Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Elano pode voltar ao Grêmio

22 de julho de 2014 0
FOTO: CHRISTOPHE SIMON, AFP

FOTO: CHRISTOPHE SIMON, AFP

Por Adriano de Carvalho

O meia Elano pode ser devolvido pelo Flamengo ao Grêmio.

A diretoria do clube carioca estuda a rescisão do contrato de empréstimo do jogador, que vai até dezembro. Atualmente, os clubes dividem seu salário, estimado em R$ 500 mil mensais. Na Gávea, Elano viveu atormentado por lesões e pouco conseguiu jogar.

Como só atuou em quatro jogos no Brasileirão, poderia ser utilizado por Enderson Moreira na competição. Ou então, ser repassado a outro clube.

Seu vínculo com o Grêmio vai até o final do ano.

Agressão de flamenguistas em André Santos pode interditar Beira-Rio por até 10 jogos

21 de julho de 2014 0

Ricardo Duarte

A procuradoria do STJD poderá encaminhar denúncia contra o Inter e pedir até 10 jogos de interdição para o Beira-Rio. O procurador Paulo Schmitt anunciou que pedirá as imagens das câmeras de segurança do estádio, a fim de verificar se o Inter deu proteção ao lateral do Flamengo André Santos.

Ao deixar o vestiário, após a goleada de 4 a 0, o jogador foi cercado por 20 torcedores cariocas no pátio do Beira-Rio e acabou agredido enquanto corria em direção à van que o aguardava – André Santos havia contratado a van para levá-lo ao aeroporto Salgado Filho, uma vez que o elenco recebeu folga após a partida.

O Inter pode ser denunciado no artigo 213 do CBJD (“Deixar de tomar providência no sentido de prevenir e reprimir desordens”), cujas penas vão de multa a perda de mando de campo por até 10 partidas.

O advogado do Inter Rogério Pastl aguarda a denúncia da procuradoria do STJD:

- Temos que esperar se haverá ou não a denúncia. O Inter apresentou todos os requisitos para prevenir e reprimir a violência em seu estádio.

Legado da Copa: Gre-Nal do Beira-Rio poderá ter "célula" com torcidas misturadas nas arquibancadas

21 de julho de 2014 0

Ricardo Duarte

O quebra-quebra promovido pela briga entre Guarda Popular e Nação Independente – mais a participação de um torcedor cadastrado na Camisa 12 – deixa a Promotoria do Torcedor em alerta para o Gre-Nal de 10 de agosto, o primeiro do novo Beira-Rio. A partir da próxima semana, algumas providências serão tomadas para o clássico. A maioria, infelizmente, restritivas.
Há uma ideia, porém, para tentar levar um mínimo de civilidade ao jogo.
- Queremos ter uma célula no Beira-Rio que integre colorados e gremistas. Um espaço para até 200 torcedores no qual possamos misturar as torcidas – afirmou o promotor José Francisco Seabra Mendes Júnior.
Segundo Seabra, titular da Promotoria do Torcedor, há uma tentativa junto às direções de Inter e de Grêmio para que um pai gremista possa se sentar ao lado do filho colorado, ou vice-versa, ou ainda que alguns sócios de lado a lado possam ser colocados neste setor:
- Será uma tentativa de levar um exemplo de paz ao Gre-Nal, quase um legado da Copa, quando os torcedores adversários ficaram todos misturados nas arquibancadas do Beira-Rio.

Kia Joorabchian incentivou brasileiros do Shakhtar a desertar. Situação de Fred se complica

21 de julho de 2014 0

fred
Foto: Alexander Khudoteply / AFP

O retorno de Fred ao Inter começa a se tornar algo bem difícil. A garantia é de pessoas próximas aos jogadores. O caso de Fred é ainda mais complicado. O meia e alguns dos brasileiros do Shakhtar Donetsk, como Douglas Costa, Dentinho, Ismaily e Alex Teixeira, não deverão ser negociados ou emprestados. O presidente do Shakhtar, Rinat Akhmetov, se fez bilionário com o fim da União Soviética, e é tido como uma pessoa rancorosa. Não gostou nada da deserção de seus jogadores.

