Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts de junho 2014

Garoto Matheus Biteco será titular do Grêmio na retomada do Brasileirão

25 de junho de 2014 18
Diego Vara

Diego Vara

Surge um novo titular no meio-campo do Grêmio. Não se trata de Giuliano, trazido a peso de ouro da Ucrânia, e, sim, do garoto Matheus Biteco, 19 anos, cria da casa.
No treinamento de quarta-feira, em que Enderson Moreira ensaiou dois esquemas, ele esteve o tempo todo na equipe principal.
No modelo 4-2-3-1, Matheus atuou na contenção ao lado de Ramiro. Depois, quando o técnico variou para o 4-1-4-1, foi o único jogador a atuar na frente da área. Durante todo o treinamento, Edinho, que atuava até a parada do Brasileirão, ficou na reserva.
Enderson Moreira já havia dito que iria aproveitar os treinamentos desta semana para começar a montar a equipe que recomeçará o Brasileirão, dia 16 de julho, contra o Goiás, em Goiânia.
Fica claro que Matheus Biteco, elogiado por suas virtudes como marcador e na saída de bola, começa a ganhar um lugar no time.

 

Gramado do Beira-Rio não preocupa. Há apenas um local de "sombra" e não é na pequena área

24 de junho de 2014 35

Diego Vara

Diego Vara

Fotos: Diego Vara

A Fifa surpreendeu nigerianos e argentinos, nesta terça-feira, impedindo as duas seleções de treinaram com as goleiras do Beira-Rio em seus lugares. A orientação dos representantes da entidade no estádio era para que as goleiras fossem colocadas na risca da grande área. O motivo: preservar as pequenas áreas. Nas fotos, estes locais surgem úmidos, pisoteados e sem grama.

Segundo fontes ligadas à Fifa, o gramado do Beira-Rio não apresenta problemas graves e a orientação de preservar o campo de jogo é geral, ocorreu em todas as 12 sedes da Copa no Brasil.

- A Fifa ordenou que, a partir do segundo jogo, os gramados de todos os estádios passassem a ser preservados. Afinal, são jogos e treinos a cada três dias. Por isto Nigéria e Argentina não puderam treinar em todo o campo. E isto se repetirá em todos os estádios – contou. – Na Copa da África do Sul ocorreu o mesmo, era inverno também, lembra? – acrescentou.

Há apenas um ponto no Beira-Rio no qual a luz do sol não atinge o gramado: o escanteio em frente à antiga social, ao lado do Gigantinho. Com a reforma do estádio, os raios solares chegam àquele local somente de outubro a março. Ou seja: durante sete meses, é necessária uma luz artificial para que o gramado não morra. O Inter já adquiriu carrinhos de luz (cada um com 30 metros de comprimento), mas eles ainda não foram entregues pelo fabricante sueco.

- Com esta luz artificial, a grama ficará forte outra vez em todo o campo do Beira-Rio, como ocorre com os carrinhos utilizados na Arena do Grêmio. As pequenas áreas do Beira-Rio não preocupam, afinal, é o local onde permanentemente há um jogador pisoteando o gramado – disse o consultor da Fifa.

Protegido: Inter instala gazebo no Memorial Fernandão

20 de junho de 2014 19

Diego Vara

Leandro Behs

Fotos: Diego Vara e Leandro Behs

E o Inter protegeu o Memorial Fernandão. Após a chuva que por pouco não lavou as homenagens da torcida ao capitão de 2006, morto em acidente de helicóptero no dia 7 de junho, a direção colorada providenciou um grande gazebo para salvar o local. A promessa é que em 16 de agosto seja inaugurado um novo memorial a Fernandão e, até o final do ano, seja erguida uma estátua.

Sem Aránguiz, o Chile pode derrotar a Holanda - e fugir das oitavas contra o Brasil?

19 de junho de 2014 11

 christophe simon / AFP

O volante colorado Charles Aránguiz ganhou status de herói na imprensa chilena, depois de ser protagonista nos 2 a 0 do Chile sobre a Espanha, ontem, no Maracanã. Aránguiz, porém, teve constatada um leve estiramento no joelho direito. A contusão ocorreu em uma dividida com o espanhol Koke. Aránguiz permaneceu mais alguns minutos em campo, mas acabou substituído. Já havia dado o passe para o gol de Vargas e feito o segundo gol chileno.

Mesmo que a contusão tenha sido leve, o camisa 20 do Chile deverá ser poupado da decisão do primeiro lugar no grupo, nessa segunda-feira, contra a Holanda, em São Paulo. Aránguiz já está entregue à fisioterapia, a fim de jogar as oitavas de final. Caso empate com a Holanda ou perca o jogo, a tendência é que o Chile enfrente o Brasil na próxima fase. Por isto, o Chile quer vencer a Holanda de qualquer maneira, mas, sem Aránguiz, será possível?

Goleiro Tiago renova por três anos com o Grêmio

18 de junho de 2014 0
Foto: Rodrigo Fatturi/Grêmio, Divulgação

Foto: Rodrigo Fatturi/Grêmio, Divulgação

Reserva imediato de Marcelo Grohe, o goleiro Tiago Machowski, formado na base tricolor, renovou contrato por três anos com o Grêmio.

Com a operação, intermediada pelo empresário Paulo Roberto, o Coelhinho, ex-jogador gremista na conquista do Mundial em 83, o vínculo irá até a metade de 2017.

Outra novidade no grupo é o volante Walace, 19 anos, promovido da base para ocupar a lacuna deixada pelos empréstimos de Adriano e Léo Gago.

