Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts com a tag "jornalismo"

A inspiração do esporte

30 de julho de 2016 0

colunistas-marta-gleich

– Tudo bem? – cumprimentou-me na terça de tarde um cara de uns dois metros de altura sentado justo a meu lado, na primeira fila.

– Tudo bem, como é que vai? – respondi automaticamente, ainda absorta no meu computador, quando vi que era o Paulão, craque do vôlei brasileiro, ouro na Olimpíada de Barcelona de 1992. O Paulão! Peço um autógrafo? Agradeço a ele, como brasileira, tantos feitos e medalhas? Que emoção e orgulho. Embora seja nosso colunista desde janeiro, comentando assunto dos Jogos, ainda não o tinha encontrado.

Começava, na sede do Grupo RBS, num seminário interno, a preparação final para o time de colunistas, comentaristas, enviados especiais, editores, repórteres, fotógrafos, dezenas de colaboradores que, na próxima semana, iniciam a intensa jornada de Olimpíada. Só naquela reunião, havia quase 70 pessoas. Enviados ao Rio de Janeiro e sedes da seleção masculina de futebol serão 17. Entre eles, o próprio Paulão, David Coimbra, Marcos Piangers, Diogo Olivier, José Alberto Andrade, da Rádio Gaúcha, e Alice Bastos Neves, da RBS TV.

Planejada há mais de um ano, a cobertura da RBS pretende dar um show na TV, no rádio, no jornal, na internet. Nosso vice-presidente Editorial, Marcelo Rech, coordenador da cobertura olímpica, lembrou que desde a década de 60 a RBS se destaca em Copas do Mundo ou Olimpíadas: “Nessa longa experiência de grandes coberturas esportivas, a essência da RBS é fazer algo diferente. Nosso público identifica-se com a visão que nossos enviados especiais transmitem. Eles trazem uma familiaridade, um olhar de alguém próximo, aqui do Rio Grande do Sul, sobre o evento”.

A cobertura é multimídia, e o público se beneficiará disso: Alice Bastos Neves, por exemplo, normalmente vista somente na televisão, escreverá no jornal; David Coimbra seguirá no Timeline, na Rádio Gaúcha, e na coluna diária em ZH, além de contribuir para os sites dos veículos. Marcos Piangers participará da programação das rádios Gaúcha e Atlântida e também terá vídeos veiculados em ZH, Gaúcha e Octo. E assim por diante. Os conteúdos irão muito além do esporte. Mesmo quem não se interessa por esta ou aquela modalidade terá muita coisa para ler, ver e ouvir, com todo o entorno da Olimpíada que nossos jornalistas mostrarão.

Em Zero Hora, trazemos nesta edição um caderno DOC com 24 páginas sobre o evento e detalhes a respeito da cobertura. Débora Pradella, editora responsável pela Olimpíada em ZH, comenta:

– Estamos preparando uma cobertura completa em todas as plataformas. Teremos um caderno diário
que começa a ser veiculado na quarta-feira, 3 de agosto. No digital, o leitor pode acessar zhora.co/olimpiada2016 e acompanhar em tempo real quadro de medalhas, calendário, vídeos e as últimas notícias. Além dos nossos jornalistas, vamos contar com a participação de padrinhos em cada esporte, como o Paulão, que trarão suas experiências nas modalidades para analisar os resultados do Time Brasil.

A descontraída reunião de terça se encerrou com palmas para Paulão. Palmas de orgulho e de admiração
que atletas como ele e tantos outros provocarão não só no time de jornalistas da RBS, mas em todos os brasileiros nesta grande inspiração que é uma Olimpíada.

Em Pauta ZH recebe diretor de Redação de O Globo

04 de julho de 2016 0

Convidado do projeto Em Pauta ZH – Debates sobre Jornalismo, o diretor de Redação do jornal O Globo, Ascânio Seleme, virá a Porto Alegre na próxima quarta-feira para falar a colaboradores do Grupo RBS e convidados. O tema da palestra do jornalista catarinense de 59 anos, com mediação da diretora de Redação de Zero Hora, Marta Gleich, será Os caminhos e as apostas de O Globo para enfrentar a crise dos jornais.

