Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts de janeiro 2013

Novelletto intimado a dar explicações sobre queda de torcedores na Arena do Grêmio

31 de janeiro de 2013 34

A Federação Gaúcha de Futebol também terá de dar explicações sobre a queda de torcedores no fosso, durante a partida entre Grêmio e LDU, quarta-feira, na Arena. O presidente Francisco Novelletto recebeu nesta quinta-feira ofício para prestar depoimento sobre o ocorrido no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). O documento é assinado pelo procurador-geral Paulo Schmitt.

- A convocação é normal. A Federação é corresponsável por qualquer episódio que diga respeito a um de seus filiados – afirma Novelletto.

Na quinta-feira, Carlos Schneider, procurador do STJD, enviou correspondência a Schmitt e Renata Quadros, Subprocuradora-Geral, em que pede a instauração de inquérito disciplinar junto à Justiça Desportiva, para evitar “futuras tragédias nas competições vindouras”. Este é o texto de Schneider, que deu origem à intimação de Novelletto.



Porto Alegre, 1º de fevereiro de 2013

Prezados,

Dr. Paulo Schmitt, Procurador Geral;

Dra. Renata Z. Quadros, Subprocuradora-Geral:

Como avisado por via telefônica na data de hoje, estou pedindo providências a essa Procuradoria de Justiça Desportiva, ainda como seu procurador, no sentido de que seja desenvolvido um estudo e proposta uma ação concreta com o fim de proibir a denominada comemoração “avalanche”, praticada nas dependências do estádio do Grêmio Foot-Ball Portoalegrense, no âmbito de todo território nacional, uma vez que sua prática poderá causar ainda uma futura e grave tragédia, com a perda de inúmeras vidas humanas.

Isso se funda no incidente ocorrido na data de ontem no novíissimo estádio da aludida entidade desportiva, no jogo pela Copa Libertadores da América, contra a equipe equatoriana do LDU, onde inúmeras pessoas ao fazer tal comemoração lograram romper a amurada de proteção, projetando-se no fosso existente, umas sobre as outras, resultando em um número aproximado de 5 feridos.

Faço esse alerta, pois independentemente das condições do estádio, tal comemoração é extremamente perigosa, não

podendo permitir a Justiça Desportiva tais manifestações dentro dos estádios de futebol, tampouco podendo o Poder

Público permitir que pessoas coloquem em risco a sua própria segurança, integridade física e a vida, a pretexto de

comemorarem a marcação de um gol.

Isso posto, é o que tenho a relatar, sendo que as cenas do incidente e os relatos dos fatos podem facilmente ser acessados por qualquer meio de comunicação, pedindo providências imediatas, ainda enquanto procurador, mesmo

que tal partida não esteja sob nossa atribuição disciplinar (CONMEBOL), tais como a instauração de um inquérito

disciplinar e/ou a obtenção de algum medida cautelar, junto a Justiça Desportiva, a fim de evitar futuras tragédias nas

competições nacionais vindouras.

Carlos E. S. Schneider,

Procurador da Justiça Desportiva do Futebol

Koff admite extinção da avalanche. OAS nega uso de material frágil na obra

31 de janeiro de 2013 14

O presidente do Grêmio Fábio Koff admitiu na tarde desta quinta-feira, em entrevista coletiva, que a avalanche, comemoração que ocorre nos gols da equipe, possa ser extinta. Basta que as autoridades da área de segurança pública façam a recomendação, explicou o dirigente.

Na quarta-feira, a grade de proteção do setor de arquibancadas cedeu logo após o gol de Elano. Dezenas de torcedores caíram no fosso e pelo menos sete precisaram de atendimento médico em hospitais.

– Se essa for a determinação dos órgãos de segurança, evidentemente que ela pode acabar – disse Koff.

Questionado sobre a entrevista em que o secretário da Segurança Púlbica Airton Michels recomendava a interdição de toda a Arena, e não apenas do setor de arquibancadas, o presidente da Grêmio Emrpeendimentos Eduardo Antonini (à esqueda) deixou claro que todas as recomendações serão atendidas.

– Vamos acatar a decisão das autoridades para garantir 100% de segurança. O que for definido será acatado. Só estamos tentando demonstrar a importância da manutenção da área popular – afirmou.

Eduardo Pinto, presidente da Arena Porto-Alegrense, empresa gestora do estádio, assegura que não houve negligência na utilização do material que serve de parapeito. Ele disse ter visto imagens de torcedores que se equilibravam sobre a grade. Entende que isso pode ter colaborado para que ela cedesse.

