Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Sorondo pronto para voltar

30 de setembro de 2011 5

A duas semanas de seu retorno ao grupo principal do Inter, o zagueiro Sorondo, 31 anos, já projeta disputar a etapa final do Brasileirão. Após seis meses recuperando-se da cirurgia dupla de joelho e ombro, resultado de uma queda no gramado sintético do Passo D’Areia – em São José 0×1 Inter, no dia 23 de março -, o uruguaio naturalizado brasileiro mostra-se confiante no retorno ao time, agora com Dorival Júnior. Antes da dupla lesão, era titular com Celso Roth e vivia boa fase.

Sorondo ainda atribui ao piso artificial a sua contusão. Lembra que o pé ficou preso no gramado, travando o movimento e causando a queda, que resultou em ruptura de ligamentos de joelho e ombro direitos. Durante o período no estaleiro, entre as etapas de fisioterapia, passou 12 dias em Montevidéu e fez uma nova tatuagem: um desenho maori, que começa no braço e termina no ombro direito – o operado.

Zero Hora – Você ainda se arrepende de ter jogado no gramado sintético?

Sorondo – Muito. Na véspera do jogo, o Celso (Roth) pediu que eu testasse o piso. Não queria jogar, por causa das minhas outras duas cirurgias no joelho (ambas no esquerdo). Mas fiz o teste e, ao menos no “dois toques”, pensei que não haveria problema. Disse a ele (Roth): “tudo bem, vou jogar”. O Nei, que estava sentindo dores no joelho, não jogou. Fez bem. É impossível disputar uma partida de campeonato em um campo como aquele. Não jogarei mais em piso sintético. Na próxima vez, vou pedir para não entrar.

ZH – O contrato com o Inter se encerra ao final do ano. Já há uma negociação para renová-lo?

Sorondo – Te juro: ainda não comecei a pensar nisso. Só quero recomeçar a jogar logo e voltar a ser eu mesmo. Quero voltar em uma semana, mas o Élio (Carravetta, coordenador de preparação física) me pediu mais duas semanas, então, estou a 15 dias do retorno.

ZH – Você está há quatro temporadas no Inter e parou diversas vezes devido às lesões. De alguma forma, você sente-se em débito com o clube?

Sorondo – Em termos de dedicação e seriedade, não. Com relação às lesões, sim. O clube sempre me deu respaldo e foi muito correto comigo. Não me sinto em dívida, mas certamente poderia ter dado muito mais ao Inter se não fossem as lesões.

ZH – Pelo o que você visto do Brasileirão, quais as chances do Inter no campeonato?

Sorondo – Temos chances até mesmo de título. São nove pontos para o Vasco e temos time para brigar até o final.

ZH – Qual é a sua opinião sobre o “caso Bolívar”, que pediu para não jogar por um período devido às vaias?

Sorondo – Vaias e reclamações sempre acontecerão. Não será a última vez, com Bolívar ou com qualquer outro jogador. Mas ele fez o correto, sabe quem ele é, teve cabeça fria. Agora, voltará e precisará mudar isso.

ZH – Você entende que o Brasil deveria aumentar o número de estrangeiros por equipe (hoje apenas três podem jogar ao mesmo tempo)?

Sorondo – Isto seria bom até mesmo para aumentar a competitividade do futebol brasileiro. Com o potencial econômico do Brasil, ficaria fácil contratar ainda mais grandes jogadores sul-americanos.

Comentários (5)

  • ivan diz: 30 de setembro de 2011

    que seja reintegrado o mais rápido possível, o inter precisa de jogadores deste nível para impor respeito aos adversários!

  • carla colorada cxs diz: 30 de setembro de 2011

    Esse sempre foi meu idolo, gosto do futebol e da raça desse uruguayo, sejas bem vindo novamente meu idolo Sorondo.

  • Luciano-Augusto diz: 30 de setembro de 2011

    Sorondo e Juan. Titulares.
    Moledo e Dalton. Reservas.
    Romário para eventualidades.
    Rodrigo quando puder voltar.
    O Figueroa que me desculpe, mas não há mais espaço pra ele. Foi um brilhante zagueiro. O melhor que já vi jogar no Inter em qualquer época. Gamarra foi muito bom, mas não fez mais pelo Inter que Figueroa. E assim, desculpa, Figueroa, mas não há mais espaço num time que precisa disputar títulos internacionais todo ano.
    Valeu e obrigado, mas deixe os moleques jogar.
    Saudações coloradas, Don Elias.
    Abraço
    Luciano (Ponta Grossa)

  • mariana diz: 1 de outubro de 2011

    Quem joga serio corre mais riscos de se lesionar, o zagueiro Índio já fraturou costelas e o nariz em jogos pelo Inter. Sorondo tem o apoio de muitos colorados, espero que fique no Beira Rio.

  • Mateus diz: 5 de outubro de 2011

    Joga demais! Volta Sorondo xerifão!

Envie seu Comentário