Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Meio-campo do Inter deve mudar no México. Oscar segue?

31 de março de 2011 10

Após a goleada sobre o Jorge Wilstermann, Celso Roth tratou de frear o ânimo daqueles torcedores que vibraram com Oscar e D’Alessandro na articulação. Ao comentar sobre o desempenho da dupla na goleada, ele fez reparos. Em seguida, passou a elogiar Wilson Matias – sem que fosse questionado sobre o volante.

Assim, seria uma grande surpresa que para o jogo decisivo contra o Jaguares, no próximo dia 6, no México, quando o Inter poderá encaminhar a primeira colocação no Grupo 6 e uma das melhores campanhas dessa primeira fase, o meio-campo não tenha Oscar e passe a contar com Bolatti, Matias e Guiñazu – além de D’Alessandro e Zé Roberto?
- Tecnicamente, Oscar e D’Alessandro sobraram. Mas precisam ser mais combativos, principalmente em jogos de condição técnica mais equilibrada. Com a bola eles são diferenciados, precisam mais equilíbrio sem a bola – disse Roth, para na sequência comentar: – Vou citar o Matias, que vocês (imprensa) não falam, não falam, não falam. Matias foi excelente.



Comentários (10)

  • Luiz Fernando diz: 31 de março de 2011

    Celso não pode perder a oportunidade de testar o Oscar em um jogo considerado “fogueira”. O Internacional está praticamente classificado e este seria o melhor momento. Sai o Zé! O garoto tá fazendo a diferença.

  • Regis Wallauer diz: 31 de março de 2011

    Ouvi atentamente o pronunciamento do Roth após a vitória sobre os Seu Jorge. Faço uma leitura totalmente diferente dos comentários do comandante colorado. Disse algo como: “…o Mathias, e vocês nunca falam sobre o Mathias, ele foi muito bem, assim como o Guiñazu que dispensa comentários…”. Parece-me muito claro que o intuito do treinador do Inter é frear o entusiasmo de setores da imprensa, que logo se manifestarão na torcida, e lembrar que a mecânica do time depende de várias peças e que os elogios excessivos a uma parte da engrenagem é no mínimo inadequado.
    O Inter caminha a passos largos para a classificação e muito possivelmente à liderança do grupo e quem sabe à liderança geral…mas o técnico é sistemáticamente criticado seja por errar ou por acertar.
    Como diz o Lauro Quadros a banca paga e recebe.

  • heloisa diz: 31 de março de 2011

    Talvez a imprensa não fale no Mathias, porque ele fala no rapaz no momento errado!… O Celso Roth não está com essa bola toda para tentar incutir na cabeça dos outros que o que ele pensa é que é o certo!…Ele deveria de saber disso e citar o nome do jogador de sua preferência no momento adequado. Quando indagado, por exemplo.

  • Correa diz: 31 de março de 2011

    Não entendo…tudo bem…quer jogar mais fechado pq é um jogo q pode ser perigoso até mesmo para a classificação….mas uma pergunta se faz necessária e não escuto alguém fazendo-a: pq tem q sair o Oscar e não o Zé Roberto????Quer tres volante:Bolatti,Wilson e Guina…então tá…tira o Zé e fica com Dale e Oscar mais liberados.Será que é tão difícil de entender futebol ou não querem mexer em algum jogador q foi trazido por ele(Roth) o sr.Zé.Não q seja um jogador de baixa qualidade,atyé q serve para o grupo,mas deixar o Oscar de fora e ele jogando…é de se´pensar ou tira o Roth ou acho q é coisa do diretor sigmann por suas declarações após o jogo,então tira o diretor,pq não entende de futebol.

  • Carlos Alberto diz: 31 de março de 2011

    Só pode ser gozação.
    Ontem jogando contra ninguém, anotei a participação do Zé Roberto no primeiro tempo:
    Tocou na bola 26 vezes com 20 passes para o adversário e os seis que conseguiu acertar foram passes de lateriais de 2,0m.
    Segundo Roth, ele marca bem, realmente neste quesito em 45 minutos ele fez 4 faltas e conseguiu um desarme, devolvendo a bola para o adverásario. A estatistrica do Matias eu não fiz, mas deve ser ligeiramente melhor da do Zé.
    Detalhe, Roth afirmou que ops culpados da atuação do Zé foram o Dàle e o Oscar. è ofender a inteligência do torcedor

  • Emerson de Lima Torres diz: 31 de março de 2011

    Concordo com o Roth que o Wilson Mathias foi muito bem.
    Acho ele um bom reserva; não justifica tirar o Oscar e o Dàle para colocá-lo.

