Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Mário Fernandes faz gols e vira destaque da pré-temporada do CSKA

06 de julho de 2012 6

Mário Fernandes está à vontade em seu novo clube, o CSKA, de Moscou. A temperatura alta na capital russa, superior, nesta época, a 30 graus, está contribuindo para a rápida adaptação do jogador, que tem em Cauê Machado, filho do empresário Jorge Machado, um parceiro constante.

No primeiro treinamento, Mário surpreendeu ao marcar cinco gols.

Esta semana, em jogo amistoso da pré-temporada contra o Moscou Torpedo, voltou a marcar, desta vez na sua jogada tradicional, em que investe pelo lado direito e conclui.

O torcedor gremista pode matar a saudade do lateral conferindo no blog a jogada (a partir de 3:10 no vídeo abaixo) que resultou em seu gol:

Comentários (6)

  • Thiago Sartori diz: 6 de julho de 2012

    Matar a saudade já conseguimos, agora nos explica como se faz pra matarmos a diretoria do Grêmio?

  • remir diz: 6 de julho de 2012

    OLA
    SIM E AINDA TEM QUEM DIZ QUE ELE NÃO MERECE UMA CHANCE NA SELEÇÃO.
    TEM QUE DAR OPORTUNIDADE PARA O DANILO O ALEXANDRO E OUTROS PERNA DE PAU QUE ESTÃO LA. ONTEM FALARAM DA BASE DO GREMIO QUE ESTA FRACA E NÃO SE DA A IMPORTANCIA NA FORMAÇÃO DE ATLETAS DE UMA OPORTUNIDADE PARA MIRO BAGNARA. MAS LEVEM A SERIO ESSA IDEIA.

  • Central MF diz: 6 de julho de 2012

    Grande jogador…merece tudo de melhor na carreira..!!!

  • Gustavo Ludwig Arnold diz: 6 de julho de 2012

    Poxa e a seleção com aqueles perebas lá, se tivesse mais cabeça seria o melhor lateral da seleção e do mundo. Direção incompetente essa a do Grêmio.

  • álvaro diz: 7 de julho de 2012

    Enquanto isto, ficamos esperando por Pará. É dose.

  • clovis roberto zanon diz: 7 de julho de 2012

    falar oquê! se negou a jogar pela seleção, não confiava na sua capacidade, concordo com o mano, é bem assim que se faz com esses boleiros, que se acham: no mais nunca ganhou nada por aonde estava, pode ser que na ucrania, ele venha aprender ser diciplinado e jogar futebol, porque aqui vivia mais no departamento médico tricolor (deslocamento de clavícola.) doque no campo de jogo.

Envie seu Comentário