Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts de dezembro 2010

RS VIP em Punta

31 de dezembro de 2010 0

Alguns diriam que é de dar inveja o trabalho que a fotógrafa Adriana Franciosi e a colunista Mariana Bertolucci estão desenvolvendo em Punta del Este. Entre uma pauta e outra, elas aproveitam para passear pela cidade e pedalar pela famosa Avenida Gorlero em biclicletas indianas.

Mas se engana quem pensa que é tudo diversão na tradicional cobertura de verão em Punta. As jornalistas passam madrugadas percorrendo eventos para o RS VIP de ZH:

— A ideia é abastecer a coluna com o melhor daqui na semana do Réveillon, mostrando as novidades e contando quem está lá da sociedade gaúcha — relata Adriana.

A dupla saiu de Porto Alegre na quarta-feira, acompanhada de uma comitiva. Mari decidiu trabalhar perto da família e levou a filha de cinco anos, Antônia, e a babá dela, Iraci (foi ela quem clicou a imagem acima). Também está lá o motorista Sérgio, que não aparece na foto porque estava descansado.

>
ZH vai com o leitor para onde ele for

Além da cobertura para o Segundo Caderno, Zero Hora está presente na cidade desde o Natal executando algumas ações. Do início da semana até quinta-feira, os turistas que estavam indo para a cidade receberam kits contendo sacolas, squeeze, edição de ZH e um travesseiro de plástico. A partir desta sexta-feira até o dia 5 de janeiro, a equipe realizará a tradicional adesivagem de carros. Rumo ao Uruguai, também há dois outdoors da Zero Hora na estrada que dá acesso ao país.

O Vida está em festa

30 de dezembro de 2010 0

Além da Retrospectiva 2010 (sobre a qual você ficou sabendo aqui), outro caderno especial circulará com a edição conjunta da Zero: o Vida, que comemora mil edições.

Para marcar a data, o suplemento vai abordar, em oito páginas, os avanços nas áreas de genética, medicamentos e vacinas.  Tendo a longevidade como fio condutor, a reportagem dedicada à saúde do futuro apontará o que vai revolucionar a prevenção e o tratamento de doenças, inclusive psiquiátricas, como a depressão.

Além do conteúdo impresso, o Blog do Vida também preparou os materiais apresentados abaixo:

>
Moacyr Scliar faz sua homenagem

Colunista do caderno Vida desde 1993, o médico e membro da Academia Brasileira de Letras (ABL) fala aos leitores sobre sua crônica. Ao final do vídeo, faz um convite ao leitor.

>
A evolução do caderno

Para contar a evolução do Vida e relembrar como eram as primeiras edições, foram convidados o primeiro repórter do caderno, Humberto Trezzi, o primeiro editor e criador do projeto, Ivo Stigger, e o médico e colaborador da publicação Moacyr Scliar, membro da Academia Brasileira de Letras (ABL).

>
Médicos destacam importância do Vida
O neurologista Fernando Kowacs e a doutora em psiquiatria Elisabeth Meyer conversam  sobre os quase 20 anos em que o caderno faz parte da vida dos leitores e contaram a relação que seus pacientes mantêm com as reportagens sobre saúde. Muitos, relevam, levam recortes sobre alguns assuntos para que o tema seja debatido em consultório.

33 fatos que marcaram 2010

30 de dezembro de 2010 0

Conforme antecipado no post anterior, uma das reportagens especiais que Zero Hora traz na edição conjunta de Ano Novo é o caderno de Retrospectiva 2010.

Para encerrar o ano marcado pelo drama com final feliz dos mineiros chilenos que ficaram  mais de dois meses soterrados, o caderno de 12 páginas estará ancorado no número de resgatados: 33.

Ou seja, o especial relembrará 33 grandes acontecimentos no Estado, no país e no mundo. Além de sintetizar o fato, contará desdobramentos e repercussões.

O conteúdo será estendido em zerohora.com. No site, aliás, o internauta já encontra infográficos, galerias de fotos e vídeos relembrando acontecimentos de 2010.

O que muda nas edições de Ano-Novo

30 de dezembro de 2010 0


ZH armou um esquema especial para o feriadão de Ano-Novo. A exemplo do que ocorreu no Natal, a edição dominical circulará no domingo, com notícias atualizadas até a noite de sábado, incluindo cobertura completa das posses do governador Tarso Genro e da presidente Dilma Rousseff  (os assinantes não receberão a edição de domingo na tarde de sábado, como habitualmente ocorre).

Na edição conjunta, que vale para sexta-feira, 31 de dezembro, e sábado, 1º de janeiro, circulam seis suplementos: Segundo Caderno, Kzuka, Gastronomia, Campo&Lavoura, Cultura e Vida.

Além disso, um caderno especial de Retrospectiva, com 12 páginas mostra os fatos que marcaram o ano.

