Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Foto do Leitor no entardecer de Porto Alegre

25 de julho de 2016 0

_DSC00331

A leitora Jane Rosana Cassol fotografou o entardecer no prédio da Fundação Iberê Camargo, em Porto Alegre.

 

Sobre ZH

22 de julho de 2016 0

O comentário de Rosane de Oliveira sobre o conformismo dos porto-alegrenses (ZH, 21/7), gaúchos e brasileiros em matéria ambiental é a mais pura verdade. Durante 40 anos de trabalho na área, estive confrontado com esse problema cultural que, geralmente, está associado ao compadrio entre incompetentes – cultura do não me queime – e à vassalagem de muitos para com políticos despreparados.

MILLOS A. STRINGUINI
Biólogo – Porto Alegre

 

A notícia “Ministéio Púlico denuncia 13 pessoas como participantes da Máfia das Próteses no Estado” (ZH, 22/7) infelizmente não informou o nome dos denunciados que teriam lesado pessoas e o poder público em R$ 1,7 milhão. Independentemente do prejuízo ao Estado, certamente os causados aos pacientes são bem maiores. Por que manter em sigilo tais falsários, criminosos e maus-caracteres? A sociedade tem o direito de saber para não continuar sendo enganada.

RAMIRO NUNES DE ALMEIDA FILHO

Representante comercial – Porto Alegre

Comentários

22 de julho de 2016 0

ERDOGANS E WHATSAPP

A ideia de proibir uma forma de comunicação entre as pessoas porque criminosos também a utilizam equivale a proibir a água porque afoga e o fogo porque queima. Prezados magistrados, leiam não apenas os autos, mas também os livros. Comecem por George Orwell, 1984 e A revolução dos bichos. E fiquem espertos, não vistam tanto a carapuça do governo. Os Erdogans estão de prontidão para demitir vocês, basta terem uma chance.

CASSIANO FUGA CUNHA

Advogado – Porto Alegre

 

REAJUSTES

O aumento de quase 9% concedido aos funcionários dos poderes Legislativo e Judiciário estaduais não combina com o discurso oficial de que não há recurso para aumento dos servidores públicos. Os privilegiados receberão o aumento retroativo a janeiro deste ano. Em contraste, os servidores do Executivo têm seus salários parcelados, professores da rede pública não recebem o piso nacional, os integrantes da segurança pública e da saúde são desvalorizados, o que só tende a prejudicar cada vez mais essas áreas essenciais para a população.

PAULO FRANQUILIN

Jornalista – Porto Alegre

 

ESCOLA DESTRUÍDA

O governo e a sociedade gaúcha estão literalmente falidos. Uma sociedade capaz de produzir um evento como o que arrasou a Escola Erico Verissimo tem que se repensar. É um fato inadmissível numa sociedade que se diz organizada e num governo legalmente constituído.

MOISÉS TAVORA PACHECO JÚNIOR

Comerciante – Charqueadas

Foto do leitor mostra geada na Serra

22 de julho de 2016 0

Gionvanni Colombo

O leitor Giovanni Colombo fotografou a geada em São Francisco de Paula.

Leitor-repórter: calçadas ocupadas no Centro Histórico da Capital

22 de julho de 2016 0

Carlos Terres

O leitor Carlos Terres está intrigado com o comércio nas calçadas do Centro Histórico de Porto Alegre. Ele reclama da instalação de fruteiras informais esparramadas nas mais movimentadas esquinas da região. Ele fotografou e enviou para ZH o caso que considera o mais “acintoso” na Av. Borges de Medeiros com a Rua Andrade Neves.
— A venda tem uma eficiente e flamante logística. Será que a prefeitura não vê isso? Ou, pior, vão nos dizer que se trata de atividade autorizada? Logo adiante vão exigir a construção de um “frutódromo” para devolver as calçadas à população.

do leitor

CONTRAPONTO | O que diz a prefeitura, por meio da chefe da Seção de Fiscalização de Atividades Ambulantes da Secretaria Municipal da Produção, Indústria e Comércio, Luciane Mattei.

