Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts na categoria "Prêmios"

"Agonia das Estradas" vence Prêmio CREA-RS de Jornalismo Especial

21 de dezembro de 2014 0

Com o trabalho “A Agonia das Estradas”, os jornalistas Humberto Trezzi, Caio Cigana e Guilherme Mazzui venceram o Prêmio do CREA-RS de Jornalismo Especial 80 Anos.  A reportagem analisa os motivos para a má qualidade das estradas gaúchas e foi publicada em 10 de março de 2013 em versão digital e em caderno especial de 12 páginas. A reportagem foi considerada a melhor de jornalismo impresso nas oito décadas da entidade. As inscrições poderiam incluir matérias desde 1934.

Reportagem também venceu o grande prêmio CNI de Jornalismo, em 2013.

Leia todas das reportagens

O anúncio dos premiados foi feito na sexta (19) durante cerimônia no Hotel Embaixador, em Porto Alegre. Esta edição especial de premiação foi um reconhecimento aos trabalhos jornalísticos que se destacaram por tornarem acessíveis à sociedade informações sobre atividades, inovações, projetos e execuções desenvolvidas pelos profissionais e empresas da área tecnológica do Estado, que contribuem para a modernização e desenvolvimento sustentável da sociedade.

divulgação

 

 

 

ZH leva 10 prêmios da 56ª edição do Prêmio ARI de Jornalismo

19 de dezembro de 2014 0

logozhnovo1Zero Hora recebeu distinção em todas as categorias relacionadas ao jornalismo impresso e digital da 56ª edição do Prêmio ARI de Jornalismo. Dez prêmios e quatro menções honrosas foram entregues esta manhã aos profissionais do jornal em solenidade realizada no Salão Nobre do Banrisul. Um dos destaques da premiação de ZH em 2014 foi a reportagem esportiva, que levou todas as estatuetas da categoria.

Além do trabalho de seus jornalistas, a Associação Riograndense de Imprensa homenageou ZH pelos 50 anos do jornal com a entrega do troféu Negrinho do Pastoreio, confeccionado pelo artista Valdomiro Motta.

ari1Veja os vencedores de ZH

JORNALISMO IMPRESSO – REPORTAGEM GERAL

2º Lugar: Casacas do Golpe – 50 Anos do Golpe Militar, por JULIANA BUBLITZ, CARLOS ROLLSING e JOSÉ LUIS COSTA

JORNALISMO IMPRESSO – REPORTAGEM ECONÔMICA

1º Lugar: Proibidos, Falsificados e Perigosos, por CAIO CEZAR CIGANA

2º Lugar: A Invasão dos Javalis, por NILSON CEZAR MARIANO

JORNALISMO IMPRESSO – REPORTAGEM CULTURAL

2º Lugar: O Golpe na Cultura, por MARCELO GONZATTO, MARCELO PERRONE, FÁBIO PRIKLADNICKI E CARLOS ANDRÉ MOREIRA

JORNALISMO IMPRESSO – REPORTAGEM ESPORTIVA

1º Lugar: Fernandão – Morte e Vida de um Ídolo, por LEANDRO BEHS E GUILHERME MAZUI.

2º Lugar: Copa de 1950 – Porto Alegre em Cima da Hora, por JONES LOPES DA SILVA,

Menção Honrosa: Dinheiro Farto para Organizada, por PAULO GERMANO,

JORNALISMO IMPRESSO – CRÔNICA

1º Lugar: O Fim e o Começo, por CLAUDIA LAITANO

2º Lugar: PAPÁ E PAPA, por DIOGO OLIVIER MELLO

JORNALISMO IMPRESSO – FOTOJORNALISMO

Menção Honrosa: Touro Indomável, por  LUIS TADEU VILANI

JORNALISMO IMPRESSO – CHARGE

1º Lugar: Morre Mandela, por ELIAS RAMIRES MONTEIRO

Menção Honrosa:  Um “Tombini” na Inflação, por GILMAR DE OLIVEIRA FRAGA

JORNALISMO IMPRESSO – PLANEJAMENTO GRÁFICO

1º Lugar: 1964 – 50 Anos Depois do Golpe, por  CAROLINA SALAZAR MOREIRA

WEBJORNALISMO

Menção Honrosa: A Maior Rebelião da História do Estado, por MAURÍCIO TONETTO e CARLOS WAGNER

Clique aqui para ver a lista completa dos vencedores

 

ZH tem 26 trabalhos finalistas no Prêmio ARI 2014

16 de dezembro de 2014 0

logozhnovo

A comissão julgadora da 56ª edição do Prêmio ARI de Jornalismo divulgou esta tarde os trabalhos finalistas. Este ano, foram avaliados 274 inscritos e ZH teve 26 reportagens escolhidas em nove, das 14 categorias.