Repórteres 101 contra-atacam

29 de dezembro de 2010 0

ZH entrará 2011 parada na estrada.

A frase acima até pode soar como agouro de Ano Novo, mas é na verdade um serviço que Zero Hora prestará para facilitar a vida dos gaúchos. Durante todo o feriadão, dois repórteres terão a missão de atualizar, em tempo real, as condições do trecho gaúcho da recém-duplicada BR-101.

Acompanhados por motoristas e fotógrafos, André Mags e Bruna Porciúncula sacrificarão suas festas para, até segunda-feira, informar a situação do trânsito pelo site da ZH e pelo twitter @transitozh.

Será possível fazer perguntas sobre a rodovia ao @transitozh escrevendo a hashtag #repórter101. Os repórteres estarão à disposição para responder aos leitores-motoristas também pelo e-mail participe@ zerohora.com.br e pelos telefones (51) 9733-4909 e  (51) 9733-4913.

No Natal, outro grupo cumpriu a missão com maestria, conforme descrito na Carta do Editor de diomingo (releia aqui).

Anote e usufrua:
> Até segunda-feira, o leitor pode buscar informações sobre a BR-101 no telefone acima, das 6h à meia-noite.
> No Twitter, você deve seguir o perfil @transitozh e pode enviar perguntas com a hashtag #repórter101
> Por e-mail, envie  perguntas para participe@zerohora.com.br

Um guia para o fim de ano

29 de dezembro de 2010 0

Para uns, descanso. Para outros, correria. Seja qual for seu destino no Ano Novo, será útil consultar o serviço que Zero Hora está preparando para a edição desta quinta-feira, com tudo o que você precisa saber sobre o feriadão.

Além de saber o que fecha e o que abre em meio ao Réveillon, a reportagem lembrará ainda aos gaúchos os impostos que podem ser pagos com desconto nos primeiros dias do ano, como IPVA e IPTU.

No guia, ZH explicará ainda como será o patrulhamento nas estradas e dará dicas sobre os melhores horários para viajar por rodovias como BR-101, Freeway, Rota do Sol e Estrada do Mar.  A situação da rodoviária e dos aeroportos também estará abordada.

E para não errar na programação, saiba o que o clima reserva para o fim de ano e confira os eventos que marcarão a entrada no Ano Novo no Litoral e na Capital.

Memória de repórter (2)

29 de dezembro de 2010 0

Com histórias do cotidiano jornalístico e emoções vividas na Redação — ou fora dela — , a série Memória de Repórter relembra momentos especiais, reportagens e cenas não esquecidas por jornalistas de ZH.

ZH no Alto Xingu

Por Lúcia Pires

Na categoria reportagem inesquecível, o projeto Xingu é insuperável na minha lista. Em 2004, sugeri à direção que ZH participasse da cerimônia do Kuarup, o ritual indígena celebrado no Alto Xingu, no meio do Brasil.

A resposta veio em poucos dias: não vamos.

Recebi aquele não tranquila. Foi como se tivesse certeza de que as coisas seguiriam o rumo que tomaram. Dois dias após cancelar os assentos no Bandeirantes da Funai, o então diretor de Redação, Marcelo Rech, chega de uma viagem, passa por minha mesa e pergunta:

— E aí? Já voltou do Xingu? Como foi lá?

Recomeça então a correria. Tanta, que só em Brasília encontrei o fotógrafo Tadeu Vilani, um apaixonado por índios, que me acompanhou na pauta-aventura. De lá, partimos para a aldeia. Eu levando um saco de dormir e Tadeu, uma rede.

Naquele ano, o Kuarup chorou a morte de um homem branco: Roberto Marinho. E a entrevista com Aritana Yawalapiti (o mais respeitado entre os índios do Xingu) foi disputada pela imprensa. Tadeu, além das belas fotos para a reportagem, me pegou na fila, literalmente “de boca aberta” para o que estava ouvindo ali.

Fluente nos 10 idiomas xinguanos e no português, o cacique impressionou. No meio do ritual aparentemente insano para nós, que incluiu lutas, cachimbo da paz, banhos noturnos no rio, troncos enfeitados como se fossem homens mortos, Aritana falou da poluição das nascentes e temas importantíssimos para o povo local e para o planeta.

Em seu território, o cacique já recebeu o rei Leopoldo III, da Bélgica, as rainhas Sofia, da Espanha, e Sonja, da Noruega, e presidentes brasileiros. Naquele ano, reclamou a falta de Lula.

Descendente de Mavutsinim, o Deus supremo, Aritana foi criado para ser chefe. Para isso, não foi para a escola. Na adolescência, passou cinco anos sem sair de casa, aprendendo a ser índio.

