Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts de dezembro 2013

Após atraso na entrega do novo Beira-Rio, Inter publica nota afirmando que estádio está em fase de conclusão e pronto para receber vistorias

31 de dezembro de 2013 28

Divulgação Inter

O Inter decidiu dar uma explicação ao seu associado, a respeito do atraso da Andrade Gutierrez para a conclusão do estádio Beira-Rio – que deveria ocorrer hoje. O clube assegura que a sua casa está quase pronta e que os prazos exigidos pela Fifa para que o estádio receba o Mundial serão cumpridos. Em nota oficial, o Inter afirma inclusive que o Beira-Rio já está pronto para receber jogos, desde que a obra obtenha o Habite-se.
Apesar do otimismo do Inter, o blog tem informações que a estreia do time no Gauchão, no dia 18 de janeiro, contra o São Luiz, deverá ser realizada em Novo Hamburgo ou Gravataí, e não no Beira-Rio. A reforma do estádio já custou mais de R$ 400 milhões e, apesar do atraso na entrega da obra, o clube não cobrará a multa da Andrade Gutierrez, mesmo que ela conste em contrato.

A nota oficial publicada no site do Inter:
O Sport Club Internacional, a Brio e a Andrade Gutierrez vêm a público informar que as obras de reforma e modernização do Estádio Beira-Rio encontram-se em fase de conclusão e serão iniciados, a partir do dia 02 de janeiro, os procedimentos da fase de entrega e vistorias, nos prazos contratualmente previstos, os quais visam certificar a adequação das obras ao Projeto e às exigências da FIFA.

Gostaríamos de destacar que, independentemente da conclusão da membrana da cobertura, que se ultimará em paralelo ao desenrolar da fase de verificação do restante da obra, o Estádio já está apto a receber partidas, desde que sejam obtidas as licenças das autoridade competentes.

As partes informam ainda que o prazo de 31/12/2013 é uma primeira referência contratual e que a data limite, a qual não pode ser ultrapassada sob pena de sanções, é a necessária para a realização da Copa do Mundo de 2014 no Brasil, imposta pela FIFA e fixada em 28/02/2014.

Felizes em poder compartilhar com a imensa torcida Colorada e todo o povo Gaúcho esta notícia, o Sport Club Internacional, a Brio e a Andrade Gutierrez aproveitam para comemorar essa parceria estratégica para o futebol mundial, a qual vem rendendo bons frutos para Porto Alegre, para o Rio Grande do Sul e para o Brasil.

Eleito para a seleção das Américas, Scocco conseguirá ser no Inter o atacante do Newell's?

31 de dezembro de 2013 2

Ronaldo Bernardi

Eleito para a seleção das Américas, conforme apontou a tradicional votação do “Rei da América”, do jornal uruguaio El País, Nacho Scocco ganhou mais moral no Inter. Seja para jogar ou para seguir com os muxoxos. Ronaldinho Gaúcho foi o “rei”, tendo Neymar como “vice-rei” e o argentino Maxi Rodríguez como o “príncipe”, em terceiro lugar. O Scocco escolhido para a seleção do continente foi o do Newell’s Old Boys. O do Inter ainda não tem cacife para isso. Mais: precisará demonstrar melhor futebol para reivindicar vaga no time – se bem que com a saída de Leandro Damião fica mais fácil disputar um lugar na equipe de Abel Braga.
Pois a escolha na seleção do “Rei da América” mostra um pouco dos motivos pelos quais Scocco ficou decepcionado com o Brasil até agora: chegou com grande moral da Argentina e, em poucos jogos e algumas lesões, passou a assistir ao Brasileirão e à Copa do Brasil pela TV. Será que agora, em sua segunda temporada de Inter e com o moral elevado no continente, Scocco voltará a ser o jogador que despontou em Rosario ou murchará por mais um ano?

