Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Acredite: no Beira-Rio, torcedores do Inter quebraram mais cadeiras do que a torcida do Grêmio

11 de agosto de 2014 26

Foto: Omar FreitasFoto: Omar Freitas

Passado o Gre-Nal, a administração do Inter passará a semana trocando 80 cadeiras no Beira-Rio. Trinta e cinco delas foram quebradas pela torcida do Grêmio. As demais 45, foram quebradas pela torcida do Inter. Muitas delas na área destinada à Popular. Sim. Os colorados já destruíram mais cadeira em seu estádio do que a torcida visitante.

—Estas 45 cadeiras não foram quebradas apenas no Gre-Nal. Foram quebradas pela nossa torcida nos jogos contra Flamengo, Ceará e Santos. Ocorre que as pessoas ainda estão acostumadas a torcer em pé. Sobem nas cadeiras, que acabam quebrando. É uma questão cultural – disse o vice de administração do Inter, José Amarante.

O Inter não havia realizado as trocas porque aguardava o Gre-Nal. Agora, um carregamento de cadeiras chegará de São Paulo para o Beira-Rio. Na quarta-feira, o Inter encaminhará ao Grêmio a conta de R$ 13,7 mil, referente às 35 cadeiras e uma pia quebradas pela torcida gremista. Cada cadeira custa R$ 390. Já o Inter, desembolsará R$ 17,5 mil para repor as cadeiras depredadas pela sua própria torcida.

—Também estamos tentando identificar os nossos torcedores que destruíram cadeiras. Se conseguirmos, vamos apresentar a conta para eles. Decidimos trocá-las de uma vez só. Se você vai deixando as cadeiras estragadas, as pessoas se acham no direito de seguir destruindo — afirmou Amarante.

Nos dois Gre-Nais da Arena nesta temporada, o Inter pagou um total de R$ 72 mil à administradora do estádio, pelas cadeiras que foram quebradas pelos seus torcedores nos clássicos.

Comentários (26)

  • Paulo Deitos diz: 11 de agosto de 2014

    Onde foi quebrada a pia?
    Só tinha um banheiro masculino e um feminino na área destinada a torcida do Grêmio. No banheiro masculino, a pia era de granito inteira(por sinal linda), isto é, tinha todo o tamanho da parede onde se encontrava. Seguranças contratados pelo Grêmio, passaram o jogo inteiro vigiando. No final, ainda, perguntei a um deles, se tudo estava em ordem no banheiro e recebi um sim, nada havia sido quebrado.
    Não sei quanto ao banheiro feminino. Mas gostaria de saber , onde foi quebrada a pia.

  • Rafinha Baldissera diz: 11 de agosto de 2014

    Lá é adaptação cultural. Na Arena são baderneiros…

  • Andre diz: 11 de agosto de 2014

    Nada como um clube de futebol ter uma rede de comunicação própria. Não vi ainda no ClicRBS uma matéria sobre a péssima atitude da torcida do Gremio ironizando a morte do Fernandão no grenal de ontem, isso não será pauta do ClicRBS ?

  • Daniel Vidal diz: 11 de agosto de 2014

    Achei muito apelativo e dramático o título desta reportagem, estilo revista de fofoca. Da a entender que os colorados quebraram as cadeiras de propósito e no grenal. Sendo que a verdade se revela ao final da reportagem foram ao longo de 4 jogos e sem querer. Lamentável ter que apelar assim.

  • Dinno diz: 11 de agosto de 2014

    Pelo visto os gremistas nunca quebraram nada no seu estadio?? Agora que descobri daonde que veio aquele numero excessivo de cadeiras quebradas no olimpico… é muito gremismo num jornal só. Só falta a materia do tipo: gremistas foram agredidos pelas cadeiras…

  • Everton diz: 11 de agosto de 2014

    Cadeira padrão fifa de péssima qualidade heheh

  • Paulo Colorado diz: 11 de agosto de 2014

    Eram gremistas infiltrados na nossa torcida.

  • Adriano diz: 11 de agosto de 2014

    O problema é que é muito homem junto…

  • kjfsoikods diz: 11 de agosto de 2014

    EM 4 JOGOS FORAM 45 CADEIRAS QUEBRADAS E O GREMIO EM 1 E NUMA AREA MUITO MENOR QUEBROU 35- dizer que os torcedores colorados quebraram mais cadeiras que os gremistas foi meio apelativo… Apenas um comentario, não concordo com a quebradeira de cadeiras afinal o clube, de certa maneira os socios, esta pagando por esse prejuizo porém defendo que retirem as cadeiras da popular pois elas ocupam espaço desnecessário(afinal ninguém assiste e nem nunca vai assistir o jogo sentado la). quem defende manter cadeiras naquele setor são torcedores que não frequentam aquele lugar.

    Obs.: fiquei sabendo por amigos que naquela area, no grenal, ficavam 4 em cima(em pé) na cadeira e mais 5 em frente dela. existir cadeiras naquele setor obrigará o clube a repor elas a cada jogo.

  • fabiano diz: 11 de agosto de 2014

    affff … basta fazer as contas … 1300 gremistas quebraram 35 … quantos mil colorados quebraram as outras e em quantos jogos ????

  • luiz diz: 11 de agosto de 2014

    Pois e, em rede nacional voces editaram um texto bem sem vergonha contra a torcida do GrEmio. Pelo texto, a torcida do gremio foi culpada pela agressao do jovem gremista, a torcida do gremio quebrou cadeiras no beira-rio e a torcida cantou uma musica indevida (esta muito infeliz realmente). Mas que parcialidade hein?