Não é permitida a utilização de calçadas e passeios para exposição e venda de quaisquer tipos de produtos em Porto Alegre. Os cidadãos devem denunciar, além de não adquirir produtos de vendedores irregulares, visto que não possuem origem conhecida e podem trazer risco à saúde do consumidor.
A fiscalização ocorre diariamente no Centro Histórico. Denúncias são recebidas e encaminhamos agentes de fiscalização para averiguar a situação, os ambulantes são autuados e as mercadorias apreendidas.
O cidadão pode encaminhar denúncias no Portal 156 – Fala Porto Alegre. Será gerado um número de protocolo e encaminhado retorno ao cidadão com o resultado da ação fiscal que, nestes casos, costuma ser solucionada apenas com a apreensão das mercadorias e consequente liberação do passeio aos pedestres.

Sobre ZH

19 de julho de 2016 0

Parabenizo Jayme Eduardo Machado pelo artigo “O sanduíche é nosso” (ZH, 14/7). Estamos em julho e já somos bombardea-
dos com campanhas políticas de pessoas que, na maioria das vezes, não têm a capacidade de fazer uma boa campanha, menos ainda de administrar algo. Pessoas sem vocação para tal cargo, que veem a cidade e a população com desdém e que têm como único desígnio persuadir a população reprimida pela cultura ideológica da persistente luta pela permanência no poder. As ruas são imundas, a pavimentação é precária, a iluminação pública não existe, a segurança tampouco. No entanto, no ano eleitoral são feitas diversas melhorias, apenas com o objetivo de manipular o eleitor quanto à boa administração. Os políticos vivem de aparências e os eleitores, de ilusões.
Emily da Silva Eberhardt
Estudante – Itati

A respeito do comentário de Carmen Peña Sommer (ZH, 15/07) sobre não ter recebido informação dos novos dias de coleta seletiva, esclarecemos que, por esse serviço ser de utilidade pública, somos obrigados a divulgar, amplamente, alterações. A tarefa é feita pela Assessoria Comunitária do DMLU, que distribui panfletos na região atingida pela mudança. É enviada notícia às emissoras de rádio e televisão, aos jornais, e é publicada nas redes sociais do departamento. Desde julho de 2015, o Departamento realiza campanha educativa em que se ressalta a importância de se fazer a separação correta dos resíduos e da necessidade de respeitar os horários das coletas. Solicitamos que a leitora contate o DMLU pelo
dmlu@dmlu.prefpoa.com.br, informando o endereço para verificar se estão ocorrendo falhas. Os dias e turnos das coletas estão disponíveis em portoalegre.rs.gov.br/dmlu ou pelo 156.
Maria Ines dos S. Mello
Assessora de comunicação DMLU

Comentários

19 de julho de 2016 0

PODERES E CASTAS
Você é funcionário do Poder Executivo do Estado? Já tomou consciência de que pertence à casta inferior do funcionalismo estadual? Recebe parcelado e não terá reajuste de 8,13%, enquanto os servidores do Judiciário, da Defensoria Pública, do Ministério Público, do Tribunal de Contas do Estado e da Assembleia Legislativa recebem em dia e terão os salários reajustados. Os deputados, ao votarem pelo reajuste, escancararam esta evidência. Os funcionários do Executivo valem menos do que os demais?
Maria D. Benetti
Aposentada – Porto Alegre

BANRISUL: CADÊ?
O Banrisul, ao debitar o empréstimo do
13º antes do efetivo pagamento, deixou milhares de servidores no vermelho, usando até, de quem tinha, a poupança integrada, que gera juro pequeno, mas gera. Sumiu da conta. Tiraram um pouco, mas de quantos?
Sérgio A. Cobalchini
Servidor estadual inativo – Encantado

CONSIGNADO
Os primeiros atingidos foram os aposentados. Empréstimo consignado com desconto quando do crédito da folha. Aí começa a estrada sem volta: resolve o problema da hora e compromete parte de sua aposentadoria até a morte. Agora, o presente de grego para todos os trabalhadores, empréstimos com garantia do FGTS. Nessa história, só um ganha: o banco. Quando os incompetentes terão uma ideia para resolver o problema das pessoas? O triste é que as ideias mágicas atingem os mais necessitados, que se agarram a qualquer oportunidade ilusória para amenizar a situação.
Milton J.M. Moura
Aposentado – Porto Alegre