O controverso empresário iraniano Kia Joorabchian teria sugerido ao quinteto do Shakthar a deserção, alegando que a guerra civil na Ucrânia os ajudaria a deixar o país. Não é o que pensa o presidente do clube, que cobra a volta dos jogadores imediatamente. Fred estaria em Belo Horizonte, a sua cidade natal, aguardando novas orientações.

Koff pode ser um dos vices na chapa de Romildo Bolzan Jr.

20 de julho de 2014 0
Foto: Ricardo Duarte

Foto: Ricardo Duarte

O presidente Fábio Koff poderá concorrer como um dos vices de Romildo Bolzan Jr., o mais cotado para encabeçar a chapa da situação nas eleições de setembro. É possível que o anúncio ocorra nesta semana.

Koff permaneceria na direção do clube com o objetivo de levar adiante as negociações da compra da gestão da Arena com a OAS, o que lhe tomou boa parte no mandato atual. O certo é que o dirigente não vai concorrer à reeleição.

A oposição já articula a candidatura do advogado Homero Bellini Jr., do Movimento Grêmio Independente. Outras correntes políticas do clube dificilmente lançarão um terceiro nome.

Em tarde de D'Alessandro, Inter massacra Flamengo no Beira-Rio: 4 a 0

20 de julho de 2014 0

Felix Zucco

Dida
Atuação segura pelo alto. Foi pouco exigido pelo frágil ataque do Flamengo. 6

Wellington Silva
Ora tosco, ora craque. Resume a expressão “se matar em campo”. Esforçado, sofreu o pênalti que definiu o jogo. 8

Paulão
Firme em todos os lances de perigo do Flamengo. 7

Juan
Parece jogar mais contra o Flamengo, seu ex-clube. Bem nos lances aéreos, seguro por baixo. 7

Fabrício
Se soltou no segundo tempo, foi ao ataque e marcou um belo gol, em assistência de D’Alessandro. 8

Willians
Poderia ter saído mais para o jogo. Alguns chutões e dois grandes lançamentos. 6

Wellington
Pouco produtivo. Sem Aránguiz no meio, parecia perdido entre avançar e ficar. Acabou ficando muito atrás. 5

Aránguiz
Jogou lesionado, após receber uma pancada no joelho direito, machucado desde a Copa. A sua saída desarrumou o time. 6

Alan Patrick
Foi um bom apoio a D’Alessandro. Cadenciou o jogo e auxiliou na marcação. 7

D’Alessandro
Fez de tudo: armou, marcou, deu passes, assistência, cobrou faltas e até correu de área a área para barrar um contra-ataque do Flamengo. Ah, e fez até gol. 9

Rafael Moura
Bem colocado, marcou um gol de Fernandão. Comemorou homenageando o ídolo. Também errou outro, cara a cara com Felipe. 7

Luque
Foi a campo no lugar de Aránguiz. Tem na velocidade a sua arma. Precisa se posicionar melhor, para evitar os impedimentos. Acabou substituído. 5

Alex
Deu novo ritmo ao meio-campo colorado. Marcou um gol em nome do amigo Fernandão. 7

Claudio Winck
Entrou e partiu para cima do cansado André Santos. 6

Crise na Ucrânia: Inter tentará repatriar Fred. E Rodrigo Moledo

20 de julho de 2014 0

fred
Foto: Alexander Khudoteply / AFP

A dramática crise entre Ucrânia e Rússia pode reforçar o Inter em duas posições: na zaga e no meio-campo. Rodrigo Moledo e Fred (na foto), ambos vendidos pelo clube gaúcho ao futebol ucraniano em 2013, agora, podem fazer o caminho de volta. O zagueiro está no Metalist. O meia, no Shakhtar Donetsk.

Fred foi um dos brasileiros que não se reapresentou ao Shakhtar. O Inter já abre negociações para repatriar ambos. Tem até o dia 13 de agosto para isto. O plano é recontratar a dupla pelo período de pelo menos um ano. Ou mais, dependendo do que ocorrer naquele país. Os jogadores seriam contratados por empréstimo. À beira de uma guerra civil na Ucrânia, os brasileiros não desejam mais permanecer lá. Têm medo de seguir no país.

