Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Portaluppi aplaude jogadores e diz que não caiu de paraquedas como treinador

29 de agosto de 2013 2
Ricardo Duarte

Ricardo Duarte

Foi sob os aplausos de Renato Portaluppi que os jogadores do Grêmio entraram no vestiário, depois da vitória por 2 a 0 sobre o Santos, na noite de quarta-feira, na Arena. Tratava-se da forma encontrada pelo treinador para agradecer pelo empenho na partida, em que foi assegurada a vaga para as quartas de final da Copa do Brasil. Como a próxima fase da competição, que colocará o Corinthians no caminho, será somente em outubro, haverá tempo de sobra para avançar ainda mais no Brasileirão.

- Às vezes, um gesto significa muito mais do que palavras – disse o técnico, ao justificar os aplausos ao grupo.

Renato também aproveitou para desabafar contra a parcela dos críticos, que ainda o define apenas como motivador.

- Sei das minhas qualidades. Não caí de paraquedas. Tenho 20 anos de jogador e quase de 10 de treinador. Conheço muita coisa. Alguns treinadores têm idade mais avançada do que a minha e estão aprendendo com o Grêmio – disse.

Ao falar sobre o estilo do Grêmio, lembrou que o Brasil jogou um futebol bonito na Copa de 1982 e voltou mais cedo.

 

Comentários (2)

  • Daniel S diz: 29 de agosto de 2013

    Não foi ao falar do estilo do Grêmio que o renato citou a Seleção de 82, mas sim quando um jornalista comentou a cornetada do Dale, sobre o jogo feio. Eu escutei na Gaúcha. Não distorçam as coisas.

  • atilalopes diz: 29 de agosto de 2013

    Fica tranquilo Mestre Portaluppi…está próximo a hora de darmos uma aula ao “Anão-que-pensa-que-é-treinador-e-perseguida-pela-imprensa-Dunga”…O COLORADO, PODE ESPERAR…A TUA HORA VAI CHEGAR!

Envie seu Comentário