Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts de novembro 2010

Amanhã em ZH: o leilão da Cow Parade

30 de novembro de 2010 2

Já pensou em ter uma vaca da Cow Parade Porto Alegre em casa? Depois de fotografadas e admiradas pela cidade, cada uma delas poderá ter um dono. O leilão da manada, marcado para às 19h desta quarta-feira, no Teatro Bourbon Country, é destaque da edição de Zero Hora de amanhã.

Como será a venda das 79 obras de arte? Quem pode participar?  Como acompanhar os lances ao vivo? Organizadores esperam arrecadar aproximadamente 800 mil reais com a venda das esculturas em fibra de vidro decoradas por artistas locais. O lance mínimo para cada obra é de R$ 5 mil.

Setenta e cinco por cento do valor arrecadado será repassado a instituições filantrópicas gaúchas.

De bloco e montaria

30 de novembro de 2010 0

Uma das principais colaboradoras da Editoria de Campo&Lavoura, a correspondente de ZH em Uruguaiana, Marina Lopes, provou, na semana passada, que além de jornalista, também pode ser amazona!

Ela exibiu bom desempenho sobre o cavalo, ao ser convidada para montar um dos exemplares que deram origem à reportagem que estava produzindo, sobre a cruza entre cavalos das raças percheron e crioula.

Diante do desafio, Marina não pensou duas vezes. Mas aceitou a ajuda do pessoal da fazenda e foi dar uma voltinha pelo campo.

O fotógrafo freelancer Anderson Petroceli registrou a cena para o Blog do Editor.

A Redação na festa Jubilados 2010

30 de novembro de 2010 0

Todo ano a turma se renova. Ao completar 10 anos de trabalho em ZH, e a cada cinco anos, repórteres, editores, motoristas, telefonistas, pessoal do administrativo e de todas as áreas da empresa são homenageados na Noite dos Jubilados RBS. E a festa desta segunda-feira foi de emoção para 300 colegas.

No evento, a Redação de Zero Hora foi representada por 40 colegas. Entre eles, Luis Fernando Verissimo, com 35 anos de ZH, e Marco Aurélio, com 40.

Mas quem fez sucesso foi Renato, cinco anos, que compareceu ao segundo jubilamento do pai, Antônio Irigaray. Em 2005, no colo da mãe, deu show de comportamento durante o jantar. E não foi diferente em 2010.

Outro destaque da noite foi a telefonista Maria de Lourdes Rodrigues. Com 20 anos de Zero Hora, ela garante que a satisfação no trabalho só aumenta. E ao descer do palco, mal conseguia falar.

— Eu choro porque é muita emoção. Não aguento, é muito forte. São 20 anos — disse.

Luciane Ludtke e Ricardo Stefanelli registraram o momento do abraço emocionado de Lu.

Completando 10 anos de ZH, Gisele Loeblein Cechin também desfilou com Manuela, a primogênita tão esperada.

As fotos dos bastidores da festa são de Sandro Silveira, também jubilado, que tratou de registrar o encontro de boa parte da turma de ZH…

…que se espalhou pelo salão do Grêmio Náutico União, na Capital.



Os jubilados 2010 de ZH:

40 anos - Marco Aurélio Campos de Carvalho
35 anos – Luiz Fernando Veríssimo
30 anos – Paulo Rodrigues da Silva, Valdir Gomes Friolin
25 anos – Dulce Helfer, Eleone Prestes, Nilson Souza, Sérgio Villar
20 anos - Cassia Duarte, Eduardo Reis de Oliveira, Eduardo Uchoa, Emílio Pedroso, Fernando Daniel Gonda Sabella, Maria de Lourdes Rodrigues, Moacyr Scliar, Neyde Zys,
15 anos – Andrea Gonçalves Lima, Antônio Irigaray, David Coimbra, Diego Araujo, Itamar Melo, João Machado, José Paulo Zarif Figueiredo, Júlio Cordeiro, Klécio dos Santos, Luciano de Lima, Lúcia Pires, Mário Brasil, Ricardo Duarte, Rossani Thomas, Sandro Silveira, Ticiano Borges Osório.
10 anos - Argemiro de Souza, Carlos Roberto Oliveira, Gisele Loeblein Cechin, Laércio Leal Guterres, Leticia Duarte, Luis Henrique Gomes Benfica, Marcio Adriano Vargas do Val, Patrícia Feiten, Robinson Estrasulas



Mochilão pelo Interior (I)

30 de novembro de 2010 1

Quem cobre o Interior precisa, claro, conhecer o Interior.

