Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Posts de maio 2008

Fundação Iberê Camargo, fortaleza contemporânea

31 de maio de 2008 2

Engenheiro José Canal/Carlos Edler

Reedito hoje este material da Fundação Iberê Camargo, sob a emoção de ter participado da inauguração, sexta-feira, e de ter feito uma primeira visita, neste sábado em que o museu abre ao público. Os primeiros visitantes foram um pai e seus dois filhos, mostrando o interesse de duas gerações pelas duas obras de arte incontestáveis: a de Iberê Camargo e a de Álvaro Siza.

Estou preparando um material especial sobre a Fundação. Enquanto não entra no ar, atualizo este que, segundo o engenheiro Canal, foi o momento em que ele (Canal) se deu conta da obra feita. Ou o sonho realizado, como diria Siza.

Conversei hoje sob o sol do meio-dia com Siza, Canal e o arquiteto Pedro Polonia, para uma reportagem em Casa&Cia da próxima terça-feira, focada mais no mobiliário da Fundação, obra também de Siza, um perfeccionista que não deixaria a cargo de outro sequer um detalhe da sua obra de arte.

Abaixo, o post original de 25 de março:

Se vocês entrarem na capa de zerohora.com, podem acessar um slideshow (um passeio de fotos, feitas pelo Carlos Edler) com áudio meu, mostrando um pouco mais da Fundação Iberê Camargo, num passeio que fiz ontem a partir do meio-dia com o engenheiro José Canal, por todo o prédio, inclusive na área de estruturas como ar-condicionado e outros sistemas que impressionam pelo detalhamento minucioso, resultado de 10 anos de trabalho.

 

É um edifício feito para durar %22mais do que nós%22, como diz Canal, professor de uma disciplina de Projeto da Arquitetura da UFRGS e o profissional que chegou antes do próprio autor, o arquiteto português Álvaro Siza. Todas as escolhas recaíram sobre o que há de melhor, mais resistente, mais seguro no mercado nacional e internacional. Foram feitos testes com o cimento branco, a exemplo do que ocorreu com diversos materiais.

O trabalho de engenharia arrepia, não apenas o de arquitetura, esplêndido. Só de gesso há cinco tipos empregados, cada um numa finalidade diferente. As paredes não são apenas paredes e ponto final. Por dentro passam sistemas de refrigeração e outros. E não se vê nada. Nada. É tudo embutido, automatizado. É um prédio à prova, por exemplo, de enchente. Se ocorrer um desastre como a de 42, durante uma semana o nível de água pode subir que o prédio está formatado para resistir heroicamente. Fogo? Também não vinga. E não se vê nenhum elemento exposto.

Ontem foi um dia para guardar na minha memória, que acompanho o sonho desta fundação desde as conversas do maestro Iberê com a dedicada Maria Camargo, seus amigos e advogados para garantir que fosse viabilizado. O prédio é sólido, como sua obra. E, apesar das deliciosas curvas e alças, é expressivo como sua pintura, com as delícias dos seus desenhos e a técnica de suas gravuras.

Obrigada, arquiteto Álvaro Siza, obrigada Iberê Camargo.

A Fundação foi escolhida como a obra arquitetônica mais significativa de Porto Alegre por um júri técnico, com representantes de entidades do setor. Vejam a reportagem em Zero Hora de hoje, no projeto Porto Alegre 360°, para homenagear a nossa cidade pelo aniversário.

Clique na imagem abaixo e passeie pelo prédio da Fundação Iberê Camargo: 

Postado por Eleone Prestes, do seu PC

Delícias de inverno

29 de maio de 2008 0

Há outras opções de cor, é claro/Divulgação

Que tal um caldinho quente agora?

Pois tem tigela térmica que dá conta do recado. Nestas cabe 400ml de líquido. O suficiente, não é? Ah, achei o precinho camarada.

Vejam mais em www.ou.ind.br

SAC 54 2101-9090

Postado por Eleone Prestes, redação Zero Hora

Intervalo francês

28 de maio de 2008 0

Vai um chazinho no Cafe de Flore ou no Le Deux Magots?/Mariana Prestes

Hoje almocei no Studio Clio, ali na José do Patrocínio. Pela segunda vez estive lá. Na primeira, cheguei absurdamente atrasada num Encontro com o Professor. Era dia da Cíntia Moscovich (ai, será que acertei a grafia?) conversar com o Ruy Ostermann. Perdi a Cíntia, ouvi só as perguntas do público e fiquei imaginando o que teria saído naquela noite, na entrevista sobre o palco do espaço.

Pois nesta quarta cheguei a tempo do parágrafo inicial da palestra. Ok, saí antes do final, mas por um bom motivo. Bem, o palco foi ocupado pela professora dra. Joana Bosak. O tema era Simone de Beauvoir: entre ser e existir. Ela escolheu discorrer sobre os amores de Simone, como Jean-Paul Sartre, para dar conta da incumbência da atividade prevista do Projeto Memória Cultural Francesa, patrocinado pela francesa Iesa Renault.

Não sei se o melhor foi ser levada a pensar sobre um tema inusitado para um almoço de quarta-feira ou se consistiu na delícia de ser transportada a Paris, mas talvez o melhor mesmo foi ter conhecido mais daquela mulher pensante que escreveu e viveu experiências atuais hoje.

A programação do projeto inclui, no dia 5 de junho, um Quarteto instrumental – Impressões musicais, no dia 7 seguinte, Cinema e literatura – Madame Bovary somos todos nós e depois de um intervalo, no dia 18 de julho, Os cafés e o pensamento cultural francês.

Já estou me imaginando numa daquelas cadeiras de fibra, de óculos escuros, vendo as mulheres de salto alto passando de bicicleta e os labradores passeando, pachorrentos, com seus donos empinados. Que delícia! Au revoir!

Ah, entrem no www.simonedebeauvoir.kit.net/ para visitar Simone. 

Postado por Eleone Prestes, redação Zero Hora

Orquidário, por que não?

27 de maio de 2008 0

Que tal um ambiente assim na varanda?/Divulgação Montana

Quem tem espaço e curte plantas, pode se inspirar em um dos ambientes da Casa Cor, no Jockey Club de São Paulo (pelo segundo ano consecutivo) até 9 de julho. O Orquidário, projeto de Cynthia Pimentel Duarte, exibe madeira tanto em móveis quanto na estrutura, no revestimento e no forro. 

No acabamento da base de madeira, o tratamento eleito foi impermeabilizante (osmocolor) em tons castanho e transparente. Com esse produto aplicado, o material pode ficar exposto às intempéries.

O que: Casa Cor São Paulo 2008
Onde: Jockey Club de São Paulo – Av. Lineu de Paula Machado, 875 – Cidade Jardim – SP
Quando: até 9 de julho, bilheteria de terça a domingo, das 12h às 21h
Quanto: Ingressos a R$ 30 (adultos – de terça a sexta) e R$ 40 (adultos – sábado, domingo e feriado). Pagamento em dinheiro, cheque, cartão de crédito ou débito. Estacionamento no local a R$ 15
Informações: www.casacor.com.br ou (11) 3819-7955

 

Postado por Eleone Prestes, redação Zero Hora

Parece, mas não é

27 de maio de 2008 0

Essa é a Linha Stones, da Gail/Divulgação

Ao mesmo tempo que merece aplausos, a oferta do mercado para revestimentos de paredes chega a confundir os incautos. Olhem só: com o avanço da tecnologia, há  cerâmicas idênticas a pedras, com variados tons e dimensões que ajudam a “enganar”. 

Essa linha pode ser aplicada nos tamanhos 34 x 300 x 9 mm e 24 x 300 x 9mm, formando uma paginação de filetes conhecida como canjiquinha. Linda, não?

Postado por Eleone Prestes, redação Zero Hora

Amanhã é dia!

26 de maio de 2008 0

Design e arquitetura de interiores detalhada dizem tudo/Foto Carlos Edler e diagramação de Ana Maria
As soluções para um apartamento em São Leopoldo onde tudo é novo em folha é o tema da reportagem de capa de Casa&Cia desta semana. By Renata Maynart, vovó de uma ninhada de futuros barbudinhos, mas isso é outra história. Aguardem.

Postado por Eleone Prestes, redação Zero Hora

Só para bichanos... e cães

23 de maio de 2008 0

Como seu pet viveu até hoje sem enxoval completo?/Divulgação

Para os loucos por pets, este mimo é fundamental: um enxovalzinho “de casa” para os felinos. Sim, tem também um similar para os fofos caninos, mas confesso que achei os artigos de mesa dos gatos mais bonitos. 

