Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Posts de outubro 2011

Casa&Cia de terça traz 11 ambientes da Mostra

29 de outubro de 2011 0

A segunda edição especial das quatro da Mostra Casa&Cia mostra mais uma casa inteirinha, com oito ambientes internos, um jardim perto do Guaíba e o interior de dois lofts, construções efêmeras erguidas para a exposição no condomínio Las Rocas, na Capital. Este caderno está completamente diferente do anterior e com propostas incríveis, do todo do ambiente aos detalhes, e dentro da temática de cinema. Entre os acessórios, veja um abajur para usar na mesa de cabeceira na coluna Em Casa, na página 2. Você vai se surpreender.

Uma delícia essas propostas incomuns de ambientes. Vejo os projetos surpreendentes como uma pessoa interessante, com mais de um lado, que sempre tem a capacidade de se reinventar e com a qual todo mundo gosta de conviver.

Parabéns aos arquitetos e à BG Arquitetura pelo projeto arquitetônico da Mostra. Viu, Cynthia Garcia?

A propósito: você já visitou a Mostra Casa&Cia, na Av. Coronel Marcos, 1.645, na Zona Sul?

Bonequinha de Luxo o filme

26 de outubro de 2011 0

O editor de cinema de Zero Hora Marcelo Perrone fala sobre a obra que virou inspiração na Mostra Casa&Cia:

Lançado em 1961, três anos depois do aclamado livro de Truman Capote, o filme Bonequinha de Luxo tornou-se um clássico do cinema a despeito da desaprovação pública do ferino escritor. Capote bateu pé para ter a amiga Marilyn Monroe no papel de Holly Golightly, voluptuosa, amoral, ambiciosa e um tanto desmiolada garota de programa – ou uma gueixa americana, como ele se referia à personagem – que vive às custas de senhores ricos e generosos. Mas por questões contratuais e orçamentárias, a Paramount optou por uma estrela da casa, Audrey Hepburn, famosa vivendo heroínas românticas em filmes como Sabrina (1954) e Cinderela em Paris (1957).

A linda e delicada Audrey, à época com 31 anos, tinha perfil totalmente oposto ao de Marilyn – e neste tipo “mulherão” quem também esteve cotada para viver Holly foi outra louraça platinada e cheia de curvas, Kim Novak. O diretor original ligado ao projeto também foi trocado. Saiu John Frankenheimer e entrou Blake Edwards.

Naqueles tempos, com Hollywood ainda seguidora da cartilha da moral e dos bons costumes que regulava a indústria cinematográfica, filmar ao pé da letra a história original de Capote era inviável. Molly foi moldada à persona de Audrey, surgindo em cena como uma garota sonhadora que sobrevive como “acompanhante” de homens abastados. O vizinho por quem se enamora (vivido por George Peppard) é um aspirante a escritor sustentado por uma mulher mais velha. Juntos, eles vivem um final feliz que nunca passou pela cabeça de Capote – no livro, o sujeito é gay.

Se Capote não gostou de ver sua ácida crônica de costumes ganhar tom de comédia romântica, o autor capitalizou o enorme sucesso do filme. Sucesso que, entre outros fatores, deve ser creditado à magnética presença de Audrey Hepburn, à parceria da atriz com o estilista Givenchi – que fez de Molly lançar moda como ícone atemporal de estilo e elegância – à canção Moon River, composta especialmente para a atriz sussurrar, e à direção de Edwards, já demonstrando a boa mão para conduzir comédias entre a sutileza e o escracho – como se veria mais adiante na série da Pantera Cor de Rosa.
Obrigada, Marcelo!

Tempo bom para a Mostra Casa&Cia

26 de outubro de 2011 0

Teremos sol quinta, sexta, sábado e domingo! Perfeito para visitar a Mostra Casa&Cia. A previsão do tempo me deixou animada para os próximos dias, apesar de hoje o céu ainda estar encoberto por nuvens mal-humoradas.