- Estamos mapeando os jogadores que estão na Ucrânia e o que está acontecendo lá – admitiu o vice de futebol do Inter, Marcelo Medeiros.

Os brasileiros Alex Teixeira, Fred, Douglas Costa e Dentinho, além do argentino Ferreyra, todos do Shakhtar, não quiseram pegar o avião de volta para a Ucrânia após vencerem um amistoso contra o Lyon, na França. No Metalist, o meia argentino Sebastian Blanco não se reapresentou ao clube após a pré-temporada na Áustria.

Inter perdeu para o Corinthians por culpa do técnico Abel Braga

17 de julho de 2014 4

Rodrigo Gazzanel/Folhapress

Abel Braga foi o grande responsável pela derrota do Inter para o Corinthians, por 2 a 1, no Itaquerão, na retomada do Campeonato Brasileiro – e já vê Cruzeiro, Corinthians e São Paulo se distanciarem lá na frente.
Aos motivos:
1. Ele não insistiu para que Aránguiz fosse para o sacrifício em uma decisão, com era a partida no Itaquerão.
2. Optou pelo limitadíssimo João Afonso no meio-campo. O volante, por sinal, parece fora de forma. Lembrou Walter dentro da camisa apertada.
3. Tentou corrigir seu erro. Substituiu João Afonso por Cláudio Winck quando já perdia por 2 a 0. O time cresceu. Mas, levando 2 a 0, na casa do adversário…
4. Parece não treinar fundamentos. O Inter é um festival de passes errados.
5. Rafael Moura segue isolado no ataque. Não há aproximação com o centroavante.
6. O sistema defensivo é frágil. A cobertura aos laterais é ruim, vide os gols corintianos.
7. As inúmeras tentativas de virar o jogo foram todas frustradas.

No domingo, o Inter recebe o confuso Flamengo, lanterna do Brasileirão.

Figueirense poderá escalar centroavante Everaldo contra o Grêmio

17 de julho de 2014 0
Andre Podiacki

Andre Podiacki

Autor do segundo gol do Figueirense na vitória por 2 a 0 contra o Coritiba, quarta-feira, o centroavante Everaldo irá enfrentar o Grêmio, sábado, mesmo que esteja vinculado ao clube gaúcho.
Conforme o executivo de futebol Rui Costa, em troca da manutenção de Jean Deretti no Olímpico, o Figueirense obteve autorização para utilizá-lo em jogos do contra o Grêmio.
É uma situação diferente da que envolve o lateral Moisés. Se o Goiás o escalasse contra o Grêmio, pagaria uma multa de R$ 300 mil.
Everaldo está emprestado ao Figueirense até dezembro deste ano.
No gol contra o Coritiba, chamou a atenção pela frieza e qualidade ao encobrir o goleiro Vanderlei.

Pelo Grêmio, marcou um gol contra o Esportivo, dia 16 de fevereiro, na vitória por 3 a 1, pelo Gauchão.

 

Vem aí, o Anfiteatro Beira-Rio

16 de julho de 2014 0

Divulgação

Com o retorno do Beira-Rio ao Inter e para a BRio – a empresa responsável pela modernização do estádio -, novos projetos começam a ser implantados. Além das 44 lojas, que começarão a operar no estádio (lojas de marcas, lancherias, salão de beleza, lotéricas, entre outras), o Beira-Rio passará a ser palco de espetáculos. A BRio já negocia com diversas produtoras que operam shows em Porto Alegre.

Sem uma casa (que comporte público acima de 10 mil pessoas) na cidade, a BRio vai criar o Anfiteatro Beira-Rio: um palco montado atrás da antiga goleira do placar eletrônico (na foto, um exemplo do espaço destinado ao palco) e virado para as arquibancadas, com capacidade para até 13 mil espectadores, nas arquibancadas superior e inferior.

- É um local de fácil acesso, com bares e banheiros, ideal para shows deste porte. E o principal: será algo tão fácil de montar e de desmontar, que no dia seguinte pode até ter jogo, sem problema algum – disse o diretor comercial e de marketing da BRio, Felipe Apolonio.