Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts na categoria "Blog do Editor"

Veja os destaques da edição dominical

19 de setembro de 2014 0

O caderno PrOA mostra como decisões judiciais estão transformando a sociedade brasileira. E mais:

reprodução

Estação ZH prepara final de semana de atividades gratuitas no Parcão

17 de setembro de 2014 1

A Estação ZH, estrutura itinerante construída em comemoração aos 50 anos de Zero Hora, promete mais um final de semana com atrações gratuitas no Parcão. O almoço do chef com Guadalupe e Rafael, do truck Olivia&Palito, e os shows previstos  para esta sexta-feira foram cancelados devido a previsão de chuva em Porto Alegre.

Confira a programação confirmada para esta sexta-feira, no espaço interno da Estação ZH:

10h às 12h  – Hatha Yoga com Samadhi Yoga Centro
14h às 18h – Roda de Chimarrão
16h às 17h – Transmissão de Curtas Gaúchos

Sábado é dia de Stand Up Comic’s
A partir das 15h, a Estação ZH apresentação de stand up comedy, do grupo Comic’s. O espetáculo terá duração de uma hora e promete comentar com um olhar bem-humorado alguns fatos inusitados do cotidiano, como por exemplo, os hábitos gaúchos envolvidos nas comemorações farroupilha. O grupo Comic’s faz sua apresentação com os comediantes Guilherme Kos, Jorge Wait e o australiano Luke Simmons.

divulgação

Domingo tem Yoga e música

A cantora Juliana Rosenthal e Ricardo Alves são atrações do fim de semana. Juliana é cantora, cavaquinista e compositora e trará para o palco da Estação ZH composições autorais, com um repertório no gênero do samba e do choro, além de destaque para compositores gaúchos como Lupicínio Rodrigues e Túlio Piva. O show está marcado para às 15h. A artista será acompanhada por Elias Barboza, que é músico, compositor e bandolinista  e também pelo músico e acordeonista Matheus Kleber. Ricardo Alves é um novo talento e se apresenta às 17h com voz-violão, trazendo canções autorais de seus trabalhos “Valente” e “Dois a Rodar”.

João Freitasdivulgação

A Estação ZH mantém a mostra “Legado Particular” da fotógrafa Esa Guedes. O espaço  conta com cafeteria aberta ao público, wi-fi gratuita, espaço pet, com água e saquinhos e também o estacionamento de bikes. Todas as atividades da programação são gratuitas e o espaço tem horário de funcionamento das 10h às 18h, nas sextas, sábados e domingos. Neste final de semana, em função do dia 20 de setembro, a Barão Erva Mate e Chás irá oferecer erva para todos que chegarem no local.

*Em caso de chuva, algumas atividades da programação podem sofrer alterações.

Mais informações e novidades na página da Estação ZH no Facebook: www.facebook.com/estacaozh

Programação completa deste final de semana:

19 de setembro    
10h às 12h    Hatha Yoga com Samadhi Yoga Centro

14h às 18h – Roda de Chimarrão
16h às 17h – Transmissão de Curtas Gaúchos

20 de setembro    
10h às 12h    Kundalini Yoga com Samadhi Yoga Centro
15h às 16h    Show de stand up comedy com o grupo Comic’s
21 de setembro  
10h às 12h    Kundalini Yoga com Samadhi Yoga Centro
15h às 16h    Show de Juliana Rosenthal
17h às 18h    Show de Ricardo Alves

Veja os destaques de ZH desta terça-feira

16 de setembro de 2014 0

Veja os destaques desta sexta-feira em ZH

12 de setembro de 2014 0

Estação ZH recebeu no Parcão os primeiros visitantes da temporada

08 de setembro de 2014 0

A segunda temporada da Estação ZH recebeu domingo os visitantes com um piquenique ao som do grupo Marmota Jazz. Também teve o espetáculo do Circo de Palco e da apresentação da banda Samba e Amor. Além de atrações culinárias e
musicais, educadores físicos ofereceram uma manhã de exercícios aos visitantes.

Os visitantes encontraram 14 bancas com comidinhas preparadas por chefs. Pratos quentes, frios e opções em dois food trucks.

Lauro Alves

Até outubro, o evento seguirá no mesmo local, sempre sextas, sábados e domingos, das 10h às 18h. A programação cultural é atualizada semanalmente em facebook.com/estacaozh.

Veja os destaques da edição desta terça

08 de setembro de 2014 0

Leia na ZH deste domingo

05 de setembro de 2014 0

Racismo é tema da segunda fase de seleção do Primeira Pauta

05 de setembro de 2014 0

O Rio Grande do Sul é um Estado racista?