Aproveito para lembrar que a Mostra Casa&Cia fica aberta de terças e domingos, das 10h às 22h até 4 de dezembro, na Avenida Coronel Marcos 1.645, em Ipanema, zona sul de Porto Alegre, e tem um bistrô (veja que delícia na foto do Valdir Friolin) com pratos deliciosos. Não, não custam uma fortuna. No site especial da Mostra Casa&Cia tem o cardápio. (Veja o serviço lá embaixo)

Você acha o site da Mostra clicando na barra preta lá em cima na capa de zerohora.com ou na barra da esquerda, onde fala sites especiais o primeiro é o da Mostra Casa&Cia, ou entrando direto em www.zerohora.com/mostracasaecia

Aí vai todo o serviço:

O que: Mostra Casa&Cia 2011, com a temática de cinema em 52 ambientes

Quando: 12 de outubro a 4 de dezembro, de terças a domingos, das 10h às 22h, com bilheteria aberta até às 21h
Onde: condomínio Las Rocas, na Avenida Coronel Marcos, 1.645, bairro Ipanema, em Porto Alegre
Quanto: R$ 15 e R$ 7,5 (estudantes e pessoas acima de 60 anos). Titular e acompanhante do Clube do Assinante ZH pagam R$ 10 cada
Serviço de manobrista: R$ 8
Realização: Jornal Zero Hora
Projeto arquitetônico: BG Arquitetura
Patrocinador: Clave Incorporações e Construções, Kia Sun Motors e GVT
Apoiador: Expresso do Oriente, Vivar Sleep Center, Stemac Grupo Geradores e Iesa Harley-Davidson
Restaurante: Bistrô do Rio, com gastronomia do consultor Marcelo Jacobi com o chef Daniel Menezes.
Informações: (51) 3217-8020, (51) 3217-8084 e (51) 3217-8094, em horário comercial

Cozinha caliente

25 de outubro de 2011 0

Quente como o sangue latino, o vermelho está presente nos detalhes da Cozinha Penélope Cruz, das arquitetas Daniela Giffoni e Cristiane Totti. Além de aparecer no acabamento interno dos nichos sob a bancada do cooktop, a cor também surge na luminária Bokka, obra de Karim Rashid, em destaque no espaço reservado para a louçaria do projeto.

Como prometido na reportagem da página 11 do caderno deste semana, confira a imagem da louçaria em vidro fumê. O interessante é que a iluminação das prateleiras internas é acionada pela abertura das portas. Outra solução bacana do projeto, são as floreiras sob o painel da TV que formam a horta de temperos do espaço. Além de proporcionar um agradável aroma à cozinha, também aproximam do gourmet ingredientes fresquinhos. As imagens foram capturadas por Fernanda Duarte.


Entre na Mostra Casa&Cia

25 de outubro de 2011 0

Estas imagens mostram os prédios com ambientes enfocados no primeiro caderno Casa&Cia especial com ambientes da Mostra Casa&Cia 2001. A exposição está aberta em Ipanema, zona sul de Porto Alegre, até 4 de dezembro, de terças a domingos.

(Casa 1 e Gazebo, em fotos de Valdir Friolin, e Loft Jorge Furtado, na foto de Tadeu Vilani.)

Casa 1 – ESTRELAS
Ambiente número 11) Hall de Entrada e Lavabo Meryl Streep – Patrícia Mariante e Renata Lopes
12) Estar Íntimo Julia Roberts – Tania Bertolucci
13) Suíte Elizabeth Taylor – Paula Schwartz Dias da Costa e Julia Schiaffino
14) Ambiente Suíte Casal Glória Pires – Décio Muniz
15) Suíte Grace Kelly – Kathia Sussela
16) Gabinete Johnny Depp – Fernanda Bertoni Dallarosa e Manuela Muller Beheregaray
17) Cozinha Penélope Cruz – Daniela Giffoni e Cristiane Totti
18) Estar e Jantar Audrey Hepburn – Maria Christina Rinaldi, Ana Paula Queruz, Cristina Camps, Mariana Meira e Ruy Barcellos