Em cada categoria foram apontados cinco finalistas, de onde sairão os três classificados (1º e 2º lugares e menção honrosa). Os nomes dos vencedores serão anunciados na próxima sexta-feira (19), às 10 horas, em solenidade no Salão Nobre do Banrisul.

Confira os trabalhos de ZH:

Jornalismo Impresso – Reportagem Geral
- JOSE LUIS COSTA -Zero Hora, BANDIDO TIPO EXPORTAÇÃO: O BRASILEIRO QUE ENGANOU TODO MUNDO
- JULIANA BUBLITZ – Zero Hora, CASACAS DO GOLPE – 50 ANOS DO GOLPE MILITAR
- LETÍCIA DUARTE – Zero Hora, LIÇÕES DA TURMA 11 F

Jornalismo Impresso – Reportagem Econômica
- NILSON MARIANO – Zero Hora, A INVASÃO DOS JAVALIS
- CAIO CIGANA – Zero Hora, PROIBIDOS, FALSIFICADOS E PERIGOSOS

Jornalismo Impresso – Reportagem Cultural
- MARCELO GONZATTO-Zero Hora, TROPEIROS DO SÉCULO 21
- CARLOS ANDRÉ MOREIRA -Zero Hora, O GOLPE NA CULTURA

Jornalismo Impresso – Reportagem Esportiva
- SERGIO FERNANDO TRIBUTINI VILLAR – Zero Hora, GIGANTE
- LEANDRO BEHS – Zero Hora, FERNANDÃO- MORTE E VIDA DE UM ÍDOLO
- JONES LOPES DA SILVA – Zero Hora, COPA DE 1950: PORTO ALEGRE EM CIMA DA HORA
- PAULO GERMANO – Zero Hora, DINHEIRO FARTO PARA ORGANIZADA

Jornalismo Impresso – Crônica
- CLAUDIA LAITANO – Zero Hora, O HOMEM ERRADO
- DIOGO OLIVIER – Zero Hora, PAPÁ E PAPA
- CLAUDIA LAITANO, Zero Hora, O FIM E O COMEÇO

Jornalismo Impresso – Fotojornalismo
- LUIS TADEU VILANI, Zero Hora, TOURO INDOMÁVEL
- MAURO DOS SANTOS VIEIRA, Zero Hora, INVASÃO GANESA

Jornalismo Impresso – Charge
- GILMAR DE OLIVEIRA FRAGA – Zero Hora, FICOU PRA DEPOIS
- ELIAS RAMIRES MONTEIRO – Zero Hora, MORRE MANDELA
- GILMAR DE OLIVEIRA FRAGA – Zero Hora,UM “TOMBINI” NA INFLAÇÃO

Jornalismo Impresso – Planejamento Gráfico
- CAROLINA SALAZAR MOREIRA, Zero Hora, 1964 – 50 ANOS DEPOIS DO GOLPE MILITAR
- MELINA GALLO DE ARAUJO, Zero Hora, MANUAL DO ESPUMANTE
- MELINA GALLO DE ARAÚJO, Zero Hora, O QUE É QUE A FRANCESA TEM?

Webjornalismo
- MAURÍCIO TONETTO , Zero Hora, A MAIOR REBELIÃO DA HISTÓRIA DO ESTADO
- PAULO GERMANO – Zero Hora, PROGRAMA NA CHINCHA, DO PROJETO LA URNA

ZH recebe Prêmio Direitos Humanos em duas categorias

10 de dezembro de 2014 0

A cerimônia de entrega do 31º Prêmio Direitos Humanos de Jornalismo 2014 marcada para a noite desta quarta-feira (10), no auditório da OAB, vai homenagear dois trabalhos de Zero Hora.

A reportagem Os novos Imigrantes, de Humberto Trezzi e Carlos Rollsing, ficou com o segundo lugar na categoria.

