Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts de abril 2016

Leitura certa para o fíndi

30 de abril de 2016 0

colunistas-marta-gleich

Nas pesquisas que fizemos, vocês, leitores, nos pediram de forma muito clara:
- Queremos mais coisas para ler no fim de semana.
- Adoramos reportagens especiais.
- Gostamos quando os repórteres de ZH viajam e nos contam o que está acontecendo em algum lugar do mundo.

A gente vive ouvindo vocês, seja por pesquisas mais profundas, em pesquisas diárias, nos e-mails que recebemos, nas manifestações pelas redes sociais. Ouvimos e tomamos providências! As transformações do jornal dos últimos tempos são ecos do que os leitores nos disseram: criamos a superedição do fim de semana, o caderno DOC, o caderno Fíndi, estamos fazendo muito mais reportagens especiais e coberturas internacionais.

leticiaeandrea

Letícia Duarte (E) e Andréa Graiz

Hoje você tem, no caderno DOC, mais uma das investidas pelo mundo dos repórteres de ZH. Letícia Duarte (aquela mesma que caminhou com os refugiados sírios da Turquia até a Alemanha no ano passado) agora foi para Miami para encontrar gaúchos que estão fugindo da insegurança e da falta de perspectivas econômicas do Brasil.

O que a Letícia nos conta:

– Miami pode ter entrado para o imaginário coletivo a partir do embate das últimas eleições presidenciais – quando personagens como Lobão declararam que, em caso de vitória petista, se mudariam para lá –, mas o que a reportagem de ZH encontrou não foram propriamente candidatos a exilados políticos. Ainda que lamentem o cenário de crise em curso no país, um dos aspectos mais repetidos pelos entrevistados como fator determinante para a mudança foi a violência. Tanto entre famílias de classes abastadas quanto entre aqueles que foram em busca de melhores perspectivas, a insegurança foi citado como fator determinante para a migração. Queixas da burocracia brasileira e da dificuldade de fazer negócios
no Brasil também foram comuns.

Em cinco dias batendo perna pela Flórida, Letícia e a fotógrafa Andréa Graiz entrevistaram famílias que deixaram suas casas e seus negócios no Rio Grande do Sul recentemente, em busca de uma nova vida e produziram a reportagem #PartiuFlórida, que você confere no caderno DOC.

Mas a investida internacional de ZH não se limita a esta reportagem. Nos últimos 12 meses, fizemos um mergulho na conturbada Venezuela, acompanhamos a saga de uma família de refugiados sírios na Europa, cobrimos o primeiro e o segundo turno das eleições presidenciais na Argentina e os atentados em Paris. Recentemente, você conferiu a história sobre o turismo da maconha no Uruguai, de Maurício Tonetto e Félix Zucco, que foram a quatro praias do país vizinho para abordar o tema.

ZH também esteve presente em março em Cuba, onde acompanhou o histórico encontro entre Barack Obama e Raúl Castro. Na semana que passou, ZH fez a cobertura jornalística do discurso da presidente Dilma Rousseff na ONU, em Nova York. E já estamos preparando os passaportes para as próximas reportagens no Exterior. Nos próximos dias, o editor e repórter internacional Rodrigo Lopes embarca para o Iraque para mostrar a vida em um dos países mais perigosos do mundo,
que enfrenta décadas de guerra e a constante ameaça de atentados do Estado Islâmico.

Bastidores: ZH prepara evento para comemorar 52 anos de jornalismo

28 de abril de 2016 0

G01019181

Uma mostra fotográfica, com algumas das melhores imagens de Zero Hora nos últimos cinco anos, está sendo montada para integrar o evento de aniversário do jornal, no dia 4 de maio. Ao comemorar 52 anos, ZH vai reunir jornalistas e leitores no seminário O Futuro do Jornalismo, no Instituto Ling, em Porto Alegre. Os quatro painéis serão transmitidos ao vivo pelo site do jornal.

Confira a programação completa na página do evento Em Pauta ZH.