GAZEBO – MELHOR TRILHA SONORA

Ambiente número 40) Gazebo Dirty Dancing – Ariane Allgayer e Letícia Grieco


LOFTS – MELHOR DIRETOR
Ambiente número 41) Loft Jorge Furtado – Rosseliane Dal Ben



A origem do filme Bonequinha de Luxo

25 de outubro de 2011 0

Cinema é o tema da Mostra Casa&Cia deste ano e, como ocorre com frequência, livros originam os roteiros da telona. Esse é o caso do filme Bonequinha de Luxo, tema do Estar e Jantar Audrey Hepburn, projetado por Maria Christina Rinaldi, Ana Paula Queruz, Cristina Camps, Mariana Meira e Ruy Barcellos.

Carlos André Moreira, editor de livros de Zero Hora, nos oferece a sua visão da obra de Truman Capote:

Embora a figura esguia de Audrey Hepburn tenha se tornado com o passar do tempo indissociável da personagem Holly Golightly, o escritor Truman Capote criou a espevitada garota, uma libertina de coração doce, uma devassa impermeável à maldade do mundo devido a seu coração ao mesmo tempo malicioso e inocente, com base em outra estrela de Hollywood: sua amiga Marilyn Monroe. Publicada em 1958, a breve novela partia de uma matriz real: a amizade entre Capote, o jovem homossexual aspirante a escritor, e a exuberante estrela desejada por todo o planeta perseguindo sonhos de grandeza que a afastassem de sua origem humilde. Quando o filme foi levado a um grande estúdio, Capote sugeriu Marilyn para o papel no cinema, mas os produtores preferiram apostar em sua estrela da casa.

Escrito em uma prosa leve, com uma narração que mescla ligeira doses iguais de charme e ironia, Bonequinha de Luxo, o livro, é mais ousado do que o filme. Fica claro que o narrador, um aspirante a escritor que Holly chama sempre de “Fred” porque o rapaz o lembra de seu irmão de mesmo nome, é gay. Incapaz de expressar a complexidade desse tema – um gay que desenvolve uma relação de afeto real por uma mulher apaixonante – o filme de Blake Edwards muda o fim do livro e transforma o mote em uma história de amor um tanto banal, ainda que com estilo. O que filme e livro têm em comum, entretanto, é a força de sua personagem principal. Criada com honestidade e leveza, tanto a Holly do livro quanto a do filme, vivida por Audrey Hepburn (que acerta o tom de muitas tiradas e episódios retirados diretamente do livro), eclipsam os demais personagens que cruzam seu caminho por seu temperamento livre e inconsequente, e assim mesmo apaixonante.

Gostou do texto do Carlos André? Entre no blog Mundo Livro.

Caderno da primeira edição especial da Mostra tem novo visual

22 de outubro de 2011 0

Na próxima terça-feira, o caderno  traz a primeira edição especial com ambientes da 11ª Mostra Casa&Cia, que este ano apresenta 53 ambientes projetados com a temática de cinema, no condomínio Las Rocas, na zona sul da Capital.

Neste caderno, você encontra 10 projetos: oito espaços internos da Casa das Estrelas (a casa 1 do condomínio), um dos lofts e o gazebo. Além de conhecer as propostas de arquitetos, decoradores, paisagistas e designers para áreas internas e externas, você também vai conferir o novo visual do caderno. Com 13 anos de circulação todas as terças-feiras, encartado em Zero Hora, o Casa&Cia tem projeto gráfico atualizado para valorizar as imagens e se integrar ao atual layout do jornal.

