Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts de agosto 2013

Mais espaço para assuntos digitais

31 de agosto de 2013 0

cartadamarta
A partir desta edição, o assunto digital ganha muito mais espaço em Zero Hora. A ideia é ter, todo dia, alguma reportagem ligada a vida digital, tecnologia, aplicativos, novos aparelhos e tendências. Há alguns meses, a Redação discutia o seguinte dilema: deveríamos concentrar os assuntos digitais no caderno semanal de quatro páginas das quartas-feiras, restringindo a um nicho de leitores esses conteúdos, ou distribuir o tema por todo o jornal?

Afinal, tecnologia e vida digital podem estar relacionadas à economia, ao esporte, a comportamento, à saúde, à educação, a qualquer coisa. E é por isso que resolvemos encerrar o caderno Digital e, ao mesmo tempo, semeá-lo por todo o jornal, em reportagens identificadas pelo logotipo.

Além de aparecer em todas as editorias, o assunto ganhará dois espaços fixos: às quartas-feiras, a coluna Digital, escrita por Marcelo Sarkis, trará as principais novidades da semana e as tendências do mundo digital, em parceria com Vanessa Nunes, que já assina a coluna Tecnologia na Cabeça. A coluna de games, assinada por André Pase, passa para o Segundo Caderno, sempre às segundas-feiras.

Não perca a primeira reportagem sobre vida digital desta edição dominical. Nela, você conhecerá a geração de jovens nascidos a partir do ano 2000, conhecidos como geração Z. Assim como o conteúdo digital em Zero Hora, eles estão por toda a parte e lidam naturalmente com tecnologia, ultrapassando os limites entre o online e o offline. 

Veja os destaques da ZH Dominical

30 de agosto de 2013 0

reprodução

O mapa do roubo de carros em Porto Alegre.

Quanto os municípios gastam com saúde e educação.

Veja mais.

Zero Hora e Farsul lançam o Prêmio Gente do Campo

30 de agosto de 2013 0

reproduçãoProdutores que se destacam no Rio Grande do Sul serão homenageados com o Prêmio Gente do Campo. A premiação foi lançada esta tarde por ZH e Federação da Agricultura do Estado do Rio Grande do Sul (Farsul) na Expointer. O objetivo é valorizar aqueles que são referência nas suas áreas de atuação.

A partir de 2014, a homenagem será entregue em seis categorias: Animais, Grãos, Tecnologia, Sustentabilidade, Empreendedorismo e Jovens no Campo. Entidades representativas do agronegócio, como cooperativas e sindicatos rurais, vão indicar produtores para concorrer. Após as indicações, diretores da Farsul, a editoria do Campo e Lavoura e jornalistas especializados em agronegócio convidados integrarão um júri que escolherá os vencedores de cada categoria.

– Este prêmio simboliza o comprometimento profundo do Grupo RBS, por meio da Zero Hora, com o campo no Rio Grande do Sul e uma valorização da crescente importância do setor primário na cadeia produtiva do Estado. Ao nos associarmos à Farsul  na premiação a produtores rurais, usaremos a força da ZH e dos veículos da RBS para divulgar quem é, e por que é, referência no campo. Desta forma, pretendemos contribuir para que os produtores do Rio Grande sejam ainda mais reconhecidos pela sua capacidade de inovação e sua obsessão com a qualidade e produtividade, além de inspirar a evolução constante no campo – declarou o presidente do Grupo RBS, Eduardo Sirotsky Melzer.

- Nossa avaliação sobre este prêmio é altamente positiva. Acreditamos que valorizará muito o campo porque é um reconhecimento que vai homenagear os atores principais deste tema, aqueles que estão no ambiente de produção – avalia Carlos Sperotto, presidente da Farsul.

A entrega da primeira edição do prêmio será realizada durante a Expointer de 2014, em Esteio.