Agência OGlobo

O evento abre a programação do segundo semestre do projeto traz a Porto Alegre profissionais de atuação reconhecida para debater com jornalistas, professores e estudantes sobre a profissão e o papel da imprensa em uma sociedade livre e democrática.

Leia a entrevista que antecipa o encontro.

 

Série de reportagens vai mostrar atletas brasileiros com chance de medalha no Rio

09 de junho de 2016 0

O repórter André Baibich e o fotógrafo Diego Vara publicam na superedição de ZH de fim de semana o primeiro perfil da série que vai mostrar o trabalho de atletas olímpicos com chance de medalhas. Neste sábado de manhã, conheça a história de superação do canoísta baiano Isaquias Queiroz.

Diego_Vara
Isaquias que pode ser o primeiro do país a conquistar três medalhas em uma edição dos Jogos. ZH foi a Lagoa Santa, na região metropolitana de Belo Horizonte, onde treina a equipe brasileira, e conversou com o prodígio de 22 anos sobre sua preparação para os Jogos Olímpicos.

Leia a primeira reportagem da série

Os capítulos serão publicados em todas as superedicões de ZH até 30 de julho, no final de semana que antecede o início da Olimpíada. Além de Isaquias, Marcus D’Almeida (tiro com arco), Bruno Fratus (natação), Fabiana Murer (atletismo), Larissa (vôlei de praia), Marcelinho Huertas (basquete), Dani Lins (vôlei) e Murilo (vôlei) serão personagens das reportagens.

Colunistas estão em nova campanha de ZH

07 de junho de 2016 0

Os colunistas Marcos Piangers, Rosane de Oliveira e Tulio Milman estão à frente da nova campanha de assinaturas do jornal lançada hoje. Combinando humor a situações cotidianas vividas junto à família, no ambiente de trabalho e na faculdade, as peças reforçam que a qualidade do conteúdo produzido pela Redação faz a diferença em meio à profusão de informações em ambientes digitais e compartilhadas por meio das redes sociais. A campanha começa a ser veiculada nesta terça-feira na TV e também estará no rádio, na internet e no próprio jornal.

Outro ponto ressaltado na campanha para conquistar novos assinantes leva em consideração o fator local. Apesar da existência de grandes veículos de comunicação no país que também primam por qualidade e credibilidade de conteúdo, o diferencial de ZH está na proximidade com os leitores do Rio Grande do Sul. Os diálogos apresentados nas peças, por exemplo, são baseados em assuntos relacionados ao dia a dia ou à economia do Estado, mostrando a relevância de ter conhecimento aprofundado sobre os temas que importam aos gaúchos.

 

piangersMARCOS PIANGERS

Minha peça publicitária foca na importância de jovens estarem bem informados. O conteúdo
de atualidades é fundamental para quem quer passar no vestibular, no Enem, em alguma vaga de emprego e para quem quer apenas ter substância para participar de qualquer conversa.

divulgação

 

ROSANE DE OLIVEIRA

Tenho muita convicção de que estar bem informado é um diferencial em qualquer profissão e em todas as idades. Em tempos de crise, mais ainda. O assinante de ZH tem informação 24 horas por dia, sete dias por semana.

Bruno Alencastro

 

TULIO MILMAN
Acredito na mensagem. Tanto que acho que convenci o ator a assinar Zero Hora. Se é que ele
já não era assinante.

Na espera do novo filme, ZH publica especial Star Wars

16 de dezembro de 2015 0

Sem título-1

Com ilustração de Gilmar Fraga, o 2º Caderno apresenta nesta quinta-feira uma edição especial sobre Star Wars. A reportagem mostra como o filme, de George Lucas, transformou a indústria do entretenimento desde a década de 70. A saga com a história da galáxia muito distante será contada filme a filme, além do suspense sobre o pouco que se sabe sobre o novo longa: “Star Wars: Episódio VII – O Despertar da Força”,  dirigido por J. J. Abrams.

E mais: um infográfico com os personagens, os planetas e os elementos que compõem o universo Star Wars e texto de dois fãs-especialistas.

