Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "beira-rio"

Grêmio pagará R$ 85 mil por depredações no Beira-Rio. No Gre-Nal da Paz, colorados destruíram tantas cadeiras quanto os gremistas

12 de março de 2015 9

Leandro Behs

Nos próximos dias, o Grêmio desembolsará R$ 85 mil para o Inter, devido aos prejuízos causados por seus torcedores no Gre-Nal de 1º de março, no Beira-Rio. Foram 47 cadeiras depredadas mais dois banheiros quebrados, entre outros pequenos prejuízos. O curioso, porém, é que se o Gre-Nal em campo terminou em 0 a 0, o clássico do quebra-quebra deu Grêmio… por apenas uma cadeira. Em sua casa, os colorados destruíram 46 cadeiras - cada peça custa R$ 300.
Assim, é possível condenar o visitante? O clube alega que não foi por depredação, mas, sim, por empolgação exacerbada.

Em tempo: não foi registrada qualquer depredação ou incidente na área da torcida mista, onde mil gremistas levados por mil colorados conviveram durante todo o clássico.

Na estreia do 3-5-2, Lisandro López e Sasha foram os destaques de Inter 3x0 Aimoré

11 de março de 2015 1

Fernando Gomes

Contra o Aimoré, o técnico Diego Aguirre utilizou pela primeira vez o esquema 3-5-2. O sistema de jogo deverá ser colocado em prática também na próxima quarta-feira, contra o Emelec, no Equador, pela Libertadores. Na primeira amostragem, sucesso. O sistema defensivo quase não foi pressionado e os colorados conseguiram se impor no ataque. Na vitória por 3 a 0, Diego Rocha (contra), Sasha e Fabrício marcaram os gols. O atacante argentino Lisandro López teve boa participação e só saiu por cansaço. Confira as notas para os jogadores do Inter:

Por Alexandre Ernst

Alisson
Assistiu à partida
5

Ernando
Por vezes, atuou como um falso lateral. Perigoso pelo alto
7

Juan
Como homem de sobra, a experiência faz a diferença
6

Réver
Assanhado no ataque e efetivo na defesa. Melhor partida com a camisa do Inter
7

Léo
Premiado com um gol contra em um dos poucos cruzamentos que fez pela direita
6

Nico Freitas
Forte na marcação, ainda que o Aimoré pouco tenha assustado
6

Nilton
Falta qualidade para ser o homem da saída de bola, mas é firme na marcação
6

Alex
Único armador, um primeiro tempo tímido. Destacou-se na etapa final
7

Fabrício
Apareceu algumas vezes dentro da área, como elemento-surpresa
6

Eduardo Sasha
Com um companheiro no ataque, cresceu. Marcou um belo gol
8

Lisandro López
Brigador, participativo e veloz. Nem parece que veio do futebol do Catar
8

Vitinho
Entrou com vontade em um jogo que já estava definido
5

Jorge Henrique
Surge como boa opção pela direita
5

Alisson Farias
Um potente chute de fora da área e boa movimentação
6

Balancete apontará Inter com sérios problemas financeiros. Déficit de 2014 foi recorde: mais de R$ 40 milhões

10 de março de 2015 19

Ricardo Duarte

O balancete do Inter deverá ser conhecido nas próximas semanas. Mas, desde já, números extraoficiais apontam para uma preocupante situação financeira do clube. O déficit de 2014 foi superior aos R$ 40 milhões - o maior da história do Inter.

Para piorar as finanças do clube, há um passivo de R$ 60 milhões (entre os credores, alguns bancos), além de dívidas fiscais na casa dos R$ 129 milhões, segundo levantamento da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional.

De janeiro para cá, o custo do clube já foi reduzido de R$ 17 milhões mensais (de folha do futebol, passando pelo custo de manutenção do estádio e quadro funcional) para R$ 14 milhões. A projeção do clube é reduzir este custo em mais R$ 2 milhões até maio.

E não há de onde tirar recursos extraordinários. Vendas, se ocorrerem, não deverão ser por valores significativos, pois não há um craque a ser negociado e o mercado está em recessão. Mesmo assim, a atual direção vem conseguindo manter os salários dos jogadores em dia.

Para completar, a gestão passada antecipou R$ 40 milhões da temporada 2015, entre verbas dos patrocinadores Banrisul e Tramontina, mais boa parte das receitas de TV.

- A situação financeira do Inter é realmente preocupante – comentou um dirigente colorado.

