto Alegre

Guilherme Pio de Almeida

Margareth Canale Miola costuma fotografar as aves no Parcão, na Capital

Margareth Canale Miola

Caroline Pinto de Andrade enviou foto de um dia ensolarado no Parque Marinha do Brasil, na Capital

Caroline Pinto de Andrade