Inter quer definir grupo para 2014 até o dia 12 de janeiro

31 de dezembro de 2013 2

Divulgação La U

Com a pré-temporada de Gramado agendada para 12 de janeiro, o Inter pretende embarcar para a Serra com o elenco completo. Ou seja: com o volante chileno Charles Aránguiz (foto), com o zagueiro Paulão e com o novo lateral-direito – esse, um nome ainda indefinido. Nos próximos dias, o Inter espera definir com a Udinese o período de empréstimo do volante. O clube gaúcho quer o jogador por dois anos ou por um ano, com os direitos econômicos fixados para uma possível compra – algo em torno de 4 milhões de euros (R$ 12,9 milhões). Aránguiz ainda disputou a temporada 2013 pelo Universidad de Chile porque os italianos não tinham vaga para estrangeiros na equipe. O volante da seleção chilena sequer disputará o mata-mata da pré-Libertadores, contra o Guarani (PAR), por La U.
- Charles era metade do time. Será muito difícil substituí-lo – lamentou o atacante do Universidad, Isaac Díaz, à imprensa de Santiago.

Cruzeiro leva Marcelo Moreno e ajuda a equilibrar as finanças do Grêmio

31 de dezembro de 2013 4
Mauro Vieira

Mauro Vieira

Ao definir a contratação por empréstimo de Marcelo Moreno, o Cruzeiro dá um alívio de cerca de R$ 700 mil na folha de pagamentos do Grêmio, somados os valores de salário e direito de imagem. Computadas também as saídas do goleiro Dida, para o Inter, do lateral esquerdo Alex Telles, negociado com o Galatasaray-TUR, e de Vargas, devolvido ao Napoli, a economia mensal supera R$ 1 milhão.

Entre salários e direito de imagem, o Grêmio gastava mais de R$ 500 mil mensais com Moreno. Só que a despesa também incluía valores de comissionamento a empresários, superiores a R$ 100 mil.

A economia ainda irá aumentar caso seja concretizada a saída do meia Elano. O Palmeiras fez uma investida, mas recuou.

A folha de pagamentos foi obtendo uma redução gradual ao longo de 2013. Contribuíram as saídas do zagueiro Cris, do lateral esquerdo André Santos, do atacante Welliton e do técnico Vanderlei Luxemburgo, que recebia R$ 701 mil mensais.

Jogadores como Kleber e Barcos, com contrato de longa duração, não poderão sofrer redução salarial. Em relação a Zé Roberto, que pretende ficar para 2014, será proposta uma diminuição no direito de imagem, superior a R$ 200 mil.

 

Rui Costa anuncia política "sem holofotes" e promete time forte em 2014

30 de dezembro de 2013 7
Marcelo Oliveira

Marcelo Oliveira

O executivo de futebol Rui Costa prometeu aos torcedores do Grêmio um time forte para 2014. Ao falar à Rádio Gaúcha sobre a desconfiança provocada com as chegadas de Edinho e Pedro Geromel, lemBrou que o mesmo havia ocorrido quando o clube trouxe Bressan, Alex Telles e Ramiro.

– Vamos trabalhar silenciosamente, com discrição, sem preocupação com holofotes, para ter uma equipe ainda melhor – prometeu.

Para Rui Costa, não há sentido em sair às compras neste momento. Ele lembra que o Grêmio teve bom desempenho na Copa do Brasil e Brasileirão e conseguiu manter sua base de equipe.

Como a Libertadores permite a inscrição de novos jogadores durante todas as fases, o executivo não descarta contratações pontuais a partir de fevereiro.

 

Sem o Beira-Rio, Inter define se começará o Gauchão em Gravataí ou Novo Hamburgo

30 de dezembro de 2013 11

Felix Zucco

A equipe sub-23, treinada por André Doring, e que representará o Inter nos primeiros jogos do Gauchão, segue em pré-temporada e, nessa segunda-feira, perdeu por 2 a 1 o São José. No jogo-treino, no CT de Alvorada, Doring revezou a equipe. Nathan marcou o primeiro gol da partida. Com o time do Inter todo modificado, o São José empatou e virou, com Bindé e Fernando.
A possível formação do Inter para começar o Estadual: Alisson; Cláudio Winck, Thales, Alef e Raphinha; Rodrigo Dourado, Jair, Rafael Gava, Alex Nemetz e Reis; Nathan.
Sem o Beira-Rio, cuja reforma está atrasada, o Inter sub-23 fará as primeiras partidas do Gauchão como mandante no Estádio do Vale, em Novo Hamburgo, ou no Estádio Antônio Vieira Ramos, o Vieirão, em Gravataí – na foto, e onde o Inter de Dunga estreou no Gauchão 2013, no 0 a 0 com o Novo Hamburgo. O jogo de abertura será entre o sub-23 do Inter contra o São Luiz, no dia 18 de janeiro, em Novo Hamburgo ou em Gravataí.

