Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts com a tag "Nilmar"

Nilmar tenta, mas nem ele consegue salvar o Inter da derrota para o Corinthians

13 de junho de 2015 1

André Chaco/Lancepress!

Alisson
Duas boas defesas. Sem culpa nos gols. Nota 6

William
Oscilou durante o jogo. Bons avanços, mas com erros de marcação. 5

Alan Costa
Chutões, chutões e mais chutões. E ainda levou uma janelinha constrangedora. 3

Juan
Não conseguiu se antecipar a Love e fez a falta que resultou no gol de Jadson. 5

Ernando
Não é que ele está pegando jeito de lateral? Bem no apoio e na marcação. 6

Rodrigo Dourado
Talvez tenha sido afetado pela badalação da semana, com o assédio do Manchester United. 5

Nico Freitas
O Brasileirão, com jogadores mais habilidosos, deixa Nico em dificuldades e ele precisa apelar para as faltas. 4

Jorge Henrique
Parecia desatento em alguns lances. Perdeu um gol por displicência. 4

Alex
Conduziu o meio-campo com o auxílio de Nilmar. Faltou Jorge Henrique se apresentar mais para ajudá-lo. 6

Nilmar
Comandou o ataque do Inter com lances pessoais e marcou um golaço. 8

Rafael Moura
Você não está acostumado a ver Moura fazendo o que fez: uma assistência genial. 7

Vitinho
Dessa vez lhe faltou a energia de outros jogos. 5

Nilton
Foi a campo quando o Inter já perdia e precisava atacar. Pouco contribuiu. 4

Taiberson
Entrou no final. Sem nota

Muriel e Nilmar são os destaques dos suplentes do Inter no empate com o Vasco

23 de maio de 2015 2

Paulo Sérgio/Lancepress!

Muriel
Três defesas que evitaram uma nova derrota do Inter no Brasileirão. 8

Lucas Marques
Um início tímido. Cresceu ao longo do jogo, subindo ao ataque e acertando passes. 5

Paulão
Sem invencionices. Rebateu e afastou tudo o que pôde na zaga. 5

Réver
Esforçado, mas ainda longe daquele zagueiro campeão da América em 2013 com o Atlético-MG. 6

Geferson
Jogou 19 minutos e saiu lesionado. Sem nota

Nico Freitas
É limitado e sabe disso. Faz o básico. Marca e passa. 6

Nilton
Alguma dificuldade na marcação, mas com dois passes perfeitos para Nilmar. No segundo deles, gol. 7

Anderson
Dono de bom passe, deu uma saída de bola qualificada ao meio-campo. 7

Alex
Se desdobrou entre a armação e, depois, a lateral-esquerda, com um jogador a menos. 6

Alan Ruschel
Não é à toa que o reserva de Geferson é Ernando, um zagueiro improvisado. Ainda foi expulso. 3

Nilmar
Fez um teste para pegar o Santa Fe. Correu, desarmou adversários, fez, passou no exame e ganhou nota 8

Taiberson
Com ele, o Inter teve uma jogada de desafogo e conseguiu avançar mais ao ataque. 6

Vitinho
Com a sua força e velocidade, poderia ter feito bem mais no ataque. 4

Eduardo
Entrou com a defesa toda mexida e com o Inter atuando com 10 jogadores. 5

Sorria, colorado. Nilmar está de volta

04 de março de 2015 1

Fernando Gomes

O Inter bateu o Emelec por 3 a 2, de virada, no Beira-Rio, e empatou por pontos com o líder do Grupo 4 (justamente o Emelec). Nilmar e Alex foram os destaques da partida. As notas:

Alisson
Foi deixado diversas vezes cara a cara com os atacantes. Uma defesa salvadora. Nota 6

Léo
Um pouco superior a Fabrício. Nota 5

Réver
Envolvido na defesa, mas fez um salvador gol de centroavante. Nota 6

Alan Costa
Envolvido com facilidade pelo ataque equatoriano. Nota 4

Fabrício
Um vacilo e… gol do Emelec. Nota 4

Nico Freitas
Joga sério, sem invencionices. Nota 6

Nilton
Um jogo de altos e baixos, com falhas de marcação. Nota 5

D’Alessandro
Boa atuação até uma lesão o tirar de campo, aos 43min do 1° tempo. Nota 6

