Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts de março 2016

Ibarama anuncia Festa Estadual do Milho Crioulo na Redação

31 de março de 2016 0

A rainha Sabrine Kralik e as princesas Ana Paula Soares Rodrigues e Marilézi Sartori, acompanhadas da prefeita de Ibarama, Lenise Mariani (E) e equipe visitaram a Redação para divulgar a 5ª Festa Estadual do Milho Crioulo. A comemoração será realizada no município nos dias 22, 23 e 24 de abril, e contará com atividades como bailes, competições e shows, além de estantes, CTGs e show infantil. A abertura oficial no dia 22 está marcada para às 19h, no Palco Central.  Veja mais informações.

Lucas Domingos

Alunos da UCPel visitam ZH para elaborar trabalho do curso

29 de março de 2016 0

Lúcia Pires

Nove alunos do primeiro semestre de Jornalismo do curso da Universidade Católica de Pelotas (UCPel) escolheram a Redação de ZH para cumprir uma das principais tarefas do período: visitar um veículo, pesquisar e contar a história do jornalismo. A viagem desde Pelotas até Porto Alegre foi o investimento do grupo que trouxe uma lista de perguntas sobre o jornal, as edições impressa e digital, os processos da Redação. Também estavam curiosos sobre a comercialização e o marketing do jornalismo atual.

— Escolhemos o jornalismo impresso e ZH é referência. Estamos voltando satisfeitos e com muito material para o trabalho — disse Rafaela Rosa (sentada, no centro)

 

 

 

Um retrato de Porto Alegre

26 de março de 2016 0

marta gleich

Ao longo de quase um ano, a editora de Capa de ZH, Rosane Tremea, e o editor de Fotografia, Jefferson Botega, prepararam a reportagem Pessoas de Porto Alegre, que você confere no caderno DOC desta edição e em um especial no site. São cem personagens, dos 18 aos 87 anos, achados de forma aleatória nas ruas e que responderam a uma pergunta tão banal quanto reveladora: “Qual a história mais incrível que você viveu em Porto Alegre?”.
Inspirados num projeto semelhante, o Humans of New York, de um fotógrafo chamado Brandon, que já registrou mais de 10 mil personagens (confira em humansofnewyork.com), Rosane e Jefferson volta e meia sumiam da Redação. “Onde está a Rosane?”, perguntava um. “Está no projeto das pessoas de Porto Alegre”. “Cadê o Jefferson?”, queria saber outro. “Hoje eles tiraram algumas horas para fotografar o pessoal da pauta de aniversário da cidade”.

Felix Zucco

Jefferson e Rosane colhendo depoimentos na Praça da Alfândega

Cada vez mais empolgada, a dupla voltava da rua contando histórias mil. Gravaram cem vídeos de menos de um minuto cada, tiraram igual número de fotografias e, entre todos os entrevistados, trataram de pinçar uma dezena para aprofundar um pouco mais os momentos relatados.
Ao todo, foram 18 saídas em 17 pontos diferentes – repetiram apenas a Praça da Alfândega, onde iniciaram e terminaram o projeto.
– Nós ganhamos abraços, contribuímos para a caixinha de recém-aprovados no vestibular, recebemos muitos “não” e um grande número de “sim”, ouvimos música e poesia, escutamos histórias contadas por pessoas de todas as idades – conta Rosane. – Mesmo quem não respondeu à nossa pergunta parou para nos ouvir, ainda que o horário escolhido por nós não fosse dos melhores – em geral, a hora do almoço, quando as pessoas estão indo ou voltando do intervalo, apressadas, atrasadas. E ainda que não tenham gravado o depoimento, nos desejaram sorte, aplaudiram a ideia.
O objetivo da reportagem não era encontrar grandes façanhas, mas momentos muito particulares passados na capital gaúcha – a cidade que completa, neste 26 de março, 244 anos – e que, reunidos, resumem bem o que é viver Porto Alegre.
Segue a Rosane:
– De poucos ou muitos anos de vida surgiram situações singulares, como o nascimento de filhos, a vitória especial do time do coração assistida ao vivo no estádio, o trabalho voluntário, o pôr do sol na orla, o passeio de barco, a criação de uma biblioteca, o ativismo, shows inesquecíveis, o amor encontrado numa esquina, o ingresso na universidade, a primeira visão da cidade, o trabalho e as oportunidades, o convívio com a família e os amigos, a abertura de um negócio, o retorno após muito tempo fora…
A reportagem traz, também, uma reflexão para todos nós.
Ao encerrar a conversa, Rosane e Jefferson pediam que as pessoas deixassem um recado e dissessem o que desejam de sua cidade.
Só uma das cem pediu uma grande obra (o metrô). A resposta de quase todas foi – adivinhe? – segurança para andar tranquilamente pela Capital e poder curtir ainda mais nossa cidade.

