Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Nos bastidores, Grêmio projeta para abril a compra da gestão da Arena

24 de março de 2015 13
Mateus Bruxel

Mateus Bruxel

Sempre que consultados sobre o andamento das tratativas para a compra da gestão da Arena, os dirigentes do Grêmio recorrem a evasivas. Por uma questão estratégica, evitam detalhes.
O fato, porém, é que a negociação está em andamento. E é possível garantir que, nos bastidores do clube, é forte o otimismo quanto a um rápido desfecho. Há quem projete a compra ainda em abril.
Tudo passa pelo pedido de recuperação judicial que a OAS deverá apresentar na Justiça Civil da Bahia. Não é certo que a Arena entre na relação de bens apresentada pela construtora para quitar os R$ 8 bilhões de dívidas com fornecedores, bancos, empregados e governo federal.
Nesse caso, ficaria mais fácil para o Grêmio ver aceita sua oferta de R$ 396 milhões, pagos em 20 anos, pela aquisição do estádio.
Além de receber o valor, a OAS deixaria de arcar com um prejuízo que chegou a R$ 40 milhões em 2014 e tende a ser ainda maior neste ano, já que a Arena não sedia jogos de Libertadores.
Para substituir as garantias bancárias obtidas no financiamento da obra, a construtora usaria os direitos de televisão e faturamento do quadro social oferecidos pelo Grêmio na negociação. Diante da situação de inadimplência vivida pela OAS, trata-se de uma solução que certamente seria aceita pelos bancos, sob pena de não verem recuperado o investimento.
– O otimismo é grande. Há coisas acontecendo. A inadimplência da empresa, provocada por seu envolvimento na Operação Lava-Jato, poderá provocar uma situação altamente favorável ao Grêmio – comenta um conselheiro.

Comentários (13)

  • henrique diz: 24 de março de 2015

    Mas e se ela colocar a arena na relação de bens como é que fica não entendo a tua linha de pensamento, quem deve e tem bens coloca todos eles para quitar a divida, e a
    mesma coisa o cara tem dividas e quer paga-las os credores aceitam bens em garantia
    neste caso a pessoa oferece todos os bens que tem, não entendi.

  • Abreu diz: 24 de março de 2015

    É uma vergonha a PARCIALIDADE com a qual vocês cobrem a dupla grenal. Há quanto tempo estão anunciando que a Arena vai ser comprada pelo Grêmio???? Lembro de manchete na Zero Hora anunciando a compra da Arena no ano passado, e até agora a negociação não se concretizou. PAREM DE DAR BARRIGADA!!!! Façam jornalismo sério e competente, não puxando a sardinha só pra um lado. Porque não colocaram como manchete a notícia de que KOFF MENTIU quando disse que a Arena tinha sido comprada pelo Grêmio, foi uma jogada política para eleger seu sucessor, por que não dizem isso??? É nojento e asqueroso ver esse tipo de cobertura, cadê o compromisso com a verdade?? O inter joga com o time todo reserva, ganha fora de casa do VEC, onde não ganhava desde 2008, e dizem que “venceu, mas não convenceu” “time ganha sm jogar bem”. Dai o Gremio ganha em casa do Lajeadense com os titulares e é “Só felipão viu defeitos” “vitória pra encorpar, atuação destacada” Giuliano faz 2 gols para virar ídolo”. Querem inventar um ídolo pro Gremio de qqr jeito. Porque não falam que estão anunciando a compra da Arena há mais de um ano e nada se concretiza??? VERGONHA DE JORNALISMO!! Não se pode esperar algo diferente, Sirotsky que coordena o jeito de vocês informarem a notícia né??

  • Dilson diz: 24 de março de 2015

    Isto acontecendo, o Grêmio irá arcar com o prejuízo. Se não sabia gerir o Olímpico, saberá gerir a Arena?

