Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts com a tag "cotação"

Juan e D'Alessandro, os destaques do Inter na vitória libertadora sobre o Santa Fe

27 de maio de 2015 3

Felix Zucco

Alisson
Uma partida segura, mesmo quando recebeu todos os passes da zaga. 8

William
Uma vez mais, peça importante na mecânica do ataque colorado. 7

Ernando
Dessa vez, bem por cima e um bom complemento a Juan. 7

Juan
A sua melhor partida no ano. Firme na defesa e no ataque. 9

Geferson
Mesmo voltando de lesão, encarou os colombianos na força. 7

Rodrigo Dourado
Foi o cão de guarda da zaga. E ainda teve forças para avançar. 7

Aránguiz
Junto com Dourado, tratou de controlar a bola no sistema defensivo e melhorar o passe. 7

D’Alessandro
Entrega total, durante os 90 minutos. Um segundo tempo de Copa. 9

Sasha
Saiu lesionado aos 14 minutos. Sem nota

Lisandro López
Jogou como atacante e como volante. 7

Nilmar
Tentou puxar os contra-ataques. Saiu lesionado. 6

Valdívia
Incansável. Buscou o jogo o tempo todo e foi o alvo preferido das faltas. 8

Alex
Importantíssimo para a pressão final do segundo gol. 7

Rafael Moura
Entrou no final para participar do gol da classificação. 8

Muriel e Nilmar são os destaques dos suplentes do Inter no empate com o Vasco

23 de maio de 2015 2

Paulo Sérgio/Lancepress!

Muriel
Três defesas que evitaram uma nova derrota do Inter no Brasileirão. 8

Lucas Marques
Um início tímido. Cresceu ao longo do jogo, subindo ao ataque e acertando passes. 5

Paulão
Sem invencionices. Rebateu e afastou tudo o que pôde na zaga. 5

Réver
Esforçado, mas ainda longe daquele zagueiro campeão da América em 2013 com o Atlético-MG. 6

Geferson
Jogou 19 minutos e saiu lesionado. Sem nota

Nico Freitas
É limitado e sabe disso. Faz o básico. Marca e passa. 6

Nilton
Alguma dificuldade na marcação, mas com dois passes perfeitos para Nilmar. No segundo deles, gol. 7

Anderson
Dono de bom passe, deu uma saída de bola qualificada ao meio-campo. 7

Alex
Se desdobrou entre a armação e, depois, a lateral-esquerda, com um jogador a menos. 6

Alan Ruschel
Não é à toa que o reserva de Geferson é Ernando, um zagueiro improvisado. Ainda foi expulso. 3

Nilmar
Fez um teste para pegar o Santa Fe. Correu, desarmou adversários, fez, passou no exame e ganhou nota 8

Taiberson
Com ele, o Inter teve uma jogada de desafogo e conseguiu avançar mais ao ataque. 6

Vitinho
Com a sua força e velocidade, poderia ter feito bem mais no ataque. 4

Eduardo
Entrou com a defesa toda mexida e com o Inter atuando com 10 jogadores. 5

