Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Marta Gleich: “O jornalismo vai sobreviver contando histórias”

01 de junho de 2016 0

Por Andressa Machado, Estela Baggio, Felipe Goldenberg e Victória Netto, estudantes do 4º semestre de Jornalismo da Fabico

Participando de um ciclo de palestras ministradas nas escolas de Jornalismo do Estado, a diretora de redação do jornal Zero Hora, Marta Gleich, esteve na Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação da UFRGS, na terça- ­feira (31), para discutir o futuro do jornalismo. Na conversa com estudantes e professores, Marta falou sobre as mudanças no comportamento dos consumidores, as transformações no modelo de negócios vigente e o papel dos jornalistas diante do novo panorama da mídia.

Lúcia Pires

Segundo ela, não é a profissão que está em crise, e sim o modelo empresarial em uso. “Ninguém encontrou, no mundo, o modelo perfeito de negócios que vai sustentar o jornalismo de hoje”. Ela declarou que a solução para enfrentar essa dificuldade é apostar nos profissionais e entender o que o público quer consumir. “Temos que investir, senão a gente não faz nenhuma diferença frente às redes sociais. O leitor quer pagar por um conteúdo de qualidade”. A diretora ressaltou, ainda, que a empresa vem investindo massivamente na produção de conteúdos multimídia, já que o público está cada vez mais moderno, digital e conectado.

Em uma pesquisa recente realizada por Zero Hora, foi apontado que 93% dos leitores estavam satisfeitos com as reportagens especiais produzidas pelo Jornal. Para Marta, o futuro do jornalismo é a reportagem. “Eu acredito que nossa profissão vai sobreviver contando histórias. Sempre foi e sempre vai ser”, afirmou.

Na conversa que seguiu a palestra, estudantes e professores questionaram os critérios para publicações no Jornal e sugeriram alterações quanto aos modelos de gestão. Os debates sobre posicionamentos políticos da imprensa foram os que mais acaloraram a discussão. “Não temos maturidade, na nossa democracia, para apoiarmos partidos ou ideologias políticas nos jornais”, avaliou Marta.

Na foto, parte dos alunos que assistiram a palestra, professores da Fabico e a palestrante Marta Gleich

UFRGS

Envie seu Comentário