Soluções para a área social

18 de outubro de 2011 0

Na reportagem das páginas 4 e 5 da edição desta terça, mostramos o projeto de interiores da arquiteta Marta Oliveira para a área social de uma residência, no bairro Boa Vista, na Capital. Além dos tons suaves, a marcenaria sob medida é o grande destaque do projeto: possibilitou aproveitamento de espaço e valorizou a coleção de coloridos utilitários de vidro — uma das paixões da proprietária.

Confira, aqui, outros ângulos do living e da cozinha da casa, capturada pelas lentes do fotógrafo Tadeu Vilani.


Imagens do coquetel

18 de outubro de 2011 0

A fotógrafa Adriana Franciosi clicou alguns momentos do coquetel de abertura da Mostra Casa&Cia para os arquitetos. Divido com você essas imagens da terça-feira à noite.





Suíte em detalhes

18 de outubro de 2011 0

Adorei os detalhes do projeto do arquiteto Dall’Agnol R. Junior para a suíte de um casal jovem, numa cobertura com uma vista deslumbrante, na Capital. Essas pequenas grandes ideias reforçam o conceito e as linhas gerais propostas para o ambiente as escolhas do arquiteto.
Destaco a iluminação no rodapé que orienta quem acorda mais cedo sem ofuscar os olhos de quem estiver descansando e a torneira tipo calha que agrega beleza às duas cubas alinhadas em ambiente fora do setor do vaso sanitário. São propostas práticas que agradam a Dall’Agnol e foram ao encontro das necessidades do casal.

Pôr do sol na Mostra

17 de outubro de 2011 0

Ontem tivemos um lindo pôr do sol em Porto Alegre. Quem esteve na Mostra Casa&Cia chegou de máquina fotográfica em punho e registrou o momento. Parecia um parque à beira do Guaíba com restaurante e tudo.

Para ver ao vivo, basta ir até lá, de terça a domingo, das 10h às 22h (bilheteria fecha às 21h). O endereço é Avenida Coronel Marcos, 1.645, Ipanema. Você entrega o carro para o manobrista da Safe Park por R$ 8. O ingresso custa R$ 15 (R$ 7,50 para estudantes e acima de 60 anos).
O fotógrafo Jean Schwarz nos proporciona esta imagem.

Eis o Casa&Cia da próxima terça

15 de outubro de 2011 0

Como sempre, você espia antes a capa da próxima terça de Casa&Cia. Recomendo porque tem um servição da Mostra Casa&Cia, com lista de ambientes, profissionais e até as fotos das turmas por áreas da exposição. A edição está linda, enorme. E isso que ainda não é da série de especiais que vai mostrar toda a exposição. Estes especiais entram nos dias 25 de outubro e nos dias 1, 8 e 15 de novembro.
A foto de capa, do ambiente Cozinha Comer, Rezar e Amar, do casal de arquitetos José Pedro Maciel e Maira Guatimosim Maciel, localizado na Casa 2, inspirada em filmes, é obra do Tadeu Vilani (para a edição do dia 18 de outubro, fotografaram a Mostra em vários momentos, além de Tadeu, encarregado de todos os ambientes, os fotógrafos Adriana Franciosi e Valdir Friolin).

Não esqueça de entrar no site especial da Mostra Casa&Cia! Pode entrar direto pelo zerohora.com/mostracasaecia ou acessar pela lista de especiais em Casa&Cia.

Casa&Cia by night

13 de outubro de 2011 0

Achei tão bonitas estas fotos noturnas da fachada da Mostra Casa&Cia feitas pela Adriana Franciosi que resolvi compartilhar.
Não tem como não encontrar o número 1.645 da Avenida Coronel Marcos, em Ipanema, não é? E depois, é muito fácil de ir, no sentido Centro-Bairro: basta seguir pelos caminhos tradicionais para passear à beira do Guaíba, pela orla ou pela Av. Wenceslau Escobar toda vida, até virar Coronel Marcos.
A Mostra fica à direita de quem vai nesse sentido, o que facilita a chegada.


