Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Envie sua homenagem a Nico Fagundes

25 de junho de 2015 0

O dia amanheceu mais triste para os “gaúchos e gaúchas de todas as querências”: aos 80 anos, morre Nico Fagundes, um dos expoentes da cultura tradicionalista do Rio Grande do Sul. Participe da nossa homenagem a Nico Fagundes enviando fotos, vídeos cantando ou tocando as músicas do tradicionalista  e textos pelo nosso formulário de envio ou pelo WhatsApp: (51) 9667 4125.

 


Foto de Emílio Pedroso/Agência RBS (Banco de Dados 06/03/2012)

Leitor repórter: desperdício de água em Guaíba

19 de junho de 2015 0

Gustavo Krüger

Mesmo em tempos de economia de recursos naturais, quem passava por uma das calçadas da Avenida Sete de Setembro, em Guaíba, podia ver a água jorrando de um relógio de registro.

O funcionário público Gustavo Krüger até fez mais de uma reclamação à Corsan para registrar o problema, mas, segundo ele, nada foi resolvido nas primeiras 24 horas, prazo que a companhia estabeleceu no primeiro contato.

— Não foram um ou dois, mas cerca de 10 protocolos e um boletim de ocorrência para registrar o problema, que chegou ao absurdo de 96 horas sem resolução — afirma Gustavo.

CONTRAPONTO | O que diz a Corsan

O vazamento do imóvel mencionado foi notificado à Corsan na última segunda-feira (15), às 11h9min. O conserto foi executado na mesma data, às 14h20min.

Ontem, às 13h48min, foi feito novo contato com a Corsan, referente a outro vazamento no ramal do imóvel. Uma equipe da companhia foi deslocada para efetuar os reparos no local. A alta pressão da água no ramal, quando o sistema volta a funcionar, eventualmente, pode causar rompimento no mesmo ponto onde foi realizado o conserto.

Os usuários da Corsan podem tirar dúvidas, obter informações e fazer reclamações pelo Corsan 24 Horas, ligando para 0800-646-6444.

Comentários da página do leitor desta sexta-feira (19/06)

19 de junho de 2015 0

Confira os comentários publicados na página do leitor na edição impressa:

TOLERÂNCIA
Quando os bons ficam em silêncio, o mal encontra terreno para avançar. O crime ocorre desta maneira, ele avança se dermos espaço, se formos tolerantes, se acharmos que é normal.
Ao aceitarmos que neste ou naquele local é comum ocorrerem pequenos delitos, como simples furtos, estamos aceitando que, em outros locais, grandes delitos, como escandalosas corrupções, possam ser praticados. Como sociedade, não podemos assistir e permitir que isso ocorra.
Quando desistimos de provocar mudanças, começamos a perder a luta.
Ricardo de Souza Salamon
Comissário de polícia – Viamão

SOBRE ZH

FRAUDE DO QUEIJO
Muito nos surpreendeu o editorial publicado ontem na página 26 de Zero Hora. A forma leviana como o trabalho dos ditos “órgão fiscalizadores” foi tratado, bem como toda a cadeia produtiva do leite gaúcho, é inaceitável. Sem dúvida nenhuma, o trabalho do Ministério Público do Estado do Rio Grande do Sul (MP-RS) tem sido exemplar na investigação e na punição dos infratores que agem na cadeia produtiva do leite. Este tipo de atitude ilícita, entretanto, é a exceção, e não a regra, na conduta dos envolvidos nesta cadeia produtiva.

Desde o princípio, em relação à cadeia do leite, as ações do MP foram desencadeadas devido à demanda gerada pelos “órgãos fiscalizadores”. A Superintendência Federal de Agricultura no Estado do Rio Grande do Sul – SFA-RS/MAPA, em 2008, assinou um Termo de Cooperação entre o Ministério Público do Estado através da Promotoria de Justiça Especializada de Defesa do Consumidor. Nesta última operação, “Queijo Compen$ado”, apesar de não haver qualquer envolvimento de empresas fiscalizadas pelo MAPA, houve a participação de técnicos deste Ministério a pedido do MP, demonstrando que existe uma sintonia na atuação dos “órgãos fiscalizadores” e do Ministério Público.
Roberto Schroeder
Fiscal federal agropecuário e interventor interino – SFA-RS/MAPA – Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

