Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts com a tag "duda"

De transição e Libertadores

08 de outubro de 2010 0

Eleito presidente do Grêmio, Paulo Odone pediu de presente a Duda Kroeff a Libertadores. Foi assim que Duda recebeu o Grêmio das mãos de Odone, em 2009, e deseja a retribuição com a vaga. No discurso logo após a vitória no Conselho Deliberativo, o novo presidente disse que a transição será pacífica:

- Quero convidar a todos para não olhar pelo retrovisor e, sim, para o futuro. A primeira coisa que farei quando voltar na quarta-feira será me reunir com o presidente Duda Kroeff para fazer a transição com continuidade.

Renato e a eleição do Grêmio

29 de setembro de 2010 2

Renato Portaluppi assegura que a política não entra do vestiário do Grêmio.

O treinador diz que tem evitado que a questão sucessória chegue ao conhecimento dos jogadores, para não interferir no rendimento dentro de campo.

- Duda Kroeff é uma pessoa espetacular e sou muito amigo de Paulo Odone. Mas não posso tomar partido, sou empregado do clube, sou pago para treinar a equipe – esquiva-se Portaluppi.

Odone não deverá ter adversário

11 de setembro de 2010 2

A renovação de 150 nomes do Conselho Deliberativo do Grêmio, prevista para hoje, com votos de pelo menos 10 mil associados, é o primeiro passo da campanha que irá desaguar, em outubro, na eleição do futuro presidente do clube.

Único candidato lançado oficialmente até agora, o oposicionista Paulo Odone não deverá contar com oponente na sucessão de Duda Kroeff.

Concorrem neste sábado as chapas Dá-lhe Grêmio, de situação, Renova Tricolor, de oposição, e 3ª Via. Para colocar nomes na futura composição do Conselho, cada uma delas deverá somar pelo menos 30% dos votos e superar a cláusula de barreira. Cada conselheiro eleito terá mandato de seis anos.

Duda diz que foi ameaçado de morte por torcedor

27 de agosto de 2010 19

DE – Como têm sido os seus dias pelas ruas?

Kroeff – Não tenho me sentido animado a sair. Reduzi os jantares fora e as idas ao cinema. Não é o momento de me expor.

DE – O senhor teme se indispor com torcedores?

Kroeff – Não é por medo de que possam me encher o saco. Eles incomodam mais nos blogs. É apenas falta de ânimo mesmo. Até porque estou fazendo o que posso, não tenho do que me envergonhar.

DE – Já sofreu alguma ameaça?

Kroeff – Sim, uma ameaça de morte por e-mail. Era um torcedor que dizia que minha hora iria chegar. No final do texto, dizia cinco vezes: vamos te matar. Eu registrei queixa na polícia. Ele foi chamado lá. Depois, mandou outro e-mail dizendo que era só um momento de raiva. E a frase vamos te matar era só uma música de protesto.

DE – O senhor se arrepende de ter assumido a presidência?

Kroeff 0 Não estou arrependido. Está sendo uma experiência riquíssima.

DE – Enfrentaria Paulo Odone numa eleição?

Kroeff – Se fosse preciso, sim.

DE – Para os analistas, a vitória dele seria fácil.

Kroeff – É possível, com o momento atual do clube. Mas seria diferente com uma reviravolta histórica dentro de campo.

Duda diz que toma remédios para dormir

27 de agosto de 2010 6

Dupla Explosiva _ O senhor tem conseguido dormir direito?

Duda Kroeff _ Ontem (quarta-feira), pela primeira vez, tomei um remedinho para dormir. Também, com aquele gol a 48 minutos!

DE _ É a situação grave que lhe rouba o sono?

Kroeff _ Sou gremista fanático, odiaria que meu time fosse para a Segunda Divisão. E também gosto muito de mim. Sou gremista e dudista. Tenho convicção de que não vamos cair.

DE _ Por que o senhor acha que Renato terá condições de salvar o Grêmio?

Kroeff _ Porque aqui no Grêmio é diferente para ele. Aqui, ele se sente em casa. Tem muito mais motivação do que em outros clubes. Confio muito nele.

DE _ O problema do time é físico?

Kroeff _ Não tem nada a ver. Temos aqui o Paulo Paixão, o melhor preparador físico do Brasil.

DE _ O que precisa ser feito?

Kroeff _ Encontrar o time ideal, ganhar umas três partidas em sequência. Vencer aqui e não perder fora.

DE _ O senhor se sente isolado neste momento?

Kroeff _ Sinceramente, não. Todos os vices me apoiam. O G-6 sempre vem aqui me prestar solidariedade. Mas, com aquele gol a 48 minutos, todos saíram correndo para casa. Eu faria o mesmo.

DE _ Que apoio Fábio Koff e Cacalo lhe tem dado?

Kroeff _ Sempre visito o presidente Koff no Clube dos 13. Sempre peço seus conselhos. Com Cacalo, tenho falado mais por telefone.