Novidade: ZH tem um canal para concurseiros

30 de agosto de 2013 0

A edição dominical traz uma notícia boa para quem busca vaga em concursos. Uma tabela online  vai atualizar os concurseiros com informações atualizadas e divididas em seleções nacionais, estaduais e municipais. Cada tópico contém descrição de prazo, cargos, número de vagas, taxa de inscrição, salários oferecidos e o link no qual é possível se inscrever.

reprodução

O site Empregos e Carreiras é o canal de Zero Hora na internet também para quem busca oportunidades de empregos, estágios e programas de trainees, cursos, carreiras, notícias sobre o mercado de trabalho e gestão de pessoas.

Neste sábado: Lya Luft, na série Obra Completa

30 de agosto de 2013 0

De poeta e autora de crônicas, Lya passou a romancista conceituada com a publicação de As Parceiras, em 1980, seguida de uma produção romanesca intensa. Em sua casa, em Porto Alegre, Lya falou ao caderno Cultura  na quinta entrevista da série Obra Completa, que examina mensalmente a trajetória de grandes nomes da literatura gaúcha.

Neste sábado, Lya Luft revê cinco décadas como escritora. Em zerohora.com assista a um vídeo com entrevista da escritora.

Fernando Gomes

 

Os destaques desta sexta em Zero Hora

30 de agosto de 2013 0

reprodução

A repercussão da ausência de 14 gaúchos na sessão que manteve o mandato de Natan Donadom, o deputado presidiário.

E mais:

Zero Hora vence categoria especial do Prêmio CBIC de Jornalismo

29 de agosto de 2013 3

agoniaA reportagem A agonia das estradas, dos repórteres Caio Cigana, Humberto Trezzi e Guilherme Mazui venceu hoje o Prêmio CBIC de Jornalismo, da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC). O trabalho publicado em 10 de março de 2013 mostrou que o Rio Grande do Sul é a quarta maior economia do país e tem o pior percentual entre asfaltamento e malha rodoviária. Das estradas gaúchas, revela a reportagem, apenas 7,2% são pavimentadas. Os jornalistas descrevem ainda como a burocracia e a disputa eleitoral deterioram a infraestrutura viária do Rio Grande do Sul.

Zero Hora venceu a categoria especial Infraestrutura, concorrendo com todos os meios.

Ao todo, 134 inscrições distribuídas entre as categorias Mídia Web, Mídia Impressa, Rádio, TV e as categorias especiais Mercado Imobiliário, Infraestrutura, Inovação e Sustentabilidade, além do Grande Prêmio CBIC de Jornalismo.  Conheça a lista de vencedores e as reportagens no site http://www.cbic.org.br/premiodejornalismo.

 

Contato com a profissão "ao vivo"

29 de agosto de 2013 0

A editora de Educação Ângela Ravazzolo recebeu esta tarde um grupo de estudantes do Colégio Farroupilha. O projeto Sombra, em parceria com a ESPM, trouxe até a Redação oito alunos do Ensino Médio que estão escolhendo a profissão.

Lúcia Pires

 

O bate-papo incluiu as rotinas e processos do jornal e a carreira de jornalista.

Lúcia Pires

Primeira Pauta: vencedora está na estrada com ZH

29 de agosto de 2013 0

Jéssica Rebeca Weber, vencedora do concurso Primeira Pauta de Zero Hora, está viajando com uma equipe de jornalistas. O roteiro inclui seis cidades, no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina ao lado da repórter Letícia Duarte e do fotojornalista Félix Zucco. A estudante de Jornalismo do quinto semestre da Universiadade Feevale vai acompanhar por uma semana a apuração de uma reportagem especial prevista para publicação durante a Semana Farroupilha.

João Cruz

A aluna disputou a vaga com estudantes de 14 universidades gaúchas que participaram da seleção 2013. Jéssica participou também da produção da reportagem.

— Não poderia ser uma escolha melhor. Sou apaixonada pelo tema Farroupilha e estou na companhia da jornalista que venceu o Prêmio Esso 2012 — disse a estudante.