Eliane Brum avalia o jornalismo atual na superedição ZH

23 de março de 2016 2

EBRUM-0474Uma das jornalistas mais premiadas do país, Eliane Brum está no Com a Palavra deste final de semana. A entrevista será publicada no caderno DOC e mostra o que pensa a repórter, ficcionista e documentarista gaúcha sobre o jornalismo atual. Em três páginas, ela fala sobre o futuro da atividade e a importância da apuração jornalística para a sociedade.

O tema é proposto aos convidados do evento Em Pauta ZH, fórum permanente de debates de Zero Hora que já recebeu jornalistas como Sérgio Dávila, Caco Barcellos e Adriana Carranca. O encontro com Eliane Brum será na próxima quarta-feira (30), às 19h30min, para convidados com cobertura em ZH.

saiba mais sobre o Em Pauta ZH

Recentemente, Eliane, que escreve para o El País e o The Guardian, foi eleita a mais admirada jornalista do país, em votação no site Jornalistas&Cia, onde também pontua como a segunda mais premiada de todos os tempos. Também foi escolhida por colegas de profissão como Jornalista de Mídias Sociais, no troféu Portal Imprensa 2016.

Veja o que ela pensa sobre os títulos.

“Fico muito contente por esse reconhecimento, porque sou alguém que escreve textos longos na internet. Sempre defendi que a melhor notícia para o jornalismo, trazida pela internet, era a possibilidade de resgatar a profundidade no jornalismo, tantas vezes comprometida por várias razões e também pela escassez de papel. Muitas e muitas vezes minhas reportagens demoravam a ser publicadas porque não havia “páginas” disponíveis. A disputa pelas páginas sempre foi uma disputa no campo da política, e uma disputa bem árdua. Assim, passei parte da minha vida de repórter ouvindo que leitor não gostava de textos longos. Ou não tinha tempo para textos longos. Em seguida, a minha geração passou a ouvir que a internet era para textos curtos e imediatos. Decidi ir na contramão disso. Ocupo meu espaço, hoje no El País, com longos artigos de opinião, assim como com entrevistas de profundidade, nas quais o entrevistado pode desenvolver o seu pensamento com contexto e profundidade, e ocupo também com grandes reportagens. Hoje, a internet me dá a tecnologia para provar que, sim, os leitores leem textos longos, desde que sua inteligência e o seu tempo sejam respeitados. Essa é uma bandeira cara para mim, como jornalista, porque é uma bandeira pelo jornalismo de profundidade. Ser reconhecida por este jornalismo, que nada tem nem de rápido nem de instantâneo nem de fácil, me dá alegria. Ser lida me dá alegria.”. Eliane Brum

Mulheres que inspiram recebem prêmio Donna

23 de março de 2016 0

A revista Donna homenageou segunda-feira (22) cinco mulheres com o Prêmio Donna Mulheres Que Inspiram. As cinco vencedoras foram anunciadas em cerimônia realizada no PPKB Kitchen & Bar, em Porto Alegre. As premiadas contam suas histórias na edição de 2 de abril da revista, que terá cinco capas diferentes.

