Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Cruzeiro orgulha o torcedor

27 de fevereiro de 2011 1

O Gre-Cruz relembrou de fato os tempos de fartura do Cruzeiro – que voltam na entrada da nova décadas. O Estrelado ignorou o Olímpico. Atuou com naturalidade, como fez na semana anterior no Beira-Rio. Teve competência, porém caiu na qualidade técnica gremista. Se despediu da Taça Piratini com derrota de 4 a 2, porém deixou seu torcedor orgulhoso.

O Cruzeiro deixou de abrir o placar. Até os 30 minutos foi melhor do que o Grêmio. Porém, Douglas tramou com Gabriel, que serviu Borges: 1 a 0. Quando o Tricolor fez o segundo, logo Jô descontou. Borges fez de novo, Leo descontou. O quarto, de Gabriel, saiu nos acréscimos, quando o Estrelado já tinha um homem a menos.

Finalista do turno, o Grêmio não teve facilidade, sofreu para derrubar o Cruzeiro. O time de Leocir Dall’Astra mostrou organização, personalidade. Merece as palmas do seu torcedor. 

Comentários (1)

  • Gilberto diz: 28 de fevereiro de 2011

    Vimos no Cruzeiro, diante do Grêmio, o que não se via no futebol gaúcho, há muito tempo: estirpe! O Cruzeiro jogou com a sua história por detrás, como o único clube gaúcho que, por um período, ao menos, realmente, dividiu as atenções dentro do cenário do futebol no Rio Grande com a dupla GRENAL. Contra o Inter não dava para se dizer isso, ainda, porque se tratava de um plantel B. Mas, contra o tricolor, o Cruzeiro se impôs contra um time que, mal ou bem, está na Libertadores , além de compor a série A do Brasileirão. Parabéns ao Cruzeiro! Espero que a comunidade de Cachoeirinha saiba apoiar o estrelado e, quem sabe, conduzi-lo à série A do Brasileirão também…

Envie seu Comentário