Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Deputado questiona patrocínios do Banrisul

17 de fevereiro de 2011 13

O deputado estadual Alexandre Lindenmeyer (PT) levantou um cruzada pessoal para que os patrocínios do Banrisul sejam distribuídos de outra forma. Ele questiona os critérios que repassam valores mais gordos às duplas Bra-Pel e Ca-Ju. Quer mais igualdade.

O Banrisul divide cerca de R$ 1,2 milhão entre Brasil, Pelotas, Caxias e Juventude – R$ 300 mil por cabeça. Pelo cálculo do deputado, cada time recebe 10 vezes mais do que os demais clubes que disputam a Segundona, mesma competição em que está o Xavante, por exemplo.

Alexandre já se reuniu com a nova diretoria do banco. Apresentou o questionamento.O deputado fala com propriedade. Deixou no começo do ano a cadeira de presidente do Sport Club Rio Grande. Fez um belo trabalho no Vovô, modernizando estádio e recuperando o orgulho do torcedor.

E vocês, acham que está correta a posição do Banrisul? Está certo repartir R$ 1,2 milhão com quatro times do Interior, donos de grandes torcidas e com participação em competições nacionais, deixando a rapa para as equipes pequenas? Vale no mínimo a discussão.

Comentários (13)

  • vagner diz: 17 de fevereiro de 2011

    Deve ser ressaltado que o contrato com a dupla Caju e a dupla Brapel foram assinados em outro momento, sendo que estes clubes buscaram estes patrocínios. O choro é livre, mas acho que a atitude do banco está correto. O problema é que nem todos tem a mesma competência para conseguir patrocínios e botam o olho no dinheiro dos outroa.

  • Bernardo diz: 17 de fevereiro de 2011

    Não é questão de achar correto, apenas não há nada de mais nisso… Veja bem, o Banrisul não DOA esse dinheiro para os clubes, mas sim, os patrocina. São coisas bem distintas… o Banco paga para colocar a sua marca atrelada aos clubes..
    Talvez se vc fosse dividir esse $$$ entre os clubes do interior, sobraria, por ex, R$ 40.000 para amabas as duplas, mas e aí, esses clubes aceitariam colocar o nome do Banrisul por esse valor em suas camisetas???
    Ainda que seja um banco estatal, o seu intuito ao patrocinar não é dar esmola, mas sim, colocar o seu nome junto à marcas fortes, em negócio de puro markeeting.
    Falou, abraços.

  • Rodrigo diz: 17 de fevereiro de 2011

    Ao invés de tentar nivelar tudo por baixo, este deputado deveria tentar sujerir que mexam nos milhões que o referido banco aporta mensalmente na dupla grenal. Além do mais, as duplas CaJu e BraPel ficam abertas durante todo o ano e não por apenas 3 meses como a maioria dos clubes do interior, já bastam as cotas de tv que são injustamente divididas entre todos do interior, incluindo times de empresários e sem torcida como Porto Alegre, Canoas, São José e Cruzeiro. Mas como este cidadão deve ser torcedor de Grêmio ou Inter, isso não lhe convém.

  • jonatan diz: 17 de fevereiro de 2011

    eu acho que todos os clubes do interior da 1ª e 2ª divisão deviam receber quantias tabeladas por divisão ja que o banco é uma estatal nao pode só visar lucro com os grandes e sim apoiar o desenvolvimento do futebol no estado ja que estamos sem representantes até na série B nacional.

  • Matheus diz: 17 de fevereiro de 2011

    enquanto isso em santa maria tem dois times matando cachorro a grito pra se manter… e os times de outras cidades grandes e em situação ainda pior como passo fundo e rio grande, como ficam????

  • wagnerm25 diz: 17 de fevereiro de 2011

    O nobre deputado não questiona os valores destinados a Grêmio e Inter? Outra coisa: isso é assunto para o conselho de administração do banco se preocupar e não para deputados.