Estudantes entrevistam Eduardo Sirotsky Melzer e Andiara Petterle na Redação

29 de outubro de 2015 1

A semana de imersão dos cinco vencedores do concurso Primeira Pauta de ZH ganhou hoje (29) um treinamento extra. Às 17h30min, a turma colocou em prática a aula de entrevista coletiva. Quem falou para os estudantes foram o presidente do Grupo RBS, Eduardo Sirotsky Melzer, e a vice-presidente de Jornais e Mídias Digitais, Andiara Petterle.

Jefferson BotegaFoto: Jefferson Botega

Os estudantes receberam o convite do presidente na quarta-feira. E, em meio a produção de vídeos, aulas e pautas nas diferentes editorias, eles se prepararam para a experiência ainda inédita com a ajuda da repórter Juliana Bublitz.
— Eles foram muito bem. Anotaram, prestaram atenção e fizeram perguntas inteligentes — disse a jornalista.

O encontro foi no estúdio da Redação e durou 38 minutos. Entre os temas abordados, o destaque foi para o propósito da RBS de oferecer conteúdo que transforma, com base na crença de que o jornalismo de qualidade nunca foi tão importante. A conversa também tratou do futuro da profissão e de tecnologia.

– O que mais nos emociona e nos motiva é a dimensão humana da atividade. O poder de um grupo de comunicação não está nos números, mas na capacidade de transformação. A tecnologia proporciona uma maior distribuição do que se faz. Fortalece o nosso propósito – disse o presidente aos estudantes.

logo_primeira_pauta-01-03Desde segunda (26), Luiza Faleiro Goulart (Unisc), Julia Maziero Possa (UPF), Yuri dos Reis Falcão (Ulbra), Daniel Rohrig (UPF) e Juliano Zarembski (UFRGS) vivem a rotina das editorias Sua Vida, Imagem, Esporte, 2º Caderno e Notícias, respectivamente. Além de treinamento multimídia, os futuros jornalistas recebem valiosas dicas de repórteres e editores e assistem a aulas. Apuração, Edição, Vídeo, Português e Direito estão na programação técnica.

A imersão na Redação termina sexta-feira (30). O jornal arca com as despesas dos estudantes que  moram fora da Região Metropolitana e vai publicar os cinco vídeos que estão sendo produzidos pelos jovens durante a semana de treinamento. O certificado de participação no programa soma 20 horas de trabalho complementar ao curso.

 

Jefferson Botega

2º Caderno cinquentão

25 de outubro de 2015 0

marta-gleich

 

Não perca o 2º Caderno do próximo sábado! Na véspera do aniversário de 50 anos do mais tradicional suplemento de Zero Hora, uma edição especial de 20 páginas vai relembrar fatos e personagens que marcaram a cena cultural nas últimas cinco décadas. Em um mutirão que envolveu toda a equipe do caderno e do Centro de Documentação e Informação de ZH, mergulhamos nos arquivos do jornal para elaborar uma retrospectiva que atravessa cinema, literatura, música, artes cênicas, televisão e artes visuais. Ainda no clima túnel do tempo, a reportagem localizou personalidades que foram notícia nas primeiras edições de novembro de 1965 do então chamado Caderno 2 e algumas curiosidades. Você sabia, por exemplo, que os primeiros roteiros do 2º Caderno traziam até horários de farmácias de plantão em Porto Alegre?

As comemorações desta semana começam já na segunda-feira, quando estará aberta à visitação, no saguão do prédio corporativo da RBS, em Porto Alegre, a mostra Em Cartaz: 50 anos do 2º Caderno, reunindo 20 retratos de personagens que marcaram a cena cultural e estamparam as páginas do suplemento.

Na sexta, realiza-se a segunda edição do bate-papo musical Ao Pé da Letra ZH, desta vez com a dupla Kleiton & Kledir, no Teatro do Centro Histórico-Cultural da Santa Casa. O evento é gratuito, e as inscrições estão esgotadas – mas é possível entrar na fila de espera acessando o endereço zhora.co/kleitonekledir

A festa segue na outra semana, quando estreia a versão digital da retrospectiva: com mais informações e fotos e ainda um vídeo com ex-colaboradores do 2º Caderno, o especial ficará disponível para consulta no site de ZH como um registro perene da memória cultural do Estado.

