Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "obras"

Corpo de Bombeiros alerta: Inter ainda não pediu vistoria no Beira-Rio e jogo do dia 29 pode mudar de local

21 de janeiro de 2014 9

Diego Vara

O Inter ainda não encaminhou ao Corpo de Bombeiros o pedido de vistoria do Beira-Rio. Segundo o comandante da corporação, coronel Eviltom Pereira Diaz, o clube precisa solicitar a inspeção com urgência, se realmente quiser manter o desejo de abrir o Beira-Rio no dia 29, na partida entre Inter sub-23 e São Paulo-RG.
- Ainda não recebemos a solicitação do Inter e, sem isso, não podemos realizar a vistoria nem emitir o laudo liberado no estádio para uso. Já está passando da hora, se o Inter ainda pretende jogar no Beira-Rio em 29 de janeiro – afirmou Diaz.
O comandante salientou ainda que o Cruzeiro, cujo estádio em Cachoeirinha ainda não está pronto e que pretende mandar os seus jogos pelo Gauchão no Lami, também não encaminhou o pedido de vistoria. No domingo, o Cruzeiro será mandante no clássico contra o São José, com local ainda indefinido.
Nessa terça-feira, o Beira-Rio está sendo vistoriado pela Fifa. A previsão de término da reforma do estádio é o novo prazo máximo dado pela entidade para a finalização das obras: 28 de fevereiro.
Caso não haja a vistoria dos Bombeiros nos próximos dias, a partida entre Inter sub-23 e São Paulo-RG precisará ser remarcada para Novo Hamburgo.

Atrasou a reforma: Andrade Gutierrez deverá entregar o novo Beira-Rio ao Inter somente ao final de janeiro. Obra já custou mais de R$ 400 milhões

29 de dezembro de 2013 40

Divulgação Inter/AG

O fim do ano chegou, a reforma atrasou, e o Inter segue sem receber de volta as chaves de casa.
As obras do novo Beira-Rio não serão concluídas neste 31 de dezembro, amanhã, conforme estava estipulado no contrato entre o Inter e a construtora Andrade Gutierrez.

A previsão mais otimista para o encerramento da reconstrução aponta para o final de janeiro. A mais realista, para meados de fevereiro. O estádio está 92,5% pronto, ainda faltando acabamentos internos e a instalação das membranas e das membranas translúcidas – sem contar o edifício-garagem, esse quase pronto, e o entorno do estádio.
Ainda que o acordo preveja multa à AG por atraso na obra, esse direito não será exercido pelo Inter. Em 2 de janeiro, no primeiro dia útil de 2014, o presidente Giovanni Luigi enviará um ofício à empreiteira a fim de formalizar o não cumprimento do prazo estipulado. Inter e AG mantêm boa relação – e o retardamento na entrega da obra já era algo de conhecimento do clube há algum tempo. Meses atrás, a Fifa já havia sido informada sobre o protelamento da obra. Luigi fará tal cobrança apenas para dar uma justificativa aos associados e para evitar um novo desgaste junto ao Conselho Deliberativo.
Não haverá a aplicação da penalidade também porque isso demandaria uma disputa judicial, o que não é de interesse de nenhuma das partes no momento _ ainda mais dentro de uma parceria pelos próximos 20 anos. A reforma do Beira-Rio já consumiu mais de R$ 400 milhões. Contratada a “preço fechado” (modelo no qual a empreiteira é quem assume os riscos do negócio), a obra foi orçada inicialmente pela AG em R$ 330 milhões – sendo R$ 271,5 milhões financiados pelo BNDES. Mas novos custos foram sendo acrescentados ao longo desses 21 meses de construção. A parte inferior do estádio, por exemplo, precisou toda ela receber um novo estaqueamento, a fim de sustentar as novas instalações. Boa parte da arquibancada superior também precisou ser refeita. Até dias atrás, as gruas alugadas pela AG custavam R$ 15 mil ao dia. A empreiteira tenta acelerar os 7,5% restantes da obra para entregar o estádio o mais rápido possível.
Nos últimos dias de 2013, porém, um novo percalço. A investigação da Polícia Federal e do Ministério do Trabalho apontou que 58 alpinistas estrangeiros (ucranianos, irlandeses, alemães e checos), que instalavam as membranas no estádio, estavam com vistos de trabalhos irregulares no país. A empresa Sepa Higtex, responsável pela contratação desses operários, foi multada e a velocidade na instalação das membranas foi reduzida quase a zero.
Ainda que o gramado esteja pronto para jogo – e até já tenha sido testado em uma pelada entre operários da AG e funcionários do Inter-, as goleiras tenham sido instaladas e o campo, demarcado, a primeira partida do Inter (ou do sub-23) na remodelada casa deverá ocorrer somente em 45 dias. Para isso, o Beira-Rio precisa estar liberado para receber ao menos 10 mil torcedores. A ideia é fazer desse jogo uma espécie de evento teste do estádio. O time de Abel Braga e o Beira-Rio, liberado para receber os 51,3 mil torcedores – depois da Copa do Mundo essa capacidade poderá ser ampliada para 56 mil lugares -, porém, deverá estar apto somente para o dia 6 de abril, no Inter e Peñarol que marcará a reabertura oficial do estádio.
Portanto, os colorados terão que esperar um pouco mais para ter o Beira-Rio de volta.

