Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Personalidade na ponta dos dedos

08 de setembro de 2010 9

Dia desses, publiquei uma nota na coluna Visor do DC sobre um grupo que se intitula esmatólogas. Leia-se, apaixonadas por esmaltes. Deus do céu. Choveram e-mails querendo saber mais informações sobre elas, como localizá-las, coisa e tal.

Ok, sempre soube que batons e maquiagens afins são uma tentação tão ou mais irresistível quanto o chocolate para a mulherada. Só não imaginava esta hecatombe por esmaltes. A partir daí, por puro interesse jornalístico, passei a analisar com rigor, digamos, científico, as mãos das meninas. E descobri que elas revelam muita coisa. E como. São quase um retrato resumido do estado de espírito da própria dona dos respectivos dedinhos.

O que mais chamou a atenção, claro, são as cuidadosas. Estão sempre impecáveis, com unhas bem feitas. Não raro, são mulheres que se cuidam, sabem se produzir e, via de regra, as mais sedutoras. As cores variam bastante. A atitude, não.

Ousaria até chamá-las de unhas fatais. No trabalho, elas fazem um sucesso danado. Pertencem às profissionais que estão em ascensão. São as gestoras do século 21. Sim, meus amigos, porque em breve todos teremos uma ou mais chefes do sexo feminino. Imagino que, sob todos os aspectos, ela também seja determinada. Ousada. Do tipo que sabe o que quer. E manda ver. Acredito que uma arranhada daquelas nas costas, na hora do vamos ver, e pimba! O sujeito fica apaixonado, de quatro mesmo pela gata.

Depois, claro, o nível vai baixando lentamente. Também identifiquei a categoria das descascadinhas. Tá, não chega a ser um desvio de personalidade. Longe disto. A correria do dia a dia, a falta de tempo e todas as desculpas desta louca vida moderna são compreensíveis. Mas que é feinho, é. Você olha a mulher. O conjunto da obra até que é bem interessante, mas quando ela vai dar a clássica mexida nos cabelos, lá estão elas: as unhas. Parte pintada, parte sem nada.

Pior, mesmo, é aquela amiga ou colega de trabalho que, na maior cara dura, fica arrancando pedacinhos do esmalte, à mão, na sua frente, enquanto vocês conversam sobre a chance de chuva no final de semana. Dá um tempo, né? Pô, nunca foi numa manicure, sei que acetona resolve qualquer problema.

Claro, e tem as que também não usam nada. Preferem manter as unhas mais curtas, sem nenhum tipo de pintura. Depois de tanto observar a mulherada, acho que posso cravar na alternativa C: são as mais sem graça. É isso mesmo, sem sal, sem açúcar, sem unha pintada, se batom, sem perfume. São as desinteressadas. Pela vida, pelo trabalho, pelo sexo…

Tem também as adeptados só da base. Mas, admito, não consegui formar um conceito a respeito delas. Só que são mais recatadas. O que pode ser só fachada…

E, por último, uma categoria que cresce assustadoramente, principalmente entre as adolescentes: as que roem as unhas. Ou seja, além de não pintar, de não tirar as cutículas, ainda ficam lá, arrancando pequenos pedacinhos com a boca e cuspindo pelos cantos. Eca, que nojo! Tratamento psiquiátrico nelas…

Bom, depois desta minha breve teoria neomachista sobre as unhas das meninas, o que pude concluir, mesmo, é que as fazem parte de um conjunto. Grande descoberta, duh…

Pacote, aliás, que se estiver em harmonia, vai fazê-la sentir prazer em pintar as unhas, em maquiar-se, em se perfumar, em vestir uma roupa que lhe deixe sentindo-se sexy. Especial. Porque uma mulher confiante, bem produzida e com unhas vermelhas, sabe que o céu é o limite. Tá, pode até variar a cor, nunca a certeza de que, com prazer, tudo fica melhor….

Comentários (9)

  • Camila Saccomori diz: 8 de setembro de 2010

    Muito legal a análise, hehehe. E para quem anda procurando as “esmaltólatras”, recomendo jogar no google os nomes dos seguintes blogs para encontrá-las: Mão Feita e 9ml. Att.

  • Cristina diz: 8 de setembro de 2010

    O esmalte fala muito, mas se acompanhado do formato da unha (quadrado ou redondo) se a cor escolhida e o tamanho então… escreverias um livro.
    É certo que o marketing encima desse novo desejo feminino e por que não masculino, (homens adoram mulheres com unhas bem feitas) não é de hoje. As novelas globais que o digam.
    Desde muito tempo a industria cosmetica contrata as famosas garotas propaganda para lançar novas cores e tendências, mas o que vemos mesmo são os personagens das tais cenas do plim plim que arrazam no quesito.
    Eu amo esmalte e sempre usei, mas não reparava muito nos nomes de cores mas depois do Rosa Chiclete (Colorama) essa mania pegou. Teve um tempo que eu só usava o ametista da também Colorama agora to mais na fase Jack Impala e Chocolate da Risque. Esses dois últimos aprendi a misturar no site acima citado o 9ml. Os dois juntos imitam o esmalte ultra chique e fino da Chanel que é ultra caro em torno de R$ 70,00.
    O que eu não entendo são essas marcas super chiques e caras (estrangeiras) que lançam esmaltes lindos e elas nem tiram a cuticula. Aff Brasil é tudooo Salve as manicures deste Brasil varonil.
    Ah visitem os sites que a Camila indicou, AMO!