 

UM NOVO ESPAÇO PARA A OPINIÃO – Se você ainda não reparou, colocamos na última semana na capa do site de ZH,
bem no topo, uma nova editoria digital: Opinião.

site opiniãp

Ali você acha editoriais, artigos, colunistas, conteúdo do leitor, charges.
– São conteúdos que oferecem ao leitor múltiplas visões sobre os fatos e o ajudam a formar seus próprios posicionamentos – diz o editor de Opinião de ZH, Nílson Souza.

 

00b3a5da
PRATELEIRA ZH – Ao entrar na livraria do aeroporto Salgado Filho, no domingo passado, em busca de um livro para me fazer companhia em um voo para São Paulo, tive que tirar uma foto: na prateleira dos destaques, bem na entrada, de oito livros expostos, sete eram de colunistas de Zero Hora. Sete de oito! Havia dois de David Coimbra, dois de Martha Medeiros, dois do Piangers e um de J.J. Camargo. Só um não era do nosso time: um livro de autoajuda chamado Saia da sua Zona de Conforto. Acabei levando uma Virginia Woolf, até porque já li todos os de nossos colunistas, mas me inspirei no “saia de sua zona de conforto” e comecei a me mexer para incrementar ainda mais o qualificado grupo de mais de cem colunistas de Zero Hora para 2016. Aguarde. Novidades vêm por aí.

Quem são os finalistas do Primeira Pauta 2015

26 de setembro de 2015 0

logo_primeira_pauta-01-03

Quinze estudantes de Jornalismo de 11 universidades gaúchas são finalistas da 7ª edição do Primeira Pauta de ZH.

Confira a lista dos concorrentes também divulgada na edição dominical de Zero Hora.

Daniel Rohrig – Passo Fundo (UPF)
Estevan de Freitas Garcia – Pelotas (UFPel)
Évilin Thaoane de Matos Campos – Gravataí (UniRitter)
Gabriela Schmalfuss Borges – São Lourenço do Sul (UFPel)
Gilberto Victo Caiteano – Novo Hamburgo (Feevale)
Jéssica Ribeiro Mallmann – Lajeado (Univates)
Julia Maziero Possa – Passo Fundo (UPF)
Juliano Zarembski  – Porto Alegre (UFRGS)
Karina Dalla Valle – Garibaldi (Unisinos)
Larissa Júlia Paludo – Erechim (UPF)
Letícia Paola Beilfuss – São Borja (Unipampa)
Luiza Faleiro Goulart – Rio Pardo (Unisc)
Rossana Gueller Ruschel - Porto Alegre (PUCRS)
Stéphany Franco Pedroso – Porto Alegre (Unisinos)
Yuri dos Reis Falcão – Gravataí (Ulbra)

Segunda fase vai exigir produção de imagens

Para continuar na disputa às cinco vagas do concurso 2015, os alunos terão uma semana para produzir uma reportagem em vídeo ou um ensaio fotográfico sobre um problema de trânsito na cidade onde moram. O material deverá ser enviado para o e-mail do concurso até as 23h59min do próximo domingo, dia 4 de outubro. Na primeira etapa, ZH avaliou textos sobre aquele que os estudantes consideram o principal problema da cidade onde vivem.

Todos os 15 finalistas serão convidados (por e-mail) para um evento na sede do Grupo RBS no dia 14 de outubro, das 14h às 18h, quando serão anunciados os nomes dos cinco vencedores do Primeira Pauta. Este ano, o concurso oferece a imersão de uma semana na Redação do jornal, com aulas e práticas jornalísticas. Os estudantes que não moram na Região Metropolitana terão despesas pagas pelo jornal. O programa ocorrerá de 26 a 30 de outubro.

Veja como enviar o material

Para alunos que optarem em concorrer com vídeo:
A narrativa jornalística em vídeo deverá ter no máximo 3 (três) minutos. O material deverá ser publicado no YouTube e o link, enviado para o e-mail do concurso (primeirapauta@zerohora.com.br).
Para alunos que optarem em concorrer com foto:
O ensaio fotográfico deverá conter de 04 (quatro) a 06 (seis) imagens. O material deverá ser reunido no programa conhecido como “we transfer” e o link enviado o e-mail do concurso (primeirapauta@zerohora.com.br).

