Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Último lambe-lambe

30 de julho de 2009 2

Ricardo Chaves

Muito interessante a matéria de capa do jornal Zero Hora de hoje. O último lambe-lambe de Porto Alegre está se aposentando. Confira abaixo o texto do editor de fotografia Ricardo Chaves.
————————————————————————————————-
Do último lambe-lambe ninguém vai esquecer
O fotógrafo Varceli Freitas Filho atua da Praça XV, no Centro, e no Brique da Redenção

Nestes tempos de imagens digitais vistas na tela do computador, já estamos quase esquecidos do prazer, além de visual, tátil, de ter uma foto de papel em nossa mão. Uma foto, antigamente, era um objeto e era tratada como tal.

Algumas, muito especiais, ganhavam dedicatórias, e eram presenteadas em demonstração eloquente de amor ou amizade. Se fotos em papel são cada vez mais raras, isso não significa que o papel da fotografia tem sido menos importante. Ao contrário.

Cada vez mais as pessoas fazem um número maior de fotografias. Agora todos são fotógrafos, e todo mundo fotografa o tempo todo. Com telefones celulares e câmeras digitais singelas ou sofisticadas, o importante é registrar tudo. E tudo é registrado. E, mesmo que não seja impresso, é, em seguida, “anexado”, “postado”, “enviado”. Se a fotografia continua prestigiada, o papel do fotógrafo já não conta com a solenidade dos velhos tempos.

Claro que, quando se exige qualidade e precisão, ainda vamos em busca de um profissional qualificado, alguém especializado, e capaz. O que não existe mais é aquele mistério do alquimista, a magia de transformar, na penumbra e às escondidas, o latente em real. Com a invenção da fotografia, os fotógrafos estrearam sua condição de protagonistas. Sua presença e movimentação sempre foram tão toleradas quanto inconvenientes, mas, afinal são criaturas a serviço da memória, e têm de fazer seu trabalho aqui e agora. Quem mais pode subir ao altar da igreja, num casamento, não sendo noivo, padrinho ou padre? A imediata identificação do equipamento justifica sua participação. O fotógrafo está ali como símbolo. Varceli Freitas Filho é um símbolo. Ele é o último lambe-lambe de Porto Alegre.

Vereadores vão definir a aposentadoria

Merece a aposentadoria especial concedida a cidadãos importantes para à cidade, pleiteada pelo prefeito em exercício aos vereadores nesta semana. Ele tem 55 anos e aos 12 já esfregava a mão molhada nas fotos imersas num balde d’água sob o tripé da máquina fotográfica operada pelo pai, morto em 1999, e que, por 58 anos, trabalhou, fazendo retratos diante do Chalé da Praça XV.

Varceli Filho herdou de Varceli pai mais do que uma câmera, um ofício. Feliz com a possibilidade de a iniciativa resultar em um apoio concreto, ele se diz reconhecido e estimulado a continuar representando seu papel e comparecendo ao Brique da Redenção aos domingos, ou, eventualmente, ao Chalé, Feira do Livro, ou a qualquer evento que tenha a ver com a vida da cidade.

O benefício equivaleria a uma espécie de tombamento, e nada mais justo do que a preservação da imagem do que ele representa.

Ao vê-lo em pé, ao lado da câmera, com seu boné e sua gravatinha borboleta, somos remetidos a outros tempos, evocamos outra época e uma cidade muito diferente da atual, cujo único testemunho são alguns prédios e poucas pessoas, como Varceli, dispostas a manter as coisas como elas eram. Pode ser um simples papel, mas suficientemente importante.

Postado por Ricardo Duarte, de Floripa

Comentários (2)

  • Lengo D`noronha diz: 2 de agosto de 2009

    Realmente, merece um `tombamento`.
    Boa matéria, principalmente aos mais jovens que pensam que lambe-lambe é um tipo de picolé.

    Abraço.

  • Ricardo Chaves diz: 12 de agosto de 2009

    Ô Rick Duarte, tô te escrevendo para cobrar meus royalties pela matéria do Seu Freitas / Lambe Lambe. Tu acha que vou ficar dando duro para vc ficar só no ctrl C/ctrl V??? Quero o meu!! Ainda mais quando vejo esse anúncio da Udenio aí em cima… Sacanagem… Não é nada disso não meu bom amigo. Tô escrevendo para agradecer a postagem. Sinal que vc gostou da materinha, né? Obrigado meu.Rendeu até nota na PicturaPixel, vc já viu? Valeu mesmo e bacana que a Udenio esteja dando força ao teu blog.É10.

Envie seu Comentário