Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Gre-Nal 401: O desejo secreto de D'Alessandro

07 de abril de 2014 5

Bruno Alencastro

Se D’Alessandro ainda precisava de mais alguma grande atuação para ser eternizado no Inter, ela veio na partida de reinauguração do Beira-Rio. Com dois gols em 14 minutos, o camisa 10 construiu a vitória colorada sobre o Peñarol. No sábado, ele foi um dos mestres de cerimônia da abertura de Os Protagonistas, ao lado de outros dois totens do clube: Figueroa e Fernandão. Após a vitória sobre os uruguaios, D’Alessandro deflagrou a mobilização para a final do Gauchão, com o Gre-Nal de domingo, no Beira-Rio, ainda que não haja a oficialização.
- Sou colorado desde o primeiro dia que cheguei. A decisão de vir em 2008 para o Inter foi a mais acertada da minha carreira. O Inter está de parabéns, pela festa, por como viveu o momento, e eu estou muito feliz – disse D’Alessandro.
Vencer o Gre-Nal e conquistar o seu quinto Gauchão será um presente de aniversário para D’Alessandro. É uma espécie de desejo secreto do jogador. Muito porque, em 15 de abril, dois dias após o Gre-Nal, o meia estará de aniversário. E D’Alessandro já faz parte da história do clássico.
- Preciso fazer um agradecimento especial à minha família, ao meu pai, à minha mãe. Eles estão chegando a Porto Alegre. Farei 33 anos na outra semana, estou há seis anos no Inter. É muita coisa e quero que os meus pais vivam isso comigo – finalizou o maior argentino da história do Inter.

Comentários (5)

  • LAERT diz: 7 de abril de 2014

    Será que o pessoal colorado não se deu conta ainda que o Dalessandro está vivendo da boa fase que o time teve no passado?

    Quanto tempo faz que o inter não ganha um título representativo a nível nacional e internacional, com Dalessandro no time?

    Ninguém lembra do desempenho do Dalessandro, no brasileiro do ano passado, quando o inter quase caiu?

    Dalessandro, assim como o Indio, são ex-jogadores, que fizeram muito pelo time colorado, mas isso foi no passado, que já começa a ficar distante.

    Fazer 2 gols no time reserva do penharol, que veio aqui só por causa do dinheiro, representa o quê?

    Acordem torcedores, essa imprensa é a engana-bobo.

    Ou não lembram da festa que foi oferecida aos jogadores e ao treinador quando ganhou o campeonato gaúcho, no ano passado, tendo inclusive Forlan e Leandro Damião, como artilheiros, com 8 gols cada um?

    E que aconteceu no campeonato que valia mesmo?

    Esses jogadores, o time, e o técnico fracassaram e o inter quase caiu…

    E o tal Dalessandro continou ganhando os seus 750 mil mensais, tudo pago pelos fanáticos torcedores que pagam esses salários absurdos, sem qualquer retribuição de títulos….

    De 2010 para cá se passou muito tempo…

  • paulo roberto rodrigues conceição diz: 7 de abril de 2014

    D’Alessandro mostrou porque é ídolo. Além de jogar uma bola redonda, é colorado e bom caráter. É só lembrar a atitude dele quando da entrada em campo do Indio, que é outro ícone. Mesmo tendo ficado em campo, entregou a faixa de capitão ao Indio.

  • Joao Carlos diz: 7 de abril de 2014

    Queimei a língua quando o Dale estreou no Inter…Mas no decorrer dos anos conquistou a mim e a todos os colorados. Parabéns Dale, és mais colorado do que imaginava e mais que um simples jogador…és um CRAQUE! Desculpe as desconfianças…

  • Véio Zuza diz: 8 de abril de 2014

    Véio Zuza é colorado, mas fica satisfeito com um empate no próximo Gre-Nal, pelo seguinte: o Inter sai campeão o Empate F.C. supera o G. Fica assim: Inter 151; Empate, 126; G., 125…

  • mano diz: 8 de abril de 2014

    LAERT, procura um psiquiatra ,faz um tratamento,senão tiveres dinheiro, abre uma conta corrente em qualquer banco, q eu prometo colaborar,se até lá não tiveres um infarto,coitado,por favor se tiver algum profissional nesta área,seja bondoso atenda este pobre infeliz q não sabe nem o que diz,agora para a INVEJA eu não conheço nenhum tratamento.

Envie seu Comentário