Inter pretende vender lotes de ingressos até um mês antes das partidas no Beira-Rio

07 de janeiro de 2015 0

Omar Freitas

Diminuir os custos por partida realizada no Beira-Rio, implantar um novo sistema de venda de ingressos, a partir de lotes promocionais de 3 mil a 4 mil bilhetes, com um mês de antecedência, e descontos de até 70% para os sócios que anteciparem as compras de bilhetes, além de diminuir a inadimplência do quadro social (atualmente de 15%, em um universo de 104 mil associados). Estes são os desafios da nova gestão para o curto prazo e já para a estreia em casa na Libertadores, contra a Universidad de Chile, em 26 de fevereiro.

Para envolver o torcedor e aumentar o número de mensalistas, a ideia é criar um conceito de encantamento à visita do torcedor ao Beira-Rio. Não está descartada a redução do preço dos ingressos ao longo da temporada. O clube pretende ter uma ocupação média superior a 50%, nos jogos em casa, durante a temporada 2015.

— O conceito de clube do povo não tem a ver com pobreza, com baixa renda. Tem a ver com a inclusão. O Inter é um clube de todos — apontou o vice de Administração, Alexandre Limeira.

Nova direção do Inter busca Habite-se para o Estádio Beira-Rio

06 de janeiro de 2015 1

Ricardo Duarte

O Beira-Rio ainda não tem Habite-se (a licença definitiva para a ocupação de um prédio). O clube conta com um alvará do Corpo de Bombeiros, válida até junho. O Habite-se ainda não foi concedido pela prefeitura porque a EPTC exige a instalação de dois bicicletários e a construção de dois recuos para as paradas de táxis. A Secretaria Municipal de Urbanismo (Smurb) aguarda um documento comprovando que o estacionamento do Gigantinho é independente do Beira-Rio. Já a Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Smam), cobra que o clube descontamine o solo onde estava localizado o antigo posto de gasolina.
- Espero resolver tudo isto até março – prometeu o vice de patrimônio, Emídio Ferreira.

Nos oito anos da conquista do Mundial, Inter inaugura estátua de Fernandão

17 de dezembro de 2014 1

Adriana Franciosi
Foto: Adriana Franciosi

Francisco Luz
Foto: Francisco Luz

Com mais de cinco mil torcedores presentes ao pátio do Beira-Rio, a estátua de Fernandão foi inaugurada ontem, no oitavo aniversário da conquista do Mundial sobre o Barcelona. A viúva de Fernandão, Fernanda Costa, além dos filhos gêmeos, Enzo e Eloá, e Thainá, filha de um relacionamento anterior do ex-jogador, mais Iarley, Índio, Alex e Fernando Carvalho, campeões em Yokohama com o capitão colorado, estiveram presentes à cerimônia. Fernandão morreu em um acidente de helicóptero, em Goiás, no dia 7 de junho.
Em abril, a Assembleia Legislativa instituiu o 17 de dezembro como o Dia do Torcedor Colorado. Localizada em uma esplanada, na entrada do antigo pórtico do estádio, a estátua de Fernandão, erguendo a taça do Mundial, se tornará um local de culto no novo Beira-Rio. Assim que a bandeira do Inter foi retirada da estátua de 2m50cm de altura, os torcedores entoaram em coro o grito de Fernandão no retorno do Inter, do Japão a Porto Alegre:
- Ô, vamo, vamo, Inter, vamo, vamo Inter.
- Fernandão foi um grande líder, dentro e fora de campo. Esta é uma homenagem da torcida do Inter para um de seus maiores ídolos de todos os tempos – disse o presidente Giovanni Luigi.

Vai encher: Beira-Rio já tem mais de 13 mil lugares reservados para Inter x Palmeiras

25 de novembro de 2014 1

Ricardo Duarte

O Inter acredita que baterá o recorde de público do novo Beira-Rio nesse sábado, quando precisará vencer o Palmeiras para se classificar à Libertadores. O recorde atual pertence a Inter 2×1 Atlético-MG, com 38.006 torcedores. Ainda nessa quarta-feira, as vendas de ingressos em bilheterias, portal de voz e internet serão apenas para os associados do clube. A partir de quinta, serão comercializados também para o público em geral. Segundo a direção colorada, 9.854 sócios já realizaram o check in e 3.734 já compraram ingressos, num total de 13.328 lugares já ocupados no estádio para a partida.

Os preços dos ingressos:
Superior e inferior
Não sócio R$ 20
Sócio R$ 10

Cadeira superior
Não sócio R$ 60
Sócio R$ 30

Cadeira Inferior
Não sócio R$ 80
Sócio R$ 40

VIP lateral Libertadores
Não sócio R$ 100
Sócio R$ 50
Combo Família Colorada R$ 150
(Dois adultos e dois menores).