Vídeo de ZH em jogo do Grêmio é notícia na Argentina

28 de abril de 2016 1

A equipe de Zero Hora gravou vídeo na Arena do Grêmio misturando a narração argentina do jogo Grêmio X Rosário Central por Ezequiel Cassé, da Rádio LT3, e a brasileira, por Pedro Ernesto, da Rádio Gaúcha. O Grêmio perdeu por 1 a 0, mas a narração conjunta com As Vozes do Jogo ganhou destaque no Brasil e na Argentina. As imagens são de Anderson Fetter e Félix Zucco e edição de Marcelo Carôllo.

gremio

Corte de Candelária visita a Redação

28 de abril de 2016 0

_FXZ4815

A rainha Juliana Ziemann (centro) e as princesas Melisa Frantz da Rosa (esquerda) e Taís Knies visitaram a Redação de Zero Hora para divulgar a 8ª Exposição Industrial, Comercial, Serviços e Agronegócios de Candelária (Expocande). A feira ocorre de 4 a 8 de maio, no Parque de Eventos Itamar Vezentini. No dia de abertura, a entrada é gratuita. Na quinta, até as 19h, custa R$ 3 e, na sexta e no sábado, também até as 19h, R$ 5.Entre as atrações musicais, estão Lucas & Felipe, Banda Malta e Tchê Guri. Informações no site do evento.

Donna em dose dupla na superedição de fim de semana

27 de abril de 2016 0

donnadupla

Duas edições da revista Donna vão rechear a superedição de ZH no fim de semana. Uma delas inclui um guia para quem ainda não sabe o vai dar de presente para a mãe. São 150 dicas que a equipe preparou especialmente para os leitores ainda indecisos. A outra revista é para quem tem menos de 20 anos.

O guia especial Donna Teen será encartado nas edições de assinantes (Região Metropolitana e Vale dos Sinos) com as novidades para a gurizada, os “squad”, como são chamadas as turmas do momento. O conteúdo traz um editorial de moda descolado feito pela produtora Mauren Motta, que ajuda a inspirar a encontrar o estilo que mais tenha a ver com o momento. Também tem dicas da escritora Thalita Rebouças e da blogueira Mica Rocha sobre o que todo mundo deveria saber aos 15 anos. E mais: um passo a passo para fazer intercâmbio e para descobrir como dar um jeito em cravos e espinhas.
Então, avise o seu adolescente. A revista Donna foi feita para eles.

Santa Bárbara do Sul divulga festa do município

27 de abril de 2016 0

As soberanas da 17ª Feira Comercial e Agroindustrial de Santa Bárbara do Sul Tamara da Rosa, Bárbara dos Santos e Laura Veiverberg (da esquerda para a direita) conheceram a Redação da Zero Hora. Com cerca de 330 expositores confirmados, o evento ocorre de 5 a 8 de maio no Centro Esportivo Dr. Mário Brum.

Tadeu Vilani
A entrada é gratuita, mas é necessário comprar ingresso para os shows de Fernando & Sorocaba, programado para o dia 6, e Thaeme & Thiago, no dia 7. Ambos ocorrem às 23h no Estádio Municipal. Informações no telefone (54) 9238-6565.

Vai ter Olimpíada

23 de abril de 2016 2

colunistas-marta-gleich

Apesar de Cunha, Dilma, Temer, impeachment, crises e corrupção generalizadas, inflação, desemprego e ciclovias que desabam e matam no Rio, chegaremos na quarta-feira a exatos cem dias para a Olimpíada. Em Zero Hora, a equipe de Esportes, comandada por Diego Araujo, deu a largada há muito tempo. Começou com a publicação, desde março de 2015, da coluna No Pódio, da editora de Olimpíada Débora Pradella. Agora, os conteúdos começam a ficar mais frequentes.

Para marcar a data e fazer um balanço de como o país se prepara para o evento gigantesco, ZH percorreu a capital fluminense por uma semana. O resultado é a série de reportagens recheada de infográficos a partir desta edição, nas páginas 40 a 45, até quarta-feira. No site, o material será publicado na forma de um especial na quarta-feira.

O editor Vinicius Vaccaro visitou instalações dos principais polos esportivos dos Jogos, como o Parque Olímpico da Barra da Tijuca e o Complexo Esportivo de Deodoro, acompanhou evento-teste, entrevistou dirigentes da linha de frente da organização para medir o grau de confiança do comitê em relação ao sucesso do evento e conferiu opiniões de comandantes de federações nacionais e internacionais que expressam preocupação com os preparativos e a qualidade das instalações.