Jornalistas, colaboradores e colunistas do Grupo RBS foram convidados a indicar mulheres que, por seu trabalho, trajetória de vida ou causas que defendem, sejam exemplo para a sociedade.

Vencedoras-do-Prêmio-Donna_Crédito-Adriana-Franciosi_mar16

As cinco vencedoras:

Ana Luiza Azevedo – diretora e roteirista, sócia da Casa de Cinema de Porto Alegre e laureada no ano passado com o Emmy Internacional de Comédia, pela série de TV “Doce de Mãe”, que assina com Jorge Furtado.

Clara Averbuck – autora de títulos como o recém-lançado “Toureando o Diabo” é uma das criadoras do portal “Lugar de Mulher”, que aborda temas ligados ao empoderamento feminino.

Maria Berenice Dias – atua como advogada e é referência nacional em defesa dos direitos LGBT.

Maria do Carmo dos Santos Gonçalves – integrante da Congregação das Irmãs Scalabrinianas, atua no Centro de Atendimento ao Migrante de Caxias do Sul para acolher e inserir na sociedade aqueles que chegam à Serra vindos de países como Haiti, Gana e Senegal.

Mônica Santos – a doença que a fez perder os movimentos das pernas foi o ponto de partida para que ela se reinventasse: descobriu a esgrima em cadeiras de rodas em 2010, fez do esporte sua profissão e agora busca uma vaga na Paraolímpiada.

Visita: 4ª ExpoSAP espera mais de 50 mil pessoas em Santo Antônio da Patrulha

23 de março de 2016 0

Tadeu Vilani

A princesa da 4ª ExpoSAP, Feira da Produção Patrulhense, visitou a Redação nesta quarta-feira para divulgar a programação de 7 a 10 de abril, no Parque Caetano Tedesco, em Santo Antônio da Patrulha.

Kelen Oliveira destacou que são esperados mais de 50 mil pessoas para a edição do festival. Com entrada franca, o evento terá shows diários em suas quatro noites. Serão cobrados ingressos apenas nas apresentações nacionais do grupo NX Zero e da dupla sertaneja Guilherme e Santiago.

Todas as fábricas de rapadura e sonho da região estarão presentes na exposição, com fabricação in loco. Confira mais informações e a programação completa no site da prefeitura de Santo Antônio da Patrulha.

 

Corte da HortêncioFest divulga programação em visita à Redação

23 de março de 2016 0

Ohana Constante

As soberanas e a comissão da Festa Municipal do Aipim – HortêncioFest visitaram a Redação na tarde desta quarta-feira para divulgar a programação que acontece de 1º a 10 de abril, no município de São José do Hortêncio. A rainha Rafaela Vier e as princesas Juliana Petry Bohn e Débora Rhoden destacaram a volta dos Jogos Rurais a 16ª edição do evento. A expectativa é que 30 a 50 mil visitantes compareçam ao HortêncioFest.

A festa que acontece a cada 2 anos e terá dois shows nacionais, do cantor Armandinho e da dupla sertaneja Léo e Júnior. A 16ª edição da festa tem entrada franca, com exceção dos shows nacionais. O evento acontecerá no Parque Municipal da cidade e também contará com 16 tendas de alimentação com a temática do Aipim. Mais informações, na página oficial da Festa Municipal do Aipim no Facebook.

 

Foto e reportagem de ZH são premiadas no ASDEP de Jornalismo

23 de março de 2016 0

A Associação dos Delegados de Polícia do Rio Grande do Sul anunciou ontem (22) os vencedores da 5ª edição do Prêmio ASDEP de Jornalismo. Dois trabalhos de Zero Hora receberam prêmios. O fotojornalista Ronaldo Bernardi ficou com o 2º lugar na categoria Foto, com o trabalho sobre ação do Denarc na Capital e Viamão.

ZH 30.10.2015

A reportagem de Mauricio Tonetto e José Luís Costa O homem de 12 prisões que é primário também foi destacada com o 3º lugar da categoria.

