Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts de junho 2016

Zero Hora está em Caracas para acompanhar a crise na Venezuela

30 de junho de 2016 0

O repórter de Zero Hora Léo Gerchmann e o profissional de imagem Félix Zucco estão em Caracas, capital da Venezuela, desde terça-feira para acompanhar a crise política, econômica e social que se agrava a cada dia no país. Léo publica textos diários em sua coluna no site de ZH, além de entrar ao vivo na Rádio Gaúcha com boletins diários. Os leitores também poderão acompanhar o repórter pelo perfil no Twitter @Leogerchmann.

Leia as colunas da Venezuela

O mergulho que Léo e Zucco estão fazendo na conturbada Venezuela será contado nas páginas do caderno DOC e em um especial digital, ainda neste mês de julho. Léo é um repórter especializado em América latina, foi correspondente em Buenos Aires pelo jornal Folha de S.Paulo e atua como repórter internacional de ZH desde 2008.

_XZ_5334

Aquecimento para o Gre-Nal com conteúdo exclusivo de ZH

30 de junho de 2016 1

No aquecimento para o clássico de domingo, ZH divulga nesta sexta-feira o vídeográfico “4 linhas e 1 traço”, com a história de vida e a carreira dos técnicos Argel Fucks e Roger Machado. Um se forjou nos campos de futebol da cidade de Santa Rosa, no norte do Estado, e o outro calejou as pernas finas no areião do Parcão de Porto Alegre. Ambos são personagens de um trabalho com roteiro do repórter especial Jones Lopes da Silva, desenho de Gilmar Fraga e edição digital de Marcelo Carôllo.

CASA.00_00_16_22.Still004

Veja um teaser do conteúdo exclusivo de ZH feito com reportagem e arte para a cobertura do Gre-Nal.

CASA.00_02_19_05.Still003

ROGER.00_02_25_13.Still001 (1)
Os leitores de Zero Hora amanhecerão o domingo com uma cobertura completa do Gre-Nal 410. Desde as primeiras horas da manhã, repórteres acompanharão a rotina dos jogadores direto dos hoteis, onde estarão na concentração, até a chegada ao estádio. No site, ZH terá o minuto a minuto da partida e nos aplicativos Colorado ZH e Gremista ZH, a narração torcedora, personalizada para cada time. Após o clássico, o repórter Andre Baibich entra ao vivo na página de ZH Esportes no Facebook, fazendo uma análise tática de como as equipes se comportaram em campo.

Veja os bastidores da produção:

 

Alunos visitam ZH e experimentam fundo infinito

30 de junho de 2016 0

Lúcia Pires

Alunos da Escola Estadual São Francisco de Assis, de Porto Alegre, com idades entre 7 e nove anos, visitaram a Redação, para enriquecer um trabalho de introdução a comunicação impressa nesta segunda-feira. A turma da professora Angela Gobbi Farina passou todas as áreas do jornal e se surpreendeu com o fundo infinito do estúdio fotográfico de ZH.

assis2

Os fotógrafos Fernando Gomes e Júlio Cordeiro receberam a equipe na Fotografia. Em agradecimento pela visita, Júlio presenteou a gurizada com chocolates.

— Gosto muito de ver a criançada na Redação. Para eles, esta visita marca bastante. É uma boa experiência — disse.

assis6a

Depois de muita conversa sobre informação e produção da notícia, os alunos encontraram o colunista Tulio Milman no Bar do jornal. A despedida foi no prédio corporativo, onde conheceram o busto do fundador Maurício Sirotsky.

— Agora vamos para a escola fazer o nosso jornal — avisou a professora Angela.

Lúcia PIres

Tadeu Vilani vence prêmio nacional de fotografia em Preto e Branco

28 de junho de 2016 0

O repórter fotográfico Tadeu Vilani ganhou prêmio nacional com a imagem batizada de PAMPA II. A foto foi a vencedora da 29ª Bienal de Arte Fotográfica Brasileira em Preto e Branco. A obra integra a exposição na cidade paulista de Ribeirão Preto que reúne 35 fotos classificadas no evento.