LEI
David Coimbra tece comentários a respeito do cumprimento da lei na terra do Tio Sam (“O braço de Deus”, ZH, 16/6, página 39). Morei lá por cinco anos e concordo com David no que diz respeito à menor impunidade e à maior agilidade da polícia e da Justiça americana comparadas com as daqui. Entretanto, fico triste de ver neste ano, na capa da revista Time, um policial branco atirando em um cidadão negro pelas costas. Os longos braços da lei são ainda imperfeitos onde um cidadão com dinheiro consegue pagar fiança e não é preso e onde o rigor com os negros é desigual.
João Carlos Stona Heberle
Médico – Cruz Alta

PROFESSORES
Ao ler a coluna de Rosane de Oliveira (ZH, 17/6, página 16), ao mesmo tempo fico indignada e triste por ver o quanto nós, professores estaduais, somos desvalorizados e tratados como profissionais de baixa categoria. Esquecem que temos curso superior como muitos outros profissionais. Leio que uma analista judiciária recebeu R$ 205.982,28, explicando que são verbas pagas a quem se aposenta, por conta de benefícios represados, como férias e licença-prêmio. No entanto, para os professores, é permitido gozar licença somente se “deixarem”(quando tiver quem substitua). Concluo que somos professores porque somos teimosos. E sempre sobra a esperança.
Onira de Castro Souza
Professora – Santa Maria

 

Envie fotos e vídeos de suas memórias no Cine Teatro Presidente

15 de junho de 2015 0

 

00552ce1

Inaugurado em 1958, o famoso Cine Teatro Presidente marcou a vida dos porto-alegrenses e está na memória de quem frequentou o lugar. Desde que surgiu, o local já passou por transformações, foi sede de igreja e por último, deve virar empreendimento imobiliário, como informa a coluna de Marta Sfredo

Você frequentava o Cine Teatro Presidente? Tem boas histórias para contar sobre o lugar? Envie para a gente fotos, vídeos e relatos. Você pode enviar um vídeo contando suas histórias por WhatsApp (51 9667 4125), ou pelo nosso formulário de envio.

Missão Instagram: #outonoZH

12 de junho de 2015 0

Para o Dia dos Namorados, os registros compartilhados com paisagens e momentos de outono também servem como inspiração. Confira mais imagens em zhora.co/outonozh

fernando_berthold

@fernando_berthold

marciosaturnino

@marciosaturnino

pamstroher

 

@pamstroher

Comentários da página do leitor desta sexta-feira (12/06)

12 de junho de 2015 0

Confira os comentários publicados na página do leitor da edição impressa:

SALÁRIOS
Revoltante o abismo salarial entre servidores de órgãos e secretarias do Executivo. A disparidade está também entre aqueles servidores que acumulam gratificações em exercício de outras funções que não são ligadas a sua capacitação e formação, a exemplo da Brigada Militar. Tal fato culmina em desânimo e descrédito daqueles que carregam o fardo pesado da atividade de policiamento, cujos recursos financeiros estão cada vez mais escassos. Em países desenvolvidos, é inconcebível essa injustiça salarial, mas, aqui, ao que se percebe, tudo pode para quem detém o poder.
Rafael Barcellos Venturela
Capitão da Brigada Militar – Porto Alegre

CONCESSÕES
O governo anunciou um programa de concessões no valor de R$ 198 bilhões. Se analisarmos, já contribuímos para essas obras através do IPVA e do imposto sobre combustíveis, cujo destino previsto é exatamente para conservação, melhoria e duplicação de rodovias. Assim, esses valores, que serão jogados nas costas dos contribuintes, já foram pagos para a mesma finalidade.
Telmo Sebastião Scotti
Aposentado – Caxias do Sul

SOBRE ZH
BATMAN
Inteligente e bem-humorado o artigo de Moisés Mendes de quarta-feira (ZH, página 22). Só o Batman para nos salvar do caos do dia a dia na nossa cidade. Os porto-alegrenses estão saturados dos desmandos e falcatruas do Executivo municipal, prefeito e vereadores. Chamem o Batman e todos os super-heróis para nos salvarem!
Christiane Zalazar
Funcionária pública – Porto Alegre

ARTIGOS
É salutar e gratificante ler um artigo tão bem escrito como o “Nação? Que nação?”, do professor Cláudio F. Accurso (ZH, 10/6, página 23). Todo o povo brasileiro e estudantes deveriam ser obrigados a ler e tirar proveito do texto com o qual o digníssimo mestre nos brinda. Também o “Paradoxos da democracia”, escrito por Guilherme Socias Villela (ZH, 10/6, página 23), é digno de elogios e é um banho de água fria nos políticos que pregam o comunismo como solução.
Artigos como esses são fundamentais em um jornal diário, pena que são tão poucos os que
leem. Parabéns a Zero Hora e aos articulistas.
Raul Emilio Klever
Aposentado – Porto Alegre

