Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts de fevereiro 2012

Vista da sala de reuniões

29 de fevereiro de 2012 0

A 305, como é conhecida a sala de reuniões de ZH fica em frente a editoria de Fotografia. Por isso, ela quase sempre oferece imagens irresistíveis, como a captada por Genaro Joner esta tarde.

Conde Guloseima e Condessa Doçura visitam ZH

29 de fevereiro de 2012 0

A Redação recebeu uma visita curiosa na tarde desta quarta-feira. O casal de coelhos Conde Guloseima e Condessa Doçura veio divulgar a Chocofest, que acontece em Gramado de 22 de março a 8 de abril.

O casal, que mora em uma terra distante, na cidade encantada chamada Gostosura, é convidado especial da festa e distribuiu chocolates pela Redação.

Redação recebe novo editor-chefe

29 de fevereiro de 2012 0

O jornalista Nilson Vargas assumiu esta tarde o cargo de editor-chefe de Zero Hora. Com nove anos de carreira no Grupo RBS, Nilson deixou a direção do Diário Catarinense para o quinto desafio da carreira na RBS.

Apresentado carinhosamente pela diretora de Redação, Marta Gleich, Nilson falou à Redação como costuma atuar nas redações por onde passa e pediu paciência aos colegas pela natureza do processo de adaptação e aprendizagem.

— Não esperem nos primeiros dias uma presença muito forte. Preciso entender os tempos e os jargões desta Redação. Vou ouvir muito as pessoas e espero que daqui a pouco se conclua que foi um bom casamento entre mim e vocês — disse.

Nilson prometeu uma relação de contribuição na Redação e declarou-se apaixonado pelo Jornalismo, pela investigação e pelo serviço que ajude as pessoas no jornal. Entre os desafios, destacou o mundo digital e a capacidade de produzir material de qualidade para todas as plataformas de ZH.

* As fotos são de Diego Vara

O fascínio do filme Drive

29 de fevereiro de 2012 0

O Segundo Caderno desta quinta-feira explica por que o longa Drive, que estreia amanhã nos cinemas da Capital, se tornou o filme de culto da temporada.

O longa remete a personagens mitológicos de Hollywood, investe em uma estética retrô, faz fetiche com carros e objetos e usa a trilha sonora como um recurso fundamental de sedução do espectador. O filme é uma adaptação de um best-seller literário com elementos do suspense e policiais e tem as produções assinadas por Quentin Tarantino.

Conheça o sétimo vencedor do concurso Voltar de férias é...

29 de fevereiro de 2012 1

Zero Hora publica hoje o sétimo dos 10 textos selecionados na terceira edição do concurso cultural Voltar de Férias É…, que convidou estudantes de todas as idades para escrever sobre o tema. Guilherme Basso, 20 anos, está no sétimo semestre de Engenharia Elétrica da Universidade Federal de Santa Maria ( UFSM).
Para ele, voltar de férias merece cerimônia.

Passagem só de ida

Por Guilherme Basso

“Ontem, o guri chorão sentado numa cadeirinha colorida, no primeiro dia de aula. Hoje, o estudante de Engenharia Elétrica da UFSM sorri. Atitudes distintas, mas voltar de férias é semelhante para ambos, pois partilham do mesmo sentimento.
Voltar de férias é mais do que matar a saudade. O clima nostálgico é pouco para descrever a felicidade de abrir um novo caderno. O caderno pronto para ser recheado de conhecimento. Assim como a mente límpida e sedenta por novas informações, tanto as da aula de máquinas elétricas quanto as das férias em Capão.

A letra é desenvolvida meticulosamente. A atenção é prestada como se aquelas palavras ditas pelo professor no primeiro dia de aula fossem cruciais, decisivas num caso de vida ou morte. Seja o guri sentindo- se abandonado à porta da escola ou o futuro engenheiro, para eles, voltar de férias é reencontrar- se consigo. É pôr direção na vida.
Por isso, tamanha cerimônia.

Voltar de férias é ter determinação. E a volta não se define em um  singela obrigação. Porque a determinação sabe que há um objetivo que fizeram o guri, e agora faz o rapaz, retornar aos estudos. Por isso, o primeiro dia de aula tem um gosto especial, que causa os sintomas: motivação e atenção em demasia e alegria por retomar a segurança da rotina. Isso marca o reencontro com o caminho a seguir.

Férias é o inerente desvio que desemboca na rota original. Tal qual o cara que se vê perdido, e quando descobre que está no caminho certo, diz: “agora estou em casa”.
Embora esteja longe do seu ponto de chegada, ele sabe que estrada seguir. Jamais saberá os percalços do caminho se não trilhá-lo.

Assim é voltar de férias. O guri chorão não imaginava ser futuro engenheiro. O futuro engenheiro guarda na memória os tempos de escola e não imagina até onde pode chegar.  Logo, se a vida fosse uma viagem, voltar de férias seria recolocar os cintos, com o olhar fixo no horizonte, pronto para seguir, após uma providencial escala num lugar chamado Descanso.”