Mostra Casa&Cia agora há pouco

12 de outubro de 2011 0

Adoro o crepúsculo. Estar ao ar livre na hora em que a noite chega é energizante para mim. Na Mostra Casa&Cia em seu dia de estreia esta era a imagem deste final de tarde.
Como há intervalos entre um prédio e outro, dá tempo de estufar o peito e curtir a sensação de estar a céu aberto e ainda caminhando em direção ao Guaíba. Tudo de bom.
Ah, a foto do pessoal na bilheteria é do Valdir Friolin.

Um pouco antes, a luminosidade estava assim. Na foto de Tadeu Vilani você curte a área funcional, do Bistrô de Lívia Bortoncello:

Se você ainda não tem, aí vão os dados da exposição:
SERVIÇO
O que: Mostra Casa&Cia 2011, com a temática de cinema em 52 ambientes
Quando: 12 de outubro a 4 de dezembro, de terças a domingos, das 10h às 22h, com bilheteria aberta até às 21h
Onde: condomínio Las Rocas, na Avenida Coronel Marcos, 1.645, bairro Ipanema, em Porto Alegre
Quanto: R$ 15 e R$ 7,5 (estudantes e pessoas acima de 60 anos). Titular e acompanhante do Clube do Assinante ZH pagam R$ 10 cada
Serviço de manobrista: R$ 8
Realização: Jornal Zero Hora
Projeto arquitetônico: BG Arquitetura
Patrocinador: Clave Incorporações e Construções, Kia Sun Motors e GVT
Apoiador: Expresso do Oriente, Vivar Sleep Center, Stemac Grupo Geradores e Iesa Harley-Davidson
Restaurante: Bistrô do Rio, com gastronomia do consultor Marcelo Jacobi com o chef Daniel Menezes.
Informações: (51) 3217-8020, (51) 3217-8084 e (51) 3217-8094, em horário comercial

Mostra Casa&Cia está bombando!

12 de outubro de 2011 0

Este primeiro dia de Mostra Casa&Cia 2011 na Capital está um sucesso. Calce uma rasteirinha e vá passear à beira do Guaíba para não perder esse programa delicioso. Não há pisos difíceis de percorrer, mas acho que um passeio por 52 ambientes fica mais agradável com um calçado confortável. Como os prédios são independentes, você faz o seu ritmo e pode incluir uma parada no Bistrô funcional ou no gazebo à beira do Guaíba para um momento de relax antes de prosseguir o percurso.

Ontem à noite, o coquetel de abertura para os profissionais envolvidos também bombou, com 700 pessoas, uma loucura. Os acepipes e bebidas com a consultoria de Marcelo Jacobi e do chef  Daniel Menezes foram elogiados – em especial os variados drinques.

A visitação da exposição, como já falei, é muito agradável, com os prédios alinhados desde a Avenida Coronel Marcos (número 1.645, quadras depois da AABB) em direção ao Guaíba, entremeados de áreas verdes e vegetação nativa com espaços projetados em uma área de 12,8 mil metros quadrados, uma fração do condomínio Las Rocas. Tem Clube de Cinema, três casas, três lofts, gazebos, jardins, chocolateria e bistrô funcional, com o gabarito do projeto da arquiteta Lívia Bortoncello. Nesta área próxima do Guaíba, estão os ambientes de estar dos quais é possível curtir a imagem do rio ou lago, como queira.

A arquiteta paisagista Kucha Saatkamp conta que fez questão de criar um ambiente de estar no ambiente mais próximo do Guaíba, deslumbrada com a vista e o local, com árvores nativas com orquídeas dispostas ali pelo trabalho dos pássaros, seus aliados na proposta.

Falando no trabalho que antecedeu a abertura da Mostra, não resisti e meti a mão na massa, ontem à tarde, ajudando a abrir as rosas vemelhas para o Home Cinema da arquiteta Anne Báril (ela nem sabe). O colega Luan Ott gravou tudinho.

Clique aqui para ver esse trabalho árduo: