Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Tietagem jornalística

30 de setembro de 2010 0

 

Ernesto Paglia, 51 anos, 31 de Rede Globo, passou por Rio Grande para o projeto JN no Ar e não escapou da tietagem jornalística. Correspondente internacional, com cobertura de guerras, Olimpíadas e Copas do Mundo no currículo, o jornalista esbanjou simpatia, porém sem jamais perder o foco: precisava entregar sua matéria de três minutos ao Jornal Nacional.

O correspondente de ZH Guilherme Mazui acompanhou a reportagem e contou:

 

A cada ponto de parada na cidade, Paglia recebia elogios, súplicas e a ajuda de ilustres desconhecidos. Educado, ouvia, respondia e explicava que precisava seguir viagem. Sempre elegante.

Atento, com bloco e caneta ao menos no bolso da calça, puxava as armas a cada sacada. Seu repórter cinematográfico, o passo-fundense Lúcio Rodrigues, e o restante da equipe mostraram entrosamento. Trocavam poucas palavras. Por olhares, um acionava o trabalho do outro.

Na parada para o almoço, churrasco e causos de antigas coberturas, de impressões de outras cidades visitadas pelo Brasil. No Amazonas, o jornalista recebeu um boto empalhado de presente. O regalo não coube no avião, teve que ser doado.

Tenho 22 anos. Quando nasci, conta Mazui, Paglia já perambulava pelo mundo em grandes coberturas. Acompanhar seu trabalho serviu de aprendizado. O foca só observa, anota e, quando possível, emplaca as perguntas. Em uma delas, nada jornalística, o pedido de foto. Um momento tiete.

Entram na foto eu (bem à esquerda!), mais a turma da RBS local: o marketing Rafael Almeida, o cinegrafista Roger Albernaz e o repórter Maurício Gasparetto. O clique é gaúcho, de Lúcio Rodrigues.

Amanhã em ZH, veremos se aprendi alguma coisa com Ernesto Paglia.

Envie seu Comentário