Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts com a tag "Libertadores"

Para lotar o Beira-Rio: Inter já prepara lotes de ingressos com descontos para a estreia na Libertadores

23 de janeiro de 2015 6

Omar Freitas

Com o projeto de ver um Beira-Rio com um nível de ocupação médio de pelo menos 30 mil torcedores em 2015, a direção do Inter comemora o sucesso da vendas dos lotes de ingressos antecipados. Já para o primeiro jogo do ano no estádio, o amistoso contra o Shakhtar Donetsk, todos os 4,1 mil bilhetes antecipados foram comercializados.
- Saiu tudo. E rápido – comemora o diretor de administração, Alexandre Limeira.
Neste lote de venda antecipada, o desconto para os sócios chegou a 65%. O programa de venda antecipada será estendido para os jogos do Inter na Libertadores. O primeiro jogo no Beira-Rio pela competição continental será em 26 de fevereiro, contra o Universidad de Chile. Os ingressos com descontos para associados deverão ser colocados à venda entre 10 dias e uma semana antes da partida.

Inter em cinza

08 de janeiro de 2015 2

Julio Cordeiro

Os atletas do Inter se apresentaram para a temporada 2015 vestindo os novos uniformes de treino da Nike: em degradê de cinza, com a camisa mais clara e com os calções mais escuros. Nessa sexta e no sábado, os jogadores serão submetidos a testes físicos e a exames médicos. A delegação embarcará para Bento Gonçalves no sábado à noite.
O cinza deveria ser a cor da terceira camisa de jogo do Inter. A Nike chegou a propor a cor para o uniforme C, mas sempre parou na direção, que não aprovou a design. Apenas para as camisas de treino.

Inter pretende vender lotes de ingressos até um mês antes das partidas no Beira-Rio

07 de janeiro de 2015 0

Omar Freitas

Diminuir os custos por partida realizada no Beira-Rio, implantar um novo sistema de venda de ingressos, a partir de lotes promocionais de 3 mil a 4 mil bilhetes, com um mês de antecedência, e descontos de até 70% para os sócios que anteciparem as compras de bilhetes, além de diminuir a inadimplência do quadro social (atualmente de 15%, em um universo de 104 mil associados). Estes são os desafios da nova gestão para o curto prazo e já para a estreia em casa na Libertadores, contra a Universidad de Chile, em 26 de fevereiro.

Para envolver o torcedor e aumentar o número de mensalistas, a ideia é criar um conceito de encantamento à visita do torcedor ao Beira-Rio. Não está descartada a redução do preço dos ingressos ao longo da temporada. O clube pretende ter uma ocupação média superior a 50%, nos jogos em casa, durante a temporada 2015.

— O conceito de clube do povo não tem a ver com pobreza, com baixa renda. Tem a ver com a inclusão. O Inter é um clube de todos — apontou o vice de Administração, Alexandre Limeira.

Diego Aguirre e mais 32: Inter abre a temporada nessa quinta, sonhando com o Tri da Libertadores

07 de janeiro de 2015 0

Ricardo Duarte

Ainda sem Nilton nem Girogian De Arrascaeta, o Inter abrirá a temporada 2015 nessa quinta-feira, a partir das 16h, primeiramente no CT Parque Gigante, o técnico uruguaio Diego Aguirre terá uma conversa com o grupo de jogadores. Uma hora depois, no vestiário principal do Beira-Rio, treinador e atletas se reapresentarão para conselheiros e imprensa. Trinta e dois jogadores se apresentarão a Aguirre. Dispensas e empréstimos ainda poderão ocorrer nos próximos dias.
Após as primeiras avaliações físicas, a delegação colorada embarcará para Bento Gonçalves. Permanecerá em pré-temporada até o dia 20. Antes da estreia no Gauchão, em 1° de fevereiro, contra o Lajeadense, a equipe de Aguirre disputará amistosos contra Juventude e Shakhtar Donetsk.