    E mais… ele está preocupado com as finanças do banco ou com as finanças de seu time, o Rio Grande?

  • Adriano diz: 17 de fevereiro de 2011

    Por que ele não questiona os valores que a dupla grenal recebe também? Se fosse assim o “banco de todos os gaúchos” deveria dividir os valores igualmente por TODOS os clubes gaúchos. Até 2009 era só a dupla grenal, agora porque a dupla CAju e brapel tmb tem querem questionar… pq nao questionou antes? tá loco…

  • Tomás Marabo diz: 18 de fevereiro de 2011

    É verdade, ser for questionar, tem que questionar também o patrocínio milionário da dupla grenal.

    Senão não faz o menor sentido.

    Pra mim o deputado está equivocado. Vai atrapalhar o patrocínio da dupla brapel e caju e não vai ajudar os demais times do interior, como o meu Bagé.

  • Marcelo diz: 18 de fevereiro de 2011

    O Rodrigo falou tudo. O Banco tem que privilegia os clubes que fazem futebol o ano inteiro e disputam competições nacionais. Desigual e injusto é a diferença entre o patrocino da dupla grenal em relação aos demais clubes do estado. Também não entendo porque os dirigentes dos clubes do interior estão reclamando de falta de dinheiro, na hora de aprovar a injusta divisão do dinheiro da televisão único time que votou contra foi o Caxias!!(e foi punido por isso)

  • José Carlos Konzgen Júnior diz: 18 de fevereiro de 2011

    O acordo com a dupla Caju e BraPel se trata de um patrocinio, e não um acordo entre a federação que divide certa quantia entre demais clubes. Não vejo nada demais nisso, ou vcs acham que é o mesmo valor para colocar patrocinio na camiseta do XAVANTE, do q na do Rio Grande, Riograndense, Aimore, etc. Porque esse deputado não se invoca com o dinheiro destinado para a dupla Grenal que é 20 x mais do esse. Agora ele só falta dizer, que se o Brasil subir foi por causa do patrocinio, os cara já tão chorando antes mesmo de começar a segundona, ele nem deve saber q a maior arrecadação que o XAVANTE possui vem da sua torcida, com sócios e renda de jogos, com valores bem superiores ao patrocinio citado.

    JCKJUNIOR_100%XAVANTE!!!! SEMPRE E SOMENTE!!!

  • Guilherme diz: 18 de fevereiro de 2011

    Como disse o colega aí… essa é uma verba de patrocínio e não doação… qtos jogos de times da segundona aparecem na TV? fotos em Jornais? vídeos e fotos na Internet? Qtos times da primeira ficam abertos o ano todo? E mais, estes times estão lutando por patrocínos deste porte? tem campanha de sócios?

    Infelizmente essa postura do deputado reflete o que acontece no futebol gaucho…. qdo uma instituição faz diferente e leva em conta todos os requisitos acima citados.. vem uns e nivelam todo mundo… Logo não temos mais ninguém na Série A, nem na B, dois a pau e corda na C…

    Sou grená, e sei que existem muitos xaventes, lobos e papos por aí que se recusam a aceitar que no RS só existe GRE-NAL…. por isso o Banrisul fez o que fez.

  • luiz carlos diz: 18 de fevereiro de 2011

    O nobre deputado, por ser uma pessoa inteligente, sequer questiona o patrocínio da dupla Grenal, pois se o fizesse sequer lhe dariam ouvidos no questionamento. Acredito que quando o Rio Grande subir de divisão, terá um tratamento diferenciado dos demais que permanecerem na SEGUNDONA, e aí achará justo.

  • Tomás Marabo diz: 18 de fevereiro de 2011

    Escrevi ao deputado dizendo o que a maioria disse acima: “ser for questionar, tem que questionar também o patrocínio milionário da dupla grenal.”

    Até agora não me respondeu.

Envie seu Comentário