Mauro Vieira

Na categoria online, o documentário 50 anos do Golpe Militar: apoio civil e resistência armada receberá menção honrosa. O trabalho teve reportagem de Juliana Bublitz, Carlos Rollsing, José Luis Costa, Adriana Franciosi, Letícia Coimbra, Marco Vencato, edição de imagens de Luan Ott, Leandro Becker, ilustrações e animação de Gilmar Fraga e Michel Fontes, e coordenação Dione Kuhn.

golpe64

O prêmio é promovido por  Movimento de Justiça e Direitos Humanos (MJDH), a Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional do Rio Grande do Sul (OAB/RS), a Secretaria Regional Latino Americana da UITA – União Internacional dos Trabalhadores na Alimentação, Agricultura e Afins, com a Associação dos Repórteres Fotográficos e Cinematográficos do Rio Grande do Sul (ARFOC/RS) e da ARFOC/Brasil.

Veja quem são os vencedores

Jornalismo de SC leva Prêmio Jayme Sirotsky 2014

09 de dezembro de 2014 0

17098359

Hora de Santa Catarina e a RBS TV de Florianópolis foram os grandes vencedores do Prêmio Jayme Sirotsky de Jornalismo e Entretenimento 2014, entregue ontem à noite, em Porto Alegre. O trabalho dos repórteres Gabriela Wolff, Betina Humeres (Hora), Laine Valgas, Kiria Meurer, Fabiano Souza, José Carmo, Sávio Milani, Analu Vieira, Clauzir Silva e Margarida Santi (RBS TV) venceu o principal prêmio da noite, escolhido entre os vencedores das 14 categorias do Prêmio RBS de Jornalismo e Entretenimento 2014.

Dieta pela Vida conta a história de Tatiana Solonca, 34 anos, e João Vitor, 5 anos. João tinha um câncer raro no fígado e Tatiana, aos 103kg, estava precisando emagrecer por questões de saúde. Foi quando descobriu que era a única doadora compatível com João Vitor. Precisou perder 30kg para estar saudável o suficiente para a doação. Uma história de amor e vida que foi acompanhada por cinco meses pela Hora de SC e pela pela RBS TV Florianópolis, com repercussão no Fantástico.

Zero Hora vence duas categorias do Prêmio de Jornalismo Ministério Público do Rio Grande do Sul

03 de dezembro de 2014 0

A Redação de ZH comemora duas premiações na 16ª edição do Prêmio de Jornalismo Ministério Público do Rio Grande do Sul. O mérito foi nas categoria Mídia Web e Prêmio Especial.

Na categoria Prêmio Especial, as jornalistas Larissa Roso e Letícia Duarte venceram com a reportagem “Meu filho (não) bebe”, publicada em 4 de maio. A reportagem destacou a influência e os efeitos do álcool na infância e adolescência e a atuação do MP diante desta realidade.

Carlos Macedo

A repórter Fernanda da Costa foi a vencedora na categoria Mídia Web, com as matérias “Abrigos públicos para crianças são insalubres em Porto Alegre”. E “Falhas no sistema tiram chances de adoção de 10% das crianças na capital”, veiculadas nos dias 1º e 26 de novembro deste ano.

​ZH ainda conquistou segundo lugar na categoria Fotografia com “Adeus, Be”, de Carlos Macedo, publicada em 16 de abril. A foto mostra a despedida da comunidade de Três Passo ao menino assassinado.

be

O prêmio tem apoio do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do RS, da Associação Riograndense de Imprensa (ARI) e patrocínio do Hotel Continental Canela.

Veja todos os vencedores

ZH vence categoria Regional Sul do 15º Prêmio Imprensa Embratel/Claro

27 de novembro de 2014 0

Jean SchwarzTrabalho do jornalista Caio Cigana sobre agrotóxicos conquistou o Embratel/Claro 2014. A reportagem “Proibidos, falsificados e perigosos” venceu o 15º edição do Prêmio na categoria Regional Sul.

O trabalho foi publicado por ZH em 25 de novembro de 2013 e mostrou como produtos proibidos até nos seus países de origem são negociados pela internet e entregues em todo o Estado.

A série revelou ainda como resíduos de pesticidas, herbicidas e inseticidas comprometem a água, ameaçando a saúde de toda a população e detalhou a situação de abuso no consumo de agrotóxicos e o avanço da venda dessas substâncias, que cresceu o triplo em relação ao avanço da área plantada. A cerimônia de premiação será em 9 de dezembro, no Rio de Janeiro.

Foram inscritas 1.812 reportagens de 745 jornalistas de todo o país. O Prêmio Imprensa Embratel/Claro é considerado uma das mais importantes premiações jornalísticas do Brasil. Há quinze anos busca reconhecer os trabalhos de qualidade, que alcançam reflexão e resultados na cobertura abrangente dos fatos sociais que marcam o País.

