Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Crise no Bento Freitas

27 de março de 2011 2

O Brasil de Pelotas vive a primeira crise de 2011. Perdeu por 1 a 0 para o 1 de Julho. Com os resultados combinados, saiu do topo para o quarto lugar do Grupo 1 da Segundona. Estacionou nos 13 pontos. Viu o 14 e o Rio Grande, que bateu o Bagé, chegarem aos 14. O São Paulo tem os mesmos 13, porém vai melhor no saldo.

Já se fala em demissão do técnico Hélio Vieira. Especulam Lisca e Beto Almeida. Considero um exagero. O Brasil arrancou com quatro jogos em casa – venceu todos. Acabou ajudado pela tabela. Ao começar a sair de seus domínios, pararam os triufos. Um empate e dois tropeços. Campanha razoável dentro da Segundona, para uma equipe razoável, marcadora, guerreira, competitiva. O sangue que faltou em 2010 tem em 2011.

Já o Rio Grande surpreende. Com grande atuação de Fabiano, que pegou pênalti, o Vovô bateu o Bagé por 1 a 0. Os bajeenses já vão se acostumando com a ideia de disputar a Terceirona em 2012. Em 21 pontos, somou um. Está a seis de sair do Z-2, algo possível dento 15 pontos em disputa. O que não anima é o desempenho.


Comentários (2)

  • Guilherme Silva diz: 28 de março de 2011

    Caro Xará Mazui, não vejo a situação do Xavante como crise, o problema do G.E.Brasil são “Detalhes” os adversários estão vencendo o Xavante por detalhes. Mas um detalhe que me chama a atenção é o fato dos postadores de opinião, não estarem postando no Blog Entrevero, o que está acontecendo? E crise também? Mas voltando ao Xavante, penso que qdo o Brasil for jogar no campo dos advérsários tem que jogar retrancado tb. e explorar os contraataques, pq nesse detalhe o Xavante tem velocidade e estaria jogando no mesmo peso de moeda dos concorrentes. Um grande abraço!

  • Guilherme Silva diz: 28 de março de 2011

    complementando notificação, termos e condições

Envie seu Comentário