Cotação da Libertadores: as notas para a derrota do Inter na Colômbia

21 de maio de 2015 1

Ricardo Duarte

Alisson
Duas defesas importantes, mas que não garantiram o empate. 8

William
A principal saída de bola do Inter. 7

Alan Costa
Um único erro, justamente no gol do Santa Fe. 5

Juan
Conteve bem os perigosos Páez e Morelo. 7

Ernando
Se desdobrou para conter os constantes avanços do Santa Fe. 6

Rodrigo Dourado
Fundamental à frente dos zagueiros. 7

Aránguiz
Assim como Dourado, foi o avalista do sistema defensivo. 6

D’Alessandro
Bem no 1° tempo, caiu muito de produção e foi substituído no 2°. 5

Valdívia
Incansável. Correu, marcou, armou e, por pouco, não fez um golaço. 7

Sasha
Foi mais importante como marcador do que como atacante. 6

Lisandro López
Teve o lance da partida a seus pés e desperdiçou. 5

Nilmar
Teve apenas uma chance e quase fez o gol. 6

Nico Freitas
Entrou para segurar ainda mais o ataque colombiano. 5

Réver
Foi a campo nos minutos finais. Sem nota

Goleado pelo Atlético-PR, Inter teve em Paulão e Vitinho as grandes decepções

10 de maio de 2015 1

Foto: GERALDO BUBNIAK / AGB/ESTADÃO CONTEÚDO

Alisson
Duas grandes defesas. Sem culpa nos gols. Nota 7

Léo
Ineficiente no apoio, falhou na cobertura a Walter. Nota 4

Paulão
Mal colocado, errou no gol de Walter, às suas costas. Fez um golaço. Contra. Nota 2

Réver
Ainda busca ritmo de jogo. Salvou um gol. Nota 5

Alan Ruschel
Foi da lateral-esquerda à lateral-direita com a mesma baixa produtividade. Nota 4

Silva
Estreante no time de cima, se limitou à marcação, sem invenções. Nota 5

Winck
Começou bem, interessado, mas, de repente, foi sumindo do jogo. Nota 4

Anderson
Até agora, nada indica que o Andershow de 10 anos atrás voltará um dia. Nota 4

Vitinho
Passes errados, uma falta na arquibancada e fácil desistência de alguns lances. Nota 3

Taiberson
Bem vigiado e sem espaço para correr, acabou aceitando a marcação e parando. Nota 5

Rafael Moura
Interessado desde o começo do jogo. Buscou o gol o tempo todo. Nota 6

Alex
Deu nova movimentação a um meio-campo inoperante. Nota 6

Valdívia
Com Alex, tentou consertar uma atuação coletiva ruim. Ficou na tentativa. Nota 6.

Alisson Farias
Entrou com o time bagunçado. Pouco acrescentou. Nota 5

Em Grêmio 3x3 Ponte Preta, Mamute é o destaque. Giuliano, a decepção

10 de maio de 2015 0

Ricardo Duarte

Por Adriano de Carvalho

Marcelo Grohe – Fez boas defesas. Mas deu rebote para o terceiro gol da Ponte. Nota 5

Galhardo – Apoiou e arriscou contra o gol adversário. Mostrou dedicação em campo. Nota 6

Geromel – Desta vez, comprometeu. Foi presa fácil para Rildo no segundo gol. Nota 4

Rhodolfo – Fez o que pôde, mas Biro-Biro e Rildo lhe causaram muita dor de cabeça. Nota 5

Marcelo Oliveira – Frágil na marcação. Sofreu com os avanços de Rodinei pelo seu lado. Nota 4

Walace – Tem imposição física. Mas sofreu para conter a movimentação de Renato Cajá. Nota 5

Maicon – Um pouco perdido na marcação. Ofereceu pouca resistência aos meias da Ponte. Nota 4

Lincoln – Começou inspirado. Mas caiu de ritmo no segundo tempo. Precisa de sequência. Nota 5

Giuliano – Muito apagado. Pouco se movimentou e tocou na bola. Saiu vaiado de campo. Nota 3

Luan – Um verdadeiro garçom. Deu duas assistências a Mamute e se movimentou bem. Nota 7

Yuri Mamute – Com oportunismo, fez dois gols. Fará falta enquanto estiver na seleção. Nota 8

Everton – Deu mais velocidade ao time. Puxou contra-golpes e levou perigo a Lomba. Nota 7

Matías – Entrou no segundo tempo e mostrou oportunismo ao marcar o terceiro gol. Nota 6

Douglas – Deu mais qualidade na bola parada. Cobrou escanteio para o gol de Matías. Nota 5

A salvação que veio do DM: 22 dias após a artroscopia no joelho, Lisandro López salva o Inter no Gauchão

