Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts na categoria "Prêmios"

ZH na disputa do Prêmio ESSO 2014

16 de outubro de 2014 0

A Redação de Zero Hora está comemorando o destaque no Prêmio ESSO de Jornalismo 2014 com cinco indicações: duas na categoria Educação e três em Reportagem. A lista dos finalistas foi revelada nesta quarta-feira (15) e aponta na primeira categoria os trabalhos A luz de ler, de Juliano Rodrigues e Mauro Vieira, e Lições da Turma 11F, de Letícia Duarte e Félix Zucco. Este último também concorre na categoria Regional Sul.

luz1reprodução

Também foram indicadas as reportagens Bandido Tipo Exportação: O Homem Que Enganou Todo Mundo, de José Luís Costa e Itamar Melo e o caderno especial Kiss – Um ano. A narrativa sobre a tragédia na Boate Kiss foi publicada em 24 páginas e teve como eixo as histórias de sete amigos que foram à boate na noite da tragédia. Os textos são um diferencial do projeto que se assemelha a um livro e está dividido em sete capítulos, intercalados por outros seis, que abordam o ano por pontos de vista distintos e ambientados em diferentes momentos. A versão online inclui fotos e vídeos.

Clique nas páginas abaixo para ler a reportagem Bandido Tipo Exportação

bandido6bandido1bandido2bandido3bandido4bandido7

bandido5

O especial Kiss – Um ano, concorre também ao prêmio Libero Badaró 2014

capakissA reportagem que abordou a tragédia na Boate Kiss, em Santa Maria, foi produzida por equipe formada por Nilson Vargas, Adriana Irion, Humberto Trezzi, José Luís Costa, Juliana Bublitz, Larissa Roso, Letícia Duarte, Nilson Mariano, Paulo Germano, Itamar Melo, Carlos Etchichury, Diego Araújo, Leandro Fontoura, Diego Borges, Laura Rinaldi, Carlos Macedo e Lauro Alves.

Ao todo, o ESSO de Jornalismo 2014 recebeu este ano 1.047 trabalhos: 519 reportagens e séries de reportagens impressas, 175 trabalhos fotográficos, 291 trabalhos de criação gráfica (Jornal, Revista e Primeira Página) e 62 trabalhos de telejornalismo.

O Diário Catarinense e Jornal de Santa Catarina, do Grupo RBS, também estão indicados. Confira aqui a lista completa dos finalistas.

 

ZH venceu o prêmio ESSO de Jornalismo em 2013.

Confira o trabalho vencedor.

ZH é o Veículo Impresso do Ano do Prêmio Colunistas RS 2014

13 de outubro de 2014 0

O projeto de reformulação de Zero Hora, iniciado em maio deste ano, segue colhendo os frutos que a nova proposta editorial, comercial e visual tem apresentado aos seus leitores. O jornal foi reconhecido com o Prêmio Colunistas RS na categoria Veículo Impresso do Ano. Isso ocorre no momento em que ZH também é um dos indicados na categoria Veículo de Comunicação – Produtor de Conteúdo do Caboré 2014, um dos prêmios de comunicação mais importantes do país.logozhnovo

A reformulação do jornal incluiu a logomarca

Na 47ª edição, o prêmio conta com um júri formado por jornalistas especializados em comunicação de marketing e por profissionais de capacidade reconhecida dos setores cobertos pelas premiações. Trabalhos nas categorias jornal, revista, rádio, mídia exterior, mídia alternativa, mídia digital, cinema, televisão e internet serão agraciados na festa de premiação, em data a ser anunciada em breve.

Para o presidente do Grupo RBS, Eduardo Sirotsky Melzer, este novo reconhecimento é uma prova dos bons resultados do trabalho que vem sendo realizado, focado no atendimento das novas necessidades do público e no impacto das novas tecnologias sobre o consumo de informação.

– Estamos muito felizes com mais este reconhecimento do mercado para o trabalho coletivo que estamos fazendo em Zero Hora. Nosso compromisso é com o público e tudo o que fazemos é para sermos cada dia mais úteis e mais relevantes para a vida das pessoas – destaca Eduardo.