Mas, como mostrou o lamentável episódio do desabamento da Ciclovia Tim Maia, em São Conrado, os Jogos não se restringem às praças esportivas. Por isso, visitamos os canteiros de obras de dois dos principais projetos de mobilidade urbana para os Jogos, a Linha 4 do metrô e o terminal Parque Olímpico do BRT Transolímpica (que ligará o Parque Olímpico da Barra e o de Deodoro) e a Vila Autódromo, ao lado do Parque Olímpico.

– Também subi ao topo do Vidigal, uma das favelas pacificadas do Rio, para conhecer uma alternativa de hospedagem, um albergue com uma das paisagens mais privilegiadas da cidade. É uma das abordagens da reportagem, sobre como o Rio se prepara para receber os turistas no evento – conta Vaccaro.

A série sobre os cem dias é mais uma etapa da ampla cobertura que ZH está fazendo dos Jogos. Veja como acompanhar em todas as plataformas:

Infojogos
- Os números e curiosidades sobre as Olimpíadas são apresentados em forma de infográfico na edição impressa e no site de Zero Hora. A série já abordou temas como a participação das mulheres nos Jogos, a história da Chama Olímpica, os recordes do atletismo e o desempenho do Brasil no quadro de medalhas das Olimpíadas.

Poa Olímpica
- A série online Poa Olímpica apresenta, em texto e vídeo, as regras e a história de algumas modalidades dos Jogos, além de mostrar os lugares da Capital em que os esportes podem ser praticados. Já estão disponíveis matérias sobre hóquei na grama, polo aquático, vôlei de praia, esgrima, halterofilismo, luta greco-romana, tiro com arco e remo.

Wianey Olímpico
- Em uma série de vídeos no site de Zero Hora, Wianey Carlet pratica esportes que fazem parte da Olimpíada do Rio. Ao todo, serão cinco episódios – no primeiro, o colunista aprendeu mais sobre as armas e técnicas do tiro esportivo.

Boletim Olímpico
- O repórter André Baibich fala, em uma série de vídeos online, sobre a preparação brasileira para os Jogos do Rio, fazendo uma análise do momento de cada esporte e uma projeção do número de medalhas que eles podem conquistar para o Brasil.

No Pódio
- Todas as sextas-feiras, Débora Pradella apresenta, em uma coluna na edição impressa e em zerohora.com, entrevistas com atletas olímpicos e outros detalhes sobre a preparação do Brasil para receber um dos maiores eventos esportivos do mundo.

No Meio da Rede
- Em todos os finais de semana, o colunista Paulão do Vôlei conta suas experiências de campeão olímpico e faz uma reflexão sobre a preparação do Brasil, dentro e fora das instalações esportivas.

Revista Fronteiras do Pensamento circula na superedição ZH

22 de abril de 2016 0

Neste fim de semana os leitores poderão se atualizar sobre o tema da temporada 2016 do ciclo de conferências Fronteiras do Pensamento. A revista, com a programação completa e artigos sobre obras e ideias dos pensadores convidados, será encartada na superedição que circula na Região Metropolitana e no Vale do Sinos. No digital, estará disponível a partir deste sábado (23).

1Capa_Revista Fronteiras do Pensamento

A edição apresenta o evento sob a análise de escritores, professores, críticos e especialistas nas temáticas que estarão presentes no palco do Fronteiras em 2016. Com textos de dez articulistas, o debate aborda o tema “A grande virada”, repensando antigos conceitos para uma nova vida em sociedade.  A fotografia conta com olhares do fotojornalista Bruno Alencastro, editor de imagem de ZH, e um ensaio da fotógrafa Eneida Serrano.

A 10ª temporada do Fronteiras estreia em 11 de maio e segue até 21 de novembro, em Porto Alegre.

O Fronteiras do Pensamento é um projeto cultural múltiplo que propõe uma profunda análise da contemporaneidade e das perspectivas para o futuro. Comprometido com a liberdade de expressão, a diversidade de ideias e a educação de alta qualidade, promove conferências internacionais e desenvolve diferentes conteúdos que reúnem os mais renomados pensadores, artistas, cientistas e líderes em seus campos de atuação.