  • luiz diz: 11 de agosto de 2014

    Acho bom o gremio checar bem direitinho esta nota das cadeiras, pois conhecendo os falcatruas,tenho quase certeza que vao querer cobrar do gremio algumas cadeiras que os colorados quebraram. Isto t[a no sangue daquela turma de falcatrua.

  • francisco correa diz: 11 de agosto de 2014

    CHAMAR ESTA CORJA DE ANIMAL É OFENDER OS ANIMAIS! SERÁ QUE ESTES ENERGÚMENOS QUEBRAM SEUS MÓVEIS DENTRO DE CASA QUANDO TORCEM PARA SEUS TIMES?

  • ZE FERNANDO diz: 12 de agosto de 2014

    Tem que apresentar a exclusão do quadro Social do CLUBE, insto, sim!
    inaceitável ter inimigo na trincheira.

  • riba colorado diz: 12 de agosto de 2014

    como foi colocado o titulo da matéria parece que a torcida colorada quebrou as cadeiras do próprio estadio de proposito por vandalismo. isso acontece no olímpico grêmistas que quebraram as próprias cadeiras por subir em cima mas só no jogo de agora foi citado. que matéria mais mal intencionada.

  • Dirceu diz: 12 de agosto de 2014

    Tipica matéria OPORTUNISTA e TENDENCIOSA da RBS AZULZINHA.Só faltou dizer “remodelado” BEIRA-RIO ou quiça ficaria melhor remendado?? QUE EDITORIAL FRACO SURPREENDE AINDA SEREM LIDERES DE ALGUM IBOPE…

  • Dirceu diz: 12 de agosto de 2014

    Ah ficou uma dúvida – sabem o que é proporcionalidade? conhecem matemática? 45 cadeiras quebradas em 3 jogos é mais que 35 em um?? E na Arena OAS quantas foram quebradas pela torcida que a aluga?? afinal quem quebra mais cadeiras (NÃO QUE ESTA PAUTA FRÍVOLA TENHA A MENOR IMPORTÂNCIA), MAS NÃO ENSINAM IMPARCIALIDADE NA FACULDADE (OPS DESCULPE VCS NÃO CURSARAM JORNALISMO… ENTENDO). PAIS DE CEGO, CAOLHO É REI!

  • hermes diz: 12 de agosto de 2014

    Esta notícia representa o cúmulo do absurdo…Torcedores do próprio time depredando o patrimônio do clube? Se não tem justificativa torcedores de times “rivais” depredarem os patrimônios alheios, é inimaginável torcedores depredando patrimônio que é seu, que é do time do coração…. Isso demonstra a total falta de educação e de civilidade.. Clube tem obrigação de identificar os baderneiros e apresentar à eles a conta.

  • paiaka diz: 12 de agosto de 2014

    É revoltante isso. Estádio é cheio de câmeras, é tão difícil assim identificar os caras e banir do estádio? É gente que não serve para conviver em sociedade.

  • Larissa diz: 12 de agosto de 2014

    É tão simples, tirem as cadeiras da área onde fica a Popular. isso foi debatido antes da reforma e até agora não entendi pq o Inter não acatou. Na Arena é assim e não vimos maiores problemas…Desculpa, não sou européia, gosto e vou continuar torcendo de pé. Quer ver o jogo sentado, vai em um lugar melhor no estádio ou compra o pay per view.

  • Estevão Zabot diz: 12 de agosto de 2014

    Leandro Behs, reportagem mais apelativa impossível, Cerca de 1500 torcedores quebraram 35 cadeiras, e mais de 30 mil torcedores quebraram 45 cadeiras em 4 jogos. Qual a porcentagem disso? Acho que seu titulo esta equivocado e insinuando o contrario!

  • Guilherme Ribeiro diz: 12 de agosto de 2014

    Simples, tirem as cadeiras! Passou a copa, podemos transformar o gigante novamente num caldeirao!

  • colorada diz: 12 de agosto de 2014

    Tira as cadeiras! Resolvido o problema!

  • ricardo diz: 13 de agosto de 2014

    Deixa ver se eu entendi essa conta: perto de 100 mil torcedores em 4 jogos quebraram 45 cadeiras, cuja quebra pode ser por mau uso de jogos anteriores e atuais, defeitos, acidentes e vandalismo. E cerca de 1.300 torcedores em um único jogo quebraram 25. Matemática não é o forte de vocês, né?

  • ricardo diz: 13 de agosto de 2014

    Se formos relativizar a conta sem levar em consideração a forma como as quebras ocorreram, teríamos os seguintes números: se considerarmos apenas 1300 torcedores colorados a quebra teria sido de 0,585 cadeiras ao custo de 210,30 reais no lado vermelho do estádio. Enquanto que se os gremistas fossem 100.000 torcedores, a quebra no BR seria de 3.461,53 cadeiras do lado azul, que multiplicado por 395 reais cada unidade, o reembolso ao BRIO seria de 1.367.307,69 reais.
    certamente vão falar da torcida vermelha na arena e eu termino dizendo que um ato ERRADO E CRIMINOSO não justifica outro, não importa a grandeza de um ou outro. Crimes são sempre crimes, independente da magnitude.

  • Rogério Brodbeck diz: 8 de maio de 2015

    cobrar 390 paus por uma cadeira de plástico ou policarbonato ou coisa que o valha?? Bah, acho que querem ganhar algum à custa do Grêmio. Basta ver quanto custa uma cadeira de praia de alumínio e comparar…

Envie seu Comentário