Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Comentários da página do leitor desta sexta-feira

18 de dezembro de 2014 0

SEGURANÇA PÚBLICA
Nada contra o novo secretário de Segurança Pública do Estado, mas quando um governador precisa buscar uma pessoa que pouco atuou aqui para garantir a segurança da sua gente é porque em nossos rincões não existe ninguém com competência suficiente para exercer o cargo. Desconsidere-se a importância de conhecer a Brigada Militar, de vivenciar os problemas da Polícia Civil, de dimensionar a criminalidade daqui e de saber onde e como ela ocorre, e talvez até dê certo.
Quem nos garante que a solução para este pampa, cada vez mais pobre, não seja trazer pessoas que vivem em outra realidade? Se der certo, vamos buscar, urgente, candidatos para cargos eletivos radicados em outros estados!
Joni Vilson Ferreira Neto
Jornalista – Porto Alegre

ESCLARECIMENTO
Sobre entrevista concedida a ZH para a matéria “Projeto tenta revogar lei do desarmamento”, publicada em 27 de novembro.
Leia em zhora.co/leidesarmamento
Fui injustamente acusado de defensor do estatuto do desarmamento, mercenário, interesseiro e de estar agindo em causa própria por 451 leitores que se sentiram indignados. A polêmica se criou porque afirmei na reportagem que achava que os exames psicológicos e técnicos não deveriam ser extintos para obter ou renovar registro de arma. Sou avaliador credenciado na Polícia Federal e não aplico nem recebo um tostão com os exames. Há 37 anos habilito cidadãos a usarem suas armas com consciência, responsabilidade e técnica.
Parece-me que acabar com esses requisitos pode tornar mais perigoso o uso de arma por quem as tem e colocar toda a sociedade em risco, uma vez que qualquer um poderia adquirir armas livremente. Disse, em minha entrevista, que achava que o poder público poderia prestar gratuitamente essas avaliações àqueles que não tivessem condições financeiras de arcar com custos e taxas, isentando o cidadão. Porém, compreendo perfeitamente que o repórter precisa sintetizar a entrevista, por isso devo ter sido mal interpretado.
Dempsey Magaldi
Instrutor e consultor em segurança – Porto Alegre

 

Comentários da página do leitor desta quinta-feira (18/12)

18 de dezembro de 2014 0

AMOR E ÓDIO
A sociedade brasileira está doente e dividida pelo ódio que vem sendo destilado por alguns simpatizantes do comunismo e do capitalismo, notadamente através das redes sociais. Esse ódio se acentuou após o resultado das últimas eleições e, também, depois da divulgação do extemporâneo e parcial relatório da denominada Comissão Nacional da Verdade. Segmentos políticos da extrema esquerda e da direita, em sua eterna luta pelo poder, estão esquecendo que a pátria e o povo devem estar sempre acima de todas as ambições políticas. Cabe a políticos honrados, intelectuais, comunicadores e cidadãos de bem, civis e militares, exercer um papel positivo para que voltemos a ter um ambiente de amor e paz.
Wanderley da Silva Plucani
Aposentado – Porto Alegre

RETIRADA DE BUSTO
Merece elogio a iniciativa da prefeitura de Taquari de retirar o busto de Costa e Silva de espaço público. Está mais do que na hora de retirar toda e qualquer “homenagem” a qualquer um ligado a atentados contra a democracia, o Estado de direito, e envolvidos direta ou indiretamente a assassinatos, perseguições e torturas, ou seja, a turma/gangue da redentora.
Lauro Becker
Empresário – Porto Alegre

SOBRE ZH
Graças e louvores se deem em todos os momentos ao bom uso que jornalistas como Rosane de Oliveira sabem fazer do Estado de direito em que se vive no Brasil de hoje. A coluna Política+ de terça-feira põe às claras a possibilidade que, hoje, se tem de saber (desde que se queira) como atuam os presumidos homens públicos quando se trata de legislar sobre o que é do interesse corporativo deles. A mesma colunista, aliás, já havia demonstrado isso no episódio em que nossa Assembleia Legislativa literalmente inventou aposentadoria para deputado.
Floriano Soares
Jornalista aposentado – Porto Alegre

Comentários da página do leitor desta terça-feira (16/12/2014)

15 de dezembro de 2014 0

SUBMUNDO DAS LUTAS

Sobre a série especial de reportagens que mostra o descontrole no MMA e muay thai em Porto Alegre e na Região Metropolitana.

