Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Convergência Colorada adia lançamento de candidatura e se aproxima de Vitorio Piffero

26 de setembro de 2014 5

Com as inscrições das chapas à eleição presidencial do Inter previstas para 31 de outubro, o quadro político do pleito colorado segue indefinido. Enquanto a situação deverá lançar o vice de futebol Marcelo Medeiros à sucessão de Giovanni Luigi, a oposição se movimenta para definir uma coalizão. O movimento Convergência Colorada adiou o lançamento de sua candidatura porque deu início a uma aproximação com o ex-presidente Vitorio Piffero e seus aliados.
O Convergência apresentaria no dia 1° um destes nomes: João Patrício Hermann, Sandro Farias ou Humberto Busnello. Mas o namoro com Piffero para a formação de um possível chapão para a eleição de novembro alterou o plano inicial. Nesta sexta-feira, um sintomático post foi feito pelo grupo em sua conta oficial no Twitter:
@convcolorada Mais importante q nomes são ideias e projetos p o Inter.Dia 1°/10 lançamos atualização do nosso Plano de Gestão.Aguarde!

Comentários (5)

  • Carlos Santos diz: 27 de setembro de 2014

    Que legal… vamos ver Ação Independente, União Colorada, Mais Inter junto com Convergência Colorada. Será a união das oposições. Parabéns, o clube precisa que a oposição se una para colocar alguém de comando no Internacional… VIVA VITORIO PIFFERO!!! O CAMPEÃO VOLTOOOOOOOUUUUUUU

  • Tri Campeão da América diz: 27 de setembro de 2014

    Quem é o reporter da RBS que o Abel chamou de mentiroso em rede nacional no programa Bola da Vez da ESPN?
    O RS sempre soube mas agora o Brasil todo sabe que a RBS é azul Sirotsky.

  • marcelo simoes diz: 27 de setembro de 2014

    Para derrotar Luigi e sua trupe de idiotas, vale a união. Queria ver, porém, alguém diferente, pois Píffero também pertence a este grupo político que atualmente é “dono” do clube.

  • vinicius heinz diz: 27 de setembro de 2014

    Levo fé no Sigmann , mas quero união.

  • Colorado diz: 27 de setembro de 2014

    Vejo essa aliança mais como uma forma do Convergência ter uma atuação mais expressiva lá dentro, pra ganharem força política de vez, já que eles não tem um nome forte pra lançar a presidência. O que eu acho bom pois gosto do plano de gestão e das idéias do Convergência, mas confesso que me estranha muito unir-se com Píffero. As ambições do Convergência não combinam com as idéias ultrapassadas deste ex-presidente. Entretanto, na falta de um candidato ideal vamos ter que abraçar essa idéia que já é muito melhor que a situação. Não voto na situação independente do candidato que eles colocarem lá, sou totalmente a favor de uma renovação no poder do Inter, seja ela com ou sem o Píffero.

Envie seu Comentário