Na tribo Kamayurá, as cenas de uma espécie de Debut, onde as meninas, depois de meses sem ver o sol, saem quase cegas para serem apresentadas de casa em casa, foram marcantes. Assim como a liberdade das crianças soltas no terreiro, a vaidade dos homens…

…, a submissão das mulheres, a ingenuidade, a curiosidade pela vida do homem branco e a vontade de ser índio. Traços de uma cultura incrível que pude detalhar aos leitores de ZH em duas páginas de uma edição dominical, e que vou contar a vida inteira. Uma história pessoal e também a de um grande jornal.

Os bebês da Redação cresceram

28 de dezembro de 2010 0

Cada vez que os últimos dias de dezembro se aproximam, a Redação encerra o ano com a sensação de ter vivido meses férteis, para os profissionais e para os leitores.

Nunca, no entanto, uma imagem representou tão bem esse sentimento como a foto acima, tirada há cinco anos, graças à iniciativa da editora de Economia, Bela Hammes:

“Era 2005 e, a cada mês, tínhamos uma surpresa na Redação. Um colega anunciava que seria papai ou mamãe. Foi um boom como há muitos não víamos aqui no jornal, pelo menos não nos últimos 23 anos em que participo desta viagem diária de levar notícias ao Estado inteiro.

Um dia, a gente vibrava com a notícia de um colega e, no outro, vibrávamos novamente. Na maior parte das editorias, havia um bebê novo a caminho. Vibrávamos com o primeiro chute na barriga, com as ecografias, com os pré-natais. E, claro, com o chá de fraldas coletivo. Uma enorme diversão.

Na minha cabeça, aquela situação era muito mágica mesmo, e não podíamos deixá-la passar em branco. Era o que de mais bacana aconteceu conosco no ano. Nem lembro mais quantas vezes fui aos hospitais visitar recém-nascidos com lembrancinhas a tiracolo.

Aí tive a ideia de reunirmos as mamães, os papais e os bebês para fazer a foto. Era a nossa maneira de desejar um bom ano-novo a todos. Que melhor maneira do que com aqueles bebês de passar a ideia do recomeçar? Pra mim, não tinha jeito melhor.

Claro que, até chegarmos à foto, antes teve protagonista chorando, dormindo, olhando pro lado. Mas foi o nosso jeito alegre e bacana de desejar feliz Ano-Novo aos leitores do jornal.”

Na época, o resultado foi publicado na página 3 da ZH (veja aqui o pdf). Mas essa história não acabou lá. A foto marcou tanto a história recente da Redação, que decidimos refazer a imagem e renovar nossos de feliz Ano-Novo.

Em dezembro, os oito ex-bebês voltaram ao estúdio da TVCOM na ZH. Dessa vez, não teve ninguém chorando ou dormindo. Em compensação, a correria, as brincadeiras e a algazarra da meninada tiraram o fôlego de quem participou da produção da foto.

Na ordem, aparecem: a colunista Mariana Bertolucci & Antônia; a ex-editora Lisiane Gonçalves & Eduardo; a ex-repórter Tatiana Cruz & Clara (filha do fotógrafo Carlos Edler); a agora editora do Canal Rural Priscila Ferreira & João Pedro; o assistente administrativo Antônio Irigaray & Renato; a coordenadora de projetos da RBS Fabíola Bach & Fernando;  a ex-assistente administrativa Simone Vargas & Pedro (filho do repórter Diogo Olivier); e a repórter especial Adriana Irion e João Pedro.

A justificativa de um motorista imprudente

28 de dezembro de 2010 0

As imagens de um motorista colocando em risco sua vida e a de outros viajantes na BR-101, no domingo, impressionaram leitores do site da ZH.

Suas manobras irregulares, além do alerta a quem vai encarar estradas no fim de ano, geraram discussões que Zero Hora publica na edição desta quarta-feira: deveria haver um retorno no local do flagrante ou em outros pontos da rodovia, as travessias de pedestres são adequadas?

O jornal também entrevistou o protagonista da polêmica. Caminhoneiro de 28 anos, ele diz que não aconselha ninguém a fazer o mesmo. Mas dá suas justificativas para a ação.

Reveja abaixo mais uma das imagens que deram o que falar e clique aqui para acessar a sequência de fotos.

Retrospectiva na vitrola

27 de dezembro de 2010 0

Que levante a mão quem não ressuscitou os Beatles, não cantarolou sequer uma vez o hit Rebolation ou não comparou Fiuk a Fabio Jr durante o ano.

Na equipe do Segundo Caderno, ninguém passou isento enquanto pensava nos fatos musicais que marcaram 2010.  O resultado desse exercício de memória será lido na edição desta terça-feira.

A retrospectiva apresenta alguns dos principais discos lançados, os grandes espetáculos, os fenômenos de popularidade e os novos artistas que devem chamar a atenção em 2011.

Durante toda a semana, Zero Hora publica uma retrospectiva no Segundo Caderno. A estreia, nesta segunda, trouxe os destaques do cinema.