Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de dezembro 2008

Preparativos

31 de dezembro de 2008 0

Óleo ou pétalas na banheira Canoa?/Divulgação
Que tal um banho assim antes da festa da virada de ano, hein?

Postado por Eleone Prestes, redação Zero Hora

Prévia do Ano-Novo em Nova York

31 de dezembro de 2008 0

Veja uma das atrações do Réveillon de NY: a Times Square Ball/Divulgação

Que tal ver esta imagem ao vivo? Bem, se isto não for possível, pelo menos veja antes da TV mostrar e saiba o que contar para a família:

Esta bola iluminada está na Times Square, em Nova York. Este ano sobrou de tamanho, mas aumentou em 20% a economia de energia em relação à bola de 2007. Coisa da Philips, que trocou as lâmpadas incandescentes e halógenas por LEDs para o artefato tradicional do Réveillon de Nova York.  

Em 2008, a bola teve seu tamanho dobrado para quase 4 metros de diâmetro e agora contém 32.256 LEDs Philips Luxeon _ três vezes mais que no ano passado. Esse aumento no volume de LEDs proporcionará uma experiência mais brilhante, mas também mais ecológica. Os LEDs usados na bola deste ano são 20% mais econômicos que em 2007: consomem em energia por hora quase o equivalente ao consumo de dois fogões convencionais de uso doméstico!!!

Além da bola, a Philips ilumina o 2009 na Times Square com lâmpadas halógenas Energy Savers _ uma família de lâmpadas brilhantes e de longa duração, que são 30% a 47% mais econômicas que as lâmpadas incandescentes equivalentes. Muito bem! Para quem, como eu, sempre pensa no consumo de energia ao ver essas maravilhas da luminotécnica, essas informações são um alívio.

Querem ver mais? Vão em www.philips.com.br e www.philips.com/newscenter

Postado por Eleone Prestes, redação Zero Hora

Gastronomia da sorte, com churrasco e panetone

30 de dezembro de 2008 0

Esteira de Natal da Copa & Cia entra na proposta de Ano-Novo, nas cores e no material (miniesteiras, de vime ou palha trançada são bem-vindas). Até o suco de frutas vermelhas faz parte da mesa da virada/Divulgação

Neste Réveillon, as comidas em harmonia com os regentes – Ogum e Iansã (São Jorge e Santa Bárbara, no sincretismo) – vêm sob medida para os gaúchos, que já são brindados com as cores do ano identificadas com as da sua bandeira: verde e vermelho e vermelho e branco. Ou se seja, verde, vermelho e branco.

Comidas

Bem, os pratos do Ano-Novo incluem … costela de gado! E em forma de churrasco tradicional assado nas brasas. Mas também pode ser frita na panela ou assada no forno. Serve-se com farofa, laranjas com casca, cortadas até a base, em 3 ou 7, sem separar os pedaços, e guarnição de alface e tomate e/ou 7 fatias de pimentão verde e 7 fatias de pimentão vermelho intercaladas.

Conforme Clovis Alberto do Xangô Agandjú, presente e conselheiro geral do Conselho Estadual da Umbanda e dos Cultos afro-Brasileiros do Estado, este ano tem esse diferencial: come-se costela, apesar de ser de gado, que rumina. Mesmo não se comendo, presenteia-se Ogum com o churrasco, para ele, sem sal. É a cultura Afro-gaúcha, diz ele.

E mais: rodelas (lembrando moedas) de batata-doce fritas, chocolate, moedas de chocolate, doce de batata-doce, de abóbora, quibebe, maçãs, doce de laranja, cremes, gelatinas sagus e pudins de maçã, de pitanga, de limão e de laranja. Frutas vermelhas em geral in natura ou em sucos.

Maçãs, pitangas, limões, laranjas e frutas vermelhas na decoração. A maçã do amor, vermelha caramelizada, é da Iansã. Maçã verde, mais ácida, é para Ogum. 

Pipoca para Ogum, pipoca com chocolate ou calda vermelha para Iansã.

Acarajés e bolinhos de chuva fritos na virada do ano, recheados com geléias, schmmiers ou pastas dessas frutas.

Pães, bolos e tortas de todos os tipos: a massa fermentada é da Iansã. Se sobrou um panetone do Natal, ótimo. O panetone com frutas ou pingos de chocolate é perfeito para este Réveillon.