Com esse objetivo, os repórteres de ZH Letícia Barbieri, de Novo Hamburgo, e Guilherme Mazui, de Rio Grande, organizaram o projeto Caravana do Interior. A ideia é, a cada mês, reunir o maior número de correspondentes possível em uma das sedes das sucursais.

A primeira edição da Caravana ocorreu no último final de semana, com passagens por Novo Hamburgo e Gramado. Marcaram presença Leila Endruweit (Cruz Alta), Sancler Ebert (Pelotas). Vanessa Franzosi (Gramado) e Letícia. Da Capital, foram a editora Caroline Torma — que levou o marido e a cachorrinha de estimação para o passeio — e a estagiária Natália Blumberg.

Vejam o relato da Letícia, idealizadora do projeto, de como foi a experiência:

“A Caravana do Interior decolou. Por aqui, tudo começou no sábado, às 4h30min da madruga.

Isso mesmo: sem dó nem piedade, o fotógrafo Nauro Júnior (de Pelotas) e o Sancler bateram na porta da plantonista aqui. A DICA: Quando o Sancler chegar na casa de vocês, mudo e envergonhado, apenas ofereçam sucrilhos. Os olhos dele chegam a brilhar.


Às 10h, Leila e Mateus (o namorado e fotógrafo oficial da caravana) aterrisaram em NH. Conheceram a Casa ZH/Vale do Sinos, onde o Miro de Souza (fotógrafo de ZH em NH) também passou pra marcar território. Disse oi e se mandou.

A excursão seguiu pela rodovia que liga NH a Taquara (ERS-239) e ingressou pela estrada que leva à Serra (ERS-115), com o copiloto mais trapalhão da história: o Sancler. Gente, ele é quietinho, mas quando começa a falar não para mais.

Às 13h15min a Caravana chegou em Gramado, onde Vanessa já batia o pé pensando ‘onde essa gente se meteu?’


Em seguida, chegaram a Natália, a Carol, o Roger e Blanca… a integrante mais social da caravana. Passamos a tarde no Lago Negro e voltamos para NH. Valeu muito. Descobrimos que até o Supermercado Nacional de Gramado é bonito e que não é exagero dizer que a cidade é lotada de turistas. Vimos algumas pautas que fizemos de longe apenas imaginando como aquilo seria. A galera também se impressionou como as cidades do Vale do Sinos são pertinho uma das outras. A saber: ninguém tem problemas de dormir empilhado. O que vale mesmo é estar junto”.

Guilherme Mazui, que mora em Rio Grande, não pode comparecer porque estava de plantão. Mas será o anfitrião da próxima edição e já avisa:

“Praia, sol, mar, churrasquinho na areia do Cassino, muitas pernas rijas e bronzeadas e o Gui. Não perca. Caravana do Interior II , rumo ao sul do mundo”.


Vida de repórter na Guerra do Rio

29 de novembro de 2010 0

Enviados para acompanhar os desdobramentos do combate histórico ao tráfico no Rio, os repórteres Humberto Trezzi (ZH), Cid Martins (Rádio Gaúcho) e Rodrigo Müzell (ZH) comentaram ao blog do Editor como tem sido o trabalho em meio à tensão provocada pelo clima de guerra na cidade.

Na foto acima, eles aparecem com o Murilo (D), o taxista corajoso que os acompanha.

>
Humberto Trezzi

“Num só dia, usei quase todas as lições aprendidas nos dois cursos de correspondente em áreas de risco que fiz — um, na Argentina, outro no Rio.
Dei trabalho, também, ao meu anjo da guarda.
Junto com o repórter Cid Martins, da Rádio Gaúcha, acompanhei o avanço das tropas que tomaram o Complexo do Alemão. Foi tiro do início ao fim. Com o Müzell, fiquei no meio de um fogo cruzado entre o Exército e traficantes no sábado, que pode ser conferido no vídeo abaixo, feito por ele.”


Cid Martins
“Nunca imaginei fazer uma cobertura de guerra dentro do meu país. Rezei sim e, em meio ao fogo cruzado, atendi a ligação da minha esposa, Verônica, dizendo que ela e nossos dois filhos, Lorenzo e João Pedro, rezaram durante toda a transmissão. Meu pai e minha mãe gravaram tudo na Gaúcha e só descansaram hoje.
Mas a força dos colegas da RBS com mensagens, recados e ligações foi outro fato para me dar coragem de tentar fazer o melhor e mais seguro possível.