– Uma empresa especializada realizou todo o estudo técnico. Foram feitos cálculos e recálculos do peso do guard rail. Houve um acidente. Não tenho conhecimento de que se tenha utilizado material inadequado. Não existe isso dentro da Arena. Tudo foi construído conforme o planejado – resssaltou Pinto (na foto, à direita).


Inter eleva a pedida por Damião, Tottenham perde a janela, mas negociação poderá ser retomada

31 de janeiro de 2013 79


Giovanni Luigi fez valer a sua fama de ferrenho negociador e Leandro Damião não será vendido ao Tottenham. Ao menos não hoje, quando a janela de transferências para a Inglaterra foi cerrada. Com isso, o camisa 9 estará no Gre-Nal de Erechim, ao lado de Forlán.

O Tottenham ofereceu bem menos do que o Inter imaginava pelo jogador, cerca de 15 milhões de euros (ou R$ 40,4 milhões) e sugeriu um parcelamento de três vezes. Dono de 70% dos direitos econômicos do centroavante, o Inter tentou elevar a proposta, o que não foi aceito pelo Tottenham.
As negociações foram interrompidas e poderão ser retomadas caso os ingleses aumentem a oferta. Assim, não está descartada a possibilidade de que a negociação seja concluída nos próximos meses, com a transferência de Damião para Londres ocorrendo em agosto. Em 2010, Inter e Tottenham negociaram dessa maneira a venda do volante Sandro, negociado enquanto disputava a Libertadores, e repassado ao Tottenham no segundo semestre.

Nas últimas horas da janela, Inter tenta elevar o valor de Leandro Damião para vendê-lo ao Tottenham

31 de janeiro de 2013 7

Neste momento, o futuro de Leandro Damião está sendo decidido nos gabinetes do Beira-Rio. O presidente Giovanni Luigi tenta melhorar as condições da negociação com o Tottenham. Os ingleses ofereceram menos que o esperado, cerca de 18 milhões de libras (ou R$ 56,4 milhões) e sugeriram um parcelamento em três vezes. Dono de 70% dos direitos econômicos do centroavante, o Inter tenta elevar a proposta ou receber o valor à vista. As conversas prosseguem. Os ingleses têm pressa porque a janela de transferências fechará em quatro horas e Luigi conta com a urgência britânica para finalizar a transação – e encher um pouco mais os cofres do Beira-Rio.

Fábio Koff convoca OAS para debater segurança da Arena

31 de janeiro de 2013 6

O presidente do Grêmio Fábio Koff irá se manifestar na tarde desta quinta-feira, em entrevista coletiva, no Olímpico, sobre o incidente envolvendo a avalanche, durante a partida contra a LDU.

Preocupado com a repercussão do episódio, que resultou em oito torcedores machucados, alguns deles precisando de atendimento em hospitais da Capital, Koff não descarta a colocação de cadeiras no setor de arquibancada, o que extinguiria a avalanche.

Contudo, o dirigente ainda espera por uma posição da construtora OAS, para obter informações sobre novas medidas de segurança que possam ser colocadas em prática.

Koff já solicitou que representantes da construtora compareçam ao Olímpico ainda hoje para debater o tema.

- O que é certo é que houve um equívoco na construção – comentou um dirigente.

A queda dos torcedores foi um dos temas da reunião do Conselho de Administração do Grêmio, realizada nesta quinta-feira, sob o comando de Koff.

Inter: Jornal Olé afirma que Racing está contratando Bolatti

31 de janeiro de 2013 4


Segundo o jornal argentino Olé, o Racing está definindo com o Inter o empréstimo de Bolatti por seis meses. O clube de Avellaneda estaria finalizando a negociação com os colorados para contar com o volante de 27 anos imediatamente. O Inter ainda não admite a negociação, informa que não houve acerto, mas confirma o interesse dos argentinos no jogador.
No ano passado, o rival do Racing, o Independiente, tentou a contratação do volante. O principal problema para a cessão é o salário de Bolatti, na casa dos R$ 200 mil, e que é caro demais para o atual futebol argentino. O certo é que Bolatti será utilizado na equipe colorada apenas caso Ygor, Willians, Josimar, Fred e Elton não possam atuar.

Gre-Nal de Erechim: Inter deverá manter os titulares para o clássico

31 de janeiro de 2013 10

A decisão do Grêmio em poupar boa parte de seus titulares para o Gre-Nal, não deverá alterar a programação do Inter para o clássico de Erechim, neste domingo. Logo mais, a partir das 16h30min, quando os jogadores que enfrentaram o Novo Hamburgo se reapresentarem no CT Parque Gigante, serão reavaliados e, aqueles que tiverem condições, serão escalados – mesmo que o Grêmio vá a campo com um time de suplentes.
A forte tendência é que Dunga escale todos os titulares possíveis. Após o empate com o Novo Hamburgo, na estreia da equipe principal, em Gravataí, apenas o lateral Gabriel saiu de campo com dores no tornozelo. Para ter Forlán no clássico, o Inter pediu a dispensa do atacante à Associação Uruguaia de Futebol.