Tadeu Vilani

arquivo pessoalIntegrante da equipe de Imagem de Zero Hora, Vilani faz parte do Clube de Fotógrafo de Caxias do Sul (CFCX) e participou pela primeira vez da bienal p&b – levando também uma menção honrosa com outra foto da série Olhos do Pampa, em que vem clicando o pampa do Rio Grande do Sul, do Uruguai e da Argentina.

 

Júlia Alves assume a coluna Rede Social

27 de junho de 2016 1

A coluna Rede Social passará a ser assinada, a partir do dia 11 de julho, pela jornalista Júlia Alves, que integra a equipe desde a criação da seção, em 2013.  Júlia assume o lugar de Fernanda Pandolfi, que deixa o Grupo RBS para empreender, iniciando em breve um projeto pessoal.

Bruno AlencastroFoto: Bruno Alencastro

Formada pela Faculdade de Comunicação Social da PUCRS, Júlia entrou no Grupo RBS em 2011, como estagiária da área de Comunicação. Na Redação de ZH, em 2012, integrou o Núcleo de Divulgação, até ser chamada para a equipe que lançaria a Rede Social. Em mais de dois anos, Júlia foi o braço direito de Fernanda, estando envolvida nos principais projetos da coluna.

–  A referência é ser relevante. Trazer assuntos de interesse comum, como lugares bacanas para se conhecer e atividades para os leitores participarem independentemente do contexto em que vivem. A premissa principal segue sendo a exclusividade e a apuração dos fatos. Bons conteúdos em diversas plataformas fazem a diferença, e no social a busca por encontrar furos deve ser constante. Na Rede Social, aprendi sobre a importância de entregar jornalismo de qualidade e, dando continuidade ao trabalho da Fernanda, seguiremos investindo em relacionamento e novidades. A ideia é seguir um equilíbrio das áreas importantes, com personagens que circulam por diferentes áreas, como economia, política, moda e gastronomia. Ao dar ênfase ao novo, inspiramos atitudes positivas e dizemos que é viável aspirar ao trabalho de um profissional de sucesso –  destacou Júlia.

O time da coluna segue contando ainda com a fotógrafa Andrea Graiz e Jéssica Nakamura.
–  Nesses quase três anos, procurei dar voz a novos projetos, novos lugares, novas pessoas e abrir o olhar para o que de mais interessantes estivesse acontecendo na cidade e no Estado. Deixo a Rede Social com sentimento de realização e inovação. O meu ciclo se fechou por aqui, mas o produto segue, o que só confirma a sensação de missão cumprida. Sou grata ao Grupo RBS pela oportunidade e por assinar embaixo de boa parte das minhas ideias nesta trajetória – afirmou Fernanda.

Novidade: acesse ZH e treine para o Enem e seleção da UFRGS

27 de junho de 2016 0

A partir desta segunda-feira (27), Zero Hora oferece aos estudantes acesso a plataforma AppProva, com testes, desafios e simulados para os principais exames do país. O destaque são as questões que preparam para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2016) e para a seleção da UFRGS. O conteúdo é totalmente gratuito.

divulgação
Para o login, o estudante deve preencher um breve perfil, que pede apenas informação do Estado, da cidade, da escola e da série em que o estudante está ou se já é formado no Ensino Médio. O cadastro pode ser feito por computador ou smartphone, nos modos Jogar, Simulados ou Desafios. O modo Jogar seleciona questões aleatórias de diversas disciplinas ou somente uma, dependendo da escolha do aluno.

Sensibilidade

25 de junho de 2016 0

colunistas-marta-gleich

Se você quiser ler só uma reportagem desta edição, vá para o caderno DOC e mergulhe em “Inversão de papéis”, da repórter Larissa Roso e do fotógrafo Júlio Cordeiro. Larissa e Júlio já são conhecidos de vocês, pela premiada reportagem “Últimos desejos”, resultado de um ano de trabalho nos quartos e corredores do Núcleo de Cuidados Paliativos do Hospital de Clínicas de Porto Alegre, acompanhando pacientes sem chance de cura e seus derradeiros sonhos.

Capaz de se mimetizar no ambiente, com delicadeza, a dupla se torna tão próxima de seus entrevistados, que a vida flui como se a reportagem não estivesse lá. E isso traz para o leitor o que realmente acontece, na intimidade de um quarto de hospital ou dentro da casa de uma família. Desta vez, Larissa e Júlio acompanharam um tema que diz respeito a todos nós: o momento de vida em que filhos invertem papéis e passam a cuidar de seus pais, por velhice, doença ou ambos.

O coração da repórter Larissa é auscultado por Larissa, de 35 anos,  que tem síndrome de Down, sonha em ser médica e ajuda a cuidar  do pai, Donato, 71 anos, que sofre com Alzheimer. Foto: Julio Cordeiro

O coração da repórter Larissa é auscultado por Larissa, de 35 anos, que tem síndrome de Down, sonha em ser médica e ajuda a cuidar do pai, Donato, 71 anos, que sofre com Alzheimer. Foto: Julio Cordeiro

Perguntei à repórter e ao fotógrafo como eles trabalham.
- Meu primeiro contato com os entrevistados significa o mesmo que dizer: “Olá, sou uma pessoa completamente estranha e quero muito conhecer a história de vocês. É fundamental que confiem em mim, tenham paciência e conversem comigo por muitas horas sobre a vida íntima da família”. Um desafio e tanto! Quando a proposta é aceita e a conexão se estabelece, é maravilhoso. O trabalho fica muito rico – diz Larissa.

- Quando chego ao local a ser fotografado, tento mostrar a intenção do registro das imagens, conhecer a rotina, a intimidade. Então, quando não sou mais visto como um estranho, fotografo – conta Júlio.

Reportagens como esta são a matéria-prima do editor Ticiano Osório, responsável pelo caderno DOC:

- Publicamos reportagens desse tipo porque elas são universais e atemporais. Os personagens encontrados pela Larissa e retratados pelo Júlio são singulares e fascinantes, mas também são gente como a gente. Acredito que muitos leitores vão se identificar com suas rotinas, seus dramas, suas reflexões, seus desejos.

Mas não fique só nesse assunto, não. A edição tem muita coisa para ler. Um dos nossos principais conteúdos é traduzir o Brexit, assunto forte da semana que trará repercussões para o mundo todo por muito tempo.

Em Notícias, o repórter José Luís Costa desvenda a trágica morte de cinco pessoas de uma mesma família, ocorrida semanas atrás na zona leste de Porto Alegre. No Donna, um novo olhar das mulheres sobre o mercado da pornografia.
E, no caderno Vida, não perca o guia do frio: como as baixas temperaturas afetam a saúde, a disposição, o humor e até o bolso. Boa leitura e bom fim de semana!

Comitiva da Festa do Vinho Novo visita a Redação

23 de junho de 2016 0

A comitiva da Festa do Vinho Novo, da comunidade de Forqueta, em Caxias do Sul, foi recebida na Redação de Zero Hora esta manhã. O grupo conheceu as editorias de ZH e conversou com jornalistas como Rosane de Oliveira para divulgar a Festa do Vinho Novo que ocorrerá nas sextas-feiras e nos finais de semana entre 1º e 17 de julho.

Leonardo Vieceli

Para atrair os visitantes, a festa aposta em shows, desfiles temáticos e, obviamente, na gastronomia. Além do vinho, o público encontrará pratos típicos da cozinha italiana, como polenta e grostoli. O evento tem entrada gratuita. No entanto, cada visitante poderá doar um quilo de alimento não perecível. Os produtos recebidos serão repassados a entidades que atendem a crianças carentes de Caxias do Sul, segundo a organização da festa.

Festa junina: estudantes exibem jornais temáticos na Redação

22 de junho de 2016 1

A visita à Redação do Colégio Cenecista Marques de Herval, de Osório, foi temática este ano. As crianças do Ensino Fundamental viajaram até Porto Alegre para conhecer o jornal e presentearam Zero Hora com edições temáticas feitas por eles sobre o tema São João.

Lúcia Pires

Curiosos pela atividade do jornalismo, os alunos das professoras Alexandra Valin de Oliveira e Denise de Andrade circularam pela Redação, que também estava preparando uma festinha de São João.

Lúcia Pires

Na editoria de Imagem, se divertiram com a jornalista Isadora Neumann, assistindo a vídeos produzidos para o público infantil. A editoria de Arte e Foto também atraíram os estudantes, com destaque para a mesa do fotógrafo Omar Freitas, lotada de personagens.

Lúcia Pires

Lúcia Pires

A turma não dispensou uma paradinha no estúdio para a foto.

Lúcia Pires

 

Barbada ZH

18 de junho de 2016 0

colunistas-marta-gleich

 

Na quinta-feira à tarde, passei uma hora conversando com a turma do Call Center de Zero Hora. Eu adoro falar com eles. Sabem por quê? Porque esse pessoal ouve todo dia nossos assinantes. Se você ligar para ZH para falar de assinaturas, é com a equipe do Call Center que conversará. Nesses bate-papos, o leitor nos dá muitos retornos. O que está bom no jornal, o que está ruim, se determinada reportagem agradou, se um colunista pisou na bola. O time do Call Center nos manda relatórios diários sobre o que o leitor está dizendo de ZH.

Sabe o que eles me contaram, entre muitas outras coisas? Que o assinante, devido à crise, tem valorizado demais as reportagens e notícias que o ajudam a economizar. ZH já tem, às segundas, o “Encare a Crise”, sempre com um serviço que fala direto com o seu bolso. Mas o assunto, me disse o pessoal do Call Center, tem que estar todo dia no jornal! Não por acaso, nesta semana eu tinha mandado um e-mail para alguns colegas a respeito de um dos relatórios do Call Center dizendo o seguinte:

De: Marta Gleich

Enviado: terça-feira, 14 de junho de 2016 12:52:25

Assunto: Do relatório do call center. Não sei se viram. Algumas observações

Percebam como os leitores falam de coisas que têm a ver com a sua vida real, e não de política, economia ou mundo no sentido macro. Não que não tenhamos de dar assuntos macro, mas o relatório enfatiza como devemos prestar atenção para o jornal útil, que faça sentido para a vida do leitor, em que ele perceba valor. Um jornal que melhora a vida do leitor, que ensina alguma coisa. Estamos recebendo sempre feedbacks de que carreira e grana são assuntos prioritários para nossos assinantes.

Saí da palestra com o Call Center e chamei o Nilson Vargas, nosso editor-chefe. “Precisamos espalhar pelo jornal dicas de como o leitor pode economizar. Vamos criar uma marca para identificar esse material”. No dia seguinte, Nilson providenciou o “selo”, como chamamos a identificação gráfica de um conteúdo. Nesta edição, estreamos a seção abaixo:

barbada

Todo dia, em algum ponto do jornal, haverá pelo menos uma dica. Nesta edição, por exemplo, temos:

-No caderno Fíndi, página 2, três programas gratuitos bem legais para este sábado e domingo.
-No caderno Vida, página 9, uma blitz de testes respiratórios gratuitos no Parque da Redenção.
-Na editoria de Notícias, página 14, dentro da reportagem sobre o mutirão de emprego, vamos mostrar opções de cursos gratuitos para qualificação profissional.
-Na editoria Sua Vida, páginas 28 e 29, dicas para economizar com seus pets.
Além da versão impressa, o conteúdo estará no site zhora.co/barbadazh. No Facebook e no Twitter, as “Barbadas” sempre estarão presentes. E, se você tem uma dica ou sugestão de reportagem, por favor envie pelo e-mail leitor@zerohora.com.br. Você pode ajudar outros leitores a economizar. ZH tem que ser útil. Precisa estar conectada com seu assinante e com este momento de crise econômica. Queremos estar a seu lado para, juntos, sairmos dessa complexa fase do Estado e do país.