Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Gabinete de Piffero deve ter Lopes no futebol e Sandro Farias nas finanças. Mais Tite ou Abel

04 de dezembro de 2014 7

Tadeu Vilani
Na foto (da esquerda para a direita), Sandro Farias, Luis Antonio Lopes e Giovanni Luigi, durante a campanha para a eleição presidencial de 2012

Com o Brasileirão chegando ao fim e a eleição presidencial se aproximando, os gabinetes para 2015 começam a ser montados. Se eleito, Vitorio Piffero deverá ter Luis Antonio Lopes, ex-presidente do Conselho Deliberativo e candidato à presidência derrotado por Giovanni Luigi em 2012, como vice de futebol. Caso Lopes não aceite o convite, o presidente da Comissão Eleitoral do Inter, Luiz Fernado Costa, e o candidato à vice-presidente Pedro Affatato (que perdeu a eleição de 2010 para Luigi, quando se deu o grande racha da situação colorada), surgem como nomes alternativos. Celso Chamun e Marcos Marino poderão ser os diretores de futebol.

Já a pasta de finanças, uma das mais importantes do clube, ficará com Sandro Farias. Um dos líderes do Convergência Colorada, Sandro também foi candidato à presidência do Inter, em 2010 e em 2012. Sandro Farias terá a missão de trabalhar contra uma dívida de curto prazo (que engloba desde contrato de imagem de jogadores, Timemania, passando por dívidas com bancos; e com vencimento até 31 de dezembro de 2015) superior a R$ 256 milhões. Mas nada que impeça um investimento de até R$ 15 milhões mensais na folha, como deseja Piffero – o que daria um total de R$ 180 milhões ao ano; em 2014, o investimento no futebol foi de R$ 210 milhões.

Por fim, o treinador de 2015 deverá ser Tite ou Abel Braga.

Comentários (7)

  • alexandre diz: 4 de dezembro de 2014

    Se o Piffero manter o Abel, desde já começo a campanha…FORA PIFFERO E ABEL>

  • edson santos diz: 4 de dezembro de 2014

    Eu não voto no Medeiros por ele não tem a mínimo de conhecimento de futebol e por ter certeza que manterá o Abel.
    Voto no Píffero pq é u conhecedor de futebol e deve contratar qualquer um menos o Abel.
    Nem participo do pleito se eu desconfiar que Píffero fica com Abel!

  • Lima diz: 4 de dezembro de 2014

    FORA ABEL E TODOS OS SEUS BRUXOS

  • Andre Colorado diz: 5 de dezembro de 2014

    Pode manter o Abel, mas já que ele gosta tanto de bruxo, contrata uns bruxo bom e desliga os ruins.. simples

  • vitor hugo diz: 5 de dezembro de 2014

    Acredito que seja especulação da imprensa, Abel como técnico em 2015, com Píffero de presidente.Tenho motivos de sobra para não querer Abel, tais como:

    1) Abel é um técnico ultrapassado, tem dificuldades enormes de dar um padrão técnico e tático para um time de futebol.
    2) Abel faz o tipo “paizão”, é turrão, chegado em “bruxos puxa-sacos”, geralmente jogadores ruins, exemplo mais marcante Rafael Moura.
    3) Sua comissão técnica, é incompetente, vide o preparo físico do time, mesmo com muitos jogadores acima dos trinta.
    4) Queimou jogadores jovens, da base o ano inteiro, somente no final, por falta de opções e pressão da torcida, “usou” alguns.
    5) Enfim, Abel é o atraso, é o exemplo maior de incompetência, falta de visão e falta de gestão dessa atual direção do Inter.

    Píffero sabe disso, e duvido que entre nessa barca furada que é manter Abel como técnico em 2015.

    Fora Abel.

  • Heloísa Pires diz: 5 de dezembro de 2014

    Zini. Estás confundindo total de investimento no futebol com o total da folha de pagamento. O orçamento do ano que vem será maior e a folha de pagamento no valor mensal de R$15 milhões comprometerá, apenas, 5% (cinco por cento) do orçamento anual (R$300 milhões), segundo Píffero.

  • Heloísa Pires diz: 5 de dezembro de 2014

    Desculpa-me, Behs!…Não és o Zini.

Envie seu Comentário