VIP central Libertadores
Não sócio R$ 120
Sócio R$ 60

VIP central Mundial R$ 200

VIP lateral R$ 180

Skybox 24 lugares R$ 3.000

Suites/Camarotes 14 lugares R$ 3.500

Inter recebe os carrinhos de luz para preservar o gramado do Beira-Rio

01 de outubro de 2014 1

GPS - Gigante Para Sempre

Foto: GPS – Gigante Para Sempre

Demorou, mas o Beira-Rio finalmente recebeu os “carrinho de luz” importados da Suécia. Os carrinhos, utilizados em diversas arenas no Brasil, irradiam luz e calor a fim de preservar o campo de jogo, especialmente naqueles meses nos quais a luz do sol não chega a todos os pontos do gramado. Há um ponto específico no Beira-Rio, na área do escanteio, em frente à antiga social, onde a cobertura não permite a chegada dos raios solares. O equipamento deveria ter chegado ainda durante a Copa do Mundo, mas um entrave burocrático envolvendo o fabricante dos carrinhos atrasou a entrega. Agora, o problema deverá ser resolvido.

Em nota, Andrade Gutierrez refuta problemas na obra do Beira-Rio e admite "adequações necessárias" no estádio

24 de setembro de 2014 1

Foto: Omar Freitas

Devido à demora na entrega das chaves do Beira-Rio, pela Andrade Gutierrez ao Inter, e às cobranças dos conselheiros colorados com relação ao atraso da construtora em passar oficialmente o estádio ao clube, a empreiteira emitiu uma nota. No texto, a AG afirma que a obra do estádio está concluída e que estão sendo feitos ajustes. Segundo a AG, estas readequações (como a instalação de uma calha na cobertura, a fim de evitar que a chuva caia sobre as cadeiras do estádio) são algo extra ao que estava no projeto original que foi entregue à construtora.

A nota da AG:
A Andrade Gutierrez esclarece que as obras de Reforma e Modernização do Estádio Beira-Rio encontram-se finalizadas e foram entregues ao Sport Club Internacional para a realização de jogos. A construtora informa que, conforme preconiza o contrato, as obras já possuem aceitação provisória, e que por assim ser atualmente nos encontramos em período de comissionamento, treinamento e garantia tal como previsto. As informações sobre problemas na cobertura são infundadas, visto que a drenagem para área de chuva é item não previsto no projeto e no escopo desta construtora.
No entanto, para dar maior conforto e comodidade aos torcedores colorados, a Andrade Gutierrez, por solicitação da BRIO e do Sport Club Internacional, vem trabalhando para realizar as adequações necessárias, o que não pode ser confundido como um item pendente. Desta forma, não procedem as informações veiculadas nos últimos dias sobre atraso na entrega do estádio. A obra do Beira-Rio é um marco para as obras de estádios, tanto por sua beleza, como pela velocidade e qualidade empregadas.

Uma calha ainda impede que a Andrade Gutierrez entregue as chaves do Beira-Rio para o Inter

23 de setembro de 2014 9

Ricardo Duarte

Uma calha ainda impede que a Andrade Gutierrez entregue, formalmente, o novo Beira-Rio ao Inter. Ocorre que para que as chaves do estádio voltem oficialmente para as mãos dos colorados, a construtora precisa terminar os ajustes em 9 mil itens listados ainda no começo do ano – e cujas melhorias estão praticamente finalizadas desde então. Mas um último grande ajuste precisa ser feito. Na cobertura do estádio. Em dias de chuva forte (como ocorreu antes do Gre-Nal, por exemplo), a borda interna da membrana que cobre o Beira-Rio não sustenta a água e ela acaba caindo com força para as cadeiras.

A solução encontrada entre Andrade Gutierrez e Inter foi a instalação de uma calha correndo por toda a cobertura. A água da chuva será direcionada para uma enorme cisterna e será reaproveitada no dia a dia do estádio. A questão é que esta obra levará mais de 30 dias para ser finalizada. Depois disto, ainda será necessária uma vistoria para aprovar esta obra e, caso esteja de acordo com as especificações, o Inter dará ok para a AG e, finalmente, as chaves poderão ser entregues – o que deverá ocorrer na segunda quinzena de novembro.

A entrega oficial do estádio marcará a data do início formal da parceria de 20 anos entre Inter e Andrade Gutierrez que, na prática, já está valendo. Até dezembro, o Inter já terá faturado R$ 20 milhões a mais com o novo Beira-Rio.