Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

"Jogando feio ou bonito, o que importa é ganhar", diz atacante Kleber, do Grêmio

27 de agosto de 2013 6
Mauro Vieira

Mauro Vieira

Por André Baibich

andre.baibich@zerohora.com.br

 

No domingo, após o empate em 3 a 3 entre Inter e Goiás, D’Alessandro fez uma crítica velada ao Grêmio quando disse que assistiu a “um time” no sábado (dia da vitória por 1 a 0 sobre o Flamengo, no Mané Garrincha) que “jogava todo recuado e só dava balão”.

Nesta terça, após o treino gremista na Arena, Werley e Kleber foram questionados a respeito da provocação do rival e rebateram lembrando que o resultado é mais importante que a atuação.

- A gente prefere ganhar. Jogando feio ou bonito, de qualquer forma, a gente prefere ganhar e estar no G-4, onde várias equipes que estão atrás de nós queriam estar. Todo o torcedor, de qualquer clube, se você perguntar se prefere ganhar ou jogar bonito, vai dizer que prefere ganhar – destacou Kleber, para depois completar:

 - A gente está jogando muito bem, tem jogado com inteligência, principalmente fora de casa. Você faz três gols no Vasco e no Bahia, não tem como jogar feio. Vencer um clássico, como contra o Flamengo, não acho que é jogar feio. Mas se para as pessoas a gente está jogando feio, que jogue feio e vença.

Werley lembrou a eficiência defensiva de equipes que foram campeãs brasileiras recentemente, como Corinthians e Fluminense. Disse, também, que prefere preocupar-se com o seu clube a tecer comentários sobre o rival.

- Tem que defender bem. Times campeões brasileiros, como Corinthians e Fluminense, mostraram essa virtude. Não adianta jogar bonito e não ganhar os jogos. Importante é ser eficiente. Todos querem ver um futebol bonito, mas nem sempre dá para mostrar. Quando não dá, o importante é a vitória – afirmou.

- A nossa preocupação é com a gente. Temos que olhar para o nosso time, cada um preocupado com o seu clube. A gente tem os nossos problemas, sabemos como é o futebol, a cobrança. Jogando em um grande clube, a preocupação tem que ser com a gente – concluiu.

 

Comentários (6)

  • gilberto diz: 27 de agosto de 2013

    EU COMO TORCEDOR DO GRÊMIO, QUERO RESULTADO, JOGANDO FEIO OU BONITO, QUERO OS TRES PONTOS NO FINAL DO JOGO.
    GOSTARIA QUE O INTER CONTINUASSE JOGASSE BONITO, PARA A TORCIDA, DANDO CHAPEUZINHO, CANETA, E TUDO MAIS, PORÉM CHEGANDO AO FINAL DO JOGO, SOMANDO ZERO E/OU UM PONTO.
    NO FINAL DO ANO, ESTAREMOS NA LIBERTADORES E ELES NA SEGUNDONA.

  • Nereu diz: 27 de agosto de 2013

    D’Alesandro tem que tratar de jogar futebol, e não se preocupar com o futebol apresentado pelo Grêmio. Prefiro ganhar com um tiro de meta do Muriel do que vê-lo amorcegando o jogo no meio de campo, e empatando ou perdendo. Quando alguém esta se preocupando com o futebol do rival é por que algum coisa esta errada no seu time, D’Ale tem de resolver o problema do Inter, quem sabe se ele parar de ciscar e tocar á bola de primeira, não resolve!

  • Gabriel diz: 27 de agosto de 2013

    Sou colorado, mas tenho que reconhecer que o Kléber está certo. Time e esquema bons são aqueles que ganham jogos. O time de bailarinas do Inter não ganha de nenhum time da série A. Só bate time da série D.

  • erivan diz: 28 de agosto de 2013

    bem eu vou falar como torcedor colorado creio q o kleber respondeu a altura o que dalesandro falou pois assisti ao jogo do inter com goias e nao vi futebol bonito em nenhum momento o que vi na verdade e um dunga escalando um inter de maneira equivocada todos criticam ronaldo alves qdo na verdade o furo da zaga do inter esta em juan um jogador lento acontece com ele o que acontecia com moledo que tem de correr por dois dai ele sempre entra em fria assisti ao jogo contra o salgueiro que nao e tudo aQUILO E VI UMA ZAGA MELHOR COMPOSTA POR ALAN E RONALDO ALVES dois zagueiros jovens,outra coisa o kleber deus me perdoe nao tem vaga nem em time amador o que este cara faz p ser escalado agora o dunga ta amis perdido q dalesandro qdo fez este comentario besta eu nesta tou com kleber prefiro meu colorado jogando feio e ganhando do que jogando feio e perdendo.

  • Daniel S diz: 28 de agosto de 2013

    Engraçado o Dalessandro dizer isso, ainda mais tendo um técnico como o Dunga. Será que o gringo não sabe que a seleção na qual seu técnico foi capitão e campeão era considerada uma equipe que jogava feio?
    Resultado: foi campeã.

    Inter jogando bonito: jogaram como nunca e perderam como sempre.

  • Izair Colorado diz: 28 de agosto de 2013

    Lembro da entrevista do Kléber na sua chegada ao grêmio: Vim para ser Campeão………………………..nem turno de Gauchão conseguiu, é o maior cavador de faltas do futebol Brasileiro, mas na verdade 60% das faltas que ele cava é ele quem faz as faltas e é violento.

Envie seu Comentário