Construa um texto jornalístico, com no máximo 30 linhas (em word, corpo 12), tratando do tema acima. Não esqueça que você deve ouvir pelo menos dois entrevistados.

Se desejar, poderá incluir foto ou link de vídeo postado no YouTube.

Para alunos de Design, o tema deve ser tratado com ilustração ou infográfico (formato jpeg, tamanho máximo 1MB) ou arte em vídeo (máximo 2 minutos, publicar no YouTube e enviar o link).

Os trabalhos serão recebidos pelo e-mail primeirapauta@zerohora.com.br.

Dúvidas? consulte novamente o regulamento.

logo_horizontal

Humberto Trezzi conversa com alunos da Urcamp

26 de agosto de 2014 0

divulgação

Texto: Yuri Cougo Dias

Em Bagé, a Universidade da Região da Campanha (Urcamp) recebeu na noite de quarta-feira (20), no Salão de Atos, a palestra do repórter Humberto Trezzi, de Zero Hora. O evento faz parte do ciclo de palestras anual de ZH pelas escolas de Jornalismo.

Formado pela PUCRS, Trezzi trabalha há 25 anos como repórter de ZH. Ele afirma ter ingressado no jornalismo totalmente por acaso. “Queria algo que não tivesse cálculos, fiz uni-duni-tê com as ciências humanas e o dedo caiu sobre o jornalismo”, completa Trezzi.

Durante o encontro, relatou experiências em coberturas internacionais, como a viagem com as Forças Armadas à Angola, a cobertura do tráfico no Rio de Janeiro, os conflitos no Paraguai, Equador, Colômbia, os desastres em Santa Catarina, o terremoto no Chile, entre outros.

Marcado por coberturas internacionais de guerras, como a Primavera Árabe, no qual foi ferido, Trezzi comentou sobre a situação em que a Líbia se encontrava e exibiu fotos e vídeos dos conflitos. “Na Líbia todos os homens maiores de 16 anos foram para a guerra, ficando a cargo das crianças o policiamento nas ruas. A rebelião foi extremamente violenta, pois todos os grupos se posicionaram com apenas uma ideia, derrubar o ditador. Eram todos contra o governo”, afirma.

A estudante do sexto semestre de jornalismo, Thaís Nunes, ressaltou a importância da promoção de palestras de jornalistas em cidades do interior. “Acho muito importante essa troca de conhecimentos com pessoas experientes, principalmente porque estamos longe dos grandes centros”, falou.

O Coordenador do Curso de Comunicação Social, Murian Ribeiro destacou a importância da palestra para o curso: “atividades como essa trazem um novo ponto de vista para os estudantes de jornalismo, aumentando suas perspectivas e dando ‘um gás’ quanto a prática profissional após a formatura”. Ribeiro completa ainda “tem-se a ideia de que o jornalista formado no interior necessariamente ficará no interior, a presença de Trezzi aqui prova que essa afirmativa não é verdadeira”.

Uma conversa sobre fotografia na UFSM/Cesnors

22 de agosto de 2014 0

boa1

Por Maurício Cattani

No dia 21 de agosto de 2014, no auditório do CAFW ( Colégio Agrícola de Frederico Westphalen), Jefferson Botega, editor de fotografia do jornal Zero Hora ministrou uma palestra para os acadêmicos de Jornalismo da UFSM/CESNORS-FW sobre sua área de atuação no jornalismo.

Na ocasião, os alunos puderam saber um pouco mais sobre a profissão do mesmo e receber uma colaboração para entender como ser um bom profissional e ainda, destacou que para despertar o interesse do leitor, nos dias atuais, é necessário que se faça uma foto diferente do usual.

Segundo Botega, apesar de receber várias criticas no dia a dia, ele procura fotografar de forma que desperte reflexões ao seu público. Lembra também, que a foto não basta ser boa, ela precisa ainda causar um impacto àqueles que terão acesso à mesma.

Em uma breve entrevista, Jefferson Botega relatou que quando almejamos uma boa pauta, por mais que a primeiro momento nos emocione, devemos separar o lado emocional do profissional.

Porém, quando se trata de fotografar, é fundamental que nossos sentimentos sejam expostos, pois, segundo ele:  “Um fotógrafo sem sentimentos não consegue  arrancar emoções das pessoas que vêem suas fotografias.”

O evento faz parte do ciclo de palestras de ZH que passa pelos 24 cursos de Jornalismo do Estado. A cobertura é feita pelos estudantes.