E atenção: Quem pretende comprar um imóvel, pode criar uma espécie de maquete de casa ou edifício ou um bolo decorado neste formato. Mas também pode usar uma foto. Essa dica ser ve também para quem mudar estabelecimentos comerciais, industriais ou de serviços, porque Ogum protege o ferreiro, o carpinteiro, o marceneiro e o operário trabalhador e Iansã é a dona do telhado. 

Decoração da mesa

Como acabamento, um arranjo montado com um fole ou leque, que produzem vento, da Iansã, com elementos em prateado e/ou vermelho/branco e escudo, espada e/ou lança com bandeira, para Ogum.

Completar a decoração com flores, folhagens, frutas com velas nessas cores em número total de 3, 7 ou seus múltiplos. Lembrete: Nunca se usa 9 à mesa, por ser número das almas ancestrais.

Cálices são de Iansã. Também é dela o par de alianças, que pode compor a mesa, amarradinhos com 70cm de fitas mimosas nas cores indicadas. Argolas podem servir de porta-guardanapos.

Para a entrada da casa: Ogum gosta de ferradura, presa com os cravos metálicos na parte baixa externa da folha da porta ou abaixo da soleira da porta de entrada, com as duas pontas voltadas para baixo, nunca acima das cabeças.

Fonte: Conselho Estadual da Umbanda e dos Cultos Afro-Brasileiros do RS

(Leia mais sobre o assunto – a respeito de plantas, flores e metais – na página 5 de Casa&Cia desta semana)

Postado por Eleone Prestes, redação Zero Hora

Português unificado

29 de dezembro de 2008 0

Atenção: A versão online do dicionário Aulete já traz os verbetes e definições com sua nova ortografia ao lado da antiga. Anotem:

http://www.aulete.portaldapalavra.com.br/site.php?mdl=aulete_digital

Esta dica é uma gentileza do colega Carlos André Moreira.

 

Postado por Eleone Prestes, redação Zero Hora

Brinde descontraído

28 de dezembro de 2008 0

Leve como a praia deve ser/Letícia Remião, divulgação

Este é daqueles produtos no estilo bom, bonito e barato. O cooler, criado pela designer Cristina Zatti, é fabricado pela caxiense Coza em poliestireno.

Nesta versão cristal, com acabamento texturizado, harmoniza-se com o restante da decoração. Cai bem no Litoral e tampouco “briga” com o estilo contemporâneo da casa da cidade.

Tem capacidade para seis garrafas long neck ou três garrafas de champanhe ou vinho. Cristina Zatti assina também os copos.

Veja mais no site www.lojacoza.com.br, www.coza.com.br ou informe-se pelo SAC 0800 7044 1

(Ah, viram uma versão dele na capa de Casa&Cia da próxima terça-feira, no post anterior?)

Postado por Eleone Prestes, redação Zero Hora

Casa&Cia especial

28 de dezembro de 2008 0

Esta é a capa, em uma casa de praia/Carlos Edler, diagramação Ana Maria S.Benedetti

Adivinhem: Casa&Cia da semana que vem tem o seu foco no Ano-Novo. Óbvio.

Decoração de mesa, elementos para atrair sorte, cores do ano ou tradicionais. Está tudo lá.

Na reportagem de capa, mostramos uma casa de praia – para onde a maioria ruma nesta data –, da arquitetura à decoração da mesa de Réveillon.

Postado por Eleone Prestes, redação Zero Hora

Uma dica

27 de dezembro de 2008 0

A editora Taschen está com preços ótimos em títulos comemorativos ao seu 25º aniversário nas áreas de arquitetura, design e moda, por exemplo.

E a cidade está uma tranqüilidade para ir às compras!

Postado por Eleone Prestes, redação Zero Hora

Operação Ano-Novo

27 de dezembro de 2008 0

Bandeja fashion, com 35cm x 25cm/Divulgação

Vermelho à mesa é preciso neste Réveillon (vejam post mais abaixo sobre as cores do ano). Esta bandeja divertida tem o tom e o estilo necessários a uma proposta praiana.

Trata-se da bandeja Trecos, em acrílico e cortada a laser, com imagens inusitadas como gilete, patinho, etc. nas bordas.

Se o vermelho não agradar, considere os tons branco, cristal e preto (este, não para o Ano-Novo, não é? Não façam como eu, que um ano fui passar o Réveillon no Rio e levei uma roupa preta para a virada! Não preciso dizer que tive que correr ao shopping center mais próximo, o que não foi exatamente um sacrifício, hehe.)