Comentários

19 de julho de 2016 0

Conspiração
A declaração de Paulo Pimenta (à TV venezuelana, sobre o impeachment) mostra por que essa turma despreparada levou o país ao caos. Denominou-se esquerda crendo em mentiras, governando com mentiras, mentindo para todos. E pior: mentindo para si mesma. E acreditando.
Jair Escobar de Moraes
Capitão da reserva do exército – Porto Alegr e

Depressão
O PT e seus sequazes deveriam refletir sobre os 12 milhões de desempregados que jogaram na rua da amargura e a depressão impingida ao povo brasileiro. Os crimes (de responsabilidade) estão bem discriminados na peça acusatória do dr. Bicudo, libelo que expressa a verdade dos fatos e atos que culminaram na desordem social e administrativa do Brasil. Adonaram-se do país como se fosse propriedade sua e de seus amigos, destruíram a futuro de duas gerações e degeneraram 20 anos da produção industrial pelo assalto à Petrobras.
Milton Munaro
Advogado – São Leopoldo

FIM AO TERRORISMO
Os atentados contra civis aumentam o repúdio mundial contra seus autores, já que não são aqueles os responsáveis pelas políticas e pelas decisões dos governantes que desagradam aos terroristas. Por outro lado, as medidas de precaução contra estes são dispendiosas e inócuas, frente a exemplos como Nice, Bataclan etc. Os governos dos países atingidos alcançariam melhores resultados se ameaçassem, embora só para assustar, exterminar 50 membros desses grupos por vítima de seus tresloucados atos. Embaixadores, cônsules e outras pessoas que se relacionem com tais políticos podem colaborar, transmitindo-lhes essa observação.
Adelino Soares
Advogado – Porto Alegre

Prioridades
Não entendo a alegria dos brasileiros que estão conduzindo a Tocha Olímpica e os que acompanham aplaudindo, por várias cidades do país, enquanto milhares enfrentam dificuldades para serem atendidos nas emergências dos hospitais, outros esperando cirurgia por dois, três anos, hospitais fechando, outros enfrentando falta de estrutura para funcionar, funcionários fazendo greve por falta de pagamento. São os nossos governantes patrocinando a Copa do Mundo e agora a Olimpíada, gastando bilhões de reais, que podiam ter sido aplicados na saúde, na educação e nos vários problemas sociais que o país enfrenta. Vai entender o porquê dessa prioridade pelos grandes eventos em detrimento do que realmente necessitamos.
Primo Vigna
Aposentado – Porto Alegre

Foto do leitor

18 de julho de 2016 0
Arquivo pessoal

Arquivo pessoal

O fim de tarde no município de Lagoão foi registrado pelo técnico em Contabilidade João Carlos Vieira

Comentários

17 de julho de 2016 0

FARÓIS ACESOS DE DIA
Os favoráveis a essa medida alegam que aumenta a visibilidade, evitando acidentes. Num país tropical como o nosso, com visibilidade excelente na maioria dos dias, é totalmente desnecessária. Não vejo vantagem visualizar um carro a quilômetros. Pelo contrário, isto nos tira a atenção para o que
realmente importa, isto é, visibilidade razoável para carros em sentido contrário e outros obstáculos físicos, trevos, acessos, placas etc. Sem falar no incômodo de faróis acesos, pois, queiram ou não, sempre causam um certo ofuscamento, mesmo de dia, pois involuntariamente desviamos a atenção para a luz dos faróis. E a grande quantidade de faróis baixos desregulados e os com aquela luz branca ou azul ofuscante? Vão fiscalizar se essa lei inútil for mantida? Espero que não vigore muito tempo, assim como da outra vez…
Danilo Baldi
Médico – Bento Gonçalves
ACESSO ÀS ARMAS
Os especialistas que atribuem a facilidade de acesso às armas como agente causador de mortes viram os argumentos questionados com o que aconteceu na França. Um veículo pesado em movimento mata mais do que um AK-47. O louco que quer matar simplesmente o faz.
Luiz Ely Silveira
Publicitário – Porto Alegre

BOI DE PIRANHA
Considero o governador um boi de piranha. Pelo menos, ele teve coragem de escancarar o problema das finanças públicas. Não sei é como ele continua tendo forças para continuar na luta. Homens públicos como ele e Feltes merecem reconhecimento pela coragem que demonstram ao lidar com este abacaxi que é administrar um Estado pelado.
Osmar Meirelles Peixoto
Aposentado – Cachoeirinha