Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Renato explica a longa estada no Rio

27 de outubro de 2010 0


Renato Portaluppi voltou para casa. Não para sua Guaporé natal, mas para o Rio, cidade que o adotou como filho ilustre a partir de 1987, ano de sua contratação pelo Flamengo. É lá que o treinador e o time do Grêmio irão permanecer até a próxima segunda-feira, mesmo que o jogo contra o Fluminense seja amanhã.
Uma estada tão longa no Rio causa estranheza. Mas, segundo Renato, tem a ver com a mudança da data de Goiás e Grêmio. Como esta partida foi antecipada de quinta-feira, dia 4 de novembro, para quarta, dia 3, Renato não viu sentido no retorno à Capital na próxima sexta. Seria desgastante, entende, viajar duas horas do Rio a Porto Alegre e, segunda-feira, percorrer um trecho bem mais longo até Goiânia. Por isso, marcou três treinamentos nesse perído para General Severiano e Laranjeiras. Os poucos períodos de folga ele passaará em casa, com a mulher e a filha. Promete abrir mão de privilégios e passar as noites no hotel, da mesma forma que os jogadores.
- O Rio fica do lado de Goiânia. Além disso, voos até Goiás são complicados, ainda mais em meio a um feriado, com aeroportos lotados. Se o jogo desta quinta fosse em São Paulo ou Belo Horizonte, eu faria a mesma coisa – garante o treinador.



Envie seu Comentário