 

premio

ZH elege melhores trabalhos e profissionais de 2014

17 de novembro de 2014 1

A Redação de ZH prestigiou esta tarde a cerimônia de entrega do Prêmio Zero Hora 2014. A diretora Marta Gleich abriu o evento lembrando os principais desafios do ano como a Copa do Mundo e as Eleições. Ela também projetou 2015, ao lado de Eduardo Melzer e Nelson Sirotsky, com foco em investimento no jornalismo de qualidade para a Redação de ZH. Os 21 premiados foram anunciados por editores que tiveram como mestres de cerimônia os jornalistas da turma do La Urna.

Marcelo Oliveira

Veja como foi a premiação.

Conheça os premiados!

REPORTAGEM INVESTIGATIVA

Bandido tipo exportação: o brasileiro que enganou todo mundo

José Luís Costa e Itamar Melo

REPORTAGEM

Meu Nome é Helena

Larissa Roso e Bruno Alencastro

Marcelo Oliveira

EDUCAÇÃO

Lições da turma 11F , por Letícia Duarte e Félix Zucco e A Luz de Ler, por Juliano Rodrigues e Mauro Vieira

REPORTAGEM MULTIMÍDIA

Kiss – Um ano

Por Adriana Irion, Humberto Trezzi, José Luís Costa, Juliana Bublitz, Larissa Roso, Letícia Duarte, Nilson Mariano, Paulo Germano, Itamar Melo, Carlos Etchichury, Diego Araujo, Leandro Fontoura, Diego Borges, Laura Rinaldi, Carlos Macedo e Lauro Alves, Maurício Tonetto, Adriana Franciosi, Luan Ott, Thaís Zimmer Martins, Guilherme Gonçalves, Michel Fontes e Rodrigo Lopes

COBERTURA

Caso Bernardo

Adriana Irion, Carlos Wagner, Humberto Trezzi, José Luís Costa e Maurício Tonetto

Marcelo Oliveira

PRÊMIO ESPECIAL

A Copa 2014 em Zero Hora

Rodrigo Muzell, Diego Araujo, Débora Pradella e equipe ZH

Marcelo Oliveira

Imagem

A Copa do Mundo em 225 segundos

Jefferson Botega e Luan Ott

NOVA LINGUAGEM

Grade de programação ZH Digital

Bárbara Nickel e equipe

al_7noticiashora_do_café_textozh_explica_comzh_recomenda_v2

ARTE E INFOGRAFIA

O Mundo das Trincheiras

Fernando Gonda, Edu Oliveira e Editoria de Arte ZH

PROCESSO

Central de Páginas

Carla Dutra e equipe

 CADERNO

PrOA

 Cláudia Laitano e equipe

Marcelo Oliveira

COLUNISMO/OPINIÃO

Rosane de Oliveira

Marcelo Oliveira

REVELAÇÃO

Carlos Etchichury

JORNALISTA DO ANO

Rodrigo Muzell

Marcelo Oliveira

EDITOR DO ANO

Dione Kuhn

PROFISSIONAL DE IMAGEM

Anderson Fetter

PROFISSIONAL MULTIMÍDIA

Isadora Neumann

Marcelo Oliveira

DESIGNER

Leonardo Azevedo e Rafael Ocaña

ENTRETENIMENTO

Sant’Ana e Sant’Aninha

Anderson Fetter, Duda Garbi, Paulo Sant’Ana e Nilson Souza

Marcelo Oliveira

REPORTAGEM ESPORTIVA

Dinheiro farto para organizada

Paulo Germano

SACADA

La Urna

Paulo Germano, Gustavo Foster, Arthur Gubert, Marcos Piangers, Marina Ciconet, Anderson Fetter, Marcelo Carollo e Luan Ott

Marcelo Oliveira

 

Reportagem de ZH vence Esso Regional de Jornalismo

12 de novembro de 2014 0

A jornalista Letícia Duarte e o fotojornalista Félix Zucco venceram a 59ª edição do Prêmio Esso de Jornalismo, na categoria Regional Sul, com a reportagem Lições da Turma 11F, publicada por Zero Hora em 22 de dezembro de 2013.