Segui passo a passo o que o grande jornalista Humberto Trezzi tentava me ensinar. Eram minutos para absorver tudo o que ele aprendeu em dois cursos, enquanto balas de fuzis cruzavam de um lado e outro.  E tem o espetacular multimídia Rodrigo Müzell, sempre na hora e nos locais certos. Parabéns para toda a RBS.”


Rodrigo Müzell
“Pra mim, que nunca cobri polícia ou guerra e nem fiz nenhum treinamento a respeito — eu sequer sabia a diferença entre um rifle e um fuzil —, foi completamente maluco. Mas consegui entender o fascínio que essa cobertura exerce em alguns: apesar do medo das balas voando, a adrenalina é incrível. E adrenalina vicia.
Aprendi muito com os colegas, mas talvez o maior aprendizado foi entender um pouco melhor a panela de pressão que é uma favela no Rio: polícia, tráfico, população… todos são ingredientes com papel ativo nessa guerra pra lá de complicada.”

O que fazer com o 13º?

29 de novembro de 2010 0


Pagar as dívidas do cartão de crédito, fazer um levantamento de gastos, reservar uma parte para imprevistos, pensar bem antes de fazer a lista de presentes de Natal? Afinal, o que fazer com o 13º salário?

Quem sabe dividir o dinheiro e atender a todos os itens citados? A edição de Zero Hora desta terça-feira traz dicas de especialistas para que o leitor possa utilizar bem o dinheiro extra que chega no final do ano.

A defesa de uma praia gaúcha

29 de novembro de 2010 0

Às vésperas do veraneio, o caderno Viagem desta terça-feira apresenta as belezas da Praia dos Carneiros, em Pernambuco. Lugar tranquilo, piscinas naturais e beleza para encher os olhos. Mas está na contracapa do suplemento o que mais chamou a atenção da editora Patrícia Specht.

— Fiquei surpresa com o texto da leitora. Ela defende uma praia gaúcha. Conversamos, e ela acabou enviando uma graça de depoimento que publico nesta edição. Não posso dizer o nome da autora nem o nome da praia para não estragar a surpresa que ela fará à família — disse Patrícia.

Confira um pedacinho do texto:

“…O veraneio de 2010 foi surpreendente. Há anos não se via aquele mar tão limpo, quente e convidativo. Nas duas vezes em que estivemos em Fortaleza, compramos com o pacote o vento, que não parava nunca. Sempre me lembro dele quanto ouço as pessoas reclamarem do nosso ventinho. Nesse veraneio ele decididamente ficou por lá.”

A voz da Economia

29 de novembro de 2010 0

A semana começa cheia para a editora executiva de Zero Hora, Maria Isabel Hammes. Bela, como é conhecida na Redação e na área da Economia, irá ministrar duas palestras na Capital com o tema Os cenários para a Economia Brasileira em 2011.

Nesta segunda-feira, a jornalista e colunista do Informe Econômico de ZH  falará na sede da ADVB, às 19h. Na quarta-feira, ela é convidada da ExpoMoney, evento que ocorre no Centro de Convenções da PUCRS. O encontro será às 18h15min.

Formada pela PUCRS, Bela Hammes está há 25 anos na área de Economia. Trabalhou nos jornais O Estado de S. Paulo e Folha da Tarde antes de integrar a equipe de Zero Hora, onde atua há 23 anos e concluiu a pós-graduação no Máster de Jornalismo.

Confirmado: Ozzy em Porto Alegre

28 de novembro de 2010 1

A vinda de Ozzy Osbourne a Porto Alegre ganhou a capa do Segundo Caderno desta segunda-feira.

Confira o set list do show, os preços, o início da venda de ingressos e todos os detalhes da turnê do disco Scream, que chega ao Estado para o deleite dos fãs do heavy metal no dia 30 de março.

Papo Abu Dhabi na tarde de sábado

28 de novembro de 2010 0

A equipe do Grupo RBS que irá à Abu Dhabi reuniu-se neste sábado para discutir detalhes da cobertura. O encontro foi descontraído, em uma sala do Restaurante El Viejo Panchos, na Capital.

Do meio-dia às 17h, foram apresentados os planos de cada veículo para a cobertura do Internacional na final do campeonato Mundial Interclubes.


Foto: Jefferson Botega


Na foto, Deca Soares, coordenadora de produção de Zero Hora, apresenta os planos para os jornais impressos.