Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

O blog agora está no site de Zero Hora

17 de outubro de 2016 0

blog

O Blog do Editor ganhou um formato diferente, mas com os mesmos conteúdos. Para continuar acompanhando as notícias e bastidores da Redação de ZH, clique aqui. O arquivo fica por aqui, com as informações coletadas desde 2009.

Comitiva da Festa da Banana visita a Redação

14 de outubro de 2016 0

IMG_1522Representantes da comunidade de Santo Antônio da Patrulha visitaram Zero Hora nesta sexta-feira. No próximo dia 23, o município fará a 27ª edição da Festa da Banana. A programação do evento prevê um tradicional almoço com churrasco, linguiça, carne de porco, pães e cucas de banana. Depois, haverá um baile.

A festividade faz alusão ao principal produto agrícola da cidade, a banana prata. Parte significativa da produção da fruta abastece os consumidores da Região Metropolitana de Porto Alegre. A Festa da Banana ocorre todos os anos e reúne até 2 mil pessoas de diferentes regiões na Comunidade de São João Batista de Evaristo, distrito localizado ao pé da serra, ao norte de Santo Antônio da Patrulha.

 

Primeira Pauta ZH inspira trabalho de jornalismo na UFRGS

11 de outubro de 2016 0

As estudantes de Jornalismo Fernanda Peron, Renata  Rodeghiero e Juliana Maciel buscaram fontes na Redação de ZH para investigar como está a relação da universidade com o mercado de trabalho. O trabalho faz parte da disciplina de Telejornalismo da UFRGS, ministrada pelo professor Flávio Porcello. Na pauta do grupo, o concurso Primeira Pauta teve destaque como uma das formas de os estudantes encontrarem uma aproximação do mercado durante o curso. Na segunda-feira, elas entrevistaram profissionais que atuam no programa de treinamento de ZH e a estudante Vitória Lemos, aprovada pelo concurso em 2014 e há dois anos atuando no 2º Caderno de ZH.

14671277_10154191234783952_8857949263909285791_n

Lúcia Pires

 

 

Profissionais da RBS recebem homenagem por cobertura olímpica

10 de outubro de 2016 0

Lúcia Pires
Jornalistas de ZH e da RBS TV foram homenageados esta tarde no Palácio Piratini pela cobertura da Rio 2016. A distinção pelos serviços prestados ao Esporte durante a Olímpíada do Brasil foi oferecida pela Associação dos Cronistas Esportivos Gaúchos e do Governo do Estado do Rio Grande do Sul. Leonardo Oliveira (E), André Baibich (C) e Cristiel Gasparetto representaram o grupo de jornalistas que inclui o colunista Diogo Olivier e o repórter de ZH Leandro Behs. Também foram destacados a jornalista e apresentadora da RBS TV Alice Bastos Neves e os jornalistas da Rádio Gaúcha André Silva e José Alberto Andrade.

Profissões: turminha de educação infantil visita a Redação

10 de outubro de 2016 0

capameladinho

Prestação de contas

08 de outubro de 2016 1

colunistas-marta-gleich

 

Cerca de 40 dias depois do lançamento da campanha “Segurança Já” em todos os veículos da RBS, em atendimento à principal demanda da população gaúcha, apresento aqui um balanço do que fizemos. Me surpreendi quando Carlos Etchichury, editor responsável pelo assunto, enviou o levantamento: foram mais de 570 reportagens e notícias na Zero Hora, no Diário Gaúcho, na Rádio Gaúcha e na RBS TV. 570!

Resolveu? Não. Você acompanha o noticiário. Mas tentamos fazer a nossa parte, e avaliamos que demos muita visibilidade ao tema. Como se sabe, só com o envolvimento de todos os setores, incluindo imprensa, órgãos públicos, Judiciário, Legislativo, Executivo, empresários etc, encontraremos saídas para o problema número 1 do Rio Grande do Sul. Ao colocar o assunto como prioridade diária na pauta, com cobertura intensa, busca de especialistas, debates e reportagens aprofundadas, buscamos mobilizar todos os setores na busca de soluções.