  • elias diz: 31 de março de 2011

    Melhor que o matias só o graaaande nei! Que ruindade! Que coisa pavorosa contra um time da 5a. divisão, quase amador! Entra com 10 logo de uma vez. Esse nei não pega vaga nem na várzea. E tem gente que não quer que vaie a naba. Quem está querendo só ataque e ataque lembro: NENHUM time faceiro ganhou a libertadores até hoje! Parem de encher o saco.

  • Jonatan Ferreira dos Santos diz: 31 de março de 2011

    “Resposta ao comentário de Mauricio Saraiva sobre o empate sem gols do Inter x São Luiz e o comentário da derrota do Juventude x grêmio”

    Muito engraçado os teus comentários da pra ter uma noção de como tu é previsível e parcial.
    Semana passada o Inter jogou pelo Gaúchão no estádio Beira Rio contra a equipe do São Luiz que com 1 homem a menos consegui não levar gols do Inter, empate em 0 x 0.
    O Inter naquele jogo teve alguns desfalques mas nada de muito anormal. Poderia ter sido 10 x 1 para o Inter, o time simplesmente errou uma tonelada de gols.
    No teu blog após o jogo tu comentaste a partida resumindo com uma só palavra “FIASCO”

    Ontem na serra o Grêmio PERDEU o jogo para uma equipe muito, mas “MUITO” fraca tipo 4ª divisão do futebol brasileiro, o Juventude com 1 homem a menos teve 3 bolas na trave e muitas chances perdidas, e sabe qual foi o teu comentário após este jogo?
    “Foi assim que o Grêmio “entregou” o jogo que estava encaminhado com vitória para um “bravíssimo” time caxiense que, enfim, viraria para 3×2 num golaço do Ramiro. O time do Grêmio teve muitos momentos de desconcentração ao longo do jogo, mas nem por isso parecia estar perto de perdê-lo.”

    Li o teu comentário a procura da palavra que tu trata um time grande “Inter” quando tem um resultado ruim, mas não encontrei.
    O jogo do Grêmio de ontem teve muito mais cara de “Fiasco” do que o do Inter semana passada, mas com já citei os teus comentários são engraçados e te fazem parecer um torcedor Gremista desesperado tentando aumentar o status do time na conversa.
    Fiasco é as baboseiras que tu escreve, sempre tendencioso querendo rebaixar um ”Inter” e enaltecer o outro “Grêmio”.

    “Espero que tu sejas a favor da opinião livre e poste o meu comentário”

  • Demian diz: 31 de março de 2011

    Ouvi a entrevista do Roth após o jogo de ontem. Ele não disse isso. Estás descontextualizando. O Roth elogiou a técnica dos dois e apenas referiu o que podem melhorar, dizendo que, para isso, precisam de ritmo. Ou seja, deu a entender que vai mantê-los. Esse foi o entendimento, aliás, do José Alberto Andrade. O Roth tem defeitos, mas há muita má vontade de parte da imprensa, criando problemas até quando o Inter ganha.

  • josimar feijo de souza diz: 31 de março de 2011

    Nao é má vontade minha mas esse treinador enxerga pouco , visao curta , acha que entende muito de futebol e ainda diz claramente que o torcedor nada entende de futebol, muita soberba , muita arrogancia, queria dizer que se temos o damiao hj jogando o que joga foi o torcedor que forçou a barra, a torcida exigiu o óbvio que ele nao via, achava o alecssandro o baita centroavante, se o damiao jogar a mesma quantia de partidas do alecssandro quero ver quantos gols e faz, a tb o alecssandro só foi embora depois que viu como é um centroavante de verdade, nao ia jogar nunca mais, agora o treinador vem com essa de fazer o dalessandro e o oscar fazerem funçoes de marcadores, tá louco esse treinador, eles podem e devem ajudar como fizeram ontém mas marcar pra que, pede pro mathias armar e chutar el goll, dar assistencias , bater faltas, bater escanteios, fazer gols, nao faz , nao faria nunca , sem chance, nao faz bem nem sua própria funçao e sua melhor caracteristicas como fazer as que oscar e dale fazem, muito bem o dalessandro afirmar que nao fará, nao é ele que deve voltar mais e sim o mathias e guinazu avançar junto eles, o time ficou com um buraco porque eles estavam fincados , parados , lá atrás junto do zagueiros, erro de visao de jogo ou burrice desse treinador sem carisma nenhum com nós, acho as duas coisas, torcer pro meu time com esse treinador deixa muitos colorados contrariados, mas torcemos pro jogadores e pro clube, e acreditamos que apesar dele seremos campeao….nunca treinaria meu time aqui na varzea….

Envie seu Comentário