O que ainda falta
17 membranas
65 membranas translúcidas
Concluir o edifício-garagem para 3 mil veículos
Instalação dos dois novos telões
O entorno do estádio (esse, com previsão para abril)

Beira-Rio recebe suportes para as novas cadeiras. Em duas semanas, Dunga deve comandar treinos no estádio

26 de junho de 2013 23


Com 71% das obras do novo Beira-Rio concluídas, a arquibancada inferior começou a ser preparada para receber parte das 51 mil cadeiras. os suportes das cadeiras já começaram a ser instalados (na foto, do grupo Beira-Rio, Gigante Para Sempre/Facebook).
Além disso, com o gramado já praticamente pronto, em duas semanas, a equipe de Dunga começará a realizar treinos dentro do Beira-Rio. Apesar do início da utilização do estádio para testes, dificilmente o Inter atuará no Beira-Rio em 2013.

Membrana da cobertura do novo Beira-Rio começará a ser instalada em setembro

10 de junho de 2013 4


Segundo a BRio, empresa que administrará o Beira-Rio, a membrana que será usada na nova cobertura do estádio chegará a Porto Alegre em setembro. A membrana, importada da Alemanha, chegará no nono mês do ano e passará a ser instalada sobre os 65 gomos metálicos entre o final de setembro e o começo de outubro. É a mesma membrana que foi instalada no novo Maracanã e no Allianz Arena, do Bayern de Munique (na foto). A estrutura de teflon é composta por fibra de vidro e é revestida por uma camada que a torna autolimpante com a água da chuva. Ela irá cobrir 50 metros de arquibancada. A previsão é que a cobertura esteja totalmente instalada até dezembro.

Inter: Gramado do novo Beira-Rio já surge verde

10 de maio de 2013 17

Com cerca de 70% do novo Beira-Rio concluído e com 10 das 65 folhas metálicas da cobertura já instaladas, o estádio do Inter começa a tomar ares de novidade. A grama, por exemplo, já surge verde – como mostra a foto do grupo Beira-Rio, Gigante Para Sempre – SCI, ainda que não esteja pronta para jogo. A previsão é que o Beira-Rio esteja apto para jogos a partir de setembro. Nesse mês, certamente haverá uma ampla discussão sobre a data de reabertura do estádio de Porto Alegre para a Copa do Mundo. Muitos colorados desejarão voltar para casa ainda em 2013.

Luigi: "Quem manda no Beira-Rio é o Inter"

07 de abril de 2013 37

Aqui, um trecho da entrevista de Giovanni Luigi a Zero Hora. O presidente do Inter fala sobre a relação do Inter com a Andrade Gutierrez, que ergue o novo Beira-Rio, e se a parceria pode enfrentar tantos problemas como ocorre entre Grêmio e OAS na Arena. A resposta de Luigi:
- Não conheço o contrato do Grêmio, mas, aqui, o mandante é o Inter. O Inter vai jogar sempre aqui, vai treinar sempre aqui, quando quiser. O Inter tem o comando das ações, está estabelecido em contrato. Foi uma via-sacra para analisarmos o contato. Cheguei a perder o sono quando a empreiteira disse que não queria mais fazer a obra. Mas tudo deu certo, fizemos um negócio muito bom, teremos um estádio padrão Fifa, que dará uma arrecadação muito maior ao clube e encherá a torcida de orgulho. Qual terreno em Porto Alegre é melhor que esse? Central, com duas avenidas e o rio na frente? Estamos extremamente protegidos pelo contrato. O Inter tem sido cumpridor dos contrato, ao contrário de outros clubes. Se está escrito, tem que ser cumprido. Além disso, temos relação extraordinária com a B-Rio.

Na próxima semana, mais dois braços da cobertura do Beira-Rio serão erguidos

05 de abril de 2013 11

A partir da próxima semana, mais dois braços da cobertura do Beira-Rio deverão ser erguidos. A foto, editada pelo grupo Beira-Rio, Gigante Para Sempre – SCI, apresenta uma ideia de como ocorrerá a sequência da instalação e como o Beira-Rio começará a ficar a partir do final de abril. No total, 65 braços serão erguidos para a instalação da cobertura.

Inter: Fotos aéreas do Beira-Rio

03 de abril de 2013 25

O Inter acaba de publicar em seu site oficial novas fotos aéreas do Beira-Rio. Elas mostram um gramado já verde e o andamento da reforma, já com a instalação do primeiro braço da cobertura. O estádio já tem 65% da sua reforma concluída. A entrega do novo estádio está prevista para 31 de dezembro.

Por que a conclusão do Maracanã vai acelerar as obras do Beira-Rio?

03 de abril de 2013 7

Com a montagem do segundo braço (de um total de 65) da cobertura por se iniciar, o Beira-Rio terá a obra da reforma do estádio acelerada a partir de maio. Por quê?
Porque com a conclusão do Maracanã, marcada para o dia 27 de abril, a Andrade Gutierrez (uma das empreiteiras que participa do pool para a reforma do estádio carioca) deslocará pelo menos 600 de seus operários do Rio de Janeiro para o Beira-Rio. A previsão da AG é que o estádio do Inter seja entregue até o dia 31 de dezembro.

Surge grama verde no Beira-Rio

02 de abril de 2013 146

No momento, 30 dias após o plantio, a grama do Beira-Rio está assim, como mostra a foto acima, tirada na manhã dessa terça-feira, uma divulgação do grupo Beira-Rio, Gigante Para Sempre – SCI/Facebook, e que mostra ainda boa parte das novas arquibancadas do estádio. Nos próximos dias, o azevém (uma planta bem adaptada ao frio do inverno gaúcho) também será usado. O período de semeadura começará em breve.