O Prêmio Asdep de Jornalismo é uma iniciativa da Associação dos Delegados de Polícia do RS – ASDEP/RS, e tem apoio de Associação Riograndense de Emissoras de Rádio e TV, Associação dos Repórteres Fotográficos e Cinematógrafos do RS, Associação Riograndense de Imprensa e do Sindicato dos Jornalistas do RS.

A valorização do trabalho dos Delegados de Polícia e o fortalecimento do papel da imprensa livre, imparcial e independente deram a tônica aos discursos das autoridades presentes no V Prêmio ASDEP de Jornalismo. Leia mais sobre a cerimônia e outros vencedores.

244 anos: ZH dá voz a moradores da cidade para homenagear Porto Alegre

22 de março de 2016 0

Com  o projeto “Pessoas de Porto Alegre“,  Zero Hora dá cara e voz a moradores da Capital para que contem a sua história relacionada à cidade e, com isso, comemorar o aniversário de 244 anos.

No site, um especial será publicado na sexta-feira.

Na Superedição de fim de semana, ZH programou 12 páginas no caderno DOC para o conteúdo #PessoasdePortoAlegre.

pessoasProjeto com 100 depoimentos começa a ser publicado no aniversário da Porto Alegre

Desde março de 2015, o fotógrafo Jefferson Botega e a editora Rosane Tremea foram às ruas para captar imagens em vídeo e foto, sempre em pontos diferentes da cidade. Ao final, os jornalistas reuniram 100 depoimentos em 17 locais. Para cada pessoa, foram feitas duas perguntas: qual a história mais incrível que você viveu na cidade e o que deseja para a cidade?

pessoas_1

— Quando o Jefferson e eu pensamos no projeto, eu pensava só em ir para a rua e ouvir as pessoas, ouvir qualquer história. Ele e o Ticiano (Ticiano Osório, editor) é que pensaram em aliar a ideia ao aniversário de Porto Alegre. Eu achei que era bacana por que, em geral, quando a gente pensa em pautas para homenagear a cidade, pensa em pessoas mais conhecidas, em lugares, e não muitas vezes dá voz às pessoas na rua. E aí se percebe, como a gente costuma dizer, que todo mundo tem uma boa história para contar. Eu me emocionei muitas vezes ouvindo as pessoas — conta Rosane.

divulgação

O projeto é baseado no “Humans of New York“, de Brandon Stanton, cujo site tem mais de 2 milhões de seguidores e outros 8 milhões nas redes sociais. Ele faz fotos de pessoas na rua e pede que elas contem seus sonhos, preocupações, frustrações. Já foram fotografadas mais de 10 mil pessoas.

 

Os colunistas do jornal participaram da divulgação do projeto também respondendo às perguntas. Veja o depoimento de Rosane de Oliveira.

divulgação

#pessoasdeportoalegre : Rosane de OliveiraAssim como cem outros porto-alegrenses, a colunista Rosane de Oliveira foi desafiada a responder à pergunta: qual a história mais incrível que você viveu em Porto Alegre? Ela começa quando a jornalista ouviu seu nome no rádio pela primeira vez. Assista à história completa.O especial #pessoasdeportoalegre estará no caderno DOC do próximo sábado, dia 26 de março, aniversário de 244 anos da Capital. #DOCZH

 

 

Zero Hora publica Guia da Pós nesta terça

21 de março de 2016 0

capaUm caderno especial será encartado em Zero Hora amanhã (22) com uma lista de opções de cursos em pós-graduação oferecidos no Rio Grande do Sul. São mais de 2,5 mil opções de especialização, mestrado ou doutorado oferecidos por mais de 90 instituições.

Na 1ª edição do Guia da Pós de 2016, as atividades estão organizadas por 10 grandes áreas de conhecimento, cada uma subdividida em outros assuntos.

O leitor também terá a opção de fazer a busca online, pela cidade do curso ou tipo de atividade, em zerohora.com.