Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Inter bate São Paulo-RG e Abel Braga abre com vitória a sua sexta passagem pelo clube

29 de janeiro de 2014 0

Ricardo Duarte

Abel Braga começou com vitória a sua sexta passagem pelo Inter. Jogando em Novo Hamburgo, a mesclada com reservas e com guris do time sub-23, bateu o São Paulo-RG por 2 a 1. Com o resultado, o Inter manteve os 100% de aproveitamento no Gauchão e lidera o Grupo A, com 12 pontos. No domingo, a equipe principal estreará no campeonato, contra o Cruzeiro, uma vez mais no Estádio do Vale. A partida também será a única dos titulares antes do Gre-Nal de 9 de fevereiro, na Arena.
Para amenizar o sofrimento com o calor em Novo Hamburgo, superior aos 30º C, o Inter fez 1 a 0 logo na largada do jogo. Com apenas dois minutos, Valdívia foi derrubado a cinco metros da área. Cláudio Winck pegou a bola e, na frente de Abel, assumiu a responsabilidade. Bateu no ângulo esquerdo e fez um golaço. Camisa 41 às costas, ele tenta ganhar a vaga de Gilberto, contratado ao Botafogo para ser titular, e precisa perder o estigma de jogador frágil e que muitas vezes não consegue terminar uma partida.
Winck seguiu bem no jogo. O Inter era todo pressão contra um surpreso São Paulo. Aos oito minutos, o lateral-direito quase marcou outro, mas a bola passou sobre o gol. Dos camarotes, D’Alessandro conferia os novos companheiros de time. O São Paulo tentava reagir, mas, ao optar basicamente pelo jogo aéreo, parava na defesa colorada.
No segundo tempo, o Inter seguiu melhor e passou a atacar com maior energia. Valdívia mostrava grande mobilidade, conduzindo o time à frente. Aos 20, Raphinha fez jogada de ala, passou por dois e cruzou na área. Sasha, que estava em campo havia dois minutos, marcou de cabeça.
Com o novo revés, aos 22, o São Paulo foi ao ataque e, pela primeira vez, conseguiu vencer a defesa colorada. Wellington, ex-Inter, se aproveitou de um erro de posicionamento de Ernando e descontou. O gol reanimou o time de Rio Grande que, em seguida, perdeu a chance do empate.
Aos 33, Abel Braga, percebendo que o São Paulo avançava, mandou Josimar e Murilo a campo, a fim de se defender melhor e ainda buscar algum contra-ataque. Assim, com um time misto, o Inter conseguiu controlar o adversário e assegurar a vitória no sexto retorno de Abel ao clube.

Envie seu Comentário