Ao longo de 2013, Zero Hora acompanhou uma turma de Ensino Médio do Colégio Júlio de Castilhos, uma das mais tradicionais escolas públicas do Estado. Dentro da sala de aula, a reportagem faz um retrato da educação desconectada da realidade dos alunos e da tecnologia, carente de mais recursos – humanos e materiais – e marcada por desinteresse e desestímulo por todos os lados.

onlineeduca

Nas versões digital e impressa (oito páginas), a reportagem mostrou a realidade do ensino público do Estado

Veja como foi o momento do anúncio do prêmio na Redação e o depoimento da repórter  Letícia Duarte que, em 2012  conquistou o Esso Nacional de Reportagem, com Filho da Rua, um trabalho que acompanhou por 3 anos um menino de rua em Porto Alegre.

Leia a íntegra da Reportagem

Saiba mais sobre a reportagem:

A partir do microcosmo da turma 11F, ZH observou 10,5% do grupo abandonar os estudos – um percentual equivalente à média da rede estadual no país e inferior à gaúcha, de 11,7%. Constatou que a falta de professores é um problema recorrente mesmo quando o quadro está aparentemente completo – em uma escola em que é comum sete docentes faltarem por dia, no turno da manhã – o equivalente a 18% do total. Observou a flutuação de alunos em sala, o desafio dos professores de ensinar uma geração que passa o dia plugada em dispositivos tecnológicos. E acompanhou a controvérsia provocada pelo Ensino Médio Politécnico – visto por grande parte dos docentes como estratégia do governo para facilitar a aprovação, maquiando dados de evasão e repetência.

Ao apresentar pistas para entender o que os números da educação apenas rascunham, a reportagem provocou grande impacto na sociedade gaúcha, abrindo um debate público sobre a qualidade da educação. O governo do Estado abriu sindicância para apurar eventuais irregularidades na gestão da escola, enquanto leitores e a comunidade escolar reagiram, por entender que as deficiências eram fruto da má gestão do sistema, e não um caso pontual. As manifestações foram retratadas em novas matérias, com a mediação de especialistas, na busca por saídas.

Neste ano, o Prêmio Esso recebeu 519 reportagens e séries de reportagens impressas; 175 trabalhos fotográficos; 291 trabalhos de criação gráfica (Jornal, Revista e Primeira Página) e 62 trabalhos de telejornalismo.

Veja a lista completa dos vencedores 2014

ZH na disputa do Prêmio ESSO 2014

16 de outubro de 2014 0

A Redação de Zero Hora está comemorando o destaque no Prêmio ESSO de Jornalismo 2014 com cinco indicações: duas na categoria Educação e três em Reportagem. A lista dos finalistas foi revelada nesta quarta-feira (15) e aponta na primeira categoria os trabalhos A luz de ler, de Juliano Rodrigues e Mauro Vieira, e Lições da Turma 11F, de Letícia Duarte e Félix Zucco. Este último também concorre na categoria Regional Sul.

luz1reprodução

Também foram indicadas as reportagens Bandido Tipo Exportação: O Homem Que Enganou Todo Mundo, de José Luís Costa e Itamar Melo e o caderno especial Kiss – Um ano. A narrativa sobre a tragédia na Boate Kiss foi publicada em 24 páginas e teve como eixo as histórias de sete amigos que foram à boate na noite da tragédia. Os textos são um diferencial do projeto que se assemelha a um livro e está dividido em sete capítulos, intercalados por outros seis, que abordam o ano por pontos de vista distintos e ambientados em diferentes momentos. A versão online inclui fotos e vídeos.

Clique nas páginas abaixo para ler a reportagem Bandido Tipo Exportação

bandido6bandido1bandido2bandido3bandido4bandido7

bandido5

O especial Kiss – Um ano, concorre também ao prêmio Libero Badaró 2014

capakissA reportagem que abordou a tragédia na Boate Kiss, em Santa Maria, foi produzida por equipe formada por Nilson Vargas, Adriana Irion, Humberto Trezzi, José Luís Costa, Juliana Bublitz, Larissa Roso, Letícia Duarte, Nilson Mariano, Paulo Germano, Itamar Melo, Carlos Etchichury, Diego Araújo, Leandro Fontoura, Diego Borges, Laura Rinaldi, Carlos Macedo e Lauro Alves.

Ao todo, o ESSO de Jornalismo 2014 recebeu este ano 1.047 trabalhos: 519 reportagens e séries de reportagens impressas, 175 trabalhos fotográficos, 291 trabalhos de criação gráfica (Jornal, Revista e Primeira Página) e 62 trabalhos de telejornalismo.

O Diário Catarinense e Jornal de Santa Catarina, do Grupo RBS, também estão indicados. Confira aqui a lista completa dos finalistas.

 

ZH venceu o prêmio ESSO de Jornalismo em 2013.

Confira o trabalho vencedor.