Inter: Índio e Juan somente até a Copa do Mundo

30 de dezembro de 2013 16

Ricardo Duarte

A veterana dupla de zaga do Inter poderá deixar o clube após a Copa do Mundo. Índio terá o seu contrato renovado com o Beira-Rio por apenas mais seis meses. A ideia é contar com o defensor multicampeão pelo Inter para a reinauguração do estádio. Índio cumprirá 39 anos em fevereiro.
Juan, cujo contrato vencerá em julho, dificilmente terá o seu contrato renovado. Assim como Índio, Juan faz aniversário em fevereiro. Completará 35 anos. Conforme o planejamento do clube, os titulares da defesa para o segundo semestre deverão ser Ernando, já contratado, e Paulão, cujos direitos estão sendo adquiridos pelo Inter aos chineses do Guangzhou Evergrande.

Bolzan reitera preferência por CT de Eldorado do Sul, mas garante que não pretende afrontar gestão anterior

30 de dezembro de 2013 3
Roni Rigon

Roni Rigon

Presidente em exercício do Grêmio, Romildo Bolzan Jr. garante que não quer promover embate ou afrontar a gestão anterior ao propor a revitalização do CT de Eldorado do Sul em detrimento do que é erguido no Humaitá. Ele assegura que a direção tem projeto para os dois centros de treinamento, mas, a longo prazo, pretende retomar as obras em Eldorado do Sul.

- Ter base e profissionais no mesmo local é um conceito nosso, uma visão administrativa. Mas não pretendo criar qualquer contencioso – afirma Bolzan.

O dirigente diz não saber por quantos anos o CT do Humaitá será utilizado. Ressalta que tudo vai depender da rapidez com que sejam obtidos os recuros para o centro de treinamentos Hélio Dourado.

– Todo o projeto do Humaitá é resultado de extrema boa fé. Mas não é a mesma visão que temos hoje – observa Bolzan.

 

Atrasou a reforma: Andrade Gutierrez deverá entregar o novo Beira-Rio ao Inter somente ao final de janeiro. Obra já custou mais de R$ 400 milhões

29 de dezembro de 2013 40

Divulgação Inter/AG

O fim do ano chegou, a reforma atrasou, e o Inter segue sem receber de volta as chaves de casa.
As obras do novo Beira-Rio não serão concluídas neste 31 de dezembro, amanhã, conforme estava estipulado no contrato entre o Inter e a construtora Andrade Gutierrez.

A previsão mais otimista para o encerramento da reconstrução aponta para o final de janeiro. A mais realista, para meados de fevereiro. O estádio está 92,5% pronto, ainda faltando acabamentos internos e a instalação das membranas e das membranas translúcidas – sem contar o edifício-garagem, esse quase pronto, e o entorno do estádio.
Ainda que o acordo preveja multa à AG por atraso na obra, esse direito não será exercido pelo Inter. Em 2 de janeiro, no primeiro dia útil de 2014, o presidente Giovanni Luigi enviará um ofício à empreiteira a fim de formalizar o não cumprimento do prazo estipulado. Inter e AG mantêm boa relação – e o retardamento na entrega da obra já era algo de conhecimento do clube há algum tempo. Meses atrás, a Fifa já havia sido informada sobre o protelamento da obra. Luigi fará tal cobrança apenas para dar uma justificativa aos associados e para evitar um novo desgaste junto ao Conselho Deliberativo.
Não haverá a aplicação da penalidade também porque isso demandaria uma disputa judicial, o que não é de interesse de nenhuma das partes no momento _ ainda mais dentro de uma parceria pelos próximos 20 anos. A reforma do Beira-Rio já consumiu mais de R$ 400 milhões. Contratada a “preço fechado” (modelo no qual a empreiteira é quem assume os riscos do negócio), a obra foi orçada inicialmente pela AG em R$ 330 milhões – sendo R$ 271,5 milhões financiados pelo BNDES. Mas novos custos foram sendo acrescentados ao longo desses 21 meses de construção. A parte inferior do estádio, por exemplo, precisou toda ela receber um novo estaqueamento, a fim de sustentar as novas instalações. Boa parte da arquibancada superior também precisou ser refeita. Até dias atrás, as gruas alugadas pela AG custavam R$ 15 mil ao dia. A empreiteira tenta acelerar os 7,5% restantes da obra para entregar o estádio o mais rápido possível.
Nos últimos dias de 2013, porém, um novo percalço. A investigação da Polícia Federal e do Ministério do Trabalho apontou que 58 alpinistas estrangeiros (ucranianos, irlandeses, alemães e checos), que instalavam as membranas no estádio, estavam com vistos de trabalhos irregulares no país. A empresa Sepa Higtex, responsável pela contratação desses operários, foi multada e a velocidade na instalação das membranas foi reduzida quase a zero.
Ainda que o gramado esteja pronto para jogo – e até já tenha sido testado em uma pelada entre operários da AG e funcionários do Inter-, as goleiras tenham sido instaladas e o campo, demarcado, a primeira partida do Inter (ou do sub-23) na remodelada casa deverá ocorrer somente em 45 dias. Para isso, o Beira-Rio precisa estar liberado para receber ao menos 10 mil torcedores. A ideia é fazer desse jogo uma espécie de evento teste do estádio. O time de Abel Braga e o Beira-Rio, liberado para receber os 51,3 mil torcedores – depois da Copa do Mundo essa capacidade poderá ser ampliada para 56 mil lugares -, porém, deverá estar apto somente para o dia 6 de abril, no Inter e Peñarol que marcará a reabertura oficial do estádio.
Portanto, os colorados terão que esperar um pouco mais para ter o Beira-Rio de volta.