Sasha
Se movimentou o tempo todo, mas faltou parceria no meio. Nota 6

Vitinho
Começo com grande intensidade, mas foi parando. Nota 5

Nilmar
A boa notícia é que Nilmar voltou. Nota 8

Alex
Mesmo reserva, é o goleador do Inter na temporada. Nota 8

Luque
Devolveu ao ataque a energia perdida com Vitinho. Nota 6

Jorge Henrique
Ajudou na reação final, a da virada do Inter. Nota 6

Inter pode estrear no Gauchão sem Nilmar nem Réver. E com Vitinho no time

29 de janeiro de 2015 0

Diego Vara

É possível que o Inter de Diego Aguirre para a abertura do Gauchão, nesse domingo, contra o Lajeadense, tenha Paulão e Ernando na zaga, com Vitinho ou Rafael Moura no ataque. Nilmar não treina há dois dias e dificilmente jogará.

O atacante sentiu a rotina de pré-temporada e os dois amistosos, contra Juventude e Shakhtar Donetsk. Aguirre, que foi seu treinador no Catar, não deverá escalá-lo por Nilmar não estar em 100% de suas condições físicas. Assim, Vitinho poderá estrear contra o Lajeadense, nesse domingo, na Arena Alviazul.

Outro que deverá ser preservado é Réver. O zagueiro contratado ao Atlético-MG ainda não está em condições ideais e será preparado para a Libertadores. Paulão seguirá na zaga, ao lado de Ernando.

Caso Aguirre confirme o Inter sem Nilmar nem Réver, a formação seria a seguinte: Alisson; Léo, Ernando, Paulão e Fabrício; Nilton, Aránguiz, D’Alessandro, Alex e Sasha; Rafael Moura (Vitinho).

Nilmar e o Gre-Nal número 13

05 de novembro de 2014 0

Agência RBS

Dono de um cartel de 12 Gre-Nais, com seis vitórias, quatro empates e duas derrotas, Nilmar será a grande novidade colorada para o clássico de domingo na Arena.
Da estreia na partida, em 2003, um 0 a 0 pelo Brasileirão, no qual o Grêmio foi salvo por Danrlei (no dia seguinte, Zero Hora publicou: “Danrlei 0×0 Inter”; devido à grande atuação do goleiro), ao último clássico que disputou, em 2009, no Gre-Nal que marcou os cem anos do confronto, quando Nilmar marco um gol mas o Inter acabou derrotado por 2 a 1 (gols de Maxi López e Souza), o atacante de 30 anos já tem história no jogo. E está com saudades.
- É um jogo que dá confiança. O que acontece no pós-jogo, com um gol, é algo que já vivi e quero viver novamente – disse Nilmar.
O atacante entende que esse poderá ser um de seus clássicos mais disputados, pois entende que os dois times atravessam bom momento no Brasileirão e que precisam vencer para seguir buscando a vaga à Libertadortes.
- Cheguei aqui no começo dos anos 2000 e convivi com muitos momentos (do Gre-Nal). Talvez seja o primeiro Gre-Nal no qual os dois times cheguem bem, encostados na tabela, e em uma boa fase. Sempre me dei bem nos clássicos e sei que é preciso concentração – concluiu Nilmar, que estreará na Arena.
Esse será o 13° Gre-Nal na vida de Nilmar.

Inter deverá vender Rafael Moura ao final do Campeonato Brasileiro

20 de outubro de 2014 6

Mateus Bruxel

Rafael Moura deverá ser vendido ao final do Brasileirão. Uma oferta do futebol mexicano levará o camisa 11 do Beira-Rio. A proposta, feita ao clube semanas atrás, se tornará realidade assim que o campeonato chegar ao fim. É bem provável que a negociação ocorra por um valor inferior aos quase 3 milhões de euros (R$ 9,3 milhões) pagos pelo Inter ao Fluminense, em 2012, mas ao que tudo indica, o futuro de Moura será mesmo na América do Norte.

Moura tem 79 jogos pelo Inter e 22 gols marcados – os mais importantes, os dois da virada sobre o Grêmio, no jogo de ida das finais do Gauchão, na Arena. Com a chegada de Nilmar, perdeu espaço no elenco. Wellington Paulista deverá permanecer.