Somos realizadores de eventos itinerantes de artes marciais no Estado desde 2007, cuja denominação, a partir de 2012, passou a ser Samurai Combate. Nosso evento prima pela qualidade técnica e segurança de todos os envolvidos (atletas e público). A batalha maior é na busca de patrocinadores e incentivadores.
Sabemos que o esporte dignifica, socializa e integra pessoas à sociedade. Portanto, entendemos necessária também a veiculação de matérias mostrando o lado positivo de eventos como esses. O lado negativo pode desestimular lutadores que pretendem seguir no esporte e levar à perda de possíveis ídolos.
Pércio Rodrigues Strikers
Produtor de eventos – Porto Alegre

COMISSÃO DA VERDADE

Achei o trabalho da Comissão Nacional da Verdade muito interessante, pois é um trabalho de significado histórico e bastante útil aos estudiosos da história nacional. Ficou faltando o exame também criterioso da ação dos guerrilheiros, detalhando os sequestros, assaltos a bancos e assassinatos de oficiais graduados das nossas Forças Armadas.
LUIS C. ALBANO
Aposentado – Bagé

SOBRE ZH

Comentário sobre a matéria com o ex-governador Antônio Britto, publicada na edição de domingo.

Muito interessante a entrevista conquistada por Rosane de Oliveira. Faço algumas observações: primeiro, em mais de uma passagem, o ex-governador confunde a sociedade gaúcha com o governo gaúcho. Também, diz que a culpa pela crise seria da sociedade e da economia gaúchas (“a economia não consegue dotar a máquina pública de recursos capazes …” e “a sociedade é avessa a praticamente qualquer tipo de tratamento.”). Por fim, surpreendentemente, para quem foi governador, não existe desperdício, ineficiência e tantas outras coisas mais, ou seja, é um tudo ou nada (“então, temos que manter o tamanho do Estado”).
Antonio Augusto d’Avila
Economista – Porto Alegre

#MeuNatal2014: compartilhe imagens que representam a data

15 de dezembro de 2014 0

As árvores de Natal, presépios, presentes e fitas coloridas já enfeitam as casa e shoppings desde o início de dezembro. Papais Noeis trabalham sem folga para arrancar sorrisos dos pequenos, mas e você, já está preparado(a) para a data?

Compartilhe com a gente com a tag #MeuNatal2014 as belezas dessa época do ano. Confiamos na sua criatividade :)

marceloborges01

O @marceloborges01 compartilhou a sua!

Veja os comentários dos leitores publicados em ZH nesta segunda-feira (15/12)

15 de dezembro de 2014 0

Sobre ZH

Parabéns a Zero Hora pelo Editorial “Sem Concessões ao Preconteito”(14/12). Porém, perplexo, li as opiniões de alguns “discordantes”. Não fossem seus nomes completos e as localidades onde vivem, eu não acreditaria que essas pessoas ainda existem e pensam dessa maneira, cegas de ódios, rancores e ressentimentos.
São esses os eleitores dos bolsonaros da vida, dos que fazem passeatas pedindo a volta da ditadura. Uma minoria inexpressiva, mas perigosa. Precisamos, povo e imprensa, permanecer atentos a tais pessoas insensatas.
Joaquim Inácio Leite Garcia de Vasconcellos
Bancário aposentado – Porto Alegre

Vocês conseguiram acabar com o meu domingo. Parabéns!
Não existe liberdade que permita publicar opiniões tão calhordas, boçais e preconceituosas como as que foram publicadas na página 22 dos leitores que discordam do
editorial (14/12).
Zero Hora não tem o direito (por mais sagrada que seja a liberdade de expressão) de dar voz a filhotes de monstro como esses.
Lamentável e imperdoável!
Dania Maria Hannel
Professora – Santo Ângelo

Sobre “Corrupção, a Ordem e Progresso” de Guilherme Bacchin (13/12):
Este jovem expressou com clareza e inteligência tudo o que as pessoas de bem gostariam de dizer e de ler. Esse estudante galga os primeiros degraus da escadaria, onde em seu patamar superior, entre outros, está José Camargo. Ele vai chegar lá. Que continue, são meus votos.
Fernando Campos de Souza
Engenheiro e Professor – Porto Alegre