O Prêmio Colunistas é uma iniciativa da Associação Brasileira dos Colunistas de Marketing e Propaganda (Abracomp), que tem o objetivo de destacar os trabalhos mais relevantes das áreas de comunicação e de marketing de empresas e profissionais atuantes no Brasil.

 

Zero Hora é finalista do prêmio Libero Badaró

08 de outubro de 2014 0

capakissCom o caderno especial sobre um ano da tragédia na Boate Kiss, ocorrida em Santa Maria, em janeiro de 2013, ZH é finalista de um dos principais prêmios de jornalismo do país, o Líbero Badaró.

O caderno “Kiss – Um ano” se assemelha a um livro, com narrativa publicada em 24 páginas tendo como eixo as histórias de sete amigos que foram à boate na noite da tragédia.

Veja os finalistas do prêmio que recebeu mais de 1,8 mil trabalhos inscritos de todo o país.

Os textos são um diferencial do projeto que se divide em sete capítulos, intercalados por outros seis, que abordam o ano por pontos de vista distintos e ambientados em diferentes momentos.

Assinam o trabalho os jornalistas Adriana Irion, Carlos Etchichury, Carlos Macedo, Diego Araújo, Diego Borges, Humberto Trezzi, Itamar Melo, José Luis Costa, Juliana Bublitz, Larissa Roso, Lauro Alves, Leandro Fontoura, Letícia Duarte, Nilson Mariano e Paulo Germano.

— Este caderno contém a mais profunda e completa investigação sobre a tragédia na boate kiss. Foi a contribuição de ZH para a sociedade compreender este fato tão marcante e agir para que se faça justiça e para que ele não se repita – diz o editor-chefe multiplataforma de ZH, Nilson Vargas.

Abra as páginas do caderno ou clique aqui para ler a reportagem

 

 

 

Vídeo: Pretinho Básico homenageia ZH pela indicação ao Prêmio Caboré

06 de outubro de 2014 1

Zero Hora é indicada ao Caboré 2014

26 de setembro de 2014 0

A Redação de ZH comemorou esta semana a indicação do jornal Zero Hora ao prêmio Caboré 2014 na categoria Veículo de Comunicação – Produtor de Conteúdo. É um dos mais prestigiados reconhecimentos da indústria de comunicação do país, realizado pelo Grupo Meio&Mensagem. O Caboré se caracteriza pela entrega surpresa de uma gaiola dourada aos finalistas, acompanhada de uma carta.

Gaiola CaboréO presidente do Grupo RBS, Eduardo Sirotsky Melzer, recebeu a gaiola nesta quinta-feira (25).

– Estamos muito felizes e orgulhosos com essa indicação, ainda mais em um ano tão representativo para a nossa Zero Hora. O reconhecimento do mercado à transformação que fizemos, pensando no melhor produto para o nosso público, reforça nossa crença na comunicação e nossa disposição para seguir investindo no jornalismo de qualidade – comemora Melzer.

Até o ano passado, a premiação para veículos de comunicação se dividia entre Mídia Impressa e Mídia Eletrônica. Essas categorias foram redivididas em Plataforma de Mídia (onde entram empresas de tecnologia, redes sociais e empresas out of home) e Produtor de Conteúdo (da qual participam veículos como jornal, revista, rádio, TV paga e TV fechada e portais). No total, serão 13 categorias com três concorrentes em cada uma.

A lista completa dos indicados será divulgada na edição deste final de semana do jornal Meio&Mensagem. A festa de premiação será realizada no dia 3 de dezembro, no Citibank Hall, em São Paulo.

Repórter recebe homenagem da Federarroz

22 de fevereiro de 2014 0

O correspondente da Zero Hora em Cruz Alta, no Noroeste, Fernando Goettems, foi homenageado pela Federação das Associações dos Arrozeiros do Rio Grande do Sul (Federarroz), na 24ª abertura da colheita do arroz, que ocorreu em Mostardas neste fim de semana.