Herói chileno contra a Espanha, Aránguiz sofre lesão no joelho e será submetido a exame nessa quinta-feira

18 de junho de 2014 9

Yasuyoshi Chiba / AFP

Chamado de “herói” pela imprensa chilena, devido à assistência que deu para o gol de Vargas e ao gol que marcou, na vitória de 2 a 0 do Chile sobre a Espanha, Aránguiz preocupa. O volante do Inter saiu de campo no segundo tempo, depois de receber uma pancada no pé direito, em dividida com o espanhol Koke.

O problema é que, na dividida, Aránguiz teve o joelho direito afetado. Sentiu fortes dores no local. Voltou a campo, mas não resistiu por muito tempo e foi substituído. O jogador, que foi sorteado para o exame antidoping após a eliminação da Espanha, deverá submetido a uma ressonância magnética na manhã dessa quinta-feira. A sua presença na partida contra a Holanda, que decidirá quem será o primeiro colocado do Grupo B, desde já é uma incerteza.

Grêmio estreia novo CT nesta quinta-feira

18 de junho de 2014 1
Foto: Mateus Bruxel

Foto: Mateus Bruxel

Na tarde desta quinta-feira, o Grêmio utilizará seu novo Centro de Treinamentos do Humaitá pela primeira vez. A partir das 15h30min, o grupo estreará nos campos de tamanho oficial na estrutura montada às margens da Freeway.

As obras no local foram retomadas semana passada, após o clube receber R$ 10 milhões da OAS, que serão investidos na conclusão do CT e das instalações administrativas da direção na Arena. A previsão de término é para o final de agosto.

Jogo-treino entre sub-23 do Inter e seleção do Equador é cancelado

16 de junho de 2014 3

Derrotada na estreia por 2 a 1 pela Suíça, domingo, em Brasília, a seleção do Equador escondeu-se da imprensa na manhã desta segunda-feira. Com os jornalistas e familiares dos jogadores mantidos à distância, o técnico Reinaldo Rueda debateu com o grupo os defeitos do primeiro jogo, com os portões do centro de treinamento do Hotel Vila Ventura, em Viamão, fechados.

Para a noite desta terça-feira, estava previsto um jogo-treino do Equador contra o time sub-23 do Inter, no Estádio Vieirão, em Gravataí, mas a partida foi cancelada. Também era esperada uma homenagem ao ex-jogador do Inter Fernandão, morto no dia 7 em acidente de helicóptero. Os equatorianos pagarão multa ao Inter pelo cancelamento.

ATUALIZADO: Seleção do Equador faria homenagem a Fernandão

16 de junho de 2014 3

Ricardo Duarte

ATUALIZAÇÃO: A seleção do Equador, que lembraria Fernandão em um amistoso contra  o Inter sub-23, cancelou a partida no fim da noite desta segunda-feira, algumas horas após os detalhes da homenagem ao capitão de 2006 serem divulgadas por este blog.  Os equatorianos desistiram do jogo por conta do risco de lesões.

COL rechaça informação do Inter e nega ter impedido o clube de proteger o Memorial Fernandão

13 de junho de 2014 19

Felix Zucco

Por Alexandre Ernst e Wendell Ferreira

No dia em que uma Missa celebrou a primeira semana da morte Fernandão, a chuva que destruiu as homenagens ao ídolo e capitão do Inter causou revolta no torcedor e (ainda mais) tristeza para o torcedor. O motivo da ira colorada se deu pela falta de uma providência por parte da direção para impedir que a precipitação transformasse em borrões os desenhos e escritos dos fãs em reverência ao capitão da Libertadores e Mundial quando, no último sábado, foram pegos de surpresa pela morte prematura do antigo líder.

O Inter culpa o Comitê Organizador Local (COL) por não ter feito a segurança do local contra as intempéries climáticas. No final da tarde, após a repercussão negativa nas redes sociais, o Inter postou uma nota em seu site oficial declarando que “o clube tentou desde a última segunda-feira autorização da Fifa para criar uma proteção no local, mas o Comitê Organizador Local não permitiu nenhuma intervenção no espaço.”

- O patrimônio tinha pensado em fazer uma proteção. Mas a Fifa não liberou. Eles queriam arrumar alguns detalhes antes do jogo e falaram que liberariam só depois. É uma situação complicada, mas vamos dar um jeito de recuperar o que foi feito ali – disse Adauri Silveira, diretor de marketing do Inter.

O COL, por sua vez, através do gerente-geral Paulão, rechaça qualquer veto por parte da Fifa.

- A parede, inclusive, ficaria à disposição do torcedor para fazer sua reza, prestar sua homenagem. A cerca avançaria para dentro do estádio, não fecharia a rua – explica Paulão.

- O coordenador-geral da Fifa estava junto quando autorizamos todo e qualquer tipo de proteção. Ele chegou a declarar que, com carinho, aceitaria a proteção. Colocar um toldo é questão do Inter, não nossa. Em nenhum momento falamos coisa alguma em termos de proibição. Não seríamos e não somos contra, tens a minha palavra – completou Paulão.

A viúva de Fernandão, Fernanda Costa, está na Capital e ficou extremamente sentida com o descaso da direção do Inter para proteger as homenagens dos torcedores. Em uma rede social, comentou a foto postada por um amigo próximo a Fernandão, que mostra as faixas enrrugadas pela chuva, a tinta da caneta escorrida e as flores espalhadas pela calçada.

- Muito triste. Não consegui nem ver – escreveu Fernanda.

O Inter ainda define que ações fará para homenagear Fernandão. Dentre as homenagens estudadas, estão a criação de uma espécie de “Dia do Fernandão”, que seria em 16 de agosto _ uma referência à decisão da Libertadores de 2006 – e uma estátua, a ser inaugurada em 17 de dezembro – no aniversário do título mundial colorado. O clube ainda pretende reativar o memorial assim que retomar a ingerência do Beira-Rio.