E como fizemos isso nas redações? Em vez de ficar só nos “boletins de ocorrência”, como chamamos a publicação de notícias que apenas relatam “ocorreu um homicídio aqui”, ou “um carro foi roubado ali”, debatemos remédios para a explosão da violência. É este o papel da mídia: oferecer seus espaços em rádio, televisão, jornal, internet como fóruns para que as principais preocupações da sociedade sejam discutidas. Não por acaso, o posicionamento da Zero Hora é “Perto para entender. Junto para transformar”. Somos daqui. Queremos ajudar no desenvolvimento desta comunidade.

Neste fim de semana, trazemos mais uma reportagem: no caderno DOC, o repórter Itamar Melo investiga as causas do aumento de casos brutais em Porto Alegre nos últimos dois anos, como decapitações, execuções, mães mortas diante dos filhos e assassinatos de crianças e grávidas. Como chegamos a essa barbárie? Como interromper a escalada de selvageria? Para tentar compreender o fenômeno, Itamar leu inquéritos policiais, entrevistou delegados e pesquisadores especializados no tema. O resultado é a mais ampla e profunda reportagem sobre a brutalidade na Capital feita até hoje.

A partir desta segunda, outra reportagem importante. O repórter Eduardo Torres e o fotógrafo Mateus Bruxel viajaram pelo país para conhecer locais onde soluções foram encontradas. É o caso, por exemplo, de Heliópolis, em São Paulo, uma das maiores favelas da América Latina, pacificada graças ao investimento em educação. Ou Jundiaí, também em São Paulo, onde os índices de roubo e furto de veículos caíram, com investimento em tecnologia. E, ainda, Nova Lima (MG), município no qual uma penitenciária funciona sem carcereiros, e a reincidência caiu para 20%, diante de uma média nacional de 80%. Como esses bons exemplos podem ser multiplicados no RS? Acompanhe.

A reflexão em alto nível também está presente na forma de painéis RBS. Realizamos dois até agora: o primeiro, um dia depois da morte de Cristine Fonseca Fagundes, assassinada em um assalto em frente à filha ao buscar o filho no colégio,
e o segundo, sobre impunidade, há duas semanas. Seguiremos o nosso propósito de interpretar uma realidade que acossa os gaúchos com pelo menos mais dois eventos, em outubro: debateremos o roubo de veículos (uma das principais causas de latrocínios) e, com a presença do secretário da Segurança Pública, Cezar Schirmer, discutiremos o caos no sistema prisional.

Além do trabalho de nossa força-tarefa da emergencial Editoria de Segurança dos veículos da RBS, criamos canais de interação para que você possa se manifestar e enviar sugestões sobre o tema. Compartilhe seus relatos com a equipe de jornalistas pelo e-mail segurancaja@gruporbs.com.br ou pelo WhatsApp (51) 9728-3837. Todo o conteúdo compartilhado nas redes sociais tem a hashtag #SegurançaJá. Envolva-se. Faça, também, a sua parte.

Kadão lança livro sobre fotografia

05 de outubro de 2016 0

Kadão - Foto: Jefferson BotegaA história do repórter fotográfico Ricardo Chaves, o Kadão, está contada no livro A força do tempo – Histórias de um repórter fotográfico brasileiro. A obraserá lançada na quinta-feira (13) e relata os mais de 40 anos de uma carreira na fotografia. O evento será no Átrio do Centro Histórico-Cultural da Santa Casa (Av. Independência, 75, em Porto Alegre), a partir das 19h30.

Kadão fez história em ZH. Passou por redações de jornais e revistas como Jornal do Brasil, O Estado de São Paulo, Veja, Isto É, mas foi em sua cidade natal que influenciou uma geração de profissionais. Em 1992, assumir o cargo de diretor de Fotografia de ZH e hoje assina a coluna Almanaque Gaúcho.