Dúvidas? Leia o regulamento

logo_primeira_pauta1Criado em 2009, o concurso selecionou nas primeiras cinco edições um estudante por ano e premiou os vencedores com o direito de acompanhar uma grande cobertura/reportagem de Zero Hora. A estudante Mariana Müller (UFRGS) foi a pioneira. Ela viajou por 15 dias na Expedição Lagoa Mirim com ZH. Em 2010, Álvaro Andrade (Ulbra) participou da cobertura do acidente com mineiros no Chile. No ano seguinte, a vencedora foi Fabiane Paza (UFSM), que viajou em uma cobertura esportiva da Libertadores no Peru. Camila Faraco (UFPel), em 2012, integrou a equipe de ZH nas eleições em São Paulo. Em 2013, Jéssica Rebeca Weber (Feevale) foi a vencedora e acompanhou a reportagem Tesousos Farroupilhas em um roteiro pelo RS.
Em 2014, ZH selecionou cinco estudantes. O grupo formado por Júlia Burg (UFRGS), Vitória Lemos (UFRGS), Leonardo Vieceli (Unisinos), Camila Ghisleni (UFRGS) e Vinicius Coimbra (UPF) produziu uma reportagem sob orientação de profissionais. O conteúdo foi impresso e divulgado nas universidades.

 

 

Jornais do Grupo RBS têm seis trabalhos na final do Prêmio Esso de Jornalismo

16 de setembro de 2015 0
Mateus Bruxel

Mateus Bruxel

ZH, Diário Gaúcho e Diário Catarinense estão entre os finalistas da premiação mais importante disputada da imprensa brasileira: o 60º Prêmio ExxonMobil de Jornalismo, o tradicional Prêmio Esso. Ao todo, foram 1.021 trabalhos inscritos, divididos em 12 categorias. Os vencedores serão divulgados dia 19 de outubro, e a cerimônia de entrega será em 12 de novembro, no Copacabana Palace, no Rio de Janeiro. O Grupo RBS já conquistou este reconhecimento 32 vezes ao longo de sua história.

Na categoria Regional Sul, ZH é finalista com três trabalhos: Cicatrizes, de Luísa Martins e Júlio Cordeiro; Mercado das Ocupações, de Cleidi Pereira; e A doce vida de um golpista na Europa, de José Luís Costa. O Diário Gaúcho também concorre na categoria, com a reportagem Adolescência Assassinada, de Eduardo Torres e Carlos Ismael Moreira.

O fotógrafo de ZH Mateus Bruxel disputa o Prêmio de Fotografia, com Inferno na Terra Prometida. Na categoria Primeira Página, o Diário Catarinense concorre com o trabalho A economia que está na sua mão, desenvolvido por Edgar Gonçalves Jr., em conjunto com o editor de Arte Fábio Nienow e com os editores de design gráfico Rafael Rosa e Ronald Baptista.

– Os jornalistas de Zero Hora, Diário Gaúcho e Diário Catarinense sentem-se honrados em figurar entre os finalistas de uma premiação tão relevante. Em 2015, intensificamos nas redações do Grupo RBS o investimento em jornalismo, em grandes reportagens, em investigação, em coberturas internacionais. Esse reconhecimento do mais importante prêmio do jornalismo brasileiro é um resultado muito importante desse esforço e nos incentiva a fazer um conteúdo de cada vez mais qualidade para nosso público – afirma a diretora de Redação dos Jornais do Grupo RBS, Marta Gleich.

– Herdeiro do Premio Esso, este prêmio é o mais tradicional e disputado do Brasil. Com ele, os jornais do grupo confirmam a tradição de excelência editorial, ao ter reconhecida sua crença em reportagem como um dos grandes fatores que os distinguem em qualidade jornalística – completa o diretor-executivo de Jornalismo do Grupo RBS, Marcelo Rech.