O que você vai ler na Revista

Para a escritora Cíntia Moscovich esta edição que marca os 10 anos do Fronteiras enfoca “mudanças proporcionadas pela potência da abstração e por suas virtudes inerentes”, apontando a imaginação como um combustível para a transformação. O jornalista Fábio Prikladnicki comenta o diálogo como via de entendimento mencionando a literatura presente nesta uma década do projeto, especialmente em função da vinda de David Grossman para um evento especial e gratuito na Feira do Livro de Porto Alegre. Eduardo Cesar Maia Ferreira Filho, professor da Universidade Federal de Pernambuco, aborda uma verve pouco comentada de Mario Vargas Llosa: a da crítica humanista. Já o sociólogo Elizardo Scarpati Costa comenta a noção de igualdade nas sociedades latino-americanas, tendo como pano de fundo a obra do historiador Henry Louis Gates Jr.. O professor e pesquisador Eduardo Campos Pellanda recupera a obra de Pierre Lévy para pensar a rede de ontem e a internet que temos hoje; enquanto a crítica literária Camila von Holdefer aborda o bom e velho romance inglês, personificado na obra de Ian McEwan, que concilia “o externo e o interno, o todo e o detalhe, o maior e o menor”. Já o historiador Francisco Marshall comenta a obra de outro escritor, Michel Houellebecq, “dono de uma prosa cética que fustiga o pequeno-burguês, alvo histórico da literatura francesa”. A psicanalista Ana Maria Gageiro fala da subjetividade como essência da experiência humana a partir da obra de Elisabeth Roudinesco; enquanto o escritor e filósofo Rodrigo Petronio, esclarece sobre o pensamento complexo e ao mesmo tempo inovador de Peter Sloterdijk, entre as ciências, as artes e outros saberes. Para fechar o ciclo de leitura, o arquiteto Edson da Cunha Mahfuz traz ideias para transformar o espaço urbano a partir da visão de Jan Gehl, urbanista que mudou a paisagem de várias cidades do mundo.

Coordenação e Edição: Cybeli Moraes e Luciana Thomé
Diagramação: Aluísio Pinheiro
Fotos: Bruno Alencastro e Eneida Serrano
Revisão: Renato Deitos
Supervisão editorial: Carlos André Moreira e Letícia Duarte
Conselho editorial: Claudia Laitano e Michele Mastalir

Informações: Central de Relacionamento 4020-2050 ou pelo e-mail relacionamento@fronteiras.com

A edição Porto Alegre do Fronteiras do Pensamento é apresentada pela Braskem, tem o patrocínio de Unimed Porto Alegre e parceria cultural da PUCRS. O projeto conta ainda com empresas parceiras: Liberty Seguros, CMPC Celulose Riograndense, Souto Correa e Sulgás. A parceria institucional é de Fecomércio e Unicred, com apoio institucional da UFCSPA, Embaixada da França e Prefeitura Municipal de Porto Alegre. Universidade parceira: UFRGS. Promoção do Grupo RBS.

Wianey Carlet estreia série de vídeos sobre esportes olímpicos

20 de abril de 2016 0

A série Wianey Olímpico estreou nesta quarta (20) para divertir e informar os leitores de ZH. Em vídeos postados no site do jornal, o colunista Wianey Carlet vai praticar atividades que fazem parte das Olímpiadas do Rio de Janeiro. Ao todo serão cinco episódios.

Wianey Olímpico

No primeiro, sobre o tiro esportivo, ele aprendeu sobre as armas e técnicas utilizadas por competidores gaúchos, sempre mantendo o bom humor. Na próxima semana, é a vez do golfe. Com a participação de jovens e crianças colocadas no ranking nacional do esporte, Wianey vai testar a força de suas tacadas. Clique aqui para ver todos os vídeos.

Wianey praticando tiro esportivo_crédito_reprodução

Crianças pesquisam jornalismo e encantam a Redação

20 de abril de 2016 0

Dezoito alunos da 4ª série da Escola Lápis de Cor – Nova Geração, de Viamão, visitaram a Redação de Zero Hora nesta terça (19). Com olhares curiosos e câmeras nas mãos, os pequenos, ávidos por informação, pesquisaram sobre como se faz um jornal e se divertiram circulando entre os jornalistas.

Lúcia Pires

A curiosa turma da professora Carolina Collaris foi flagrada pelo editorialista Nilson Souza (na foto abaixo) …

escola4

… e definitivamente atraída pelas editorias de Arte e de Imagem. Ao lado dos ilustradores Edu Oliveira, Gilmar Fraga e Gabriel Renner as crianças também se divertiram, experimentaram o desenho no computador e também assistiram a vídeos.

Lúcia Pires

escola3

Isadora Neuman