 

Comentários
LEI ANTIFUMO
Parabenizo o Ministério da Saúde por proibir o consumo de cigarro em locais coletivos públicos ou privados e limitar a propaganda.
Diversos fumantes criticam a nova lei, mas esquecem que ninguém é obrigado a inalar a fumaça tóxica alheia. Tomara essa decisão seja estendida para limitar a propaganda de bebidas
alcoólicas e remédios que só induzem as pessoas a se automedicarem e abusarem das bebidas.
Daniel Marques
Historiador – Porto Alegre

BOLSONARO
ZH e seus colunistas se manifestam sobre a celeuma dos deputados Maria do Rosário e Jair Bolsonaro ponderando somente sobre o que foi dito pelo segundo, sem manifestação sobre a provocação teatralizada pela primeira. Porém, “o que está na mesa é a dignidade do Parlamento Brasileiro …”, conforme cita Sérgio da Costa Franco, que deve ser mantida pela cassação do Deputado Bolsonaro, no que incluiria a deputada Maria do Rosário, que iniciou o vexame. Mas nada disso será suficiente para que nosso Parlamento tenha sua dignidade restaurada. Com o que temos presenciado, não será com a cassação de um ou dois deputados que a dignidade desejada será restaurada.
Celso Hugo Petry
Contador e professor – Porto Alegre

 

Comentários da página do leitor desta terça-feira (09/12)

08 de dezembro de 2014 0

NOVO GOVERNO
Comenta-se muito sobre as dificuldades financeiras do RS e que os sacrifícios serão para todos os setores, inclusive quadro geral do funcionalismo público, a partir de 2015. Todavia, fica uma brecha de dúvida se realmente esse “dito sacrifício” atingirá todos os poderes, pois é sabido que nunca faltou dinheiro às classes privilegiadas ao longo dos anos em nosso Estado. Veremos!
João Alberto Antunes Ourique
Advogado – São Luiz Gonzaga

HOSPITAIS SUPERLOTADOS
Porto Alegre vive hoje a superlotação dos hospitais, mas onde está o problema? Se avaliarmos os prontuários dos hospitais, principalmente públicos, encontraremos mais de 60% de baixas oriundas do Interior. Então, o problema está em outras cidades, onde os hospitais e serviços de saúde não têm recursos.
A solução é investir em hospitais regionais secundários, bem equipados e com escola de residência médica, já que o verdadeiro aprendizado vem do campo de trabalho. Vamos dizer aos políticos, em suas próximas visitas ao Interior, que de promessas estamos “empanturrados”. Ou eles fazem algo por essas cidades e pela regionalização da medicina, ou não terão mais o nosso voto.
José Valdai de Souza
Médico – Porto Alegre

SOBRE ZH
O caderno Vida, de Zero Hora, encartado aos sábados, é muito especial, principalmente pelas crônicas do brilhante cirurgião J.J. Camargo, em “Palavra de Médico”, que nos comovem. Todas são lições de vida dessa pessoa cuja simplicidade deveria servir de modelo a muitos outros.
Lena Rosa Bastos Mantovani
Professora – Porto Alegre

A foto de novembro

08 de dezembro de 2014 0

DSCN2545

 

Uma forte campanha nas redes sociais contribuiu para que a imagem de autoria do servidor público Ricardo Moglia Pedra, 32 anos, fosse escolhida a mais bela do mês de novembro, com 425 votos em zerohora.com. Morador de Bagé, Ricardo faz com prazer fotos artísticas há cerca de um ano, com o intuito de recarregar as energias e trazer maior tranquilidade a quem aprecia os registros. Sua preferência é retratar a vida no campo.

Ele conta que a fotografia foi feita na entrada do Haras Fronteira, na zona rural de Bagé:

– Observava o outro lado da estrada para fotografar, quando um carro que passou por ali levantou poeira e, por poucos segundos, proporcionou uma paisagem diferenciada que consegui registrar – conta.

A câmera semiprofissional Nikon P520, utilizada para o registro, sempre o acompanha, pois qualquer intervalo é momento de fotografar.