  • Luciana diz: 8 de setembro de 2010

    Tanto a mulher quanto o homem precisam se cuidar em todos os aspectos. É muito agradável para os nossos sentidos, uma pessoa bem tratada, bem vestida, casual ou chiquérrima dependendo da ocasião. Quanto as unhas elas devem estar sempre bonitas. Com base ou esmalte claro não significa que a mulher é menos interessante. Acredito em outros valores. Muitas vezes de nada adianta tanta produção se um homem ou uma mulher não tem nada de interessante na cabeça, apenas futilidades.

  • Alice diz: 8 de setembro de 2010

    Olha… não há como generalizar, as mulheres que tu classificou de ‘sedutoras’ e ‘poderosas’ na verdade são mulheres que vivem em busca de uma afirmação. Não se permite um deslize… Embora os homens admirem, na maioria, sentem-se intimidados por tamanha imponência.
    Eu observei, que mulheres equilibradas, podem transitar por todos os aspectos que tu analisou, ter períodos fatais (encontros, festas e etc), unhas por fazer (muita atividade rotineira em casa, pode ter ficado sem a doméstica por exemplo e não deu tempo pra refazer a unha) as de base e unhas curtas (suas atividades exigem isso, por exemplo: cuidado com bebês) e ainda, sem nada (não teve tempo nem dinheiro pra manicure, não gosta de esmalte ou, TRABALHA como manicure, hehehe)
    Só não tenho desculpa para as com hábitos duvidosos… heheh

  • Joara Araujo diz: 9 de setembro de 2010

    Muito bom o texto, Rafael.
    Sou umas das integrantes do “Clube das Esmaltadas” de Floripa que se reuniu há algumas semanas e, em nome de todas, agradeço o espaço para mostrar o nosso vício. É muito importante este espaço pois aqui em Floripa ainda há um certo pré-conceito, tanto dos lojistas, quanto da própria população, referente há algumas cores e marcas de esmaltes. Inclusive, no dia do nosso encontro, fomos em algumas lojas para nos apresentarmos e para mostrar esmaltes que não temos acesso aqui em Floripa, todavia, fomos bem recepcionadas somente em algumas.. Infelizmente!
    Nós iremos nos reunir novamente neste domingo para resolver algumas questões, mas estamos pensando em algo maior para outubro, provavelmente.
    E, realmente, a cor do esmalte diz muito sobre a pessoa. Atualmente, o dia anda tão corrido e cheio de preocupação que o tempinho que tiramos para fazer as unhas (em casa mesmo) acaba se tornando uma terapia e esquecemos de todos os problemas.
    Agradeço novamente o espaço,

    Joara Araújo

  • Cris Vieira diz: 9 de setembro de 2010

    PÔ, Rafa, faltou a intemediária: às vezes, unhas vermelhas, às vezes, verdinho claro ou só a base. Depende do humor!
    Muito bom o texto!

  • Mayara Botelho diz: 9 de setembro de 2010

    Adorei sua publicação, mais uma vez! Agradeço, pois eu em nome de todas as meninas que comigo estavam naquele sábado no vão do Mercado Público, adoramos os seus comentário, sua visão sobre o assunto, e toda essa repercussão!
    Gostar de esmalte nunca foi tão comentado e adorado, as Esmaltólatras de Floripa surgiram por acaso e vieram pra ficar, vocês terão mais notícias nossas com certeza!!
    Esmaltes vieram com tudo e define muito a mulher, também ao meu ver.. Cada cor define o estado de espírito dela, o seu momento, o seu gosto, o seu estilo. E Com certeza dá um ar muito mais charmosa e cuidada para as mulheres.
    E posso dizer que os homens reparam sim! Já vi muitos homens comentando e meus próprios amigos, e digo que o fetiche deles são as francesinhas! Não sei se só conhecem essa, ou se realmente são as que lhe chamam mais atenção, mais já ouvir muitos comentários de que francesinha é TOP!
    E eu assino em baixo.
    Obrigada mais uma vez por dar “espaço” a nós viciadissímas em esmaltes.
    Beijos

  • Isabel diz: 10 de setembro de 2010

    Oi! Pessoal em primeiro lugar parabéns pelo blog de vcs acreditem q eu nunca tinha me interessado sempre dou uma passada por aqui pra ler o blog da Marta…Mas fiquei boba com a visão de vcs homens em relação a nós mulheres..Muito legal a materia sobre os esmaltes e é tudo verdade pois nós mulheres se vestimos para outras mulheres seria interessante uma materia sobre isso neh pq a qui no meu trab.quando chego com uma roupa nova quem nota as mulheres é claro a cor do cabelo o esmalte mais escuro na unha somos detalista até de mais…abraços.Isabel….

  • Jana Almeida diz: 13 de setembro de 2010

    só posso te dizer q homens querem o impossível, sempre linda, sempre fatal, sempre disponivel… esquecem de levar em conta q tb somos humanas e mesmo não tendo pelos nas costas, ficamos desleixadas qdo a situação pede! cuidar de criança, de doente e dos afezeres de uma casa toda, praticamente sem ajuda, (afinal, ele tah lah trabalhando bem longe de tudo isso) pode esgotar e fazer surgir a “monstra dona de casa”… E, pelo menos no meu caso, eu fico pensando, cada vez q saímos eu me produzo toda e mesmo assim não sou a protagonista! tenho q competir com qq “saia” q apareça, mais, ou menos bonita q eu, apenas por ser “saia”!!! pq ele tah sempre olhando p/ as outras, por mais linda, fatal e unha pintada q eu esteja… então isso tb não ajuda! o problema nunca esta num lado só do casal, e acredito q reclamar eh muito facil, perceber q vc contribui p/ monstra aparecer eh q eh dificil…
    E foi-se a época em q homem não ligava p/ celulite! rs Agora reclamam até de nossas unhas! kkkkkkk

Envie seu Comentário