O repórter recebeu a homenagem “Reportagem Arrozeira do Ano”, pela matéria Energia falha, produção ameaçada, publicada no caderno Campo e Lavoura em 2013.

arquivo pessoal

Na reportagem, o repórter mostrou os problemas que lavouras de arroz encontram no Estado para irrigação, em razão do abastecimento de energia elétrica falho. No mês em que a matéria foi produzida,  algumas lavouras chegavam a estar 60 dias sem irrigação regular, em especial no município de Santa Vitória do Palmar, terceiro maior produtor do cereal no Estado, com mais de 67 mil hectares cultivados, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A lavoura de arroz é 100% irrigada no Estado e, com as constantes oscilações na rede elétrica, produtores acabam registrando perdas de produtividade e também são prejudicados com a queima de equipamentos.

Leia a matéria: 

Repórter de Zero Hora é o jornalista mais premiado do ano no Brasil

20 de dezembro de 2013 2

humberto_trezzi

 

O repórter especial de Zero Hora Humberto Trezzi é o jornalista mais premiado no Brasil em 2013. O levantamento é do informativo Jornalistas&Cia e do Portal dos Jornalistas. O anúncio foi feito nesta sexta-feira durante a divulgação do Ranking dos Mais Premiados Jornalistas do Brasil, que chegou neste ano à sua terceira edição.

Trezzi chegou à liderança com 145 pontos graças a duas reportagens que foram destaque no ano. Os arquivos secretos do coronel do DOI-Codi, produzida em conjunto com José Luís Costa, Marcelo Perrone e Nilson Mariano, faturou o Esso de Jornalismo e também recebeu o título de Hours Concours do Prêmio Direitos Humanos de Jornalismo, o ARI de Reportagem Impressa, e os internos do Grupo RBS e de Zero Hora. Ainda como desdobramento do tema, também gerou a reportagem Fichados no Dops no RS, que recebeu o primeiro lugar no ARI de Webjornalismo.

RUBENSPAIVA

Em A agonia das estradas, feita em parceria com os repórteres Caio Cigana e Guilherme Mazui, a equipe de Zero Hora abordou os graves problemas nas rodovias do Rio Grande do Sul. O estado é o último colocado no Brasil na proporção de estradas asfaltadas em relação ao total de rodovias. A reportagem foi premiada com os prêmios do Setcergs e CNI de Jornalismo, além de ter faturado o Especial Infraestrutura do CBIC de Jornalismo.

No Ranking dos Jornalistas Mais Premiados de Todos os Tempos, Zero Hora também foi um dos destaques, com três profissionais entre os 20 mais premiados. Na nona posição aparece o experiente Carlos Wagner, com 560 pontos, que durante sua carreira conquistou o Prêmio Esso em oito edições, além de acumular vitórias em importantes premiações como o Vladimir Herzog, ARI e o Direitos Humanos. Na 14ª posição aparece novamente Humberto Trezzi, com 450 pontos, e Nilson Mariano, vem na 15ª posição, com 435 pontos.

ZH vence seis categorias do Prêmio ARI 2013

19 de dezembro de 2013 0

Foram conhecidos nesta quinta-feira os vencedores d0 55º Prêmio ARI-Banrisul de Jornalismo, realizado pela Associação Riograndense de Imprensa, com o apoio do Banrisul.

Em jornal impresso, ZH venceu nas categorias Geral, Cultura, Crônica, Planejamento Gráfico, Charge e em Webjornalismo. O jornal ainda recebeu cinco menções honrosas. Confira abaixo os trabalhos de ZH premiados. Clique aqui para ver os vencedores em todas as categorias.

 

JORNALISMO IMPRESSO

 Reportagem Geral

Menção Honrosa  – Invicíveis, de Aline Custódio, Diário Gaúcho

Empate

1º lugar - A verdade sobre Rubens Paiva e atentado ao Rio Centro, de José Luís Costa e equipe, Zero Hora

1º lugar – A maior tragédia do RS, de Paulo Neri das Chagas, Diário de Santa Maria

 

Reportagem Esportiva

Menção Honrosa – Derrotados pelo vírus,  de Jones Lopes da Silva, Zero Hora

virus

Empate

1º lugar - As caras do Mundial, de Carlos Corrêa, Correio do Povo

1ºlugar - Esportes em que marcamos época, de André Heck, Jornal NH

 