Caso venda Leandro Damião ao Tottenham, Inter investirá no retorno de Nilmar

31 de janeiro de 2013 124

As próximas horas serão de definição sobre o futuro de Leandro Damião. Dessa vez, o Tottenham aportou suas libras para comprar o camisa 9 do Inter. Na conversão da moeda, a oferta é de R$ 63 milhões, que seriam parcelados em três vezes. O Inter, dono de 70% dos direitos econômicos do jogador, fica com R$ 44,1 milhões. O Atlético de Ibirama (SC) tem os demais 30% sobre Damião.
Caso o Inter decida pela negociação, ainda hoje, o clube passará a trabalhar pelo retorno imediato de Nilmar, que desejaria retornar de sua até agora breve passagem pelo Al Rayyan, do Catar.

Time reserva no Gre-Nal e avalanche ameaçada de extinção

31 de janeiro de 2013 26

O Grêmio irá preservar os titulares no clássico Gre-Nal de domingo, em Erechim. Segundo Vanderlei Luxemburgo, a equipe que atuou contra a LDU ficará em Porto Alegre para completar a pré-temporada. O time será comandado pelo auxiliar técnico Roger Machado.

Nesta quinta-feira, em reunião do Conselho de Administração, o Grêmio deverá determinar a colocação de cadeiras no espaço da Arena em que, atualmente, se posiciona a Geral. Em outras palavras, trata-se da extinção da avalanche. O presidente Fábio Koff considerou inadmissível o ocorrido no gol de Elano, quando vários torcedores caíram no fosso, resultando em lesões em sete, que precisaram de atendimento em hospitais.

Para Luxemburgo, a classificação para a fase de grupos foi resultado da humildade de um clube que viajou com 10 dias de antecedência a Quito, em respeito a LDU.

- Eu tinha plena confiança de que poderíamos reverter a derrota em Quito e obter a classificação. Falei para os jogadores, na palestra, que tinhamos a chance de conseguir a primeira vitória na Arena. Tínhamos o time adversário desenhado, ele nunca nos preocupou. Tudo o que aconteceu aqui foi treinado. No trabalho fechado, testamos um esquema com três atacantes, sem Fernando – explicou.

Luxemburgo pediu aos jogadores que não pensem na segunda fase, apesar de reconhecer as dificuldades que a equipe terá pelo caminho. Segundo o técnico, o momento é de relaxar.

- Estão liberados para ir à igreja, ou tomar um vinho e uma cerveja – brincou.

Ele evitou falar sobre reforços. Mas é certo que novos nomes serão contratados, já que a Conmebol permite cinco modificações na lista inicial de 25, inscrita para a primeira fase.

Clima de euforia invade vestiário após classificação do Grêmio

31 de janeiro de 2013 17

Termina a cobrança de pênaltis. Em êxtase, o técnico Vanderlei Luxemburgo invade o corredor que leva ao vestiário do Grêmio, garrafa de água mineral à mão esquerda, e solta um palavrão diante dos cinegrafistas que registram sua passagem. Zé Roberto, extenuado, deita-se no chão, ergue as duas pernas, e recebe massagens dos seguranças do clube. De tão cansado, o meia não havia conseguido cobrar um dos pênaltis. Um pouco atrás, enrolado numa bandeira do Rio Grande do Sul, Souza sorri. Como se fose um jogador nascido no Estado, lembra da rivalidade com o Inter e provoca:

- Só secar a gente não vai adiantar.

Em seguida, indagado sobre a razão de carregar a bandeira do Estado, dá uma resposta curta, sorrindo, antes de desaparecer carregado pelos seguranças:

- Eu sou gaúcho.

Foi assim, em clima de euforia, que o Grêmio comemorou a vitória dramática nos pênaltis contra a LDU, que o classificou para a fase de grupos da Libertadores. Inaugurada na quarta-feira, a zona mista, como o nome diz, reuniu jogadores, jornalistas e, surpreendentemente, torcedores. Conselheiros que haviam descido das tribunas não se contiveram quando passou o árbitro argentino Saúl Laverni.

- Não adiantou roubar, safado – gritou um deles.

A expectativa é pela passagem do herói Marcelo Grohe. Quando o goleiro surge, grita-se “lá vem ele”. Repórteres o cercam com seus microfones. O jogador mantém a postura sóbria. E evita assumir a glória do momento.

- A consagração é de todos. A felicidade é plena. Mas ainda não ganhamos nada – avisa.