Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Ricardo Oliveira, Luís Fabiano e Zé Roberto na mira

24 de dezembro de 2010 1


Os primeiros reforços do Inter para a Libertadores poderão desembarcar no Beira-Rio na primeira quinzena de janeiro. Na listinha de compras para 2011 estão pelo menos dois atacantes e um lateral-direito.
Os homens de frente deverão sair do trio Ricardo Oliveira, do Al-Jazira, Luís Fabiano, do Sevilla, e Zé Roberto, do Vasco _ uma vez que a ordem é buscar atacantes objetivos e velozes. Para a lateral, o Inter ainda deverá insistir com Léo Moura, do Flamengo.
Um novo volante para a equipe de Celso Roth poderá sair do Inter B, caso o clube não encontre no mercado um jogador como Edinho, grande e que possa auxiliar a defesa no jogo aéreo.
O Inter espera o retorno de Rodrigo Caetano, o gerente executivo do Vasco, de rápidas férias em Nova Iorque para tentar encaminhar a contratação de Zé Roberto. Inter e jogador já estariam acertados, mas o Vasco reluta em liberá-lo. Ainda há mágoa pela saída de Roth no meio do ano. Sorondo será utilizado como moeda de troca pela tentativa de liberação de Zé Roberto.
Ricardo Oliveira (confira a sua entrevista) e Luís Fabiano são os medalhões na mira do Inter. O primeiro dificilmente atuará pelo Al-Jazira, que já fechou a cota de três estrangeiros, e quer permanecer no Brasil. Já o camisa 9 da Seleção Brasileira foi sondado diretamente pela direção e demonstrou interesse em retornar. Já teria acertado salários, mas o clube ainda não conversou com o seu empresário, o uruguaio José Fuentes, o que no momento inviabilizaria a negociação. O clube monta projetos de propostas a serem apresentados aos dois clubes.
_ Ricardo Oliveira e Luís Fabiano são nomes que interessam ao Inter. Estamos estudando possibilidades de negociações _ afirmou o vice de futebol do Inter, Roberto Siegmann.
Aos poucos, o Inter trata de abrir espaço em sua folha para os reforços. Com a saída de Ilan, que não teve o vínculo renovado, e as possíveis inclusões de Edu e de Sorondo em troca-trocas (e também nomes como Marcelo Cordeiro e Danny Morais, por exemplo), o clube já reduziria os custos do grupo em mais de R$ 500 mil. Hoje, a folha mensal é superior a R$ 5 milhões.
_ Contratações não são feitas apenas com dinheiro. Outros clubes têm interesse em nossos jogadores, usaremos a criatividade para contratar _ disse Siegmann. _ O certo é que o Inter começará a Libertadores outra vez com um time muito competitivo.



Comentários (1)

  • Alex diz: 24 de dezembro de 2010

    O único, legítimo e insuperável BURACO MAZEMBAIXO é o do BI REBAIXAMENTO.
    Fiasco IMORTAL!!!

Envie seu Comentário