Além disto, ficou marcado pela falta de gols, pelo gol perdido no Independência contra o Atlético-MG e, mais recentemente, por ter assumido o risco de ir para o gol na partida contra a Chapecoense, assim que Dida foi expulso – e em tempo de sofrer o quinto gol, de pênalti. Contra o Corinthians, no Beira-Rio, não foi opção para tentar reverter o jogo.

Alex e Nilmar: Heróis de dois mundos

17 de outubro de 2014 10

Mauro Vieira

Ricardo Duarte

Peças-chave no novo Inter desse returno do Brasileirão, Alex e Nilmar são heróis de dois mundos: De colorados e corintianos. Vendido pelo Inter ao Lyon, Nilmar acabou repatriado pelo Corinthians. Foi campeão do polêmico Brasileirão de 2005 – inclusive dando a Tévez o passe do gol no 1 a 1 do Pacaembu, quando Tinga foi expulso pelo não menos polêmico Márcio Resende de Freitas. Depois, em litígio com o clube paulista, voltou ao Inter, em 2007. Já Alex, campeão da Libertadores e do Mundial com o Inter, conquistou a Libertadores de 2012 pelo Corinthians. No Inter, atuando juntos, ganharam o Gauchão e a Copa Sul-Americana de 2008.
Nesse domingo, Alex e Nilmar (e D’Alessandro) terão a missão de levar o Inter à vitória sobre o Corinthians.

O novo Inter de Nilmar

13 de outubro de 2014 2

Diego Vara

Nilmar foi a campo no segundo tempo contra o Fluminense e reenergizou o ataque do Inter. Mesmo sem condições físicas ideias, uma vez que estava parado desde maio, mostrou que poderá elevar o Inter a um outro nível de competição. Não só por ele. Mas a presença de Nilmar fez com que D’Alessandro e Alex tivessem parceria para novas triangulações no setor ofensivo. Em alguns momentos, o trio lembrou o Inter de Tite, campeão da Copa Sul-Americana de 2008 (na foto), quando D’Alessandro comandava o meio-campo e deixava Alex e Nilmar constantemente na cara do gol. Tanto é assim que aquela temporada consagrou Alex como o atacante de movimentação do Inter.

Nilmar terá a semana inteira para treinar – o Inter está fora há horas da Sul-Americana e da Copa do Brasil, e não terá compromissos até o domingo, quando receberá o Corinthians. Dependerá da estratégia estabelecida a escalação de Nilmar desde o começo da partida. Mas Nilmar deveria começar o jogo contra o Corinthians (um de seus ex-times, por sinal). Talvez não haja tempo para que o Inter busque o Cruzeiro e conquiste o Brasileirão, mas é certo que o time encorpou com a chegada de Nilmar – mesmo que ainda sem as condições ideais de jogo.

Nilmar viaja com o Inter e poderá jogar até 45 minutos contra a Chapecoense

08 de outubro de 2014 0

Ricardo Duarte

E a estreia de Nilmar poderá acontecer em Chapecó. O atacante de 30 anos embarcou há pouco com a delegação colorada rumo a Santa Catarina e ficará no banco de reservas. Mesmo sem atuar há cinco meses, ele passou por um bom período de retreinamento com o coordenador de preparação física Elio Carravetta e tem condições físicas de suportar até 45 minutos, nessa quinta-feira, contra a Chapecoense. Mas como Abel Braga deseja utilizá-lo diante do Fluminense, ao menos no segundo tempo, é possível que Nilmar atue por 20 ou 15 minutos na Arena Condá. Carravetta se mostrou surpreso com a recuperação de Nilmar no dia seguinte ao de treinos mais puxados. O atacante retomava os trabalhos sem dores e motivado.

Nilmar aparece no BID e está liberado para jogar

01 de outubro de 2014 0

Ricardo Duarte

E o nome de Nilmar surgiu no BID da CBF. Assim, o atacante já pode vestir a camisa 7 do Inter. Porém, a sua estreia deverá ocorrer somente no Dia da Criança, em 12 de outubro, contra o Fluminense, no Beira-Rio. Como o atacante perderá a semana de treinos, pois precisou ir ao Catar, a fim de consolidar com os advogados do Inter a liberação junto ao Al-Jaish, o seu retreinamento ficou atrasado.
Nilmar foi apresentado pelo Inter no dia 18 de setembro (foto), mas já realizava treinos físicos com o preparador Elio Carravetta.