Leia na Zero Hora desta quarta-feira (29/02)

29 de fevereiro de 2012 0

Confira os destaques desta edição:



Luxemburgo na Redação de ZH

28 de fevereiro de 2012 0


O técnico do Grêmio Vanderlei Luxemburgo participou nesta terça-feira do Sala de Redação, programa de debates esportivos da Rádio Gaúcha. Após o bate-papo, o técnico passou rapidamente pela Redação de Zero Hora, onde se encontrou com a equipe de Esportes.

A fina flor da fotografia brasileira

28 de fevereiro de 2012 0


O colunista de ZH Ricardo Chaves, um dos maiores fotógrafos do Brasil, participou semana passada do lançamento da pedra fundamental da futura sede do Instituto de Fotografia e Artes Visuais de Canela que pretende transformar o município gaúcho em referência internacional na área.  Kadão,  que por mais de 20 anos cuidou das imagens de ZH, relatou um pouco do evento.

“Além do descerramento da placa nas ruinas do Cassino que lançou o Instituto de Fotografia e Artes Visuais de Canela, no Centro Cultural Casa de Pedra, os participantes do Canela Foto Workshop 2012 ouviram uma detalhada explanação do Arquiteto Ismael Solé (responsável por projetos como Sala São Paulo, Teatro São Pedro, Santander Cultural e Teatro de Paulinea entre outros), autor do projeto que pretende recuperar as antigas ruínas do Cassino transformando-as em um Centro de Excelência Fotográfica nacional e sul-americano. Ele apresentou informações sobre todas as atividades e dependências do projeto: salas de aula, salas de exposições, restaurante, auditório, laboratórios digitais, estúdio fotográfico, biblioteca… A ideia é que Canela seja para a fotografia o que Gramado é para o cinema. Os fotógrafos presentes no evento é o que se pode chamar de a fina flor da fotografia brasileira“.

O Instituto será numa área de seis hectares cercada de floresta e terá uma área construída de 9136 m2.

Novidades no mercado de smartphones

28 de fevereiro de 2012 0


O caderno ZH Digital desta quarta-feira mostra as novidades do Mobile World Congress, o maior encontro do mundo voltado ao lançamento de smartphones e tablets. O evento acontece em Barcelona, na Espanha, e segue até quinta-feira. Os principais fabricantes mostram suas inovações para competir em um mercado que não para de evoluir.

Entre as novidades, smartphone com uma câmera de 41 megapixels, tecnologia LTE – o 4G, que permite conexão mais rápida à internet e telas com luminosidade máxima, que permite usar o smartphone em um dia ensolarado.

Conheça a sexta vencedora do concurso Voltar de férias é...

28 de fevereiro de 2012 0

Zero Hora publica hoje o sexto dos 10 textos selecionados na terceira edição do concurso cultural Voltar de Férias É…, que convidou estudantes de todas as idades a escrever sobre o tema. Carolina Werlang, 13 anos, estuda na 8 ª série do Ensino Fundamental do Colégio Bom Jesus Nossa Senhora Aparecida e mora em Venâncio Aires.
Veja o que pensa Carolina sobre os desafios de mais um ano letivo.

Aproveite um tempo que não volta mais

Carolina Werlang

“Voltar de férias é… radical como escrever um texto no dia 10 de fevereiro, às 23h, sabendo que o prazo para enviar é 23h59min. Oitava série, 13 anos, e uma porção de livros guardados (novinhos) esperando para ocupar nosso tempo livre não é fácil de aceitar. Estou ficando velha, as responsabilidades, aumentando, e há uma maratona de estudos para vencer em 200 dias letivos.

É! O tempo passa e passou. As férias voaram, vieram dar um “ oi” e foram embora. O barulho do mar está na memória e dentro da concha trazida da praia. Agora, o despertador e a sirene avisam que a moleza acabou. A amiga, no MSN, não chama mais perguntando: “ Quer vir dormir aqui?”, mas, sim,“ conseguiu a questão sete?”.

Falando desse jeito, parece que eu odeio as aulas, o que não é verdade. A ansiedade em trocar a antiga matéria ciências do corpo humano e dos animais por um estudo mais moderno da química e da física me faz pensar como será a 8 ª. Uma coisa que eu tenho certeza é de que, daqui em diante, essas matérias ocuparão nossas noites de agonia, onde o motivo da insônia é: se eu for mal, a mãe me mata! Essa adrenalina é legal. Sofrer e depois descobrir que tirou um 9.

Ler coisas novas e gastar a borracha tentando fazer aquela terrível equação tornam nossa vida de estudante em uma verdadeira aventura. As lembranças das férias ficam, m a s , a n o q u e vem, tem muito mais. Devemos aproveitar cada dia de aula porque isso, com certeza, fará diferença em nossa vidas.

A aventura na escola um dia acabará, e a próxima fase será ainda mais difícil. Então, aproveite, porque o tempo não volta mais. Férias teremos sempre. Já a 5 ª , 6 ª , 8 ª série estarão no passando nos lembrando que essa fase foi vencida.”