O concurso exigiu dos candidatos este ano trabalho multimídia. A seleção começou em maio e foi realizada em três etapas, sendo uma delas dividida em duas fases exigindo vídeos e textos. Jéssica chegou á final com três estudantes da UFRGS (Roberta Reis Scherer, 19 anos, Marcelo Carôllo de Oliveira, 22 anos, e Priscila Berwaldt Daniel, 22 anos) e um da Unisinos (Daniel Stein Rohr, 20 anos).

primeirapautaricardoO Primeira Pauta 2013 é a quinta edição do concurso que seleciona um estudante para experimentar a profissão em uma reportagem de Zero Hora. Em 2009, a vencedora foi Mariana Müller, aluna da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) que participou de uma expedição pela Lagoa Mirim. Em 2010, Àlvaro Andrade, da Universidade Luterana do Brasil, viajou ao Chile para a cobertura do resgate dos 33 mineiros no Chile. A vencedora de 2011, Fabiane Paza, da Universiadade Federal de Santa Maria (UFSM) viajou para Chiclayo, no Peru, para participar da cobertura do jogo entre Internacional e Juan Aurich, pela Copa Libertadores. Camila Faraco, da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) foi a vencedora 2012 e esteve em São paulo para a cobertura das eleições.

Papo de repórter: a vida de (jornalista) peão

29 de agosto de 2013 0

Arquivo pessoal

Por Léo Cardoso, repórter multimídia de ZH.

 

Foram três geladas e chuvosas madrugadas acompanhando a rotina de pessoas que trabalham durante a noite para garantir o funcionamento da Expointer no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio. E era muito frio. E era muita chuva. Mas nada disso impedia o sorriso no rosto e a dedicação à lida e aos animais daquelas pessoas.

Documentar o trabalho desses peões, cabanheiros, seguranças e pessoal de limpeza foi um exercício interessante, inspirador e até certo ponto nostálgico. Estar inserido nesse meio rural me remeteu à infância. Nasci e fui criado no sítio da minha família, na zona rural de Viamão, bem na divisa com Porto Alegre. Ao lado do meu falecido avô, conhecido na redondeza como o “Tio Pedro”, aprendi a ordenhar as vacas, acompanhei o nascimento de terneiros e tinha até a minha própria enxada, em tamanho proporcional ao meu à época, e com ela passava capinando pelas terras junto ao Vô.

Léo CardosoDurante o período que fiquei na Expointer, voltei um pouco para esse tempo. Acompanhei o nascimento (o primeiro dentro do parque) da terneira Estreia, presenciei um parto complicado feito por um cabanheiro chamado às pressas para ajudar uma vaca que, depois de duas horas de trabalho de parto, não tinha forças para mandar ao mundo seu filhote. Usei botas para andar no barro, um pala para espantar o frio, e contei com a solidariedade de pessoas que mesmo nas condições mais adversas do tempo trabalhavam com prazer e empenho. Foram muitos mates durante a madrugada para esquentar, outras tantas conversas e histórias. Uma experiência incrível.

Conheci outro lado da Expointer. Ficou por terra, literalmente, a ideia de tudo não passa de uma feira, mostra, exposição. Pude perceber, com a ajuda de todos aqueles que conheci nessas três noites, que o Parque de Exposições Assis Brasil se torna, por uma semana, uma grande fazenda, e a lida real do campo acontece de verdade dentro daqueles portões. Foi inspirador ver as pessoas trabalhando com e para os animais com tanta alegria.

O maior aprendizado que levo ao final dessa matéria é o quanto fazer o que gosta recompensa, por mais que a realidade seja difícil. Ter passado frio e ficado molhado em certos momentos valeu a pena na companhia de todas essas pessoas. Assim como a do campo, a lida do jornalismo também não é fácil, mas é apaixonante.

Assista ao vídeo produzido pelo jornalista: