Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Atenção, alunos e professores

16 de julho de 2016 1

carta_nilson

Todos os anos, durante cinco dias, a Redação de Zero Hora recebe um grupo de cinco estudantes de Jornalismo de universidades gaúchas. São os vitoriosos do Primeira Pauta, um projeto que garimpa talentos e ajuda a qualificá-los para o mercado ao concluírem a faculdade. O processo começa em maio, quando jornalistas de ZH visitam os cursos, trocam ideias sobre desafios da profissão e lançam o projeto. Os estudantes – dezenas deles – se inscrevem, produzem um conteúdo proposto pelo jornal e 15 são selecionados para a penúltima etapa, de onde saem os cinco vitoriosos.

Na Redação, eles mergulham em pautas, apuração, texto, edição, captação de imagem e outras tarefas. Participam de reuniões, acompanham equipes que saem a campo e ganham a missão de produzir um conteúdo jornalístico multiplataforma, sob supervisão de editores. Não há um grande campeão. Todos são vencedores, incluindo nós, jornalistas, que crescemos com a convivência e experimentamos o novo e entusiasmado oxigênio dos primeiras-pautas.
O programa se repete desde 2009. Muitos dos que pisaram na Redação como estudantes selecionados hoje são contratados de Zero Hora ou de outros veículos do Grupo RBS. Então, vale o alerta do título deste texto: atenção, alunos e professores, inscrições ao Primeira Pauta 2016 vão até 18 de agosto.

 

Jornalismo e parceria – As redações de Zero Hora, Rádio Gaúcha e Diário Gaúcho ficam no prédio da esquina das avenidas Ipiranga e Erico Verissimo. Mais do que o endereço, as centenas de jornalistas destes veículos são unidos por paixão, profissionalismo e ideais. Queremos fazer bem feito e ajudar a sociedade a avançar, mesmo ao tratarmos de assuntos espinhosos e desagradáveis de ler, ver e ouvir. Uma prova disso foi dada na manhã da última segunda-feira, quando zh.com.br e Rádio Gaúcha veicularam a reportagem “Dinheiro pelo bueiro”. Resultado de cinco meses de investigação da jornalista Adriana Irion, de ZH, o trabalho escancarou o superfaturamento na cobrança dos serviços feitos pela empresa JD Construções ao Departamento de Esgotos Pluviais (DEP), ligado à prefeitura da Capital.

A divulgação teve efeito imediato em duas direções: de um lado, leitores e ouvintes enviando uma avalanche de queixas dos maus serviços do DEP e dando novos indícios de irregularidades; de outro, um corre-corre na prefeitura para apurar responsabilidades, afastar envolvidos e tentar colocar em ordem o que há tanto tempo não está.
O jornalismo faz (ou força) as coisas melhorarem.

 

Que sexta-feira! – Para aspirantes ao Primeira Pauta e veteranos como Adriana Irion, a sexta-feira foi um dia cheio de ensinamentos na Redação de Zero Hora. Começamos repercutindo os atentados na França com seus impactos no Brasil olímpico e terminamos com o golpe na Turquia, que nos desafia a colocar um enviado especial na tensa Istambul nas próximas horas para continuarmos informando os leitores durante o fim de semana. Monotonia zero!

 

Comentários (1)

  • Carlos Eduardo Silveira diz: 16 de julho de 2016

    Os leitores de Zero Hora percebem sim a presença de estagiários, principalmente aos fins de semana, quando muitos textos são publicados com inúmeros erros de todos os tipos. Mas tudo bem, eles logo aprendem. Como também aprendem aquilo que é característico deste tipo de jornalismo que é sempre buscar notícias ruins e catástrofes. As coisas boas nunca acontecem, por isso ZH não publica. Mas esta é uma característica do grupo RBS que está entrando na linha da Record, quanto mais sangue, melhor. Infelizmente não perguntam que tipo de notícias os leitores querem ler. É que tragédias vendem muito mais jornal. Tragédia é o que está acontecendo com o grupo RBS e não estão se dando conta.

Envie seu Comentário