O que ainda falta
17 membranas
65 membranas translúcidas
Concluir o edifício-garagem para 3 mil veículos
Instalação dos dois novos telões
O entorno do estádio (esse, com previsão para abril)

CT do Humaitá terá pouco tempo de uso

29 de dezembro de 2013 12
Bruno Alencastro

Bruno Alencastro

Ainda sem data para ser concluído, o CT do Humaitá servirá por pouco tempo como local de treinamentos do Grêmio. O projeto da direção é voltar a investir recursos no Centro de Treinamentos Hélio Dourado, em Eldorado do Sul, e transformá-lo, em futuro bem próximo, numa área conjunta para profissionais e categorias de base.

São duas as razões que levam a atual gestão a não se empolgar com o projeto Humaitá. A primeira é de ordem financeira. O terreno, com seis hectares, pertence à Superintendência de Portos e Hidrovias. Para utilizá-lo, o clube paga ao Estado um aluguel mensal de R$ 15 mil. O Grêmio tenta obter do Estado a doação da propriedade. Contudo, as tratativas não têm avançado por conta de exigências feitas pelo governo que o clube considera impossíveis de atender.

- Temos que incrementar um patrimônio que é nosso – diz o presidente em exercício Romildo Bolzan Jr.

A outra razão é funcional. Sem arborização e espremida entre a freeway e a recém construída Rodovia do Parque, a área não é considerada tecnicamente adequada para atividades esportivas.

Em fase final de construção, o CT do Humaitá certamente será usado pelos jogadores em 2014. Uma das cláusulas do contrato entre Grêmio e OAS diz que o Olímpico só passará a ser propriedade da construtora, para futura exploração imobiliária, quando o centro de treinamentos estiver concluído. Mas fica claro que a preferência é pela outra área, situada a 20 quilômetros de Porto Alegre, e cujo nome é uma homenagem ao dirigente que remodelou o Olímpico e comandava o clube na conquista do Brasileirão de 1981.

- Temos um projeto para o Humaitá, mas vamos incrementar muito mais Eldorado do Sul – adianta Bolzan Jr.

O dirigente se diz convencido de que o clube já estaria em outro patamar se tivesse aplicado, em parceria com a OAS, R$ 20 milhões em Eldorado do Sul, e não no Humaitá.

- Nossa estrutura já seria muito mais profissionalizada – aposta o presidente em exercício.

Consolidado o projeto de revitalização de Eldorado do Sul, o CT do Humaitá serviria para ações promovidas pelo Quadro Social e pelo Instituto Geração Tricolor (IGT), o chamado braço social do clube, que atende a crianças e adolescentes de comunidades carentes da Capital.