  • Rodrigo Barão diz: 24 de março de 2015

    Amigos,
    Me ajudem a entender: se a Arena está dando prejuízo, porque o Grêmio vai “comprar” esse prejuízo? Será possível que pelo simples fato de o Grêmio ter a gestão do estádio na mão ele passará a dar lucro? Olhando superficialmente, parece-me que a Arena está para a OAS, assim como o Kleber gladiador está para o Grêmio.
    Abraços.

  • colorado nunca rebaixado diz: 25 de março de 2015

    Chega abril e a noticia ” gremio projeta para outubro a compra da Arena!”. Finalmente daqui a 20 anos,a noticia: ” gremio compra a arena! a arena e nossa como sempre foi! Brilhante!

  • Andre CWB diz: 25 de março de 2015

    Não se engane! A figura muda consideravelmente quando a empresa abre concordata.

    A partir dai, qualquer decisão tomada pela OAS deve passar por uma assembleia dos credores que decidirão se a decisão é correta ou prejudicial a empresa.

    Por tanto, entende-se que os credores não tem nenhum interesse em “liquidar” o patrimônio da empresa que será uma das suas únicas garantias de receita e ativo imobilizado.

    O negócio deve ser feito antes da concordata, porém deve ser muito difícil que isso ocorra, tendo em vista que esta ação é dada como eminente.

    Quem viver verá. Tomara que meu tricolor dê sorte, pq a lógica joga contra neste momento.

  • Marcolorado diz: 25 de março de 2015

    Tá bom, daí você acordou.

  • Luiz Fernando Sousa Oliveira diz: 25 de março de 2015

    Parem de falar bobagens, por favor. Deixem de ser torcedores e ajam como repórteres sérios. Se a OAS entrar em recuperação judicial, não terá poder de gestão em nenhum de seus negócios. Haverá uma carteira de credores que decidirão em assembléia qual o e seus diretores melhor negócio. A Arena é um pingo no oceano e nem entra na pauta de discussão.

  • Vivaldino Máximo Leal diz: 25 de março de 2015

    Abril? Sim, dia primeiro de abril a arena será nossa!

  • DNLUFT diz: 25 de março de 2015

    O GREZEMBE ESTÁ COMPRANDO A “ARENA” DINOVO,DINOVO NÃO É PAPAI?

  • henrique diz: 25 de março de 2015

    Outra coisa que não entendo, o Gremio terá que dar como garantia as cotas de TV já adintadas até 2017 e o arrecadado pelo quadro social, mas o Gremio ficará com que
    pois esta e a venda de jogadores são as únicas arrecadações dele.

  • henrique diz: 25 de março de 2015

    Esta materia ta muito mal explicada, e ainda é feita por 2, a arena da prejuízo de 40 milhões, se for comprada não dará mais, ou o Gremio também comprara o prejuízo.

  • Andre CWB diz: 26 de março de 2015

    O prejuízo de 40 milhões anunciado se dá porque o Grêmio até hoje não pagou a migração dos associados e as receitas da bilheteria não foram repartidas. Todo negócio arena (leia-se dinheiro) esta paralisado desde a primeira assinatura de aditamento. Se não tem fluxo de caixa, apenas congela-se os ativos, claro que da prejuízo.

    O custo da “abertura do estádio” em dias de jogos, é coberto com a renda dos bares e lanchonetes.

    Vocês só ouvem falar do prejuízo não é? E cade a receita? Foi de quanto? Lógico que ninguém tem a relação, pois os valores de ambos os casos estão congelados.

    Agora não venham querer culpar esse ou aquele de não ter comprado o estádio, pois me lembro perfeitamente que o Koff anunciou a compra, e uma semana depois a “lava-jato” deflagrou pro lado da OAS. Alguém já esperava aquilo? Muita hipocrisia para comentar o caso. Análises muito rasas. Culpa da mídia que não entra a fundo no caso, apenas pega o que se ventila nos corredores e arredores da arena e culpa da torcida que lê coisas “Taison melhor que Messi” e ainda acredita no veículo de comunicação.

    Abraços.

Envie seu Comentário