O livro de Kadão tem produção da Quati Produções Editoriais, sob selo da Libretos Editora, com financiamento do Fumproarte, da prefeitura Municipal de Porto Alegre. A edição é de Pedro Haase Filho e o design gráfico de Clô Barcellos.

O autor também participará da programação da 62ª Feira do Livro de Porto Alegre. No dia 9 de novembro, Ricardo Chaves ministrará a palestra ‘A força do tempo’, na Sala Oeste, do Santander Cultural, às 17h30, com sessão de autógrafos a partir das 20h, no Pavilhão de Autógrafos.

Estudantes de Camaquã conhecem a Redação de ZH

05 de outubro de 2016 0

acapavale5

Alunos do Colégio Militar de Porto Alegre visitam a Redação

03 de outubro de 2016 0

IMG_2886

Em busca de informações sobre a construção de texto, alunos do 9º ano Ensino Fundamental do Colégio Militar de Porto Alegre visitaram a Redação de ZH, acompanhados por professores da instituição e do coordenador Tenente Coronel Marcelo Moraes Machado. O grupo foi recebido pelo jornalista Rodrigo Lopes e pelo editorialista Nilson Souza.

 

A Redação pulsa

01 de outubro de 2016 1

colunistas-marta-gleich

Bruno Alencastro

Está vendo essa gurizada interessada aí da foto?

É possível que, em breve, você veja os nomes de alguns deles assinando conteúdos em sua ZH: Felipe Goldenberg Coelho (UFRGS), Eduardo Uhlmann (UFPel), Caroline da Silva (Unisc), Gabriela Vaz Garcia (UFRGS) e Larissa Pereira Burchard (Unipampa). Escolhidos entre 25 faculdades de Jornalismo, são os vencedores do programa Primeira Pauta, que traz alunos de comunicação de todo o Estado para passar uma semana vivenciando a rotina da maior redação do Rio Grande do Sul.

Postaram fotos nas redes sociais com o crachá de ZH, almoçaram no restaurante com outros funcionários, trabalharam com repórteres, fotógrafos, editores, saíram às ruas para fazer uma reportagem, compareceram a aulas de jornalistas experientes. É uma forma de ZH identificar talentos e contribuir para a formação de profissionais. Na quinta-feira, já inoculados com o vírus da paixão pelo jornalismo que se espalha todo dia por aqui, dois deles me pararam no corredor e pediram para estender o programa. Querem trabalhar neste fim de semana, para assistir a uma das jornadas em que o jornalismo se manifesta de maneira mais evidente: as eleições. É claro que eu disse “sim!!!”, com entusiasmo. Como vou negar a futuros colegas a emoção de viver um dia de jornalismo eletrizante?

O dia da votação é daqueles momentos imperdíveis em uma grande redação. Para novatos, que nunca viram um dia animado assim, e para veteranos que já vivenciaram mais de uma dezena de pleitos.

Bruno Alencastro

Planejada com um ano de antecedência, sob o comando de Dione Kuhn (ao centro na foto que imita a cena dos jovens do alto deste texto), editora de Notícias, a cobertura de eleições envolve mais de uma centena de jornalistas de ZH. As escalas ficam suspensas, o bar abre mais cedo, às 6h, e fecha mais tarde, à 1h de segunda. Um desavisado que entre aqui no horário mais quente, das 17h às 21h de domingo, pode pensar que entrou num comício ou caiu na Esquina Democrática na hora do pique, sei lá! Dezenas de pessoas falando e fazendo as mais diversas coisas ao mesmo tempo. Não é caos, não: está tudo organizadinho pela germânica Dione e pela experiente Rosane de Oliveira, nossa guru da Política, para que tenhamos a melhor cobertura nas plataformas digitais e, na segunda, a melhor edição impressa, analisando o resultado das urnas. Acompanhe nosso trabalho: veja, na página 25, tudo o que ofereceremos a nossos (e)leitores. Vote bem. E vibre, como nós, com a emoção deste momento relevante para a vida das nossas cidades.