Fotos do leitor: cadeados na Pont des Arts, em Paris

02 de junho de 2015 0

Nossos leitores mandaram seus registros de romantismo com os cadeados do amor na Pont des Arts, em Paris, que começaram a ser retirados na segunda-feira. As imagens foram enviadas aqui, pelo Blog do Leitor, e publicadas com a hashtag #doleitorZH no Instagram. Confira:

ANDREIA ENGEL MACHADO
Andreia Engel Machado

 

Angelo Titton
Angelo Titton

 

Bruna Elis Bernardi
Bruna Elis Bernardi

 

Carolina Borner
Carolina Borner

 

Eduarda Possa
Eduarda Possa

Processed with Moldiv
Fran Cristófoli

 

Franciele Cristina cervi
Franciele Cristina Cervi

 

Francisco Mattioni Rohde
Francisco Mattioni Rohde

 

jacqueline lazzeron bertoglipo
Jacqueline Lazzeron Bertoglipo

 

Kelly Furtado
Kelly Furtado

 

Mariana Helena Cassol
Mariana Helena Cassol

 

Marina Henrique
Marina Henrique

 

Matheus Souza Damasceno
Matheus Souza Damasceno

 

Thiago Gomes de Campos
Thiago Gomes de Campos

 

anatufa@anatufa

 

renatamignoniguerra@renatamignoniguerra

Foto do leitor (02/06)

02 de junho de 2015 0

Eloi Marcos

 

Eloi Marcos fotografou a Estância Província de São Pedro, em Gravataí.

Comentários da página do leitor desta terça-feira (02/06)

02 de junho de 2015 0

Confira os comentários publicados na página do leitor da edição impressa:

FINANCIAMENTO PRIVADO
O financiamento de empresas privadas para campanha política é a mais explícita e vergonhosa “compra” de interesses, abrindo as portas para a corrupção. Alguém poderia indicar outro motivo para acontecer? Não seria mais salutar se os referidos financiamentos fossem canalizados para instituições beneficentes?
Valdir Artur von Mühlen
Advogado – Porto Alegre

TRANSPORTE PÚBLICO
Moro perto do Hospital Conceição e trabalho perto da Avenida José de Alencar, em Porto Alegre. Há dois anos, vendi meu carro e passei a utilizar a linha T7, com vantagens para mim, para o trânsito, para o ambiente da cidade e, penso eu, para os cofres das deficitárias empresas de ônibus.
A partir da implantação do binário da Avenida Praia de Belas, a linha T7 foi encurtada, o que vem me forçando a retomar o uso do automóvel.
Não seria mais inteligente a EPTC fazer exatamente o inverso, ou seja, em vez de encurtar o trajeto, alongá-lo, aumentando o número de usuários dessa linha e, por consequência, a
arrecadação de uma empresa que alega ter dificuldades financeiras para prestar um transporte
de melhor qualidade?
Luís Fernando Spolaor
Cirurgião-dentista – Porto Alegre

RS-122
Eleito deputado estadual em 2010, Alceu Barbosa declarou-se inimigo número 1 das praças de pedágio concedidas. Já prefeito, o asfaltamento do “desvio” de Vila Cristina foi a grande obra em 2013. A Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR) veio para resolver o problema (e empregar mais gente).
O resultado dessa “política comunitária” ineficiente está aí: esgotamento da RS-122, engarrafamentos, crateras, acidentes, prejuízo financeiro e três horas para chegar à Capital em horário comercial, ou seja, uma velocidade média de 40 km/h.
Ricardo Fabris De Abreu
Servidor público federal – Caxias do Sul

Sobre ZH
COLUNA
Parabéns a Eduardo Wolff pela coluna de domingo no caderno PrOA (“Diário de Veneza (3)”, página 11). É raro ler alguém que tenha a mente aberta nesse caderno, em geral dominado pelo preconceito ideológico dos de inclinação socialista/estatista, como o atual ministro da Educação, que nele escrevia. Nem tudo está perdido em ZH.
Bertrand Dias Kolecza
Microempresário – Porto Alegre

Missão Instagram: #doleitorZH

01 de junho de 2015 0

Os bichos de estimação não são apenas motivo de alegria para as famílias, mas também servem como modelos em diversos registros compartilhados pelos leitores no Instagram com a tag abaixo.

Confira todas as imagens em zhora.co/fotodoleitorzh

#doleitorZH

antonellanery

@antonellanery

 

anakirsch

@anakirsch

 

giovanisa

@giovanisa