Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Ulbra recebe Marta Sfredo em evento #ZHnaFaculdade

03 de junho de 2016 1

Por Emanuel Tanski e Darwin Nascimento, estudantes de Jornalismo

Fotos: Emanuel Tanski

A Universidade Luterana do Brasil (Ulbra) recebeu na noite da última quinta-feira (2), a jornalista Marta Sfredo, da Zero Hora, para compartilhar sua experiência como jornalista e colunista na editoria de economia. O evento foi realizado no campus de Canoas, no auditório 130 do prédio 6. A conversa fez parte da #ZHnaFaculdade, evento alusivo ao aniversário de 52 anos do jornal Zero Hora, com o objetivo de abordar diferentes temas sobre a profissão e o futuro do jornalismo, além de promover a integração entre jornalistas experientes e alunos do curso.

Emanuel Tanski
Marta Sfredo tem longa experiência no ramo e contou sobre seu início na profissão, cobrindo esporte amador (vôlei, basquete e futebol), sua passagem para a cobertura política e o caminho até chegar na economia, área em que já atuou como repórter, editora e na sua função atual: colunista. Com uma conversa leve e descontraída, buscou interagir com os alunos, gerando uma série de perguntas e respostas sobre a editoria econômica.

Emanuel Tanski
A colunista destacou que procura sempre deixar mais leve e mais flexível sua coluna, a fim de não tornar algo chato, já que a coluna envolve “números”. Questionada se possui alguma referência no jornalismo, garantiu que não possui alguma referência exata. “Gosto quando conseguem conectar assuntos variados. Para mim, essas são as pessoas mais interessantes”, explicou.
Um dos principais focos da conversa foi o desafio de tornar a editoria de economia mais leve e compreensível para o público geral. “Sempre que tentamos tornar algo mais compreensível para o leitor, estamos cumprindo nosso papel como jornalistas”, respondeu Marta em uma das perguntas sobre o assunto.

Emanuel Tanski

Sobre a transição da editoria de política para a de economia, Marta destacou que faz parte da profissão: “Temos que estar preparados para falar de tudo. Tive que fazer muitos cursos, desde a bolsa de valores até a energia. Não entendia o que as pessoas falavam. Tive que procurar me especializar para entender e transmitir algo concreto aos meus leitores”, comentou.
Sobre a influência da faculdade em sua vida, disse que “dentro de uma redação a gente dá valor pelo que foi aprendido lá atrás. Precisa de muito conhecimento acadêmico. Tive professores que foram cruciais. Professores de texto, por exemplo, que me auxiliaram muito a escrever uma notícia, a pensar em como contar uma história”.
O evento terminou por volta das 21h30min, após muitas perguntas feitas pelos estudantes. Marta encerrou enfatizando a dedicação que o jornalista deve ter para buscar a especialização em sua área de atuação: “A melhor formação sempre é a formação complementar.”

Emanuel Tanski

Comentários (1)

  • Liliane Pazzini diz: 3 de junho de 2016

    Gostei muito da palestra. Os temas foram muito bem abordados e as discussões muito factuais e relevantes. A Marta é de uma inteligência, elegância e generosidade exemplar.
    Obrigada, Ulbra. Obrigada, Zero Hora!

Envie seu Comentário