Foto do Leitor: Vem chegando o verão

05 de dezembro de 2014 0

Solange Campello

Solange Campello, de Porto Alegre, fotografou o pôr do sol nas águas do Guaíba em um dia que já apresentava as cores da estação que se aproxima.

Tiago Agostini

Tiago Agostini, de Nova Tramandaí, mandou o registro feito por Totonho Lisboa mostrando surfistas esperando o vento “nordestão” passar.

Comentários da página do leitor deste sábado (06/12/2014)

05 de dezembro de 2014 0

LEITE
Quando o governo fechará as empresas produtoras de leite que fraudam o produto? É um descaso inadmissível dos governantes e a população é cobaia dessa bandidagem. Só não vê quem não quer! Todas as transportadoras de leite terceirizadas deveriam ser fechadas, e as empresas de laticínios deveriam ter seu próprio transporte, responsabilizando-se por todo o sistema. O governo está brincando com a saúde do povo.
Josete Sanchez
Química – Porto Alegre

POLÍTICA ECONÔMICA
A reunião do Congresso que aprovou a mudança na LDO teve dois vencedores: o governo, que conseguiu o que queria, e a oposição, que conseguiu marcar posição e mostrar que pretende endurecer o seu discurso, e teve um grande perdedor: o povo brasileiro, que desde junho de 2013 nutria uma esperança de que a nossa política
podia mudar para melhor, mas que, nessa reunião, viu-a chegar ao fundo do poço da indecência
e da imoralidade.
Ronaldo Gomes Ferraz
Rio de Janeiro

Finalmente a comunicação do Planalto se alinha com a do mercado e, de forma realista, reduz de 2% para 0,8% a projeção de crescimento do PIB para 2015. Até quando a presidente vai obedecer a essa nova ordem, eu não sei.
Mas é um bom começo, e melhor ainda para o país, que se respeitem as regras do mercado, disso eu não tenho dúvida.
Paulo Panossian
Jornalista – São Carlos (SP)

OLIMPÍADAS
Como pode o Comitê Olímpico Internacional aceitar que os Jogos Olímpicos sejam realizados em uma cidade que tem policiais sendo mortos diariamente sem que as autoridades dos três poderes façam algo a respeito? O Brasil não precisava de uma Copa do Mundo, muito menos de uma Olimpíada para resolver suas mazelas, e sim de vontade política para fazer acontecer as mudanças necessárias nas cidades e no campo.
Rafael Moia Filho
Escritor – São Paulo (SP)

Comentários da página do leitor desta sexta-feira (05/12/2014)

04 de dezembro de 2014 0

CORRUPÇÃO

Infelizmente, no Brasil, há uma máfia infiltrada no poder, que submete as leis e a justiça, ocupa os controles e cria portas para a impunidade de seus crimes. Imunidades, foro privilegiado, leis permissivas e justiça leniente favorecem as ações ilícitas que drenam as riquezas do país, desviam recursos e sucateiam direitos básicos do povo como saúde, educação, justiça, segurança, moradia, transporte etc. Resta a pronta reação dos magistrados e dos políticos honestos e comprometidos com o país.
Jorge Bengochea
Coronel da Brigada Militar – Porto Alegre

FRAUDE DO LEITE
É impressionante a reportagem de ZH sobre a fraude do leite. É inadmissível que, com tanto rigor, tanta denúncia e tantas prisões, ainda exista alguém que cometa esse tipo de crime, que põe em risco a vida de quem faz uso desse leite. Isso é subestimar a capacidade da polícia, é um ato inconsequente, com prejuízos incalculáveis. Pessoas assim deveriam ser banidas da sociedade e todos os seus bens deveriam ir para uma entidade do Estado, doa a quem doer.
Alda Pegoraro Roeder
Dona de casa – Nova Prata

LEI CONTRA FUMANTES
Nossos legisladores são interessantes. Os fumantes, conforme recente lei aprovada, não poderão fumar em lugar algum. Pergunto: por que não proibir a plantação do fumo, a fabricação e a distribuição do cigarro? Respondo: é outra história. Continuaremos a conversa entre os politicamente corretos. Seria impossível e nenhum governo abriria mão de vultuosa arrecadação. Este é o “nosso” Brasil democrático e progressista.
Jair Escobar de Moraes
Aposentado – Santiago