O kit para gatos de fino trato contém 5 peças: 1 tapetinho, 1 comedor, 1 coleira e 2 brinquedinhos (ratinho e peixe!).

E os cães também têm o seu: 1 tapetinho, 1 comedor, 1 coleira, 1 bolinha e 1 jornal de borracha (!) para brincar com os amigos de duas patas.

A novidade é coisa da Utilplast, de São Paulo (pena, não é?). Fresteiem em www.utilplast.com.br.

Postado por Eleone Prestes, redação Zero Hora

Par de vasos

22 de maio de 2008 0

Este é pintado à mão e foi lançado em São Paulo/Divulgação

É incrível a oferta de vasos no comércio. Já faz um tempo que venho observando o crescimento das linhas em porcelana, cerâmica, resina e vidro. Pois das feiras de São Paulo trouxe a idéia de mostrar o que o comércio local tem nessas peças.

Na semana que vem mostramos tudinho.

Por enquanto, amanhã prometo postar uma prova, mas da feira Abup Show.

Postado por Eleone Prestes, do seu PC

Mais Craft

21 de maio de 2008 0

Agendem-se para as feiras de inverno: de 13 a 17 de agosto será realizada a 13ª Craft Design, no Centro de Eventos São Luís, em São Paulo. A feira, organizada por Daniela Cecchini e Elaine Landulfo, chama desta vez novos designers para se inscreverem no Espaço +. Isso para se colocarem na vitrina da exposição que atrai lojistas interessados em peças diferenciadas.

E ainda tem o 1º Prêmio Craft Design, coordenado pelo designer Lars Diederichsen, diretor do Instituto Meio. Na abertura, já será conhecido o Melhor Objeto de Decoração, que receberá como premiação R$ 10 mil. Com mais um destaque para o melhor projeto em Ação Social e em Ecologia. Os dez finalistas que concorreram ao prêmio gerarão uma exposição de trabalhos durante a feira.

Como é de praxe nesta feira, há ONGs e empresas que vendem produtos fabricados com preocupação ambiental e social. Pois agora serão setorizadas na área do terceiro setor a partir desta edição.  

Entre os expositores da feira de agosto, as Quebradeiras de Coco do Tocantins, que estão sendo apoiadas pela Craft Design. Esse projeto da feira cede espaço a um trabalho de amplo cunho social e ambiental. Neste caso, do babaçu as mulheres retiram a sua subsistência. Aproveitam, além do fruto, a palma e o coco, transformando-os em objetos de decoração e acessórios de moda sob a coordenação da designer gaúcha Heloísa Crocco. São cerca de 120 artesãs dos municípios de Aguiarnópolis, Araguatins, Nazaré, Luzinópolis, Tocantinópolis e São Bento, que ficam a 700 km de Palmas (capital do Tocantins) e estão reunidas no Projeto de Artesanato da Amazônia Legal Tocantinense (Artenorte) sob responsabilidade do Sebrae Tocantins.

Ufa, a Craft ainda terá dois debates, a cargo da coordenadoria de desenho industrial da Universidade Mackenzie, com as inscrições feitas pelo info@craftdesign.com.br.

Dúvidas? www.craftdesign.com.br

 

 

Serviço

O que – 13ª Craft Design 

Quando – 13 a 17 de agosto, das 10h às 20 hs

Onde – Centro de Eventos São Luis, na Rua Luis Coelho 323 – Consolação, em São Paulo

Postado por Eleone Prestes, redação Zero Hora

Casa italiana em São Paulo

20 de maio de 2008 0

Exposição no Museu Brasileiro da Escultura/Divulgação

Mada in Italy é um programa do Ministério do Desenvolvimento Econômico da Itália que contém um projeto chamado La Casa Italiana, promovido pelo Instituto Italiano para o Comércio Exterior. Pois isso tudo é para dizer que, no dia 5 de junho, será inaugurada a mostra La Casa Italiana, no MuBE, o Museu Brasileiro da Escultura, em São Paulo.