DE_ O auxílio vem apenas na forma de conselhos?

Kroeff _ Não preciso mais do que isso. Não sou marionete. Não vim para cá para que outros sejam o presidente. Não permitiria que mandassem.

Grêmio na CBF contra arbitragens

27 de agosto de 2010 7

Até o início da próxima semana, o Grêmio entrega à CBF um DVD com o que considera erros cometidos pela arbitragem contra o clube neste ano. São 11 lances, a maior parte delas pênaltis que, na avaliação do clube, deixaram de ser assinalados a favor do Grêmio em jogos pela Copa do Brasil e Brasileirão.

Segundo a direção, os erros podem ter relação direta com a vitória de Fábio Koff sobre Kléber Leite na eleição para presidente do Clube dos 13, em abril. Leite concorreu com o apoio de Ricardo Teixeira, presidente da CBF.

_ Não gostaria de insinuar nada, mas todos sabem que Koff é gremista _ afirma o presidente Duda Kroeff.

Duda  diz ter relutado em tomar a medida. A decisão só veio depois do jogo contra o Santos, em que dois pênaltis foram marcados contra o time de Renato Portaluppi. Para o presidente, o primeiro não existiu. O que  incomoda, afirma, é que, na dúvida, a decisão tomada pelos árbitros tem sido sempre contra o Grêmio.

_ Não quero tirar a nossa culpa pela má situação, nem usar as arbitragens como desculpa. Mas os erros contra o Grêmio superam o razoável. É demais _ reclama.

Vicente Martins foi cotado para o futebol

09 de agosto de 2010 3

Se Meira tivesse caído há pelo menos 20 dias, Antônio Vicente Martins, do Grêmio Independente, teria entrado em seu lugar.

Seu nome foi oferecido pela Oposição ao presidente Duda Kroeff.

Seria uma forma de conciliar as correntes políticas do Grêmio, com o objetivo de elaborar um “chapão” para a renovação do Conselho Deliberativo.

Duda gostou da ideia, mas entendia que as dificuldades do futebol poderiam ser resolvidas sem alteração de nomes.

Neste momento, não existe mais a solução Vicente Martins.

Situação e Oposição estarão frente a frente na renovação, dia 11 de setembro.

Duda quer Mário na lateral

29 de junho de 2010 19

Na opinião do presidente Duda Kroeff, Mário Fernandes “vai melhor como lateral”.

Com isso, Duda dá razão ao técnico Silas, que deslocou o garoto da zaga para a lateral-direita, onde irá disputar posição com Edilson.

Segundo o presidente, não há razão para polêmica em torno da decisão do técnico. Como o próprio Silas havia feito, elogiou o comportamento de Mário Fernandes, “um menino de cabeça boa”.

Nem mesmo uma possível desvalorização do jogador, que está na mira de clubes europeus, entre eles a Inter, de Milão, preocupa o dirigente. Duda revela que seu desejo não é se desfazer de Mário neste momento, apesar de o preço estar fixado em 13 milhões de euros (R$ 28,4 milhões).

_ Quero que ele fique. Não estamos precisando vender ninguém neste momento. O que quero mesmo é ganhar um grande título _ destaca.

Grêmio teme brigar com a Fifa

09 de maio de 2010 100

Duda Kroeff ainda não está convencido de que deva solicitar à Fifa a liberação do goleiro Victor para o segundo jogo contra o Santos, dia 19. Antes de tomar qualquer medida, o presidente do Grêmio quer ouvir todos os integrantes do departamento de futebol e advogados para medir a conveniência de uma ação. Teme criar uma área de atrito com a entidade que comanda o futebol no planeta.

Integrantes do jurídico anteciparam a Duda que é remota a chance de a Fifa voltar atrás. Por outro lado, há quem recomende que o Grêmio pague para ver e escale Victor.

As dúvidas de Duda passam por aí. Ele não tem certeza de que o goleiro estaria disposto a entrar em campo sem a recomendação expressa da Fifa, sob e ameaça de ser penalizado mais tarde.

Duda poderá tentar reeleição

04 de maio de 2010 7

Gente que conhece a política do Grêmio não descarta que o presidente Duda Kroeff tente a reeleição em outubro. Tudo vai depender, acreditam os analistas, do desempenho da equipe na Copa do Brasil. Caso conquiste duas taças no mesmo ano, Duda, que não pretendia mais concorrer, praticamente será forçado a isso pelos grupos políticos dos quais recebeu apoio em 2008.

O atual presidente também poderá tirar proveito de uma eventual divisão das oposições. O Grêmio Novo, que irá lançar o nome de Paulo Odone, ainda não conta com o apoio declarado do Grêmio Independente.

Em tempo: no Olímpico, o confronto do Grêmio com Santos ou Atlético-MG, que poderá ocorrer na próxima fase, é considerado uma final antecipada da Copa do Brasil. Seja qual for o adversário na decisão, não representará tanto perigo quanto um cruzamento com os Meninos da Vila ou Luxemburgo.