Quem se apresentará:
Goleiros
Alisson, Muriel, Dida e Agenor

Laterais:
Léo, Cláudio Winck, Fabrício e Alan Ruschell

Zagueiros
Alan Costa, Juan, Thales, Ernando e Paulão

Meias
Aránguiz, Alex, D’Alessandro, Valdívia, Jair, João Afonso, Bertotto, Ygor, Willians, Alisson Farias e Rodrigo Dourado

Atacantes
Sasha, Nilmar, Luque, Rafael Moura, Wellington Paulista, Taiberson, Aylon e Jorge Henrique

Banco e empresário de Oscar se unem ao Inter para a compra do uruguaio De Arrascaeta

07 de janeiro de 2015 0

Reprodução site do Defensor

Giorgian de Arrascaeta deverá ser anunciado como novo reforço do Inter nesse final de semana. No momento, documentos estão sendo traduzidos, assinaturas e garantias bancárias estão sendo trocadas. Tudo para que a revelação uruguaia de 21 anos desembarque no Beira-Rio para a disputa da Libertadores.
Delcir Sonda ajudaria o Inter a bancar o meia. Porém, o investidor desistiu do negócio. E o Inter se uniu ao empresário de Oscar, Giuliano Bertolucci, e ao Banco BMG, para concretizar a transação. Arrascaeta custará cerca de R$ 10 milhões.
O Inter deverá ficar com 50% dos direitos econômicos do uruguaio, enquanto Bertolucci e o BMG terão direito a 25% cada.

Nova direção do Inter busca Habite-se para o Estádio Beira-Rio

06 de janeiro de 2015 1

Ricardo Duarte

O Beira-Rio ainda não tem Habite-se (a licença definitiva para a ocupação de um prédio). O clube conta com um alvará do Corpo de Bombeiros, válida até junho. O Habite-se ainda não foi concedido pela prefeitura porque a EPTC exige a instalação de dois bicicletários e a construção de dois recuos para as paradas de táxis. A Secretaria Municipal de Urbanismo (Smurb) aguarda um documento comprovando que o estacionamento do Gigantinho é independente do Beira-Rio. Já a Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Smam), cobra que o clube descontamine o solo onde estava localizado o antigo posto de gasolina.
- Espero resolver tudo isto até março – prometeu o vice de patrimônio, Emídio Ferreira.

Inter pode usar dívida para contratar volante Nilton

06 de janeiro de 2015 6

Washington Alves/Vipcomm
Após receber a segunda negativa do Cruzeiro para liberar Nilton, o Inter agora joga com a dívida de pouco mais de R$ 1 milhão clube mineiro para com o jogador. Inicialmente, pensou-se que a quantia em débito devia-se à compra de Dagoberto junto ao Inter em 2013. Porém, o valor se deve a uma transação dos mineiros com o Vasco, quando da contratação do volante, no final de 2012.

O Cruzeiro pede cerca de R$ 6,5 milhões para vender Nilton. Emissários do Inter em Belo Horizonte fizeram a nova contraproposta, oferecendo o perdão do débito mais o pagamento parcelado do restante da quantia exigida pelo atual campeão brasileiro. Há otimismo pelo lado colorado e a negociação poderá ser concluída até o final de semana.

Nilton tem contrato até dezembro de 2015 com o Cruzeiro e poderia assinar um pré-contrato com outro clube a partir de junho. Por conta disto, e para obter algum lucro com o volante, a direção mineira tem se mostrado inflexível com relação aos valores.

* Com Alexandre Ernst

Inter começa a enxugar a folha para reinvestir. Saídas já representaram redução de R$ 1,5 milhão

22 de dezembro de 2014 11

Arquivo ZH

Com a definição do treinador para 2015, o uruguaio Diego Aguirre, o Inter agora começará a fazer investimentos no grupo da Libertadores. Além do uruguaio Giorgian de Arrascaeta, o volante Nilton e o zagueiro Henrique deverão ser anunciados como reforços. Para reinvestir, o Inter começa a contar com as dispensas. Com as saídas de Wellington Silva (que voltou ao Fluminense), Gilberto (retornou ao Botafogo), Alan Patrick (regressou ao Shakhtar Donetsk), mais os finais de contratos de Mario Bolatti (na foto) e de Índio, o clube já economizou R$ 1,5 milhão.
Poupará ainda mais com as liberações ou cessões de Wellington Paulista e de Rafael Moura – este último, ainda depende de uma reavaliação de Aguirre. O Inter ainda poderá buscar um novo atacante no mercado e, da base, Maurides ascenderá de vez aos profissionais.
Apesar deste enxugamento, o plano é investir até R$ 15 milhões mensais no futebol.