Tendências ao estilo italiano estarão expostas até o dia 29 de junho na capital paulista. Uma casa contemporânea italiana mostrará design e tecnologia, é claro, porque desta união é que nasce a excelência italiana na área. Mas não será apenas um deleite para o olhar. Junto ocorrerão fóruns e seminários técnicos nas áreas de construção, arquitetura, decoração e design. Para quem é da área, será tudo de bom. Milão ao alcance da mão.


E uma casa em detalhes, com móveis dos estilos clássico ao contemporâneo, porque o governo italiano investe em campanha de imagem com o slogam Itália: onde arte, design e tecnologia fazem história.


Além de criações de designers italianos, as atenções estarão focadas em sistemas tecnológicos de climatização, automação, de alarmes, painéis solares e conservação de energia. Tudo para mostrar o estilo de vida italiano, com as novidades lançadas na Europa. 


Essa exposição tem colaboração da Abitare il Tempo, Salão Internacional de Móveis e Decoração de Interiores de Verona e curadoria do arquiteto Simone Micheli:


– Através de desenhos, projetos, objetos e exposições quero despertar o sensorial nos visitantes da Mostra – diz Micheli, para quem a arquitetura efêmera é uma ferramenta para analisar, em tempo real, a evolução dos tempos através de misturas de materiais e funções.


As marcas que farão parte dessa mostra são: Artemide, Adrenalina, Axia Bath Collection, Chelini, Cordivari, Dedar, Fendi, Club House Italia, Gervasoni, Gessi, Gewiss, Graniti Fiandre, Lualdiporte, Mangani Move, Oikos Venezia, Presotto Industrie Mobili, Rapsel, Sassi Arredamenti, Simas Acqua Space, Snaidero, Starpool Wellness oncept, Technogym, Vgnewtrend


 


Serviço


O que: Mostra La Casa Italiana


Onde : MuBE _ Museu Brasileiro da Escultura, na Av.Europa, 218 _ Jardim Europa _ São Paulo


Quando: de 5 a 29 de junho, das 10h às 19 h – 3ª a domingo


Quanto: Grátis


Promoção: ICE-Instituto Italiano para o Comércio Exterior


Apoio: Instituto Italiano de Cultura

Postado por Eleone Prestes, redação Zero Hora

Amanhã é dia de novidade

19 de maio de 2008 0

Neste caso, o painel se confunde com o armário/Foto Carlos Edler, diagramação Ana Maria Benedetti

Responda rápido: Que elemento determinante para a base da estética do ambiente entrou com força nos projetos de interiores de alguns anos para cá? Sim, foram os painéis. Com múltiplas aparências e formatos, os de MDF são versáteis para conferir ar de limpeza a qualquer proposta, escondendo fios de equipamentos e imperfeições da alvenaria. Este é o tema da reportagem de capa desta semana, no caderno-revista encartado nesta terça em Zero Hora.


 

Postado por Eleone Prestes, redação Zero Hora

Mais agenda

16 de maio de 2008 1

agenda da semana que vem

Cursos

n Curso gratuito de pátinas especiais e de craquelê matizado, dias 20, 27 e 29 de maio, e sabonetes glicerinados, dia 28 de maio, na Fyberarte, na Capital. Informações (51) 3337-3029.

n Pintura em vidro com découpage, na Agriart, dias 23 e 24 de maio, por R$ 7, em Porto Alegre. Informações (51) 3062-1848 e (51) 3062-1092.

n Découpage de papel alumínio em madeira, no ateliê Allamanda, por R$ 30, na Capital. (51) 3249-5309.

n Quadros-vitrina com pintura folk art e miniaturas, no ateliê de Margot Volpini, por R$ 45 a aula, em Porto Alegre. (51) 3332-8106 e (51) 9955-5946.

n Aula sobre orquídeas, com Sérgio Englert, na Ricsel Orquídeas & Bromélias, dia 24 de maio, por R$ 100, na Capital. Informações (51) 3248-5009.

n Bonecas em madeira com pintura country, com Luíza Fernandes, no ateliê Juliana Cella, por R$ 130 com material, na Capital. (51) 3019-6240 e (51) 9123-6240.

n Curso de costura e manuseio de máquina, no ateliê Maria Rita Oficina Têxtil, por R$ 140, em Porto Alegre. (51) 3227- 4174 ou pelo site www.mariarita.com.br

n Organização de armários, plantas ornamentais e temperos em vasos, na Escola Artes e Decoração Yedda M. Difini, a partir de R$ 145, na Capital. Informações pelos (51) 3222-5062 e (51) 3222-5288 ou pelo site www.yeddadifini.com.br

n Cursos de jardinagem e paisagismo, no Yucatan Centro de Cultura, a partir de 20 de maio, por R$ 182, na Capital. (51) 3026-8224 e (51) 9964-4605.