Os 70 trabalhos finalistas foram avaliados por um júri de 35 jornalistas, professores universitários e profissionais de comunicação. As comissões examinaram 512 reportagens e séries de reportagens impressas, 151 trabalhos fotográficos, 284 de criação gráfica e 71 de telejornalismo. Estão concorrendo à final 35 matérias de texto, 15 de criação gráfica, 10 de fotografia e 10 de telejornalismo.

As categorias de mídia impressa, telejornalismo e fotografia terão seus vencedores escolhidos por comissões distintas. Para a mídia impressa, uma comissão de premiação composta por cinco jornalistas decidirá quais serão os vencedores em reunião presencial no Rio de Janeiro. O trabalho ganhador do Prêmio ExxonMobil de Telejornalismo será escolhido pela comissão de premiação específica, também com a presença dos jurados. A foto vencedora do Prêmio ExxonMobil de Fotografia será eleita via site por uma comissão especial composta por 50 editores de fotografia de todo o Brasil.

O valor total dos prêmios é de R$ 123.200,00. Além do prêmio principal, que leva o nome do programa, fixado em R$ 33 mil, e do Prêmio de Telejornalismo, estabelecido em R$ 22 mil, serão distribuídos R$ 11 mil para as categorias de Reportagem e Fotografia.

Logo_GrupoRBS

Encare a crise com Erik

05 de setembro de 2015 2

marta gleich

Foi numa reunião de editores que a pergunta surgiu: como a gente pode se tornar mais relevante e útil na vida do leitor?

Todo dia, o jornal fala em crise. O país está em recessão. A inflação sobe. O dólar subiu para a estratosfera. O desemprego assusta. A crise não deve dar trégua em 2016. Desse jeito, o jornal só deixa o leitor ainda mais deprimido!

–Precisamos ajudar o leitor a passar por essa crise – disse a editora FêCris Vasconcellos.

E as ideias se sucederam:

“Vamos fazer várias matérias sobre isso, um mês inteiro de reportagens”.

“Que tal aproveitar a crise para aprender boas práticas de saúde financeira?”

“O papel do jornal é ajudar o leitor não só a passar bem pela crise, mas a sair fortalecido desta crise, com novas ferramentas para lidar com o seu dinheiro”.

Surgiu a série Encare a Crise, que, de 1º a 30 de setembro, abordará soluções práticas para o leitor enfrentar a recessão: como cortar gastos desnecessários, comparar opções de investimentos, saber se é hora de comprar à vista ou a prazo, ensinar aos filhos o real valor do dinheiro, aproveitar as oportunidades no mercado de trabalho e atravessar a tormenta da crise financeira do país em segurança, entre outros conteúdos.

Erik Farina, 34 anos, desde 2011 em Zero Hora, foi imediatamente identificado como o jornalista certo para a missão. Repórter de economia especializado em finanças pessoais, investimentos, organização financeira e empreendedorismo, abraçou a missão não só como jornalista, mas como personagem.

foto

– O Erik torna o assunto mais fácil, conversa com o leitor – diz FêCris. – Ele pega as pessoas pela mão e as ajuda a enfrentar a crise.

O artista Gabriel Renner criou a caricatura que todo dia mostra o personagem Erik junto à reportagem: no posto de combustível, pagando o aluguel, viajando nas férias. Não perca na edição de hoje as dicas de como falar da crise com seus filhos: e se o pai ou a mãe perderem o emprego? Como abordar esse momento difícil com as crianças? E se a viagem de férias, tão esperada, tiver de ser adiada?

– Quando a população passa a falar de economia – diz Erik –, é sinal de que algo muito errado está acontecendo.

O retorno dos leitores foi imediato:

– Recebo muitos e-mails comentando as reportagens, sugerindo pautas, e muitos compartilhamentos nas redes sociais. O que me leva a concluir que estamos, com muito orgulho, cumprindo nossa missão de fazer a diferença na vida das pessoas – complementa o jornalista.

Se você perdeu alguma das reportagens, pode achar tudo o que publicamos em zhora.co/encareacrise. Se quiser mandar sugestões de temas, envie para o WhatsApp (51) 9667-4125, ou comunique-se direto com o Erik pelo e-mail erik.farina@zerohora.com.br ou @farina_erik.