09 de abril de 2015 6

Fernando Gomes

Alisson
Inseguro em alguns lances. Nota 4

William
É a melhor notícia do Inter no Gauchão. Nota 7

Juan
Em seu 100º jogo pelo Inter, teve dificuldades para conter Wesley. Nota 4

Ernando
Ficou exposto e conteve os atacantes como pôde. Nota 5

Geferson
Tímido, após herdar a vaga de Fabrício. Nota 5

Rodrigo Dourado
Já teve jornadas mais luminosas. Acabou expulso. Nota 4

Jorge Henrique
Se movimentou bem no começo, depois, caiu de produção. Nota 5

D’Alessandro
Tentou comandar a virada do Inter. Errou o pênalti. Nota 5

Valdívia
Foi o mais ativo dos homens de frente do Inter. Nota 6

Sasha
Limitado a jogadas na área. Pode fazer mais. Nota 5

Nilmar
Boa movimentação, mas… nenhum chute a gol. Nota 4

Anderson
Ajudou na reação colorada. Nota 6

Rafael Moura
Fez mais do que Nilmar. Nota 6

Lisandro López
Entrou, fez um de pênalti e outro de um camisa 9 de verdade. Nota 9

Libertadores: Sasha e Vitinho, os destaques do Inter no 1 a 1 com o Emelec

18 de março de 2015 3

Rodrigo Buendia/AFP

Alisson
Seguro quando exigido. Sem culpa no gol. Nota 6

Ernando
Sem reação no gol do Emelec. Driblado com certa facilidade. Nota 4

Juan
Teve grandes dificuldades quando no mano a mano. Nota 5

Réver
Fez boas coberturas a Fabrício. Protagonista na expulsão de Lastra. Nota 6

Léo
Atrapalhado, falhou na marcação e foi desarmado com facilidade. Nota 4

Nicolás Freitas
Firme nos desarmes. Catimba na hora certa, como manda a Libertadores. Nota 6

Nilton
Tentou o ataque o tempo todo. Foi o que Aránguiz deveria ter sido. Nota 7

Aránguiz
Lento, não conseguiu ser o elo entre a defesa e o ataque. Saiu no intervalo. Nota 5

Alex
Articulador isolado do Inter, conduziu o time ao ataque até quando teve pernas. Nota 7

Fabrício
Foi o alvo preferido dos atacantes do Emelec. A noite toda. Nota 3

Eduardo Sasha
Mesmo sofrendo de “isolatite”, conseguiu se destacar no ataque. Nota 8

Vitinho
Deu nova vida ao ataque do Inter. Marcou um gol de centroavantão de área. Nota 8

Alan Costa
Entrou em uma defesa confusa. Sobreviveu a chutões. Nota 5

Anderson
Pouco contribuiu. Atuação opaca. Nota 5

Na estreia do 3-5-2, Lisandro López e Sasha foram os destaques de Inter 3x0 Aimoré

11 de março de 2015 1

Fernando Gomes

Contra o Aimoré, o técnico Diego Aguirre utilizou pela primeira vez o esquema 3-5-2. O sistema de jogo deverá ser colocado em prática também na próxima quarta-feira, contra o Emelec, no Equador, pela Libertadores. Na primeira amostragem, sucesso. O sistema defensivo quase não foi pressionado e os colorados conseguiram se impor no ataque. Na vitória por 3 a 0, Diego Rocha (contra), Sasha e Fabrício marcaram os gols. O atacante argentino Lisandro López teve boa participação e só saiu por cansaço. Confira as notas para os jogadores do Inter:

Por Alexandre Ernst

Alisson
Assistiu à partida
5

Ernando
Por vezes, atuou como um falso lateral. Perigoso pelo alto
7

Juan
Como homem de sobra, a experiência faz a diferença
6

Réver
Assanhado no ataque e efetivo na defesa. Melhor partida com a camisa do Inter
7

Léo
Premiado com um gol contra em um dos poucos cruzamentos que fez pela direita
6

Nico Freitas
Forte na marcação, ainda que o Aimoré pouco tenha assustado
6

Nilton
Falta qualidade para ser o homem da saída de bola, mas é firme na marcação
6