Postado por Eleone Prestes, redação Zero Hora

Reforma ortográfica em Zero Hora

27 de dezembro de 2008 0

Leiam em Zero Hora deste domingo, dia 28 de dezembro, nas páginas 20 e 21, a reportagem esclarecedora, em tópicos, sobre a reforma ortográfica que entra em vigor no primeiro dia de 2009 e que unifica as palavras das oito nações de língua portuguesa.

É daquelas matérias para guardar porque é um servição que todos iremos usar a partir do dia 1º. O consultor do material é Paulo Flávio Ledur, que já criou o seu Guia Prático da Nova Ortografia – As Mudanças do Acordo Ortográfico.

Calma, o período até 2012 será de transição. Assim, quem não escrever conforme as novas regras em concursos e tal, tudo bem. Mas é melhor a gente começar logo a escrever “certo” para não sofrer depois, de supetão. É melhor não resistir, já que é inevitável, não é?

Adeus, trema! Sentirei saudades.

Postado por Eleone Prestes, redação Zero Hora

Louça para o Réveillon

26 de dezembro de 2008 0

O estilo tropical está em alta neste Ano-Novo/Divulgação

Esta tem o verde de Ogum, com o branco de Iansã.

Mas falta ainda o vermelho da Iansã (que é vermelho e branco).

Leia mais sobre as cores de 2009 em um post anterior, mais abaixo.

Postado por Eleone Prestes, redação Zero Hora

Decoração suspensa

25 de dezembro de 2008 0

Atração adicional, a profusão de enfeites /Arquivo Pessoal

Este é o Eaton Center, o shopping center mais conhecido de Toronto, ligado aos demais, por aquela cidade subterrânea que multiplica a cidade em vários pavimentos. Tudo interligado. Como se não bastasse, há passarelas sobre as ruas para quem quiser acessar o outro lado pelo alto, ao invés de usar o mundo sob o solo.

Bem, mas o que eu queria mostrar era a idéia da decoração suspensa. Até pinheiros enormes pairam no pé-direito mais do que duplo do empreendimento.

Postado por Eleone Prestes, redação Zero Hora

Feira sazonal

25 de dezembro de 2008 0

Ninguém fica sem árvore/Arquivo Pessoal
Era a esse tipo de feirinha de Natal a que eu me referia no post anterior. Em Toronto, em vários pontos da cidade, há ambulantes natalinos nesta época.

Postado por Eleone Prestes, redação Zero Hora

Natal em Nova York? Não, em Toronto!

24 de dezembro de 2008 0

Entre neste sonho nesta véspera de Natal/Eleone Prestes

Papai Noel de nome Bev (quando eu perguntei o seu nome ele respondeu: Santa!) com o menino no colo em cenário tradicional natalino dá vontade de ser criança de novo, não é?

Pois esta cena linda ocorreu há cerca de tres semanas em Toronto, no Canadá, na loja The Bay, que tem um andar inteirinho dedicado ao Natal. Oferece desde roupas para a noite da ceia até decoração no tom e estilo do seu gosto.

Ah, e as vitrinas. Um sonho mesmo. Eu passaria um Natal em Toronto, sem pestanejar. A cidade leva a sério a tradição. Tem banquinhas de venda de traquitanas natalinas em vários pontos. É contagiante. Sem falar que lá neva. Perfeito.

Feliz Natal. Em qualquer lugar!

Postado por Eleone Prestes, do seu PC

Point no Litoral

24 de dezembro de 2008 0

Reciclagem praiana/Divulgação

Mesas e cadeiras do designer Hugo França, esculturas da artista Ana Aita, luminárias e obras de Olga Velho, trabalhos de Marília Capisani, velas e objetos de decoração de Carlos Eduardo Lopes.

Pelas mãos de Tarso Carneiro e André Detanico, da AT Arquitetura, essas peças integram a proposta de bistrô para uma casa na Avenida Central de Atlântida, o Espaço Ambienta.

Em comum entre os envolvidos no projeto há o DC Shopping, da Capital, que abriga tanto o escritório de arquitetura quanto o DC Café e a Kontainer Arte em Velas.

Postado por Eleone Prestes, redação Zero Hora

Delicadeza feita à mão

23 de dezembro de 2008 2

Além dos guardanapos, os porta-guardanapos também são de pano/Divulgação

Quem pretende passar o Natal na Serra pode dar uma passadinha e resolver os últimos detalhes da mesa da ceia na Fio de Linha – Arte em pano, no centro de Gramado (Avenida Borges de Medeiros, 2193, sala 3), entre uma refeição e outra.

Não é um mimo esta peça? É claro que tem muito mais, mas esta me pareceu diferente na forma e na função.

Postado por Eleone Prestes, redação Zero Hora