Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Comitiva de alemães e observação em Montevidéu: os bastidores da venda de Wendell

26 de fevereiro de 2014 6
Foto: Gianfranco Petruziello

Wendell e seu empresário, Gianfranco Petruziello, após a assinatura de contrato no Olímpico. Foto: Gianfranco Petruziello

Por Adriano de Carvalho
adriano.carvalho@zerohora.com.br

É com a venda de três guris que o Grêmio busca fluxo de caixa e a garantia de salários em dia a seus jogadores. Durante a tarde desta quarta, a transferência do lateral-esquerdo Wendell ao Bayer Leverkusen-ALE, em parceria com o Londrina, foi concretizada. Além dele, o volante Ramiro e o zagueiro Bressan tiveram parte de seus direitos negociados com um grupo de investidores. Mas o trio só deixará a Arena após a Libertadores.

O interesse do Leverkusen em Wendell não foi repentino. O lateral já era monitorado desde dezembro, quando ainda nem era titular no time treinado por Renato Portaluppi. Mas foi com observadores em Montevidéu e na Arena, nos dois primeiros jogos da Libertadores, contra Nacional-URU e Atlético Nacional-COL, que o Bayer resolveu agir.

Com uma comitiva que incluía diretor de futebol, manager e dois médicos, os alemães reuniram-se com a direção do Grêmio na manhã desta quarta e formalizaram uma proposta de 6,5 milhões de euros pelo lateral. A ideia inicial era de que o jogador viajasse ainda nesta semana para a Alemanha. No entanto, o executivo de futebol Rui Costa foi taxativo: Wendell só sairá após o término da participação do time de Enderson Moreira na Libertadores.

— O Bayer resolveu apostar nele e ofereceu uma situação maravilhosa, irrecusável. Foi também um pedido do Wendell ficar e ajudar o Grêmio na Libertadores — conta o empresário Gianfranco Petruziello, representante do lateral.

Dono de 65% dos direitos econômicos de Wendell em parceria com investidores, o Grêmio vai utilizar o dinheiro obtido na negociação para quitar parcelas de direitos de imagem ainda pendentes com alguns jogadores do elenco. Em relação aos salários de carteira, Rui Costa garante que não há atrasos. Os débitos foram quitados graças à venda de parte dos direitos de Ramiro e Bressan a um grupo de investidores liderado pelo empresário Giuliano Bertolucci.

— Vendemos parte dos jogadores, garantimos um percentual e antecipamos a receita, recebendo o valor à vista. Isto nos deu fluxo de caixa. Eles permanecem, no pior dos mundos, até o final do primeiro semestre — afirma Rui Costa.

O dirigente diz que as três negociações são vitais para a permanência do principal destaque gremista neste ano: o atacante Luan. Rui Costa confirma o forte assédio pelo jogador de 20 anos. Mas não cogita negociá-lo. Não agora:

— Só temos que vender se algum clube pagar a cláusula rescisória, que é de 60 milhões de euros.

Comentários (6)

  • Luiz diz: 26 de fevereiro de 2014

    Podem anotar, este aí, em breve estará vestindo a camisa da seleção brasileira. Wendell é o jogador mais talentoso do atual plantel do Grêmio.

  • **** diz: 27 de fevereiro de 2014

    Impressionante a incompetência dos dirigentes do Grêmio!!!!!!!!
    Vendem jogadores à meia dúzia de migalhas e acabam com o time. E tudo isso, para atenderem os seus próprios interesses.
    Me sinto ridículo pagando a mensalidade de sócio!!!!

  • Antoni Arnold diz: 27 de fevereiro de 2014

    Passam-se os anos e a incompetência em administrar o clube é sempre a mesma.

  • balboa diz: 27 de fevereiro de 2014

    O imortal tá com a corda no pescoço, atolado em dívidas, não lhe resta outra alternativa, senão vender seus melhores jogadores. Depois eu digo que tá falido daí alguns não gostam, mas é a realidade. Se com eles ainda jogando a coisa tá preta, imagina depois que forem embora. A segunda divisão tá chamando o imortal pela terceira vez.

  • henrique diz: 27 de fevereiro de 2014

    Como pode vende jogadores em meio a uma grande competição ou os dirigente não estão confiante ao titulo da liberta…
    Pois ele seria muito mais bem vendidos…
    Outra coisa chama atenção este ano fora cinco vendas Leando 5 milhoes de euros(15 Milhoes de R$) Teles 2,8 milhoes de euro(8.5 milhoes de R$) , bresan e ramiro ninguem sabe os valores e agora o wendel mais 4,2 milhoes de euro (12,5 mihoes de R$) estamos falando algo em torno de 30 milhoes de R$ e estamos esquecendo de cota de TV e Quadro social e Venda de produtos do clube, que tando de divida é essa e outra coisa eu não sou mais Socio pelo fato de falta de administração do clube como pode contruir uma arena e não poder encher nos jogos a arena so esteve na sua capacidade maxima uma unica vez erra melhor ter ficado com o velha casa pois hoje seria indiferente…..

  • Fernando diz: 27 de fevereiro de 2014

    Balde de água fria na torcida. Custava esperar um pouco mais??? Vende uns mais ou menos, vende 100% do Bressan, 100% até do Ramiro que é bom, mas o Wendell é craque!!!! Craque se espera um pouco…é lateral com potencial de seleção para o fim da Copa….tá louco…inacreditável qdo no 1º momento bom do time em anos a diretoria faz uma dessas, incrível…
    Aliás, eu gostaria de saber o valor pelo qual ele foi vendido…e aí??????? Tem que publicizar…Vendeu e a RBS não sabe por quanto??? Se for por 25 milhões de euros até vai, mas se for por merreca…

Envie seu Comentário