Alex
Único armador, um primeiro tempo tímido. Destacou-se na etapa final
7

Fabrício
Apareceu algumas vezes dentro da área, como elemento-surpresa
6

Eduardo Sasha
Com um companheiro no ataque, cresceu. Marcou um belo gol
8

Lisandro López
Brigador, participativo e veloz. Nem parece que veio do futebol do Catar
8

Vitinho
Entrou com vontade em um jogo que já estava definido
5

Jorge Henrique
Surge como boa opção pela direita
5

Alisson Farias
Um potente chute de fora da área e boa movimentação
6

Cotação: Fabrício, Taiberson e Valdívia colocam o Inter na Libertadores

29 de novembro de 2014 4

Jefferson Botega

Jefferson Botega

Alisson
Algumas intervenções. Sem culpa no gol do Palmeiras. 6

Gilberto
É um jogador esforçado, apenas. Fez a sua última partida no Beira-Rio. 4

Ernando
Tentou compensar alguns vacilos defensivos ajudando no ataque. 6

Alan Costa
Fora de lugar no gol do Palmeiras. Permitiu que Renato subisse com Willians. 5

Fabrício
A energia costumeira para avançar ao ataque. De novo, marcou o gol que salvou o Inter. É o herói do Inter no segundo semestre. 9

Willians
Foi um marcador solitário em muitas ocasiões. Era o único com liberdade para sair jogando. 6

Aránguiz
Nem de longe lembra o volante dos primeiros meses de Inter. Apagado em campo. 5

Alex
Precipitado com chutes desnorteados de fora da área. Ao menos, auxiliou na marcação. 6

D’Alessandro
Um bom passe para o gol de Taiberson. No mais, foi burocrático em um jogo que precisava ser decisivo. De quebra, levou um terceiro cartão amarelo por reclamação. 5

Taiberson
Com lampejos de Taison, foi a alternativa de velocidade de um time arrastado. Tem personalidade e estrela. 8

Rafael Moura
Formou uma boa dupla com Lúcio, com quem passou a noite se engalfinhando. 4

Wellington Silva
Fez o melhor cruzamento de sua vida no Beira-Rio: na cabeça de Fabrício. 7

Valdívia
Com ele, o Inter finalmente teve energia e velocidade no meio-campo. Marcou um golaço. 8

Gustavo Ferrareis
O guri de 18 anos entrou e correu para todos os lados atrás dos meias e volantes adversários. 6

Cotação: As notas para a sofrida vitória do Inter sobre o Atlético-MG

22 de novembro de 2014 18

Fernando Gomes

Alisson
Sem culpa no gol. Duas saídas em falso. 5

Gilberto
Colocou o termo “mão na bola” em outro nível. Fez uma defesa grotesca, com as duas mãos. Teve sorte de o árbitro não ter dado o pênalti. 3

Ernando
Precisou ajuda para tentar conter os ariscos Marion e Dodô. 6

Alan Costa
Uma falta violenta no primeiro tempo. Sofreu contra a velocidade do ataque mineiro. 6

Fabrício
Cometeu o pênalti que permitiu o empate do Atlético-MG, mas salvou o time nos acréscimos com um gol de centroavante. 8

Willians
Parecia o único do setor com saúde para encarar a correria dos guris mineiros. 7

Aránguiz
Irreconhecível. Displicente, errou diversos passes. Parecia desconcentrado. 4

Alex
Armou boas jogadas, mas caiu de produção no segundo tempo. 6

Jorge Henrique
Surgiu como a melhor opção de movimentação no setor ofensivo. 6

D’Alessandro
Nervoso demais no primeiro tempo. Cresceu na segunda etapa e comandou o meio-campo. 7

Rafael Moura
Um gol de homem de área. É o artilheiro do Inter no Brasileirão, com sete gols. 7

Valdívia
Acabou trombando com a zaga e dando a assistência para o gol de Fabrício. 6

Taiberson
Um par de corridas pela ponta. Sem grande consequência. 5

Wellington Paulista
Entrou no final. Sem nota