* Com Alexandre Ernst

Nova comissão técnica do Inter custará metade do que Abel Braga e sua turma recebiam

22 de dezembro de 2014 11

Foto: Jefferson Botega

Arquivo

Vitorio Piffero avisou que investiria no mercado platino. Entende que, com os inflacionados preços do mercado brasileiro, buscar uruguaios, argentinos, paraguaios e chilenos gera um custo-benefício melhor. É o caso do novo técnico e sua comissão. Abel Braga, seus auxiliares, preparador físico e de goleiros custavam pouco mais de R$ 800 mil mensais. A Diego Aguirre, Fernando Piñatares (preparador físico) e Enrique Carrera (preparador de goleiros), o Inter pagará cerca de R$ 400 mil mensais. Assim, no entendimento da nova direção, sobre mais dinheiro para investir em jogadores. Piffero não vê problemas em manter uma folha mensal alta, na casa de até R$ 15 milhões. Quer um time forte, em condições de ganhar pelo menos algum título importante em 2015.

Diego Aguirre é uma aposta do Inter para a Libertadores

22 de dezembro de 2014 0

Divulgação Inter

Vamos aos fatos: Diego Aguirre não foi a primeira escolha do Inter para a Libertadores. Foi a quinta. Antes dele, a convicção era Tite. Depois, Vanderlei Luxemburgo, depois Abel Braga, depois Mano Menezes e, então, Diego Aguirre – que chegará com o preparador físico Fernando Piñatares e com o preparador de goleiros Enrique Carrera. Treinadores diferentes e que colocam à prova a convicção da direção na definição de um perfil.

Aguirre esteve no Inter, ao final dos anos 80, no time de Abel Braga, em um tempo no qual o clube vivia na penúria financeira e de títulos. Foi o goleador do Inter na trágica Libertadores de 1989, que terminou no Olimpia. Agora, aos 49 anos, Aguirre surge como a esperança de um Inter endinheirado e com taças importantes fazer boa campanha outra vez e buscar o tricampeonato.

Vitorio Piffero e o vice de futebol Luiz Fernando Costa (na foto, com o novo treinador) foram a Montevidéu definir a contratação do treinador até o final da temporada. Piffero, com Fernando Carvalho, também esteve em Montevidéu, quatro anos atrás, a fim de contratar o também uruguaio Jorge Fossati. Fossati foi demitido depois de classificar o time para as semifinais da Libertadores de 2010, trocado por Celso Roth, porque não havia mais convicção da direção colorada em seu trabalho. Os jogadores brasileiros tinham dificuldade até para compreender as orientações do preparador físico Alejandro Valenzuela. Talvez por isto Piffero tivesse resistência a contratar um treinador estrangeiro – que agora vira solução.

Diego Aguirre não conhece boa parte do elenco do Inter. Está sendo informado agora, pela direção, com fichas individuais. Será apresentado nessa terça-feira no Beira-Rio. O Inter está a pouco mais de 50 dias da estreia na Libertadores.

Em 2011, Aguirre fez grande campanha com o Peñarol, na Libertadores. Com um time modesto, ficou em segundo na fase de grupos, atrás da LDU. Depois, eliminou o Inter de Paulo Roberto Falcão, vencendo o jogo da volta no Beira-Rio. Depois, derrubou Universidad Católica, Vélez Sarsfield e foi à final contra o poderoso Santos de Neymar. Empatou em casa por 0 a 0 e perdeu por 2 a 1, no Pacaembu. Perdeu porque não havia como superar aquele Santos. Fez grande campanha e foi vice-campeão.

O Inter aposta na garra de Aguirre na Libertadores. Se dará certo, o tempo dirá.