Eventos

n Palestra sobre a sustentabilidade nos jardins urbanos, com o paisagista Raul Cânovas, na Floricultura Winge, dia 31 de maio, na Capital. Informações pelos números (51) 3268-4880 e (51) 3337-1800.

n Casa Cor Rio Grande do Sul 2008 mudou a data para 7 de junho a 20 de julho, em Porto Alegre. Informações (51) 3012-0075 e (51) 3013-0077.

E mais:

Curso

Aprenda a planejar e executar jardins, de 27 de maio a 3 de julho, no Colégio Rosário, por R$ 480, na Capital. Informações (51) 3362-2688 e (51) 9905-6933 ou pelo site www.lisetesamersla.com.br

Eventos

Prêmio Abcem 2008, da Associação Brasileira da Construção Metálica, recebe inscrições, até 27 de junho, de obras em estruturas metálicas realizadas e concluídas a partir de 2006. Informações pelo site www.abcem.org.br

A Associação Brasileira dos Artistas Vidreiros (ABAVI), promove sua 2ª Panorâmica de Esculturas em Vidro, até 7 de junho, no Memorial do Rio Grande do Sul, na Praça da Alfândega, das 10h às 18h, em Porto Alegre.

A 9ª Mostra Artefacto Banco Real, evento de decoração e design de interiores, ocorre no Shopping D&D, na Avenida das Nações Unidas, 12.555, piso térreo, a partir de 5 de junho, das 10h às 22h, em São Paulo. Informações (11) 5105-7777.

 

 

 

Postado por Eleone Prestes, redação Zero Hora

Agenda extra

13 de maio de 2008 0

Veja aqui mais curso e eventos do setor:

Aprenda a planejar e executar jardins, de 27 de maio a 3 de julho, no Colégio Rosário, por R$ 480, na Capital. Informações (51) 3362-2688 e (51) 9905-6933 ou pelo site www.lisetesamersla.com.br 

A Office Solution ArquiShow FacilityShow, feira de arquitetura e construção corporativa, ocorrerá na Bienal de São Paulo, no Parque Ibirapuera, até o dia 16 de maio, das 14h às 22h, com entrada franca.

Prêmio Abcem 2008, da Associação Brasileira da Construção Metálica, recebe inscrições, até 27 de junho, de obras em estruturas metálicas realizadas e concluídas a partir de 2006. Informações pelo site www.abcem.org.br

A Associação Brasileira dos Artistas Vidreiros (ABAVI), promove sua 2ª Panorâmica de Esculturas em Vidro, até 7 de junho, no Memorial do Rio Grande do Sul, na Praça da Alfândega, das 10h às 18h, em Porto Alegre.

Postado por Eleone Prestes, redação Zero Hora

Apê para ele

12 de maio de 2008 12

Lembranças na medida/Foto Carlos Edler, diagramação Ana Maria
Esta é a capa da semana: um apartamento criado por um arquiteto para ele mesmo. Que tal?

Postado por Eleone Prestes, do seu C

Sem-graça

10 de maio de 2008 1

Estou sem sal, sem açúcar. Nada. Gripada, hibernando, com uma dor de cabeça amena, mas que não passa. Ai, ai.
Assim, desculpem a ausência.

Queria apenas comentar a morte de Artur da Távola, aos 72 anos. Sabem quem é, não? Pois fazia um bom tempo que recebia e-mail da equipe dele, desde que mandei um comentário sobre um programa de música na TV, prontamente respondido. Eu gostava dele, gostava mesmo. Bem, ontem recebi um e-mail com a notícia da morte e achei muito sensível da parte da equipe dele que agregou poema e música ao que era para ser triste. Continuou triste, mas ficou bonito, como acredito que ele gostaria que fosse.

Postado por Eleone Prestes, do seu PC