Reportagem Cultural

Menção Honrosa – Scheffel por Scheffel, de Eduardo Andrejew, Jornal NH

1º lugar - A Batalha cultural na Tinga, Marcelo Gonzatto, Zero Hora

tinga

 2º lugar – Patrimônio Gaúcho – Série, de Michele Ferreira, Diário Popular, Pelotas

 

Crônica

Menção Honrosa – Capítulo da indiferença, de Liberato Vieira da Cunha, Zero Hora

1º lugar – E se Deus existir?, Fabio Prikladnicki, Zero Hora

2º lugar – A Bermuda do Cachoeira, de Moisés Mendes, Zero Hora

 

Fotojornalismo

Menção Honrosa – Sem pedir licença, de Jefferson Botega, Zero Hora

1º lugar - Oração do aposentado, Ricardo Stricher, Jornal do Comércio

2º lugar – Protesto e Violência, de Mauro Schaeffer, Correio do Povo

 

Planejamento Gráfico

Menção Honrosa – E Agora, José?, Luiz Carlos Nogueira Py Júnior, Diário Gaúcho

1º lugar - Olímpico Eterno, de Aluízio Brito Pinheiro, Zero Hora

2º lugar – Simplesmente amor, de Melina Gallo de Araújo, Revista Donna/Zero Hora

 

Charge

Menção Honrosa  – Médicos cubanos, Gilmar Luiz Tatsch – TACHO, Jornal NH

1º lugar – Pré-sol, Gilmar Fraga, Zero Hora

2º lugar – Preço da erva sobre 70%, Elias Ramires Monteiro, Diário de Santa Maria

 

WEBJORNALISMO

Menção Honrosa – Uma Constituição em Construção, de Juliana Bublitz e Carlos Rollsing, zerohora.com

1º lugar - Fichados no DOPS RS, de Adriana Franciosi, zerohora.com

2ºlugar – Livro Manifesto, de Jean Schwarz e equipe, independente

Cláudia Laitano recebe Prêmio Direitos Humanos de Jornalismo

12 de dezembro de 2013 0

A colunista Cláudia Laitano recebeu o troféu Direitos Humanos pela cônica do ano, com o texto Onde está Amarildo?

— Uma dose extra de emoção da noite foi a bela homenagem aos 75 anos do guerreiro Jair Krischke — disse a jornalista.

divulgação

Na cerimônia, realizada na terça-feira (10), na sede da OAB, na Capital, também foram homenageados os jornalistas de Zero Hora José Luis Costa, Humberto Trezzi, Nilson Mariano e Marcelo Perrone, autores da reportagem “Os arquivos secretos do DOI-CODI”, como Hors Concours. O trabalho foi o vencedor do Prêmio Esso de Jornalismo 2013.

 

Jornalistas de ZH recebem prêmios nacionais

24 de outubro de 2013 0

A noite de terça-feira foi especial para Zero Hora. Dois de seus profissionais foram reconhecidos nacionalmente em cerimônias de entrega de prêmios jornalísticos.

petrobras
Letícia Duarte recebeu o Grande Prêmio Petrobrás de Jornalismo em solenidade no Espaço Tom Jobim, no Jardim Botânico, no Rio de Janeiro, que contou com a presença da presidente da Petrobras, Maria das Graças Silva Foster. A repórter foi premiada por Filho da Rua, reportagem publicada em um caderno especial de 16 páginas encartado na edição de 17 junho de 2012. Resultado de três anos de apuração, a reportagem conta a história de um menino de rua de 14 anos. O objetivo foi revelar como a omissão, a desestrutura familiar, a pobreza e as falhas do Estado arrancam crianças de casa e da escola e as jogam nas calçadas e nas drogas. Conheça o trabalho clicando aqui.

jeff

O editor de Imagem Jefferson Botega recebeu, em cerimônia no Memorial da América Latina, em São Paulo, o Prêmio Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos na categoria de Fotografia por “Depósito Humano”, publicada na capa da edição impressa de ZH de 31 de agosto de 2012. A imagem revela a realidade de superlotação do Presídio Estadual de Charqueadas, na região metropolitana de Porto Alegre.